Semana de 11 de dezembro a 16 de dezembro de 2017

De 11 de dezembro de 2017 até 16 de dezembro de 2017

CONSCER
ACAD RE
COSCCH
CAP
CONSCCH
CONSUNI CGAE
CONSUNI CAPGP
CONSC RE
CONSCLS
PROGRAD
CES
COSCRE
PROGESP
DIR CL
PROPEPG
AUDIN
NPPDRE
SELAB
SUCL
PROAD
GR

CONSCER

ATA DA 11ª SESSÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CAMPUS DE 2017 - 13/12/2017 (APROVADA NA 1ª SESSÃO ORDINÁRIA DE 2018 - 07/03/2018)

Aos treze dias do mês de dezembro de dois mil e dezessete, às treze horas e trinta minutos, no Auditório do Bloco A, da Universidade Federal da Fronteira Sul, sito na ERS 135 – KM 72 – Nº 200, em Erechim/RS, foi realizada a 11ª Sessão Ordinária de 2017, do Conselho de Campus da UFFS – Campus Erechim. A sessão foi presidida pelo professor Anderson André Genro Alves Ribeiro, Diretor do Campus Erechim e Presidente do Conselho de Campus. Fizeram-se presentes à sessão, os seguintes conselheiros: Juçara Spinelli (Coordenadora Acadêmica); Guilhermo Romero (Coordenador Administrativo); Gismael Francisco Perin (Coordenador do Curso de Agronomia); Andreia Saugo (Coordenadora Adjunta do Curso de Arquitetura e Urbanismo); Deise Paludo (Coordenadora do Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária); Marcio Soares (Coordenador do Curso de Filosofia); Éverton de Moraes Kozenieski (Coordenador do Curso de Geografia); Mairon Escorsi Valerio (Coordenador do Curso de História); Denílson da Silva (Coordenador do Curso Interdisciplinar em Educação do Campo); Sonize Lepke (Coordenadora Adjunta do Curso de Pedagogia); Paulo Afonso Hartmann (Coordenador Adjunto do Curso de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental); Jerônimo Sartori (Coordenador do Curso de Pós-graduação Stricto Sensu Mestrado Profissional em Educação); Clarissa Dalla Rosa, Isabel Rosa Gritti, Valéria Esteves Nascimento Barros (Representantes Docentes); Fabíola Carla Andretta, Luana Angélica Alberti, Naudio Ladir Diering (Representantes Técnico-Administrativos); Marcos Moreira Pinto e Rosane Menna Barreto Peluso (Representantes da Comunidade Regional). Fizeram-se presentes à sessão os seguintes conselheiros suplentes, no exercício da titularidade: Almir Paulo dos Santos, Vinícius Cesar Cadena Linczuk, Adriana Dervanoski (Representantes Docentes); e, Felipe Matté (Representante Discente). Não compareceram à sessão, por motivo justificado, os seguintes conselheiros: Ana Maria Schuch Araújo (Coordenadora do Curso de Arquitetura e Urbanismo); Gustavo Giora (Coordenador do Curso de Ciências Sociais); Clóvis Schmitt Souza (Coordenador Adjunto do Curso de Ciências Sociais); Adriana Salete Loss (Coordenadora do Curso de Pedagogia); Leandro Galon (Coordenador do Curso de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental); Fábio Francisco Feltrin de Souza (Coordenador do Curso de Pós-graduação Stricto Sensu Mestrado Interdisciplinar em Ciências Humanas); Caroline Rippe de Mello Klein, Douglas Santos Alves, Eduardo Pavan Korf (Representantes Docentes); Amadeus Reolon, Mario Locatelli [titular] e Patrícia Fernanda Tomicki [suplente] (Representantes Discentes). Não compareceram à sessão, os seguintes conselheiros: Cassio Cunha Soares (Coordenador Adjunto do Curso de Pós-graduação Stricto Sensu Mestrado Interdisciplinar em Ciências Humanas); Ulisses Pereira de Mello (Representante Docente); Luiz Ricardo Pasquetti [titular] e Jean Marcos Rodrigues da Silva [suplente] (Representantes Discentes). Após conferência do quórum regimental, o Presidente do Conselho de Campus declarou aberta a sessão, passando, de imediato, ao expediente. 1. EXPEDIENTE. 1.1. Apreciação de atas de sessões anteriores. Inicialmente, foi apresentada a Ata da 2ª Sessão Ordinária de 2017. Havendo consenso, a ata foi aprovada por unanimidade. Ato contínuo, passou-se à apreciação da Ata da 10ª Sessão Ordinária de 2017. Não havendo solicitações de ajustes, a ata foi aprovada e, de imediato, passou-se aos informes. 1.2. Informes. 1.2.1. Direção. O Presidente do Conselho relatou que o resultado do SISU sairá no final do mês de janeiro e a primeira chamada será nos dias 5, 6 e 7 de fevereiro. A segunda chamada deverá ocorrer a partir do dia 20 de fevereiro. Também informou que o início do primeiro semestre estava previsto para o dia 26 de fevereiro, entretanto, a PROGRAD está preparando uma proposta de alteração do calendário acadêmico, colocando o início das atividades para o dia 5 de março. A referida proposta ainda passará pela Câmara de Graduação do CONSUNI. A terceira chamada será em março, com o semestre em andamento, de forma presencial. Na sequência, o Coordenador Administrativo fez um breve relato sobre a reorganização dos espaços do Campus, conforme proposta aprovada no Conselho de Campus. Destacou que houve atraso nas obras do Bloco B, que foram concluídas no início de outubro. Também estão sendo encaminhadas as questões legais junto à Prefeitura Municipal e Corpo de Bombeiros para ocupação do prédio. 1.2.2. Comissões. De imediato, a conselheira Luana Angélica Alberti apresentou a relação de processos de remoção e redistribuição analisados pela Comissão Auxiliar Permanente de Processos de Remoção e de Redistribuição (CAPPRR-ER), conforme segue: 23205.003256/2017-24 - QUERLI MARIA BEZERRA MOURÃO. A conselheira enfatizou que o processo recebeu parecer desfavorável devido à inexistência de código de vaga disponível para contrapartida à respectiva instituição de origem. O conselheiro Paulo Afonso Hartmann comunicou que a Comissão de Avaliação de Desempenho Docente realizará reunião amanhã, encerrando todas as atividades previstas para este ano. 1.2.3. Gerais. O conselheiro Paulo Afonso Hartmann também informou que foi publicado no site institucional o resultado final do processo seletivo do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental. Ainda destacou que o recurso referente à nota de avaliação quadrienal do programa foi indeferido. No dia 20 de dezembro será divulgado o resultado oficial. O docente destacou que com a nota três, não há possibilidade de submeter proposta de doutorado. 2. ORDEM DO DIA. Em seguida, foi exposta a ordem do dia. O Presidente solicitou a inclusão dos seguintes pontos de pauta: a) Parecer acerca de processo de remoção (Parecer Nº 5/CAPPRR-ER/UFFS/2017); b) Parecer acerca de processo de redistribuição (Parecer Nº 6/CAPPRR-ER/UFFS/2017); e, c) Homologação da composição do Colegiado do Curso de Educação do Campo. Quanto ao ordenamento, ficou definido que a solicitação do item “c” seria inserida após o item “2.2” e, logo após, os pareceres da CAPPR-ER, itens “a” e “b”. Não havendo outras solicitações, a pauta foi aprovada e passou-se à discussão do primeiro item da ordem do dia. 2.1. Prorrogação para apresentação de parecer acerca de proposta de edital para processo seletivo especial do Curso Interdisciplinar em Educação do Campo: Ciências da Natureza. De imediato, foi apresentado o Requerimento Nº 9/CONSC-ER/UFFS/2017, relativo à solicitação de prorrogação para apresentação de parecer acerca de proposta de edital para processo seletivo especial do Curso Interdisciplinar em Educação do Campo: Ciências da Natureza, pela comissão designada por meio da Resolução Nº 037/CONSC-ER/UFFS/2017. O conselheiro Denílson da Silva, Coordenador do referido curso, esclareceu que, devido às questões de pessoal e demandas do curso, o processo seletivo será realizado para entrada de estudantes no segundo semestre de 2018. Dessa forma, a prorrogação não trará prejuízos. A partir da indicação das conselheiras Deise Paludo e Isabel Rosa Gritti, ficou definido que a Direção do Campus deverá manifestar à Reitoria a necessidade de celeridade do retorno do parecer da Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) e, eventualmente, da Procuradoria Federal, alusivo à proposta do edital, encaminhada ao Gabinete do Reitor, em 07/08/2017, por meio do Processo Nº 23205.003017/2017-74. Por fim, considerando o recesso acadêmico e as atividades do referido curso previstas para janeiro, deliberou-se pela prorrogação da matéria para a 2ª Sessão Ordinária do Conselho de 2018. 2.2. Homologação da Comissão Coordenadora do Laboratório Interdisciplinar de Formação de Educadores (LIFE) do Campus Erechim. Na sequência, foi apresentado o Requerimento Nº 8/CONSC-ER/UFFS/2017, por meio do qual a Coordenação Acadêmica solicita a homologação da Comissão Coordenadora do Laboratório Interdisciplinar de Formação de Educadores (LIFE) do Campus Erechim, com a seguinte composição: I. Coordenador: Aníbal Lopes Guedes; II. Coordenadora Adjunta: Ana Maria de Oliveira Pereira; III. Conselheiros: Bárbara Cristina Pasa e Renata Portugal Oliveira. Após esclarecimentos, submetida à apreciação do plenário, a solicitação foi homologada. 2.3. Homologação Colegiado Curso Educação do Campo. A seguir, foi apresentado o Memorando Nº 52/CCIECCN-ER/UFFS/2017, atinente à alteração da composição do Colegiado do Curso Interdisciplinar em Educação do Campo - Ciências da Natureza, que foi homologado com a seguinte composição: I. Coordenador: Denílson da Silva; II. Coordenador Adjunto: Moisés Marques Prsybyciem; III. Coordenadora de Estágios: Renata Portugal Oliveira; IV. Representantes do Domínio Específico: Viviane de Almeida Lima (titular) e Jerônimo Sartori (suplente), Dionei Ruã dos Santos (titular) e Fábio Aparecido da Costa (suplente), Sinara München (titular) e Solange Todero Von Onçay (suplente); V. Representantes do Domínio Comum: Leandro Carlos Ody (titular) e Lorena Vicini (suplente); VI. Representantes do Domínio Conexo: Lidiane Limana Puiati Pagliarin (titular) e Ivone Maria Mendes Silva (suplente); VII. Representantes dos discentes: Cristine Miszewski (titular) e Otavio Kolcheski (suplente); VIII. Representantes dos Técnico-Administrativos em Educação: Naiá Cloe Lugues (titular) e Cristiana Paula Girotto (suplente); IX. Representantes da Comunidade Regional: Tatiane Paulino Bezerra (titular) e Mariana Tilde Zabot (suplente). 2.4 Parecer acerca de processo de remoção. Na sequência, foi apresentado o Parecer Nº 5/CAPPRR-ER/UFFS/2017, relativo ao Processo Nº 23205.004297/2017-38, referente ao pedido de remoção da servidora Izabele da Costa Ramos Santos, ocupante do cargo de Técnico de Laboratório / Área: Química, do Campus Erechim para o Campus Realeza. Face à manifestação da chefia imediata e da chefia superior da referida servidora, a Comissão Auxiliar Permanente de Processos de Remoção e de Redistribuição (CAPPRR-ER) manifestou-se favoravelmente à solicitação de remoção, mediante contrapartida de código de vaga do mesmo cargo. Havendo acordo, o Parecer Nº 5/CAPPRR-ER/UFFS/2017 foi aprovado. 2.5 Parecer acerca de processo de redistribuição. Ato contínuo, foi apresentado o Parecer Nº 6/CAPPRR-ER/UFFS/2017, relativo ao pedido de redistribuição da servidora Grasiele Borgmann (Processo Nº 23205.002121/2016-61), ocupante do cargo de Assistente em Administração. Em seu parecer, a comissão destaca que a redistribuição envolve a movimentação de três servidoras: a) Grasiele Borgmann, a ser redistribuída do IFRS para a UFFS - Campus Passo Fundo; b) Milena Bartz, a ser redistribuída da UFFS - Campus Erechim para o IFRS; e, c) Juliana Della Flora dos Santos, a ser removida do Campus Passo Fundo para o Campus Erechim. Após consulta à chefia imediata e à chefia superior, bem como, consulta ao interesse da servidora Milena Bartz, a Comissão Auxiliar Permanente de Processos de Remoção e de Redistribuição (CAPPRR-ER) manifestou-se favoravelmente à solicitação de redistribuição. Havendo acordo, o Parecer Nº 6/CAPPRR-ER/UFFS/2017 foi aprovado. 2.6. Parecer acerca da proposta de Regimento do Campus Erechim. De imediato, foi apresentado o Parecer Nº 12/CONSC-ER/UFFS/2017, relativo à proposta de Regimento do Campus Erechim. Em seu parecer, a comissão recomendou a manifestação favorável do Conselho de Campus à aprovação da minuta, “mediante sugestões acrescentadas nesta relatoria sem prejuízo de eventuais destaques a serem apresentados pelos demais conselheiros”. Após breves esclarecimentos e análise das sugestões de alterações da comissão, o parecer foi submetido à apreciação do plenário, sendo aprovado por 19 (dezenove) votos favoráveis e 02 (duas) abstenções. 2.7. Liberação de docente para participação em Programa de Pós-Graduação de outra IES. A seguir, foi apresentado o Parecer Nº 03/ACAD-ER/UFFS/2017, relativo ao Processo Nº 23205.004379/2017-82, referente à liberação do professor Valdecir José Zonin para atuação no Programa de Pós-Graduação da UNIOESTE. Em seu parecer, “a Coordenação Acadêmica manifesta-se favorável à liberação do docente para atuar como professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural Sustentável da UNIOESTE, desde que garantida a atuação mínima de oito horas/aula ou em conformidade às demandas dos Colegiados. Manifesta ainda, a necessidade de adequação, no plano de trabalho, no item 2 - Título do Projeto, a substituição do termo 'Cedência Parcial' por 'Liberação Parcial'. Outrossim, recomenda a tramitação do processo para as instâncias cabíveis, conforme disposto na Resolução nº 2/2013-CONSUNI-CPPG.” Durante a discussão da matéria, como não houve clareza se o pedido trata-se de um convênio ou apenas liberação do docente para atuação no programa, o parecer não foi votado e ficou definido que serão feitos esclarecimentos quanto à solicitação na 1ª Sessão Ordinária do Conselho de Campus de 2018. 2.8. Calendário de sessões do Conselho de Campus de 2018. Por fim, foram definidas as datas para realização das sessões ordinárias do Conselho de Campus no ano de 2018, restando assim aprovadas: I. 1ª Sessão Ordinária: 28/02/2018 (quarta-feira); II. 2ª Sessão Ordinária: 29/03/2018 (quinta-feira); III. 3ª Sessão Ordinária: 27/04/2018 (sexta-feira); IV. 4ª Sessão Ordinária: 28/05/2018 (segunda-feira); V. 5ª Sessão Ordinária: 26/06/2018 (terça-feira); VI. 6ª Sessão Ordinária: 02/08/2018 (quinta-feira); VII. 7ª Sessão Ordinária: 31/08/2018 (sexta-feira); VIII. 8ª Sessão Ordinária: 24/09/2018 (segunda-feira); IX. 9ª Sessão Ordinária: 30/10/2018 (terça-feira); X. 10ª Sessão Ordinária: 28/11/2018 (quarta-feira); XI. 11ª Sessão Ordinária: 13/12/2018 (quinta-feira). O horário das sessões permanece às 13h30min. Nada mais havendo a constar, eu, Daniel Bazzotti, Secretário Executivo do Conselho de Campus, lavrei a presente ata que, depois de apresentada e aprovada, vai devidamente assinada. Erechim/RS, 13 de dezembro de 2017.

Erechim-RS, 13 de dezembro de 2017.

Anderson André Genro Alves Ribeiro

Presidente do Conselho de Campus Erechim

Documento Histórico

ATA Nº 13/CONSCER/UFFS/2017

Prorroga o prazo para apresentação de parecer da comissão designada para analisar a proposta de edital para processo seletivo especial do Curso Interdisciplinar em Educação do Campo: Ciências da Natureza - Licenciatura

O Conselho de Campus da Universidade Federal da Fronteira Sul - Campus Erechim, no uso de suas atribuições legais, considerando o Requerimento Nº 9/CONSC-ER/UFFS/2017 e a decisão tomada na 11ª Sessão Ordinária de 2017, realizada em 13 de dezembro de 2017,

RESOLVE:

Art. 1º PRORROGAR o prazo para apresentação de parecer da comissão designada para analisar a proposta de edital para processo seletivo especial do Curso Interdisciplinar em Educação do Campo: Ciências da Natureza – Licenciatura, por meio da Resolução Nº 037/CONSC-ER/UFFS/2017.
Parágrafo único. Na Resolução Nº 037/CONSC-ER/UFFS/2017, Art. 2º, onde se lê “O trabalho da comissão deverá ser apresentado na 11ª Sessão Ordinária do Conselho de Campus, a ser realizada no dia 20 de dezembro de 2017”, leia-se “O trabalho da comissão deverá ser apresentado na 2ª Sessão Ordinária do Conselho de Campus de 2018, a ser realizada no dia 29 de março de 2018”.

Art. 2º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação.

Erechim-RS, 13 de dezembro de 2017.

Anderson André Genro Alves Ribeiro

Presidente do Conselho de Campus Erechim

Homologa composição da Comissão Coordenadora do Laboratório Interdisciplinar de Formação de Educadores (LIFE) do Campus Erechim

O Conselho de Campus da Universidade Federal da Fronteira Sul - Campus Erechim, no uso de suas atribuições legais, considerando o Requerimento Nº 8/CONSC-ER/UFFS/2017 e a decisão tomada na 11ª Sessão Ordinária de 2017, realizada em 13 de dezembro de 2017,

RESOLVE:

Art. 1º HOMOLOGAR a composição da Comissão Coordenadora do Laboratório Interdisciplinar de Formação de Educadores (LIFE) do Campus Erechim, conforme segue:
I. Coordenador: Aníbal Lopes Guedes (Siape 1836907);
II. Coordenadora Adjunta: Ana Maria de Oliveira Pereira (Siape 1929398);
III. Conselheiros: Bárbara Cristina Pasa (Siape 1795625) e Renata Portugal Oliveira (Siape 2279284).

Art. 2º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação.

Erechim-RS, 13 de dezembro de 2017.

Anderson André Genro Alves Ribeiro

Presidente do Conselho de Campus Erechim

Homologa a composição do Colegiado do Curso Interdisciplinar em Educação do Campo

O Conselho de Campus da Universidade Federal da Fronteira Sul - Campus Erechim, no uso de suas atribuições legais, considerando o Mem. Nº 52/CCIECCN-ER/UFFS/2017 e a decisão tomada na 11ª Sessão Ordinária de 2017, realizada em 13 de dezembro de 2017,

RESOLVE:

Art. 1º HOMOLOGAR a composição do Colegiado do Curso Interdisciplinar em Educação do Campo, conforme segue:
I. Coordenador: Denílson da Silva;
II. Coordenador Adjunto: Moisés Marques Prsybyciem;
III. Coordenadora de Estágios: Renata Portugal Oliveira;
IV. Representantes do Domínio Específico: Viviane de Almeida Lima (titular) e Jerônimo Sartori (suplente), Dionei Ruã dos Santos (titular) e Fábio Aparecido da Costa (suplente), Sinara München (titular) e Solange Todero Von Onçay (suplente);
V. Representantes do Domínio Comum: Leandro Carlos Ody (titular) e Lorena Vicini (suplente);
VI. Representantes do Domínio Conexo: Lidiane Limana Puiati Pagliarin (titular) e Ivone Maria Mendes Silva (suplente);
VII. Representantes dos discentes: Cristine Miszewski (titular) e Otavio Kolcheski (suplente);
VIII. Representantes dos Técnico-Administrativos em Educação: Naiá Cloe Lugues (titular) e Cristiana Paula Girotto (suplente);
IX. Representantes da Comunidade Regional: Tatiane Paulino Bezerra (titular) e Mariana Tilde Zabot (suplente).

Art. 2º Fica revogada a Resolução Nº 046/CONSC-ER/UFFS/2017.

Art. 3º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação.

Erechim-RS, 13 de dezembro de 2017.

Anderson André Genro Alves Ribeiro

Presidente do Conselho de Campus Erechim

Define o calendário de Sessões Ordinárias do Conselho de Campus para o ano de 2018

O Conselho de Campus da Universidade Federal da Fronteira Sul - Campus Erechim, no uso de suas atribuições legais, considerando a decisão tomada na 11ª Sessão Ordinária de 2017, realizada em 13 de dezembro de 2017,

RESOLVE:

Art. 1º Definir o calendário de Sessões Ordinárias do Conselho de Campus para o ano de 2018, conforme segue:
I. 1ª Sessão Ordinária: 28/02/2018 (quarta-feira)
II. 2ª Sessão Ordinária: 29/03/2018 (quinta-feira)
III. 3ª Sessão Ordinária: 27/04/2018 (sexta-feira)
IV. 4ª Sessão Ordinária: 28/05/2018 (segunda-feira)
V. 5ª Sessão Ordinária: 26/06/2018 (terça-feira)
VI. 6ª Sessão Ordinária: 02/08/2018 (quinta-feira)
VII. 7ª Sessão Ordinária: 31/08/2018 (sexta-feira)
VIII. 8ª Sessão Ordinária: 24/09/2018 (segunda-feira)
IX. 9ª Sessão Ordinária: 30/10/2018 (terça-feira)
X. 10ª Sessão Ordinária: 28/11/2018 (quarta-feira)
XI. 11ª Sessão Ordinária: 13/12/2018 (quinta-feira)
Parágrafo único: As sessões iniciarão às 13h30min.

Art. 2º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação.

Erechim-RS, 13 de dezembro de 2017.

Anderson André Genro Alves Ribeiro

Presidente do Conselho de Campus Erechim

ACAD RE

EDITAL Nº 6/ACAD-RE/UFFS/2017 - HORÁRIO DA ENTREVISTA DE SELEÇÃO ESTUDANTES COLABORADORES PARA O PROCESSO SELETIVO DE MATRÍCULA 2018/1

Realeza-PR, 15 de dezembro de 2017.

Marcos Antonio Beal

Coordenador Acadêmico do Campus Realeza

COSCCH

ALTERA COMPOSIÇÃO DO COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO (BACHARELADO) DO CAMPUS CHAPECÓ (EMEC 5000376)

O Conselho do Campus Chapecó, da Universidade Federal da Fronteira Sul – UFFS, no uso de suas atribuições legais;

 

RESOLVE:

 

Art. 1º Homologar a composição do Colegiado do Curso de Administração nos termos da Resolução 04/2014 – CONSUNI/CGRAD:

I – Coordenador do Curso: Moacir Francisco Deimling.

II – Coordenador Adjunto: Émerson Moisés Labes.

III – Coordenador de Estágios: Émerson Moisés Labes.

IV – Representantes Docentes do Domínio Comum: Gláucio Adriano Fontana (titular) e  (suplente) vaga vacante.

V – Representantes Docentes do Domínio Conexo: Larissa de Lima Trindade (titular) e João Guilherme Dal Belo Leite (suplente).

VI – Representantes Docentes do Domínio Específico: Tatiane Silva Tavares Maia (titular) e vaga vacante (suplente); Fabrício Simplício Maia (titular) e vaga vacante (suplente); Éverton Miguel da Silva Loreto (titular) e    e vaga vacante (suplente); Humberto Tonani Tosta (titular) e Ronei Arno Mocelin (suplente); Kelly Cristina Benetti Tonani Tosta (titular) e Seline Nicole Martins Soares (suplente); Roberto Mauro Dall'Agnol (titular) e  (suplente) vaga vacante.

VII – Representantes Discentes: Rivaldo de Almeida Arruda (titular) e Priscila Aparecida Oviedo Carrilho (suplente); Delano Prestes Bragagnolo (titular) e  Alexandre Leonardo Stakonski (suplente); Tiago Iltchenco (titular) e Tiago Acordi (suplente).

VIII – Representante Técnico Administrativo em Educação: Ricardo Osmar Voss (titular) Flávia Aigner Pan (suplente).

 

Art. 2º As atribuições do colegiado de curso estão dispostas na Resolução nº 04/2014 – CONSUNI / CGRAD.

 

Art. 3º Fica revogada a Resolução Nº 2/CONSELHO DE CAMPUS CHAPECÓ/2017, de 20 de fevereiro de 2017.

 

Art. 4º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação.

 

Sala das Sessões do Conselho do Campus Chapecó, 11ª Sessão Ordinária, em Chapecó-SC, 12 de dezembro de 2017.

 

 LÍSIA REGINA FERREIRA MICHELS

Presidente do Conselho do Campus Chapecó

Chapecó-SC, 12 de dezembro de 2017.

Lísia Regina Ferreira

Presidente do Conselho de Campus Chapecó

ALTERA COMPOSIÇÃO DO COLEGIADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM LETRAS: PORTUGUÊS E ESPANHOL (LICENCIATURA) DO CAMPUS CHAPECÓ (EMEC 5000404)

O Conselho do Campus Chapecó, da Universidade Federal da Fronteira Sul – UFFS, no uso de suas atribuições legais;

 

RESOLVE:

Art. 1º Homologar a composição do Colegiado do Curso de Licenciatura em Letras  (Português e Espanhol) nos termos da Resolução 04/2014 – CONSUNI/CGRAD:

I – Coordenador do Curso: Luciano Melo de Paula

II – Coordenador Adjunto: Eric Duarte Ferreira

III – Coordenadora de Estágios: Angela Luzia Garay  Flain

IV – Representantes Docentes do Domínio Comum: Joseane de Menezes Sternadt (titular) e vaga vacante (suplente).

V – Representantes Docentes do Domínio Conexo: Alessandra Bonassoli (titular) e vaga vacante (suplente).

VI – Representantes Docentes do Domínio Específico: Alejandra  Rojas Covalski (titular) e Maria José Laiño (suplente); Aline Cassol  Daga Cavalheiro titular) e Angela Derlise Stübe (suplente); Aline Peixoto Gravina (titular) e Ani Carla Marchesan (suplente); Santo Gabriel Vaccaro (titular) e Valdir Prigol (suplente).

VII – Representantes Discentes: Bruna Schaefer (titular) e Emerson Trindade (suplente); Juliano Pereira (titular) e  Larissa Rodrigues (suplente);  Mateus Scariot (titular) e Lucas Dias (suplente).

VIII – Representante Técnico Administrativo em Educação: Naiara Letícia Valentini Dellai (titular) e Noemia Salete Wismann (suplente).

 

Art. 2º As atribuições do colegiado de curso estão dispostas na Resolução nº 04/2014 – CONSUNI / CGRAD.

 

Art. 3º Fica revogada a Resolução Nº 14/CONSELHO DE CAMPUS CHAPECÓ/2016, de 22 de junho de 2016 e a Resolução Nº 8/CONSELHO DE CAMPUS CHAPECÓ/2017, de 20 de abril de 2017.

 

Art. 4º Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação.

 

Sala das Sessões do Conselho do Campus Chapecó, 11ª Sessão Ordinária, em Chapecó-SC, 12 de dezembro de 2017.

 

LÍSIA REGINA FERREIRA MICHELS

Presidente do Conselho do Campus Chapecó

Chapecó-SC, 12 de dezembro de 2017.

Lísia Regina Ferreira

Presidente do Conselho de Campus Chapecó

CAP

ATA DA 8ª REUNIÃO DO COMITÊ ASSESSOR DE PESQUISA–CAP/UFFS-2017

ATA DA 8ª REUNIÃO DO COMITÊ ASSESSOR DE PESQUISA–CAP/UFFS-2017

Aos treze dias do mês de dezembro do ano de dois mil e dezessete, as treze horas e cinquenta e dois minutos, na Sala de Videoconferência, subsolo do prédio da biblioteca, campus Chapecó da Universidade Federal da Fronteira Sul – UFFS, foi realizada por videoconferência com os demais campi a Reunião do Comitê Assessor de Pesquisa - CAP/UFFS, instância vinculada à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação – PROPEPG. A reunião foi presidida pela Diretora de Pesquisa e presidente do CAP, professora Rosiléa Garcia França Fizeram-se presentes à sessão os seguintes membros: do campus Chapecó os professores: Paulo Roger Lopes Alves, Margarete Dulce Bagatini, Sarah Franco Vieira de Oliveira Maciel, Jane Kelly Oliveira Friestino, Aline Massaroli, Vanessa Neumann Silva, Larissa de Lima Trindade, Paulo Hann, Patrícia Gräff; do campus Cerro Largo os professores: Débora Leitzke Betemps, Marlei Veiga dos Santos, Tiago Vecchi Ricci, Suzymeire Baroni, Juliana Marques Schontag, Márcio Antônio Vendrúsculo, Jorge Luis Palácios Félix, Judite Scherer Wenzel, Fabiane de Andrade Leite, Rosemar Ayres dos Santos, Deniz Alcione Nicolay, Caroline Mallmann Schneiders, Ana Cecília Teixeira Gonçalves e o técnico administrativo: Rafael Rodrigo Wolfart Treib; do campus Erechim os professores: Eduardo Pavan Korf, Pedro Germano dos Santos Murara, Marília Teresinha Hartmann, Gean Delise Leal Pasquali Vargas, Helen Treichel, Leandro Galon e Paola Mendes Milanesi; do campus Laranjeiras do Sul os professores: Roberto Antônio Finatto, Maude Regina de Borba, Lisandro Tomas da Silva Bonome Líria Ângela Andrioli; do campus Realeza os professores: André Lazarin Gallina, Adelita Maria Linzmeier, Karina Ramirez Starikoff, Gabrielle Coelho Freitas, Márcia Adriana Dias Kraemer e a técnica administrativa: Andressa Radaelli; do campus Passo Fundo os professores: Gustavo Olszaski Acrani, Vanderléia Laodete Pulga, Amauri Braga Simonetti, Ivana Loraine Lindemann e o técnico-administrativo Jorge Luiz dos Santos de Souza; não compareceram à sessão por motivos justificados os membros: do campus Chapecó: Raquel Aparecida Pegoraro, Marco Aurélio Tramontin da Silva, Ederson do Nascimento, do campus Realeza: Elis Carolina de Souza Fatel, Dalila Moter Benvegnú, Denise Maria Sousa de Mello e Maiara Garcia Blagitz Azevedo; do campus Cerro Largo: ;Rosangela Inês Matos Uhmann; do campus Erechim: Adriana Salete Loss. Também estavam presentes os servidores técnicos administrativos em educação da DPE/PROPEPG, Ana Paula dos Santos e Ilson dos Santos e também o Secretário Especial de Tecnologia e Informação da UFFS, Claunir Pavan que participou das discussões referentes a planilha de produção docente. Iniciada a sessão, a presidente passou, de imediato, ao Expediente. 1 Informes gerais: professora Rosiléa solicitou a inversão da pauta para que o professor Pavan possa contribuir referente aos ajustes da planilha de produção docente. Informou que o intuito é ajustar a ferramenta para facilitar o trabalho do CAP e dos demais docentes. Professor Claunir Pavan destacou o desenvolvimento do sistema PRISMA o qual fará a gestão de projetos e que nas tarefas futuras está incluída a criação de um módulo que cruze dados da plataforma Sucupira com o currículo lattes, para que desta forma, o sistema possa incluir a nota da produção docente automaticamente. Professor informou que já foi enviada pela PROPEPG a solicitação ao CNPq para acesso da base de dados do currículo lattes. Informou que para os editais de bolsa do ano de 2018 é possível realizar alguma alteração simples no sistema de produção docente já existente. Solicitou que sejam levantas as demandas, e desta forma verificar se a equipe de desenvolvimento de sistemas poderá ou não realizar as modificações, pois há um plano diretor que define as prioridades da equipe de desenvolvimento. Professor propôs realizar testes para a produção de relatório de produção docente no sistema Stella Experta, possibilidade que foi descartada devido aos diversos problemas apresentados pelo campus Erechim. Professores Leandro e Marília indicaram que o sistema Stella foi testado e possui bases de dados que não conferem com suas produções. Professor Pavan informou que pode ser verificado se há problema no sistema Stella Experta ou na base de dados inseridas no Lattes. Ficou definido que a equipe da diretoria de pesquisa fará alguns testes para saber se há ou não problemáticas no sistema Experta. Professor Pavan solicitou que se possível o CAP envie ainda esta semana as mudanças que deseja realizar no sistema de produção docente utilizado atualmente porque a equipe de desenvolvimento precisa de tempo hábil para realizar os ajustes. Salienta que sua opinião é que seja dada a fé pública ao que é informado pelo docente na planilha e que não entende como efetiva a conferência dos dados. Professor Roberto sugere que se mantenha para o próximo edital a mesma planilha e que não houve dificuldades na conferência dos dados do currículo lattes. Professora Débora concorda e destaca que não houve dificuldades na conferência dos dados da planilha. Professor Paulo manifestou que há alguns problemas e dificuldades na conferência da planilha de produção docente, e defende que o servidor possui fé pública do nas informações prestadas. Professor Galon defende que os valores da planilha sejam destravados. Professor Gallina sugere como encaminhamento modificar os itens possíveis nesta planilha de produção docente e que este edital o CAP continue avaliando as planilhas x currículo lattes. Professora Rosiléa entende que uma solução imediata seria a retirada de algumas travas no sistema e solicitou que sejam inseridas pelas CAPPGs sugestões na planilha de produção que foi disponibilizada através do Google Drive. Professor Paulo sugere que a questão referente sobre as travas de pontuações sejam discutidas com todo o CAP. professor André não concorda, pois já houve este debate no CAP há alguns meses. Professora Rosiléa sugere que seja estabelecido o prazo de quatorze de fevereiro para que o CAP de cada campus envie a diretoria as últimas sugestões. O coordenador adjunto deve compartilhar com os membros do CAP local o documento da e sintetizar as informações para envio à DPE. 2. Informes Professora Rosiléa retomou os informes e falou sobre as listas de presença das reuniões do CAP. Salientou que a equipe da Diretoria fará o controle das presenças e que será necessário quorum de cinquenta por cento mais um para que as reuniões aconteçam. A agenda de reuniões será disponibilizada na página da UFFS, link pesquisa. Também informou que na última reunião com os Coordenadores Adjuntos foram definidas as prioridades de trabalho do CAP no ano de dois mil e dezoito e solicitou o envio dos nomes de cada campus para compor a comissão organizadora da VIII Jornada de Iniciação Científica e Tecnológica - VIII JIC. Ilson informou sobre o edital de Agroecologia. Reforçou a importância que os pesquisadores solicitem a catalogação dos produtos a serem adquiridos pelos campi e que isso seja feito o mais breve possível. 3 Grupos de Pesquisa: 3.1 Grupo de Pesquisa em Políticas de Inclusão – Chapecó (relatora: Professora Adriana Salete Loss – Processo: 23205.003096/2017-13): professora Marília Teresinha Hartmann leu o parecer que aprovou o grupo de pesquisa e não houve manifestações contrárias. 3.2 Filosofia e temas contemporâneos - Chapecó (relator: Professor Deniz Alcione Nicolay – Processo: 23205.003856/2017-92): professora Débora leu o parecer que foi favorável a aprovação do grupo sem manifestações contrárias. 3.3 Simulações Numéricas em Física Teórica e Suas Aplicações - Chapecó (relator: Professor Tiago Vecchi Ricci – Processo: 23205.003220/2017-41): Professor Tiago leu o parecer que aprova o grupo de pesquisa sem manifestações contrárias. 3.4 Grupo de Estudos e Pesquisa em Políticas Públicas Educacionais e práticas Pedagógicas – Cerro Largo (relatora: Professora Patrícia Graff – Processo: 23205.003879/2017-05): professora Patrícia leu o parecer favorável e não houve manifestações contrárias. Professora Rosiléa explicou aos novos membros como é o processo de envio até a aprovação dos pareceres para criação dos grupos de pesquisa dos grupos e destacou que é um trabalho conjunto entre relator e proponente. 4 Editais: 4.1 Processos de avaliação: professora Rosiléa afirmou que a equipe da diretoria está trabalhando na minuta do edital da FAPERGS em conjunto com os CAP do RS. Professora Débora questiona qual o prazo para que o docente institucionalize os projetos guarda-chuva com objetivo de concorrer aos editais. Professora Rosiléa afirmou que esta decisão deve ser tomada em conjunto com o comitê. Professor Eduardo sugere que seja até o último dia de submissão dos projetos e se for uma data diferente deve sair um memorando informando a todos os docentes. Professor André sugere que seja estabelecida uma data para a submissão dos projetos guarda-chuva. Professor Paulo informa que ainda há dúvidas sobre o novo regulamento da Pesquisa e que é importante que todas as dúvidas sejam sanadas até a publicação do edital e que o prazo de submissão do projeto guarda-chuva seja anterior ao edital. Professor Roberto sugeriu que a data para submissão dos projetos guarda-chuva que seja a mesma data de envio do subprojeto considerando que é o primeiro ano deste novo formato. Professor Gustavo afirma que não é possível definir as mesmas datas uma vez que ficaria em desacordo com o regulamento que define que o prazo de institucionalização deve ser anterior ao subprojeto. Professores Eduardo e Roberto demonstraram que devido ao projeto guarda-chuva não possui avaliação de mérito, o prazo para envio pode ser reduzido. Professor Paulo sugere que seja a data limite para envio do projeto guarda-chuva seja a data da última reunião do CAP local. Professora Rosiléa definiu que será emitido pela Diretoria de Pesquisa um memorando informando que o prazo de institucionalização do projeto guarda-chuva será de até quinze dias antes da data final de submissão dos subprojetos nos editais tanto CNPq quanto FAPERGS. 4.2 Banco de avaliadores: professora Rosiléa afirmou que ainda não será possível para os editais de dois mil e dezoito inserir o banco de avaliadores no sistema PRISMA, mas, possivelmente esta tarefa será concluída pela equipe de desenvolvimento até o mês de maio. Lembrou a importância de que todas as avaliações sejam feitas por avaliadores Ad Hoc externos. Acentuou que esta foi uma solicitação da comissão de avaliadores do CNPq. Solicitou aos coordenadores para enviarem seus bancos de avaliadores afim de unificarmos o cadastro para todos os campi. Professor Eduardo afirmou que em Erechim, a planilha está praticamente pronta e acredita ser muito interessante este compartilhamento de dados. Professor Paulo também informa que tem o banco de avaliadores pronto com mais de cento e cinquenta nomes. Professor Gallina informa que há um banco com mais de quatrocentos nomes e que estão realizando a compilação dos dados e destacando os avaliadores que só recebem projetos de Iniciação Tecnológica (IT). Também será enviado um e-mail padrão para que todos enviem o mesmo e-mail padrão de convite aos Ad Hoc. Não havendo mais assunto a debater, a diretora de pesquisa agradeceu a participação de todos e encerrou a reunião às dezessete horas e eu, Ana Paula dos Santos, SIAPE 2264394, lavrei a presente Ata, que aprovada, será devidamente assinada por mim e pelo presidente da sessão.

Chapecó-SC, 13 de dezembro de 2017.

Rosilea Garcia França

Presidente do Comitê Assessor de Pesquisa

Documento Histórico

ATA Nº 8/CAP/UFFS/2017

CONSCCH

ATA DA 11ª SESSÃO ORDINÁRIA DE 2017 DO CONSELHO DO CAMPUS CHAPECÓ

 

Aos doze dias do mês de dezembro do ano de dois mil e dezessete, às treze horas e cinquenta e três minutos, no auditório do Bloco A do Campus Chapecó da Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS, realizou-se a 11ª Sessão Ordinária do Conselho do Campus, presidida pela diretora do Campus Chapecó e presidente do Conselho Lísia Regina Ferreira Michels. Compareceram à sessão os conselheiros: Rosane Rossato Binotto (coordenadora acadêmica); Samuel Mariano Gislon da Silva, Emilio Wuerges, Eleine Maestri, Diego Anderson Hoff, Nedilson Lauro Brugnera, Renilda Vicenzi, Luciano Melo de Paula (coordenadores de cursos de graduação); Oto João Petry, Janice Teresinha Reichert, (coordenadores de curso de pós-graduação); Valdete Boni, Patricia Gräff, João Guilherme Dal Belo Leite, Roberto Mauro Dall'Agnol, Joanna Darc Lyra Batista (representantes docentes); Rozilene Bellaver (representante dos TAE’s). Participaram da sessão os seguintes conselheiros suplentes, no exercício da titularidade; Vagner Garcias de Vargas (coordenador administrativo em exercício); Emerson Moises Labes, Solange Maria Alves, Ana Paula Herrmann (coordenadores adjuntos de graduação); Ronei Arno Mocellin (representante docente) Amanda Trindade Castro da Silva, Julio Henrique de Oliveira Teixeira (representantes TAE´s). Não compareceram à sessão por motivos justificados os conselheiros: Marlon Brandt e seu suplente William Zanete Bertolini, Moacir Francisco Deimling, Monica Hass, Milton Kist, Maria Conceição de Oliveira (coordenadores de cursos de graduação); Elsio José Cora (representantes docentes); Rivaldo de Almeida Arruda e sua suplente Keli Aparecida Della Libera, João Vitor Lombardi Reginato, Regiani Rolim de Moura e sua suplente Katia Aparecida Rodrigues (representantes discentes). Daiane Lemes Pereira (representantes dos TAE´s). Não compareceram à sessão os conselheiros: Mary Neiva Surdi Da Luz e sua suplente Angela Derlise Stube, Delmir José Valentini (coordenadores de cursos de pós-graduação); Edson da Silva e Luciano Pessoa de Almeida (representantes TAE´s). Verificada a existência de quórum, a presidente declarou aberta a sessão e passou-se ao expediente: 1.1 Aprovação da Ata da 10ª Sessão Ordinária de 2017. Em aprovação, a ata foi aprovada por unanimidade, sem ressalvas. 1.2 Comunicados: A professora Joanna Darc Lyra Batista informou que no dia 15 de dezembro ocorrerá audiência com autoridades judiciárias para tratar sobre parceria entre o Complexo Penitenciário de Chapecó e UFFS – Campus Chapecó. A presidente informou aos conselheiros sobre a avaliação positiva que a UFFS recebeu do MEC. Encerrados os comunicados, passou-se à Ordem do Dia. A presidente apresentou a pauta da sessão: 2.1 – Homologação do Plano anual de atividades dos docentes do Campus Chapecó. 2.2 – Homologação do Relatório anual de Atividades dos docentes do Campus Chapecó. A coordenação acadêmica solicitou inclusão de dois pontos na pauta em regime de urgência sendo (i) homologação do colegiado do Curso de Letras Português e Espanhol- Licenciatura e homologação do colegiado do Curso de Administração. A inclusão na pauta, em regime de urgência, foi aprovada por consenso pelo plenário. Com a inclusão da matéria como primeiro item de pauta, as demais matérias sofreram alteração de ordem. A pauta foi aprovada, por consenso, pelos conselheiros. Passou-se ao item 2.1 – Homologação do Colegiado do Curso de Letras Português e Espanhol – Licenciatura. A presidente fez a leitura do documento MEM 30/CCLL - CH/UFFS/2017, que homologou a composição do Colegiado do Curso de Letras, conforme segue: I – Coordenador do Curso: Luciano Melo de Paula, II – Coordenador Adjunto: Eric Duarte Ferreira, III – Coordenadora de Estágios: Angela Luzia Garay Flain, IV – Representantes Docentes do Domínio Comum: Joseane de Menezes Sternadt (titular) e vaga vacante (suplente). V – Representantes Docentes do Domínio Conexo: Alessandra Bonassoli (titular) e vaga vacante (suplente). VI – Representantes Docentes do Domínio Específico: Alejandra Rojas Covalski (titular) e Maria José Laiño (suplente); Aline Cassol Daga Cavalheiro titular) e Angela Derlise Stübe (suplente); Aline Peixoto Gravina (titular) e Ani Carla Marchesan (suplente); Santo Gabriel Vaccaro (titular) e Valdir Prigol (suplente). VII – Representantes Discentes: Bruna Schaefer (titular) e Emerson Trindade (suplente); Juliano Pereira (titular) e Larissa Rodrigues (suplente); Mateus Scariot (titular) e Lucas Dias (suplente). VIII – Representante Técnico Administrativo em Educação: Naiara Letícia Valentini Dellai (titular) e Noemia Salete Wismann (suplente). Em votação, o conselho aprovou por unanimidade a composição do colegiado do curso de Letras. Atendendo ao que estabelece o Regulamento da Graduação será publicada resolução homologando a composição do colegiado. 2.2 – Homologação do Colegiado do Curso de Administração. A presidente fez a leitura do documento MEM 53/CCAD - CH/UFFS/2017, que homologou a composição do Colegiado do Curso de Administração, conforme segue: I – Coordenador do Curso: Moacir Francisco Deimling. II – Coordenador Adjunto: Émerson Moisés Labes. III – Coordenador de Estágios: Émerson Moisés Labes. IV – Representantes Docentes do Domínio Comum: Gláucio Adriano Fontana (titular) e (suplente) vaga vacante. V – Representantes Docentes do Domínio Conexo: Larissa de Lima Trindade (titular) e João Guilherme Dal Belo Leite (suplente). VI – Representantes Docentes do Domínio Específico: Tatiane Silva Tavares Maia (titular) e vaga vacante (suplente); Fabrício Simplício Maia (titular) e vaga vacante (suplente); Éverton Miguel da Silva Loreto (titular) e vaga vacante (suplente); Humberto Tonani Tosta (titular) e Ronei Arno Mocelin (suplente); Kelly Cristina Benetti Tonani Tosta (titular) e Seline Nicole Martins Soares (suplente); Roberto Mauro Dall'Agnol (titular) e (suplente) vaga vacante. VII – Representantes Discentes: Rivaldo de Almeida Arruda (titular) e Priscila Aparecida Oviedo Carrilho (suplente); Delano Prestes Bragagnolo (titular) e Alexandre Leonardo Stakonski (suplente); Tiago Iltchenco (titular) e Tiago Acordi (suplente). VIII – Representante Técnico Administrativo em Educação: Ricardo Osmar Voss (titular) Flávia Aigner Pan (suplente). Em votação, o conselho aprovou por 21 (vinte e um) votos a favor e uma abstenção a composição do colegiado do curso de Administração. Atendendo ao que estabelece o Regulamento da Graduação será publicada resolução homologando a composição do colegiado. 2.3Homologação do Plano anual de atividades dos docentes do Campus Chapecó. A presidente fez a leitura do documento MEM 209/ACAD – CH/UFFS/2017, que solicita homologação dos Planos anuais de atividades dos seguintes docentes: Asdrubal Cesar da Cunha Russo, Julia Valeria de Oliveira Vargas Bittencourt, Marcelo Recktenvald, Noeli Gemelli Reali, Patricia Pereira de Oliveira, Pericles Luiz Brustoli, Rogério Vaz Trapp, Rosiane Berenice Nicoloco Denardin, Tatiane Silva Tavares Maia, Vander Monteiro da Conceição. Em votação, os plano anuais de atividade dos docentes do Campus Chapecó foram aprovados por unanimidade. 2.4 – Homologação do Relatório anual de Atividades dos docentes do Campus Chapecó. A presidente realizou a leitura do documento MEM 210/ACAD – CH/UFFS/2017 e MEM 207/ACAD – CH/UFFS/2017, que solicitaram homologações dos Planos anuais de atividades dos seguintes docentes: Adriana Remião Luzardo – parecer em 02 de outubro; Alexandre Augusto Moreira Lápis – parecer em 08 de agosto; Aline Cassol Daga Cavalheiro - parecer em 02 de outubro; Andrey Luis Binda - parecer em 08 de agosto; Angelo Brião Zanela - parecer em 02 de outubro; Arturo Fatturi - parecer em 02 de outubro; Asdrubal Cesar da Cunha Russo – parecer em 08 de agosto; Carlos Roberto França - parecer em 08 de agosto; Edson Ribeiro dos Santos - parecer em 08 de agosto; Eleine Maestri - parecer em 02 de outubro; Fabio Carminatti – parecer em 08 de agosto; Glaucio Adriano Fontana - parecer em 08 de agosto; Jorge Luis Garcia Ferrabone - parecer em 08 de agosto; Julyane Felipette Lima - parecer em 08 de agosto; Leandro Miranda Zatesko - parecer em 08 de agosto; Leonardo Rafael Santos Leitão - parecer em 02 de outubro; Leoni Terezinha Zenevick - parecer em 02 de outubro; Liane Coliselli - parecer em 08 de agosto; Lisaura Maria Beltrame - parecer em 08 de agosto; Maria Lucia Marocco Maraschin - parecer em 08 de agosto; Milton Kist - parecer em 08 de agosto; Neide Cardoso de Moura - parecer em 08 de agosto; Odair Neitzel - parecer em 08 de agosto; Patricia Pereira de Oliveira - parecer em 02 de outubro; Renato Viana Boy - parecer em 02 de outubro; Ricardo Monteiro - parecer em 02 de outubro; Ricardo Machado, Rivael Mateus Fabricio – parecer em 08 de agosto; Rodrigo Dal Bosco Fontana – parecer em 08 de agosto; Rogério Vaz Trapp – parecer em 09 de outubro; Rosiane Berenice Nicoloso Denardin – parecer em 08 de agosto; Seline Nicole Martins Soares - parecer em 08 de agosto; Tatiana Gaffuri da Silva - parecer em 02 de outubro. Em votação, os relatórios anuais de atividades dos docentes do Campus Chapecó foram aprovados por unanimidade. Sendo quatorze horas e cinco minutos e não havendo mais nada a tratar, foi encerrada a sessão, da qual eu, Noemia Salete Wismann, Secretária de Direção e dos Órgãos Colegiados, lavrei a presente ata que, aprovada, segue devidamente assinada por mim e pela presidente.

Chapecó-SC, 12 de dezembro de 2017.

Lísia Regina Ferreira

Presidente do Conselho de Campus Chapecó

Documento Histórico

ATA Nº 12/CONSCCH/UFFS/2017

CONSUNI CGAE

ATA DA 11ª SESSÃO ORDINÁRIA DE 2017 DA CÂMARA DE GRADUAÇÃO E ASSUNTOS ESTUDANTIS

 

Aos catorze dias do mês de dezembro do ano de dois mil e dezessete, às oito horas e trinta e cinco minutos, na sala de videoconferência do Bloco dos Professores, do Campus Chapecó da UFFS, em Chapecó-SC, foi realizada a 11ª Sessão Ordinária da Câmara de Graduação e Assuntos Estudantis (CGAE), do Conselho Universitário (CONSUNI), da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), presidida pelo Pró-reitor de Graduação da UFFS, prof. João Alfredo Braida. Fizeram-se presentes à sessão, por videoconferência, os seguintes conselheiros titulares: Bruna Mussio (representante do Pró-reitor de Assuntos Estudantis); diretores de campus: Antonio Marcos Myskiw (Campus Realeza), Ivann Carlos Lago (Campus Cerro Largo); representantes docentes: Pablo Lemos Berned (Campus Cerro Largo); Nedilso Lauro Brugnera, Alexandre Mauricio Matiello (suplente), Maíra Rosseto (Campus Chapecó); Valéria Esteves Nascimento Barros, Murad Jorge Mussi Vaz (Campus Erechim); Roberto Antonio Finatto (suplente) - (Campus Laranjeiras do Sul); Gustavo Olszanski Acrani, Ivana Loraine Lindemann (suplente) - (Campus Passo Fundo); Ademir Roberto Freddo (Campus Realeza); representante técnico-administrativo em educação: Luana Angélica Alberti (suplente Campus Erechim); representantes discentes: Carolina Rosa Listone (Campus Chapecó), André Luis Pereira Correa (Campus Erechim), Thainá Dhaila Nascimento Gomes da Silva (Campus Laranjeiras do Sul); não compareceram à sessão por motivos justificados os conselheiros: Antônio Inácio Andrioli (Vice-Reitor), Darlan Christiano Kroth (Pró-reitor de Assuntos Estudantis), Diego Sigmar Kohwald (suplente – Comunidade Regional); não compareceu à sessão o seguinte conselheiro: Bruno Alencar da Maia Pinto (representante discente Campus Realeza). Estavam presentes, ainda, a Diretora de Registro Acadêmico (DRA), profa. Andressa Sebben; a Diretora de Organização Pedagógica (DOP), Dariane Carlesso, os servidores da Pró-Reitoria de Graduação Sandra Bordignon, Alexandre Fassina e César Capitanio. Iniciada a sessão, o presidente saudou a todos e passou à apreciação da ata da 10ª Sessão Ordinária de 2017 e, não havendo manifestações, foi considerada aprovada. Informes. O presidente informou que no último dia 8, o MEC publicou o edital e cronograma do SISu, que prevê o período de inscrição dos candidatos no período de 29/01/2018 a 01/02/2018, resultado da primeira chamada dia 02/02 e matrícula dias 5, 6 e 7 de fevereiro, sendo que somente a partir de 20 de fevereiro as universidades poderão fazer a segunda chamada. Ressaltou que esse calendário causa preocupação, pois se a UFFS mantiver o início das aulas para 26 de fevereiro, como aprovado na última reunião, não será possível sequer fazer a segunda chamada, antes da data prevista para início do ano letivo de 2018. Por conta disso, foi encaminhada para essa sessão uma proposta de alteração da Resolução que aprova o calendário acadêmico. Informou, ainda, que na segunda-feira dessa semana encaminhou, enquanto coordenador do colégio de Pró-reitores (COGRAD), ofício ao presidente da Andifes solicitando interferência junto ao MEC, no sentido de rever o calendário publicado, especialmente uma proposição na redução do tempo previsto para adesão à lista de espera, o que permitiria fazer mais chamadas antes do início do ano letivo. Comunicou, também, que foram publicados nessa semana o edital do processo seletivo especial do PROHAITI e o edital de seleção de estudantes para colaborarem no processo de matrícula, de maneira a ampliar as equipes de trabalho nesse período. Não havendo inscritos, passou-se à Ordem do Dia: 2.1) Aprovação da decisão Ad Referendum do CONSUNI, que aprova o edital do Processo Seletivo PROHAITI 2018.1 (Proc. nº 23205.004259/2017-85). 2.2) Calendário de reuniões CGAE 2018. 2.3) Proc. nº 23205.004227/2017-80 – PPC de Pedagogia/Campus Erechim_apresentação do parecer do conselheiro relator Alexandre Maurício Matiello. 2.4) Proc. nº 23205.004069/2017-68 – Revisão do Mem. Circular nº 04/PROGRAD/UFFS/2017_apresentação do parecer da conselheira relatora Valéria Esteves Nascimento Barros. O presidente solicitou a inclusão, em regime de urgência, de minuta de resolução propondo a alteração da Resolução nº 12/CONSUNI/CGAE/UFFS/2017, que aprova o Calendário Acadêmico para 2018, em função do cronograma do edital do SISu. Perguntou se havia alguma outra indicação e o conselheiro Gustavo Acrani se manifestou, propondo remeter essa matéria para a reunião extraordinária, prevista para o dia 19, considerando a possibilidade de alteração no cronograma do SISu. O presidente aceitou a proposta e destacou que cabe ao plenário da Câmara acatar ou não o regime de urgência. Defendeu sua proposta pois, o que tinha de informação concreta sobre o SISu, é que ele depende da divulgação da nota do ENEM 2017, que inicialmente estava prevista para dia 19 de janeiro. Isso significava que os prazos do SISu serão bastante apertados, por isso a ideia de atrasar o início das aulas em uma semana não causa prejuízo em número de dias letivos, não atrasa o início do segundo semestre letivo, só diminui em uma semana o período de férias letivas em julho. Não havendo mais manifestações, foi realizada a votação da inclusão da matéria em regime de urgência, que obteve onze votos favoráveis, dois contrários e nenhuma abstenção. Dessa forma, a Ordem do dia ficou assim: 2.1) Proposta de alteração da Resolução nº 2/CONSUNI/CGAE/UFFS/2017 (Calendário Acadêmico 2018); 2.2) Aprovação da decisão Ad Referendum do CONSUNI, que aprova o edital do Processo Seletivo PROHAITI 2018.1 (Proc. nº 23205.004259/2017-85). 2.3) Calendário de reuniões CGAE 2018. 2.4) Proc. nº 23205.004227/2017-80 – PPC de Pedagogia/Campus Erechim_apresentação do parecer do conselheiro relator Alexandre Maurício Matiello. 2.5) Proc. nº 23205.004069/2017-68 – Revisão do Mem. Circular nº 04/PROGRAD/UFFS/2017_apresentação do parecer da conselheira relatora Valéria Esteves Nascimento Barros. Passou-se, de imediato, ao item 2.1) Proposta de alteração da Resolução nº 2/CONSUNI/CGAE/UFFS/2017 (Calendário Acadêmico 2018). Considerando que a justificativa já havia sido realizada, o presidente esclareceu que a alteração seria no início das aulas do primeiro semestre, de 26 de fevereiro para 5 de março, e o encerramento passando de 5 de julho para dia 7 de julho. O segundo semestre permaneceria inalterado. O conselheiro Gustavo Acrani questionou o motivo da alteração da semana do DIVERSA, passando de 22 a 26 de outubro para 15 a 19 de outubro. O presidente explicou que essa alteração foi proposta pela Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação, considerando a realização da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que determina e financia atividades de ensino e pesquisa em todo país e por isso, deve coincidir com a Semana do DIVERSA. Sem mais questionamentos, foi realizada votação da matéria, que foi aprovada com duas abstenções e demais votos favoráveis. A resolução com o novo calendário acadêmico deverá ser publicada nos próximos dias. 2.2) Aprovação da decisão Ad Referendum do CONSUNI, que aprova o edital do Processo Seletivo PROHAITI 2018.1 (Proc. nº 23205.004259/2017-85). O presidente explicou que a Resolução nº 32/2013, que criou o programa PROHAITI, determina que o edital do processo seletivo seja aprovado pela Câmara de Graduação e Assuntos Estudantis, e neste ano está sendo realizada uma mudança bastante significativa no programa, ofertando vagas em quatro campi (Chapecó, Erechim, Laranjeiras do Sul e Cerro Largo), com reestruturação da comissão de apoio e acompanhamento do programa. Isso acabou atrasando o processo de elaboração do edital, não sendo possível encaminhar para a Câmara na sessão anterior. Para não atrasar mais a divulgação do processo, a presidência solicitou a aprovação ad referendum do CONSUNI, que foi realizada por meio da Portaria nº 1401/GR/UFFS/2017, permitindo a publicação do edital. O presidente perguntou se havia acordo com a homologação da decisão ad referendum e, por consenso, foi referendada. 2.3) Calendário de reuniões CGAE 2018. Foi encaminhada aos conselheiros uma proposta de calendário de reuniões para 2018 e não havendo manifestações, foi aprovada por consenso, devendo ser publicada resolução. 2.4) Proc. nº 23205.004227/2017-80 – PPC de Pedagogia/Campus Erechim_apresentação do parecer do conselheiro relator Alexandre Maurício Matiello. O relator leu se parecer e voto, e após, abriu-se espaço para debate. O conselheiro Pablo Lemes Berned apontou algumas questões, sobre a ressalva do relator a respeito da contratação docente para o domínio conexo, ressaltou que quando a definição do domínio conexo foi aprovada pela CGAE, indicava que não haveria necessidade de alteração no quadro docente da instituição. Sobre a proposição do relator de aumentar de quatro anos e meio para cinco anos o tempo de integralização do curso, considerou não ser necessário, pois o tempo proposto pelo colegiado é o mínimo exigido. O relator justificou que existe no processo um parecer da Coordenação Acadêmica do Campus Erechim que explicita essa demanda de contratação do docente no domínio conexo. O presidente perguntou se havia consenso com a concessão da palavra ao prof. José Oto Konzen, Diretor de Políticas de Graduação da Prograd. Em caso positivo, o prof. José Oto Konzen fez algumas considerações sobre a carga horária do domínio conexo, que em tese, o curso de pedagogia também forma profissionais para atuar na gestão educacional, o que não é algo novo. Também sobre o acréscimo de um CCR que discute a inclusão no espaço escolar, também já é ofertado pelo curso. Houve ampliação da carga horária, mas, isso não significa, necessariamente, a necessidade de contratar novos docentes. Sobre o tempo de integralização proposto pelo curso, aumentando a carga horária e reduzindo a duração em semestres, não há justificativa para tal alteração, explicitando as razões que justificam o motivo da redução e em que medida ela vai qualificar a proposta pedagógica. O presidente também fez considerações com relação ao parecer do relator, referente a uma possível demanda de contratação docente para o Campus Erechim, razão da mudança deste e de outros PPCs das licenciaturas. Quando leu o parecer, considerando todo o contexto em que ele foi construído, entendeu que a coordenação acadêmica demonstrava uma preocupação, pois a reformulação dos PPCs gerarão a necessidade de uma reestruturação do próprio quadro docente do campus e não, necessariamente, da ampliação de vagas. No memorando circular encaminhado pela Prograd no início deste ano, orientando sobre a tramitação dos PPCs, havia orientação expressa de que, na situação de que houvesse, de fato, demanda docente ou de servidores técnico-administrativos, ou demanda de infraestrutura nova, necessariamente o PPC deveria tramitar no âmbito do Conselho de Campus, para que fizesse uma análise dessas questões. Como isso não estava claro no parecer da Coordenação Acadêmica, entendia que ela assumiu como um problema a ser analisado no âmbito do próprio campus. Também apresentou algumas informações sobre a ocupação e corpo docente do Campus Erechim, em estudo realizado pela Auditoria Interna da UFFS, que apontou que, no ano de 2016, a carga média, em aulas, na graduação e pós-graduação, por docente naquele campus, era de 8,7 horas de aula, e que 40% do corpo docente do campus sequer cumpria o mínimo legal de 8 horas de aula por semana. Isso demonstra que há no Campus Erechim, corpo docente suficiente para assumir um acréscimo de horas-aula dos PPCs, sem grandes problemas. Também foram reduzidas vagas do curso Interdisciplinar em Educação do Campo, de 120 para 40 vagas anuais, com apenas um ingresso por ano, o que ocasionará redução da demanda de docentes nas licenciaturas. Além disso, em alguns PPCs, como o caso da Pedagogia, há uma redução dos componentes curriculares do domínio comum. Destacou que poderá surgir, em curto prazo, problemas para o campus, com a necessidade de docentes em áreas específicas, mas isso pode ser resolvido a médio prazo, por meio das capacitações docentes. Esclareceu, ainda, que embora se denomine tempo mínimo de integralização da matriz curricular do PPC, de fato, se está falando de tempo idealizado, o tempo mais adequado para que o estudante que ingressa na universidade, conclua este curso. Esse tempo ideal, em tese, não se realiza, por conta de que é preciso uma dedicação ao curso muito maior do que aquela que o estudante, muitas vezes, consegue dedicar. A conselheira Valéria Barros justificou que não havia nenhum docente do colegiado de Pedagogia acompanhando a reunião, o que impediria o esclarecimento de algumas dúvidas. Sobre o tempo de integralização do curso, defendeu que o colegiado efetuou um longo debate no campus e certamente as escolhas feitas foram embasadas em justificativas. Questionou ao relator se ele dialogou com o colegiado do curso sobre isso e destacou que a UFFS se encaminha para fazer parte da matriz Andifes, de distribuição orçamentária, e é preciso pensar em cursos com tempo menor de integralização. Sobre os dados da carga horária docente do Campus Erechim, apresentados pelo presidente, esse problema existe e é um problema da instituição como um todo. Ressaltou que podem existir professores com carga horária baixa, mas que não são das áreas específicas onde há a demanda. O conselheiro Murad Vaz fez menção ao parecer da Coordenação Acadêmica do Campus Erechim, anexo ao PPC, que reconhece o problema da falta de docentes para áreas específicas, mas destaca que é uma demanda institucional. O relator respondeu que tentou contato com o colegiado do curso, mas sem sucesso. Sobre o tempo de integralização do curso, chamou a atenção para o fato de que os estudantes terão aulas aos sábados, o que, no caso dos estudantes que residem em outras cidades, poderá ser desgastante. Além disso, o CCR previsto para o sábado, Seminário Integral, é considerado por ele como central na formação do estudante e haverá um prejuízo para o estudante, que será sentido ao longo do curso. O conselheiro Nedilso Brugnera destacou, quanto à contratação docente, que o parecer do relator apontava para a necessidade de contratação docente, em virtude da reformulação do domínio conexo, e por outro lado, a leitura feita pelo presidente do parecer enviado pela Coordenação Acadêmica do Campus Erechim, dizia ser possível, por meio de uma reestruturação do corpo docente, absorver a demanda apontada pelo PPC. Quando houve a definição do domínio conexo, se vinha alertando sobre a criação de uma demanda, em termos de necessidade docente, que provavelmente não conseguiria ser suprida. Houve a escolha de um domínio conexo ideal para as licenciaturas, mas não se atentou para as condições reais de suprimento dessa demanda e isso deverá se replicar nos demais campi. Sobre o tempo mínimo idealizado para a integralização do curso, precisa ser ponderado com as condições reais e materiais que são impostas para a universidade, como a distribuição orçamentária baseada na matriz Andifes, que prevê quatro anos como tempo de duração para os cursos de licenciatura. Reforçou que o itinerário formativo é dado pelas escolhas dos alunos, e por isso, estabelecer um tempo mínimo não garante que o aluno vá conseguir  integralizar o curso naquele tempo idealizado. Considerou quatro anos e meio como tempo adequado para o curso. O presidente solicitou autorização de palavra à Diretora de Organização Pedagógica, Dariane Carlesso. Havendo acordo, Dariane Carlesso também se manifestou a respeito do tempo mínimo de integralização do curso, afirmou que tem chegado à DOP projetos de cursos que visualizam, em certo medida, o aumento da carga horária, por consequência o número de créditos por semestre, e, em alguns casos, a redução em um semestre no tempo de integralização. Ocorre que não houve justificativa do curso, argumentos que respaldem essa alteração. Ressaltou que o curso tem uma média de integralização em dez semestres que passa de 96%, ou seja, o tempo atual, de cinco anos, é o ideal para que estudante construa seu percurso formativo e tenha êxito para finalizá-lo. Afirmou que era preciso considerar o perfil do aluno que ingressa na UFFS, trabalhador, que em sua maioria, que tem pouco tempo para dispender além do turno noturno, muitas vezes trabalhador inclusive aos sábados pela manhã. A conselheira Carolina Listone reforçou os argumentos postos, com relação ao perfil do aluno e defendeu a manutenção dos componentes curriculares do domínio comum, que são fundamentais para os cursos de licenciatura, na formação de professores. O Presidente se manifestou sobre a questão da ausência do colegiado do curso de Pedagogia na sessão, afirmou que não havia essa necessidade. Lembrou que é competência desta Câmara, não do colegiado, aprovar o PPC do curso.  O colegiado tem como competência propor e ao fazê-lo,  deveria ser da maneira mais explícita possível, sem deixar dúvidas, para que a Câmara possa exercer sua competência de maneira plena. O projeto precisa ser suficientemente claro, adequadamente instruído, para que todos os conselheiros possam, ao ler, entender e tomar a melhor decisão. O PPC, como apontado pelo relator, não é suficientemente claro em alguns aspectos e, portanto, precisa ser corrigido. Com relação ao debate sobre a contratação docente, ressaltou que o corpo docente da UFFS foi distribuído pelos campi em função das necessidades da instituição, tendo autonomia plena de rever suas decisões e reorganizar seu quadro docente. No seu entendimento, não existe razão para contratar novos docentes e sim, a necessidade de reorganização do quadro docente, e isso estava presente quando foi tomada a decisão do domínio conexo. Retomando a questão da carga horária do curso, a conselheira Valéria Barros defendeu que o colegiado do curso de Pedagogia conhece o perfil de seu aluno para propor essa alteração, e que a Câmara não poderia esquecer o processo de construção do colegiado do curso em sua tomada de decisão. O presidente afirmou que de forma alguma, ao questionar a proposta apresentada pelo curso, se estava desconsiderando este trabalho, e sim, alertando que era preciso justificar melhor, no âmbito do projeto, o que estava sendo proposto. Sobre a matriz Andifes, reconheceu que é uma preocupação importante, mas, em função da Resolução 2/2015/CNE, existe um grande debate no âmbito da Andifes, de ampliação da duração padrão das licenciaturas, de quatro para quatro anos e meio, sendo muito provável que essa mudança ocorra nos próximos anos. Reafirmou que não existe disputa de espaço, na matriz curricular, entre os domínios comum, conexo e específico; esses três domínios são essenciais para dar consequência àquilo que está proposto como finalidade da educação superior na LDB. Antes de encaminhar a votação, o presidente disse que era preciso esclarecer se o parecer da Coordenação Acadêmica do Campus Erechim, ao indicar a necessidade de reorganização de seu quadro docente, era impeditivo para a provação do PPC. Houve entendimento dos conselheiros de que não era impeditivo e então, o presidente perguntou se havia consenso com a aprovação e voto do relator. Houve consenso e foi aprovado o parecer e voto. Na sequência, passou-se à deliberação dos destaques propostos pelo relator: “1) A necessidade de que a demanda gerada por contratação destacada no (Parecer no. 2/ACAD-ER/UFFS/2017) deva ficar registrada de forma mais explícita, se caso for necessário, no texto do próprio PPC”. O relator justificou sua preocupação em fazer o destaque, considerando a necessidade de isso fique registrado. O presidente entendeu que essa demanda precisa ficar mais clara no âmbito do processo, sugeriu que a Coordenação Acadêmica do Campus Erechim deva apresentar, no parecer, justificando qual é a demanda de contratação docente no âmbito do campus. O relator não se sentiu contemplado com essa sugestão e então o conselheiro Nedilso Brugnera sugeriu a seguinte redação: “A Direção do Campus Erechim deverá apresentar estudo sobre a capacidade docente do campus em atender o parecer nº 2/ACAD-ER/UFFS/2017, considerando área de formação docente”. Houve acordo com essa proposição, sendo considerada aprovada. Segundo destaque do relator: “2. Que a possibilidade de arranjo da matriz para a integralização do curso em 10 semestres seja considerada fortemente.” O relator complementou que esse destaque se refere à carga horária x semestres, que na proposta apresentada a carga horária é maior, porém o número de semestre é menor. O conselheiro Pablo Lemes Berned sugeriu alterar a redação deste destaque para: “A carga horária total do curso e a possibilidade de rearranjo da matriz para a integralização em  dez semestres sejam reavaliados pelo colegiado fortemente”. Houve consenso com a aprovação deste destaque. Não havendo mais sugestões, ficou aprovado em primeira sessão, a reformulação do PPC, mas considerando que há correções a serem feitas, o projeto será devolvido pela DOP ao colegiado do curso, para procedê-las e após, o processo retornará à CGAE para homologação final. 2.5) Proc. nº 23205.004069/2017-68 – Revisão do Mem. Circular nº 04/PROGRAD/UFFS/2017_apresentação do parecer da conselheira relatora Valéria Esteves Nascimento Barros. O presidente, considerando o documento em análise, se declarou impedido de presidir a sessão e de participar dela com direito a voto, por tratar-se de interessado na matéria. Requisitou o direito de manifestação, no exercício do direito constitucional de ampla defesa e do contraditório. Considerando a ausência do substituto da presidência, prof. Darlan Kroth, propôs que assumisse a presidência o conselheiro com mais tempo no magistério público federal, prof. Ademir Freddo. Passada a presidência, requisitou direito à palavra antes mesmo da apresentação do parecer, advogando erro procedimental. O então presidente solicitou autorização de concessão de palavra ao prof. João Alfredo Braida, havendo consenso. A conselheira Valéria Barros justificou que alguns conselheiros não conseguiram ler seu parecer e por isso, solicitou a leitura antes de o prof. João Alfredo Braida se manifestar. Havendo consenso, passou-se a palavra à relatora, que informou que ficou com dúvidas de como proceder com essa matéria. Em seguida, leu seu parecer e voto, pedindo a anulação do documento. O presidente passou a palavra ao prof. João Alfredo Braida, que destacou que quando a matéria chegou à Câmara, entendeu que havia indicação de um debate a partir daquele memorando, com vistas a propor uma regulamentação para o que estava previsto no memorando. Depois, quando a conselheira Valéria Barros assumiu a relatoria, acreditou que esse encaminhamento se daria porque a conselheira relatora participou da 5ª Sessão Ordinária do Pleno do CONSUNI, em junho deste ano, quando o Campus Erechim solicitou ao Pleno revisão dos procedimentos que a Prograd estava tomando com relação à discussão dos procedimentos de reformulação dos PPCs das licenciaturas. O debate feito lá foi de que o CONSUNI não poderia interferir naquele processo, decidindo que manteria os procedimentos adotados pela Prograd, ques tem competência para isso. Considerou que a CGAE estaria intervindo num órgão da administração, anulando seus atos e era preciso ter claro que o Regimento Geral da Universidade, no seu artigo 6º, inciso 11, diz que cabe exclusivamente ao Pleno do Consuni, decidir, após inquérito administrativo, sobre intervenção em qualquer unidade universitária. Como orientação procedimental, no seu entendimento, o processo deveria ser arquivado, antes mesmo da análise do seu mérito, porque não é competência desta Câmara deliberar sobre intervenção em qualquer unidade universitária. Destacou que, conforme apresentado no relato da conselheira, a Prograd, de algum modo, ao emitir o documento, estaria “cerceando a autonomia dos colegiados de curso”. Afirmou que colegiado de curso não tem autonomia, a autonomia universitária prevista na legislação se refere à universidade e a autonomia da universidade em relação ao governo.  O colegiado de curso integra uma cadeia hierárquica de gestão acadêmica da universidade, portanto está submisso às instâncias superiores. Além disso, era preciso demonstrar quando, como e onde houve invasão de competência, demonstrar qual competência do colegiado foi invadida pela Prograd. Reiterou seu pedido de arquivamento do processo por não cumprir os procedimentos adequados e  por ser descabido. O conselheiro Nedilso Brugnera considerou que a Câmara não poderia estar discutindo um memorando, que trata-se de um documento interno, de orientação de procedimentos e, ainda, que esta matéria já perdeu a validade, pois o memorando tinha prazo até agosto de 2017. A relatora questionou porque foi designada a relatoria do processo, se havia irregularidade procedimental. O prof. João Alfredo Braida respondeu que, na proposição da matéria, não havia indicação precisa de que se tratava de uma questão de intervir na ação da Prograd, havia indicação sobre o conteúdo do memorando e que parecia ser pertinente discutir o assunto. Por fim, solicitou ao Presidente encaminhamento para sua solicitação de arquivamento do processo. O Presidente colocou em votação o pedido de arquivamento, que recebeu nove votos favoráveis, três contrários e duas abstenções. Foi aprovado o arquivamento da matéria. A presidência da sessão voltou ao prof. João Alfredo Braida e não havendo mais assuntos a tratar, foi encerrada a sessão às doze horas e quinze minutos, da qual eu, Debora Cristina Costa, Assistente da Pró-Reitoria de Graduação, lavrei a presente Ata que, aprovada, será devidamente assinada por mim e pelo presidente.

Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

João Alfredo Braida

Presidente da Câmara de Graduação e Assuntos Estudantis

Altera a Resolução nº 12/CONSUNI/CGAE/UFFS/2017, de 28 de novembro de 2017, que aprova o Calendário Acadêmico para o ano letivo de 2018 da Graduação e Pós-graduação da Universidade Federal da Fronteira Sul.

A Câmara de Graduação e Assuntos Estudantis (CGAE) do Conselho Universitário (CONSUNI) da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), no uso de suas atribuições legais, considerando o Art. 64 do Regimento Geral da UFFS;

 

RESOLVE:

 

Art. 1º Alterar o inciso I do Art. 2º da Resolução nº 12/CONSUNI/CGAE/UFFS/2017, que passa a vigorar com a seguinte redação:

I - 1º semestre de 2018

a) Início: 5 de março de 2018

b) Encerramento: 14 de julho de 2018”

 

Art. 2º Alterar o Anexo I da Resolução nº 12/CONSUNI/CGAE/UFFS/2017, que passa a vigorar com a seguinte redação:

[…]

 

Fevereiro/2018

Dom

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sáb

13 – Carnaval – Recesso administrativo.

14 – Quarta-feira de Cinzas (ponto facultativo até às 14h).

19 a 23 – Período de planejamento do ano letivo na graduação.

 

 

 

 

 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

 

 

 

 

 

Março/2018

Dom

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sáb

05Início do semestre letivo 2018.1

30 – Paixão de Cristo – Feriado nacional.

31 – Dia não letivo.

 

 

 

 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Dias letivos: 22.

 

Julho/2018

Dom

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sáb

11 – Válido como sexta-feira para todos os campi, para fins de organização das atividades letivas.

14 – Término do semestre letivo 2018/1.

26 – Feriado Municipal para o Campus Laranjeiras do Sul – Dia da Padroeira Santana.

16 a 31 – Férias letivas.

16 a 27 – Período de férias docentes.

30 e 31 – Período de planejamento do semestre letivo na graduação.

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 

 

 

 

 

Dias letivos: 12.

 

Dezembro/2018

Dom

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sáb

08 – Feriado Municipal para o Campus Passo Fundo – Dia de N. Sra. da Conceição, Padroeira do Município.

11 – Válido como sexta-feira para todos os campi, para fins de organização das atividades letivas.

12 – Válido como sábado para todos os campi, para fins de organização das atividades letivas.

17 – Válido como sexta-feira para todos os campi, para fins de organização das atividades letivas.

19 – Válido como sábado para todos os campi, para fins de organização das atividades letivas.

19 – Término do semestre letivo 2018/2.

20 – Início das férias letivas.

20/12/2018 a 15/02/2019 – Período de férias docentes.

25 – Natal – Feriado nacional.

Dias letivos: 15 para o Campus Passo Fundo, 16 para os demais.

 

 

 

 

 

 

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

 

 

 

 

 

 

 

 

Semestre 2018.2

Campus

Dias Letivos

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sáb

Cerro Largo

110**

19

19

19

18

18*

18*

Chapecó

110

19

19

19

19

18*

16*

Erechim

111

19

19

19

18

18*

18*

Laranjeiras do Sul

110

18

19

19

19

17*

18*

Passo Fundo

110

19

19

19

18

18*

17*

Realeza

111**

19

19

19

19

18*

18*

* Considerando remanejamento de datas letivas.

** Total de dias letivos, descontado o feriado municipal com data a definir. Haverá um dia letivo a menos no dia da semana correspondente ao referido feriado.

[...]”

 

Art. 3º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

 

Sala das Sessões da Câmara de Graduação e Assuntos Estudantis, 11ª Sessão Ordinária, em Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

 

Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

João Alfredo Braida

Presidente da Câmara de Graduação e Assuntos Estudantis

Jaime Giolo

Presidente do Conselho Universitário

Homologa a Portaria nº 1401/GR/UFFS/2017.

A Câmara de Graduação e Assuntos Estudantis (CGAE) do Conselho Universitário (CONSUNI) da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), no uso de suas atribuições legais, considerando o Processo nº 23205.004259/2017-85;

 

RESOLVE:

 

Art. 1º Homologar a Portaria nº 1401/GR/UFFS/2017, de 11 de dezembro de 2017, que aprova ad referendum do Conselho Universitário, o Edital do Processo Seletivo Especial para Acesso à Educação Superior da UFFS para Estudantes Haitianos (PROHAITI).

 

Art. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

 

Sala das Sessões da Câmara de Graduação e Assuntos Estudantis, 11ª Reunião Ordinária, em Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

João Alfredo Braida

Presidente da Câmara de Graduação e Assuntos Estudantis

Jaime Giolo

Presidente do Conselho Universitário

Define o calendário de sessões ordinárias da Câmara de Graduação e Assuntos Estudantis do Conselho Universitário para o ano de 2018.

A Câmara de Graduação e Assuntos Estudantis (CGAE) do Conselho Universitário (CONSUNI) da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), no uso de suas atribuições legais;

 

RESOLVE:

 

Art. 1º Definir o calendário de sessões ordinárias, por videoconferência, da CGAE, para o ano de 2018, conforme segue:

 

Sessão

Data

Horário

1ª Sessão Ordinária

28 de fevereiro (quarta-feira)

8h15min

2ª Sessão Ordinária

22 de março (quinta-feira)

23 de março (sexta-feira)*

8h15min

3ª Sessão Ordinária

24 de abril (terça-feira)

26 de abril (quinta-feira)*

8h15min

4ª Sessão Ordinária

24 de maio (quinta-feira)

8h15min

5ª Sessão Ordinária

19 de junho (terça-feira)

8h15min

6ª Sessão Ordinária

5 de julho (quinta-feira)

8h15min

7ª Sessão Ordinária

9 de agosto (quinta-feira)

8h15min

8ª Sessão Ordinária

11 de setembro (terça-feira)

8h15min

9ª Sessão Ordinária

9 de outubro  (terça-feira)

8h15min

10ª Sessão Ordinária

13 de novembro (terça-feira)

8h15min

11ª Sessão Ordinária

13 de dezembro (quinta-feira)

8h15min

 *Alteração dada pela Resolução nº 2/CONSUNI/CGAE/UFFS/2018, de 26/4/2018.

Art. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

 

Sala das Sessões da Câmara de Graduação e Assuntos Estudantis do Conselho Universitário, 11ª Sessão Ordinária, em Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

João Alfredo Braida

Presidente da Câmara de Graduação e Assuntos Estudantis

Jaime Giolo

Presidente do Conselho Universitário

CONSUNI CAPGP

ATA DA 11ª SESSÃO ORDINÁRIA DE 2017 DA CÂMARA DE ADMINISTRAÇÃO, PLANEJAMENTO E GESTÃO DE PESSOAS

Aos quatorze dias do mês de dezembro de dois mil e dezessete, às treze horas e cinquenta minutos, na Sala de Reuniões do Gabinete do Reitor, na unidade Bom Pastor da UFFS, em Chapecó-SC, e nos demais campi por videoconferência, foi realizada a 11ª Sessão Ordinária da Câmara de Administração, Planejamento e Gestão de Pessoas (CAPGP), da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), presidida pelo Pró-Reitor de Planejamento, Charles Albino Schultz. Fizeram-se presentes à sessão os seguintes conselheiros titulares: diretores de campus: Anderson André Genro Alves Ribeiro (Campus Erechim), Lísia Regina Ferreira Michels (Campus Chapecó), Janete Stoffel (Campus Laranjeiras do Sul); representantes docentes: Fernando Perobelli Ferreira (Campus Chapecó), Fabiano Cassol (Campus Cerro Largo), Gismael Francisco Perin (Campus Erechim), Éverton Artuso (Campus Realeza), Paulo Roberto Barbato (Campus Chapecó), Adelmir Fiabani (Campus Passo Fundo); representantes técnicos administrativos em educação: Túlio Sant'Anna Vidor (Reitoria), Rodrigo Rodrigues (Campus Chapecó), Eloir Faria de Paula (Campus Laranjeiras do Sul); participaram da sessão os seguintes conselheiros suplentes, no exercício da titularidade (titular isento de apresentar justificativa): Gilmar Franzener (repres. docente Campus Laranjeiras do Sul). Registra-se a presença dos seguintes conselheiros suplentes, na presença dos titulares: Josiane Heinrich Garlet (repres. técnico administrativo em educação campus Chapecó); não compareceram à sessão por motivos justificados os seguintes conselheiros: Péricles Luiz Brustolin (pró-reitor de Administração e Infraestrutura); Marcelo Recktenvald (pró-reitor de Gestão de Pessoas), Vanderlei de Oliveira Farias (direção Campus Passo Fundo); faltaram à sessão sem apresentar justificativa os seguintes conselheiros: Willian Strucker [titular] e Luana Garcia Machado [suplente] (repres. discentes do Campus Cerro Largo), Airton Fontana [titular] e Jucimara Meotti Araldi [suplente] (repres. Comunidade Regional). Conferido o quórum regimental, o presidente declarou aberta a sessão e passou ao Expediente. 1.1 Apreciação da Ata da sessão anterior: Ata da 10ª Sessão Ordinária de 2017. O presidente informou que houve uma alteração na ata após o envio para análise dos conselheiros. A partir de observação feita pelo conselheiro Marcelo Recktenvald por e-mail, foi alterado o horário de encerramento da sessão, o qual estava errado. Na sessão, houve manifestação do conselheiro Gismael Francisco Perin para padronizar os termos usados nas linhas 46 e 48. Definiu-se por utilizar o termo “ponto de vista” em ambas as linhas. Não havendo mais manifestações, o presidente encaminhou para apreciação. A ata foi aprovada por consenso, com as alterações citadas. 1.2 Comunicados: Como comunicados, o presidente apresentou a justificativa de ausência dos conselheiros Péricles Luiz Brustolin, Marcelo Recktenvald e Vanderlei de Oliveira Farias. Apresentou também comunicados por parte da Pró-Reitoria de Planejamento, expondo que o planejamento para 2018 já encontra-se na pauta do Conselho Curador, e em relação ao orçamento para 2018, em específico sobre a Lei Orçamentária de 2018, expôs que a PLOA foi tratada pela comissão de orçamento e que possivelmente já tenha sido aprovada, mas que ainda não se possui acesso ao documento aprovado. Não havendo mais comunicados, o presidente passou a palavra aos conselheiros. Não havendo, encerrou-se o Expediente e passou-se a Ordem do Dia: 2.1 Processo nº 23205.004338/2017-96 – Sugestões de Alteração da Resolução nº 5/2014 – CONSUNI/CA; 2.2 Processo nº 23205.004336/2017-05 – Sugestões de alteração da Resolução nº 11/2015 – CONSUNI/CAPGP; 2.3 Processo nº 23205.003151/2017-75 – Requerimento de Alteração de Regime de Trabalho Docente - Relator: Líria Angela Andrioli (Mem 10/CONSUNI-CAPGP/UFFS/2017); 2.4 Processo nº 23205.004258/2017-31 – Plano Anual da Auditoria Interna – PAINT 2018 para apreciação do CONSUNI/CAPGP - Relator: Fernando Perobelli (Mem 9/CONSUNI-CAPGP/UFFS/2017); 2.5 Minuta de Resolução do Calendário das Sessões Ordinárias da CAPGP para o ano de 2018; 2.6 Processo 23205.004401/2017-94 – Recurso a decisão por provimento de vaga por remoção de servidor docente via edital de remoção 870/GR/UFFS/2017. Antes de o presidente encaminhar a pauta para apreciação, o conselheiro Gismael Francisco Perin informou que a matéria do item 2.6 foi encaminhada pelo Campus Erechim, e em regime de urgência considerando a iminência da publicação da portaria de remoção do docente, e questionou se a presença do processo na pauta e designação de relator tem efeito suspensivo em relação à publicação da portaria. O presidente informou que o assunto estar em pauta e ser encaminhado para relatoria não tem efeito suspensivo. O conselheiro Fernando Perobelli Ferreira questionou o porquê de o assunto estar na pauta, sendo que os interessados do processo perderam todos os prazos de recurso definidos no edital de remoção ao qual o processo faz referência. O presidente explicou que, como o processo já foi devolvido uma vez aos solicitantes e foi novamente encaminhado à Câmara, foi posto em pauta para que a Câmara se manifeste definitivamente a respeito. Houve ampla discussão a respeito de tratar o assunto em regime de urgência ou não. Por fim, o presidente decidiu encaminhar a questão da inclusão como regime de urgência ou não para votação. Passou a palavra ao proponente, conselheiro Gismael Francisco Perin, para expor os motivos para inclusão como regime de urgência. O conselheiro Gismael expôs que o regime de urgência se justifica pela iminência da publicação da portaria de remoção do docente. O conselheiro Anderson André Genro Alves também se manifestou sobre, expondo que, postergando a discussão e a decisão do assunto para além da presente sessão pode não ter mais relevância ou gerar efeitos prejudiciais para a instituição do ponto de vista legal. O presidente encaminhou para votação as seguintes propostas: PROPOSTA 1 – favorável ao tratamento da matéria como regime de urgência e PROPOSTA 2 – não favorável ao tratamento da matéria como regime de urgência. Registraram-se 5 (cinco) votos para a PROPOSTA 1, 4 (quatro) votos para a PROPOSTA 2 e 4 (quatro) ABSTENÇÕES. O presidente explicou que, para que algum assunto seja admitido como regime de urgência, é preciso maioria absoluta, ou seja, 10 (dez) votos. Cabe ainda discutir a manutenção da matéria como último item de pauta ou sua alteração de ordem. Optou-se pela manutenção da ordem da pauta, sendo a mesma aprovada por consenso. Passou-se ao item 2.1 Processo nº 23205.004338/2017-96 – Sugestões de Alteração da Resolução nº 5/2014 – CONSUNI/CA. O presidente explicou que o processo encaminhado pela Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas e que está na pauta para designação de relator. O conselheiro Rodrigo Rodrigues se dispôs a relatar o processo, tendo como prazo para apresentação do relato a 1ª Sessão Ordinária de 2018. Passou-se ao item 2.2 Processo nº 23205.004336/2017-05 – Sugestões de alteração da Resolução nº 11/2015 – CONSUNI/CAPGP, também estando em pauta para designação de relatoria. O conselheiro Paulo Roberto Barbato dispôs-se a relatar o processo. Foi designado o conselheiro Paulo como relator do processo, tendo como prazo para apresentação do relato a 1ª Sessão Ordinária de 2018. Passou-se ao item 2.3 Processo nº 23205.003151/2017-75 – Requerimento de Alteração de Regime de Trabalho Docente - Relator: Líria Angela Andrioli (Mem 10/CONSUNI-CAPGP/UFFS/2017). O presidente informou que a conselheira relatora justificou sua ausência estando o seu suplente, conselheiro Gilmar Franzener, presente na sessão. O presidente passou a palavra ao conselheiro para a apresentação do parecer, que teve como voto: Diante do exposto, voto pelo DEFERIMENTO da solicitação de alteração de regime de trabalho apresentada pela servidora Daniela Teixeira Borges, sem prejuízo às discussões desta câmara temática do Conselho Universitário e eventuais decisões divergentes”. O relato foi aprovado por consenso, sendo aprovada a alteração do regime de trabalho da docente Daniela Teixeira Borges. Passou-se ao item 2.4 Processo nº 23205.004258/2017-31 – Plano Anual da Auditoria Interna – PAINT 2018 para apreciação do CONSUNI/CAPGP - Relator: Fernando Perobelli (Mem 9/CONSUNI-CAPGP/UFFS/2017). O presidente explicou que o processo trata da aprovação do Plano Anual da Auditoria Interna, o qual deve ser apreciado ainda no ano de 2017, e que por tal motivo foi realizada a designação de relatoria através de memorando. Passou a palavra ao conselheiro relator, Fernando Perobelli Ferreira, que procedeu com a leitura integral do seu parecer, o qual teve como voto: “Considerado que o PAINT 2018, s.m.j: i) Foi elaborado pela AUDIN/UFFS; ii) Contém o mínimo estabelecido e cumpriu os prazos estipulados na legislação vigente; e iii) Já foi previamente avaliado pela CGU-R/SC através da Nota técnica n° 2181/2017/NAC3/SC/REGIONAL/SC; a qual recomendou a aprovação da sua versão preliminar e a sua apreciação pela CPAGP da UFFS; Voto pela aprovação do PAINT 2018 da UFFS e que se encaminhe o mesmo a AUDIN/UFFS para providências”. O relato foi aprovado por consenso, sendo aprovado o Plano Anual da Auditoria Interna. Passou-se ao item 2.5 Minuta de Resolução do Calendário das Sessões Ordinárias da CAPGP para o ano de 2018. O presidente expôs que a minuta do calendário está disponível no Moodle para apreciação dos conselheiros, e que foi elaborado semelhante ao calendário das sessões do ano de 2017, desviando das sessões do CONSUNI e demais Câmaras, mantendo normalmente 4 (quatro) semanas de intervalo entre cada sessão, observando o calendário acadêmico da universidade e os feriados nacionais e municipais. Foi proposta, no entanto, alteração do horário de início das sessões para às 14 horas, já que o início das sessões às 13 horas e 30 minutos, como vinham sendo realizadas as sessões de 2017 estava causando alguns transtornos e atrasos. O conselheiro Anderson André Genro Alves Ribeiro destacou que na proposta apresentada pela mesa estão agendadas muitas sessões para quintas-feiras. A minuta de calendário foi aprovada por consenso com duas alterações: alteração da data da última sessão para não ser realizada em uma quinta-feira, e retorno do horário de início para às 13 horas e 30 minutos. Encerrado o assunto, passou-se ao item 2.6 Processo 23205.004401/2017-94 – Recurso a decisão por provimento de vaga por remoção de servidor docente via edital de remoção 870/GR/UFFS/2017. O presidente destacou que o ponto está na pauta para designação de relator. O conselheiro Fabiano Cassol se propôs a relatar a matéria. Foi designado o conselheiro Fabiano como relator da matéria tendo como prazo para apresentação do relato a 1ª Sessão de 2018 da CAPGP. Encerrada a pauta e havendo tempo, o presidente abriu espaço para debate ou manifestações dos conselheiros. Não havendo e sendo quinze horas e trinta e cinco minutos, foi encerrada a sessão, da qual eu, Talita Frozza, secretária da Câmara de Administração, Planejamento e Gestão de Pessoas, lavrei a presente Ata que, aprovada, será devidamente assinada por mim e pelo presidente.

Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

Charles Albino Schultz

Presidente da Câmara de Administração, Planejamento e Gestão de Pessoas

Aprova a alteração da jornada de trabalho de docente do Campus Passo Fundo.

A Câmara de Administração, Planejamento e Gestão de Pessoas (CAPGP) do Conselho Universitário (CONSUNI) da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), no uso de suas atribuições legais, considerando o Processo nº 23205.003151/2017-75;

 

DECIDE:

 

Art. 1º Aprovar a alteração da jornada de trabalho da docente Daniela Teixeira Borges, SIAPE nº 1213159, lotada no Campus Passo Fundo, do regime de 20 (vinte) horas semanais de trabalho para 40 (quarenta) horas semanais.

 

Art. 2º Esta Decisão entra em vigor na data de sua publicação.

 

Sala das Sessões da Câmara de Administração, Planejamento e Gestão de Pessoas do Conselho Universitário, 11ª Sessão Ordinária, em Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

Charles Albino Schultz

Presidente da Câmara de Administração, Planejamento e Gestão de Pessoas

Jaime Giolo

Presidente do Conselho Universitário

Aprova o Plano Anual da Auditoria Interna (PAINT) para o exercício de 2018.

A Câmara de Administração, Planejamento e Gestão de Pessoas (CAPGP) do Conselho Universitário (CONSUNI) da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), no uso de suas atribuições legais, considerando o Processo nº 23205.004258/2017-31;

 

DECIDE:

 

Art. 1º Aprovar o Plano Anual de Auditoria Interna (PAINT) para o exercício de 2018, da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS).

 

Art. 2º Esta Decisão entra em vigor na data de sua publicação.

 

Sala das Sessões da Câmara de Administração, Planejamento e Gestão de Pessoas do Conselho Universitário, 11ª Sessão Ordinária, em Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

Charles Albino Schultz

Presidente da Câmara de Administração, Planejamento e Gestão de Pessoas

Jaime Giolo

Presidente do Conselho Universitário

Define o calendário de sessões ordinárias da Câmara de Administração, Planejamento e Gestão de Pessoas do Conselho Universitário para o ano de 2018.

A Câmara de Administração, Planejamento e Gestão de Pessoas (CAPGP) do Conselho Universitário (CONSUNI) da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), no uso de suas atribuições legais;

 

RESOLVE:

 

Art. 1º Definir o calendário das sessões ordinárias, por videoconferência, da CAPGP, para o ano de 2018, conforme segue:

 

Sessão

Data

Horário

1ª Sessão Ordinária

1 de março (quinta-feira)

13h30min

2ª Sessão Ordinária

27 de março (terça-feira)

13h30min

3ª Sessão Ordinária

25 de abril (quarta-feira)

13h30min

4ª Sessão Ordinária

24 de maio (quinta-feira)

13h30min

5ª Sessão Ordinária

26 de junho (terça-feira)

13h30min

6ª Sessão Ordinária

2 de agosto (quinta-feira)

13h30min

7ª Sessão Ordinária

28 de agosto (terça-feira)

13h30min

8ª Sessão Ordinária

25 de setembro (terça-feira)

13h30min

9ª Sessão Ordinária

24 de outubro (quarta-feira)

13h30min

10ª Sessão Ordinária

22 de novembro (quinta-feira)

13h30min

11ª Sessão Ordinária

11 de dezembro (quinta-feira)

13h30min

11ª Sessão Ordinária

12 de dezembro (quarta-feira)

 8h30min*

(*Nova redação dada pela Resolução nº 9/CONSUNI/CAPGP/UFFS/2018, de 22/11/2018.)

Art. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

 

Sala das Sessões da Câmara de Administração, Planejamento e Gestão de Pessoas do Conselho Universitário, 11ª Sessão Ordinária, em Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

Charles Albino Schultz

Presidente da Câmara de Administração, Planejamento e Gestão de Pessoas

Jaime Giolo

Presidente do Conselho Universitário

CONSC RE

A comissão eleitoral, instituída pela Resolução nº 013/2017 – CONSCRE, torna público o resultado final do processo eleitoral de representantes dos segmentos da comunidade universitária para o mandato 2018-2019 no Conselho do Campus Realeza.

1.DOS REPRESENTANTES ELEITOS
1.1 Representantes eleitos por segmento, conforme Art. 13 do Regimento Interno do Conselho do Campus.

Segmento  Docente                                                     
Titular: Felipe Beijamini
Suplente: Adelita M. Linzmeier
Titular: Marcelo Zanetti
Suplente: Ademir R. Freddo
Titular: Márcia Adriana Dias Kraemer
Suplente: Gilson L. Voloski
Titular: Clovis Piovezan
Suplente: Fagner Luiz da Costa Freitas
Titular: Fabiana Elias
Suplente: Luciana Pereira Machado
Titular: Eloá Angelica Koehnlein
Suplente: Eliani Frizon
Titular: Emerson Martins
Suplente: Saulo Gomes Thimoteo

Segmento    TAE                                                           

Titular: Andreia Florencio Eduardo de Deus
Suplente: Roseana Tenutti Setti
Titular: Hudison Loch Haskel
Suplente: Edson Antonio Santolin

Segmento Discente                                                             

Titular: Bruna Maykiara Rodrigues
Suplente: Amanda Rocha Fujita
Titular: Alef Zagato de Araújo
Suplente: Danielli de O. Loeve

2. DAS VAGAS NÃO PREENCHIDAS
2.1 De acordo com o item 5.3 do Edital nº 001/CONSC-RE/UFFS/2017, a Comissão Eleitoral convocará, em até 30 (trinta) dias, nova eleição para preenchimento das vagas não ocupadas.

______________________________
Letiére Cabreira Soares
Siape 2036344
Presidente da Comissão Eleitoral
Edital

Realeza-PR, 11 de dezembro de 2017.

Antonio Marcos Myskiw

Presidente do Conselho de Campus Realeza

CONSCLS

Aprova as adequações no Regimento Interno do Conselho de Campus de Laranjeiras do Sul da UFFS

O Conselho de Campus Laranjeiras do Sul no uso de suas atribuições legais,


CONSIDERANDO a Resolução Nº 31/2015 – CONSUNI, Art. 25 – IV.
CONSIDERANDO a aprovação na 10ª Sessão Ordinária de 2017, de 10 de novembro de 2017 e a 11ª Sessão Ordinária de 2017, de 04 de dezembro de 2017, do Conselho de Campus Laranjeiras do Sul.


RESOLVE:


Art. 1º Aprovar as adequações no Regimento Interno do Conselho de Campus de Laranjeiras do Sul da UFFS.

Art. 2º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

Conselho de Campus Laranjeiras do Sul, 11 de dezembro de 2017.

Presidente do Conselho de Campus

 

UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL
CAMPUS LARANJEIRAS DO SUL


REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO DE CAMPUS

TÍTULO I

DO CONSELHO DE CAMPUS

CAPÍTULO I

DA NATUREZA E FINALIDADE
Art. 1° O Conselho de Campus conforme Estatuto e Regimento Geral da UFFS é órgão consultivo e deliberativo no âmbito do Campus Universitário.

CAPÍTULO II

DA COMPOSIÇÃO
Art. 2° O Conselho de Campus Laranjeiras do Sul da UFFS será composto por:
I – Diretor(a) do Campus
II – Representantes dos(as) Coordenadores(as) dos cursos de Graduação e Pós-graduação stricto sensu
III – Coordenadores(as) Administrativo(a) e Acadêmico(a)
IV – Coordenadores(as) de Unidades Acadêmicas
V – 7 Docentes eleitos
VI – 2 Técnicos(as) Administrativos(as) eleitos(as)
VII – 2 Discentes indicados pela representação estudantil
VIII – 1 Representante da comunidade regional.

§1° O(a) Diretor(a) do Campus será o(a) presidente do Conselho de Campus, com direito somente a voto de qualidade (conforme Estatuto da UFFS).
§2° Os conselheiros referidos nos incisos I, II, III e IV são membros natos do Conselho.
§3° A composição deste Conselho deverá atender a proporção mínima 70% de docentes, conforme Art. 56 da Lei nº 9.394/1996 (LDB)
§4° Os membros titulares eleitos elencados nos incisos V e VI terão mandato de 02 anos com suplentes eleitos concomitantemente, que os substituirão em caso de faltas ou impedimentos e os sucederão em caso de vaga.
§5° Antes do término do mandato dos membros elencados nos incisos V e VI, o Conselho designará comissão eleitoral para a escolha dos novos representantes.
§6° A candidatura ao Conselho para os membros citados nos incisos V e VI será realizada por meio de chapa, devendo haver candidato a membro titular e suplente.
§7° Não havendo número suficiente de chapas candidatas, serão realizadas eleições complementares.
§8° Os membros elencados no inciso VII serão indicados, a cada novo mandado, pela representação estudantil no âmbito do Campus.
§9° Os membros relacionados no inciso VIII serão indicados pelo Conselho Comunitário do Campus, sendo o mandato de dois anos, permitida uma recondução (conforme Estatuto da UFFS)
§10° Em caso de vacância do titular, seu suplente assumirá o mandato. Caso o suplente também renuncie será chamada a chapa com maior votação dentre aquelas que ainda não tenham sido empossadas. Em não havendo chapa remanescente, caberá decisão ao Conselho de Campus sobre a realização de uma eleição complementar para a vaga em aberto.
§11° Os conselheiros a que se referem os incisos V, VI, VII e VIII, perderão o mandato caso faltem a 3 (três) sessões consecutivas ou, alternadamente, a 5 (cinco) das sessões ordinárias, correspondentes ao ano, salvo em casos de doença ou motivo de força maior, devidamente comprovado.
§12° Os representantes mencionados nos incisos V, VI, VII e VIII, poderão renunciar ao mandato a qualquer momento, a qual se efetivará automaticamente, desde que o conselheiro a torne expressa em requerimento ao presidente do Conselho.
§13° É vedada a acumulação de representações no Conselho de Campus.

CAPÍTULO III

DA SECRETARIA

Art. 3° A Secretaria é o órgão executivo e de apoio técnico-administrativo à Presidência, ao Conselho e às suas Comissões, sendo responsável pelas ações, medidas, providências e procedimentos correlacionados com o regular funcionamento do Conselho.
§1° A Secretaria será administrada por um servidor técnico-administrativo do quadro permanente deste Campus da UFFS, vinculado à Secretaria dos Órgãos Colegiados do Campus e estará subordinado à presidência do Conselho.
§2° São atribuições da secretaria:
I. Lavrar as atas das sessões do Conselho de Campus;
II. Fazer a conferência de quórum, por sessão, sempre que requerida pelo Presidente antes de iniciar a instalação do Conselho ou de qualquer votação, anotando em ata os presentes, ausentes e o informe das justificativas de ausência.
III. Controlar as inscrições e o tempo concedido para discussão de matérias;
IV. Adotar todas as providências relativas às deliberações que sejam aprovadas pelo Conselho, seguindo-se a regular publicação, divulgação ou distribuição, conforme o caso;
V. Contabilizar os votos nas deliberações do Conselho e fazer a lista das votações nominais, anotando as declarações de voto;
VI. Receber as proposições e organizar a pauta de cada reunião, submetendo-a, previamente, ao Presidente do Conselho;
VII. Providenciar os elementos de informação solicitados pelos Conselheiros;
VIII. Encaminhar aos conselheiros, nos prazos, a pauta das reuniões e, quando necessário, cópia dos documentos referentes aos processos em discussão;
IX. Registrar os pedidos de vista formulados por conselheiros, redistribuindo o processo;
X. Prover os meios necessários para o regular funcionamento do Conselho.

CAPÍTULO IV

DAS COMPETÊNCIAS E ATRIBUIÇÕES

Art. 4° Compete ao Conselho de Campus (de acordo com o Estatuto da UFFS):
I. Estabelecer, em consonância com as normas superiores da Universidade, regulamentos e instruções para os órgãos e atividades do campus;
II. Deliberar sobre assuntos de sua alçada em concordância com as normas e práticas superiores da Universidade;
III. Deliberar sobre qualquer matéria da competência do diretor, quando por ele solicitado;
IV. elaborar e modificar o Regimento do Campus, em sessão especialmente convocada para este fim, com aprovação de pelo menos 3/5 (três quintos) dos membros do Conselho de Campus, para posterior aprovação do Conselho Universitário;
V. Homologar decisões tomadas por órgãos e setores do Campus, quando essa providência for exigida regimentalmente;
VI. Delegar competências a outras instâncias deliberativas no âmbito do Campus;
VII. Apreciar o plano de gestão e o relatório anual do Campus;
VIII. Propor ao Conselho Universitário a criação e extinção de Unidades Acadêmicas, cursos de graduação e pós-graduação a serem coordenados pelo Campus, objetivando a articulação e a compatibilização das atividades do Campus.
IX. Propor a realização de concursos para docentes e técnicos administrativos, na forma prevista no Regimento Geral da Universidade e de acordo com o Plano de Desenvolvimento Institucional e demais diretrizes da UFFS;
X. Acompanhar a implementação e avaliar as políticas de desenvolvimento de pessoal adotadas pela universidade, no âmbito do campus;
XI. Distribuir encargos docentes e técnico-administrativos e deliberar sobre casos de remoção, redistribuição e cedência de servidores, tendo por base a legislação vigente e as políticas institucionais;
XII. Propor ao Conselho Universitário a criação de Órgãos Suplementares vinculados ao Campus, para colaborar no ensino, na pesquisa, na extensão e na preservação de bens culturais;
XIII. Propor ao Conselho Universitário a concessão de títulos e dignidades universitárias;
XIV. Criar, fundir ou extinguir, a partir das necessidades do Campus, comissões especiais para tratar de questões de planejamento e acompanhamento de atividades administrativas e acadêmicas;
XV. Reunir-se ordinariamente 11 onze vezes por ano e, extraordinariamente, sempre que convocado pelo presidente ou por 1/3 (um terço) de seus membros;
XVI. Atuar como instância recursal máxima no âmbito do Campus, bem como avocar o exame e a deliberação sobre qualquer matéria de sua competência;
XVII. Decidir sobre matéria omissa no seu Regimento Interno;
XX. Propor ao reitor destituição do diretor, na forma da lei, com aprovação de 2/3 (dois terços) dos conselheiros, em sessão especialmente convocada para esse fim.
§1° Em casos de urgência e relevante interesse do Campus e da instituição, o Diretor do Campus poderá decidir sobre matéria Ad referendum do Conselho de Campus, estando obrigado a submetê-las ao plenário do conselho, para aprovação, na sessão subsequente ao ato.
§2° Em caso de não aprovação pelo Conselho de Campus da decisão Ad Referendum, tornar-se-ão sem efeito todas as ações que derivaram da resolução denegada com efeito retroativo.


Art. 5° São atribuições do presidente:
I. Presidir as reuniões do Conselho de Campus, dirigir os trabalhos e manter a ordem, observando o disposto neste Regimento;
II. Propor, no início do ano letivo, calendário de reuniões ordinárias, bem como convocar reuniões extraordinárias;
III. Cumprir e fazer cumprir as decisões do Conselho de Campus;
IV. Em processos de votação, solicitar à secretaria a contagem e/ou recontagem dos votos e anunciar o resultado ao Conselho de Campus;
V. Comunicar às unidades administrativas e outros setores da comunidade acadêmica, as deliberações do Conselho de Campus, encaminhando-lhes as resoluções que necessitem providência;
VI. Solicitar pareceres ou informações a qualquer órgão da UFFS quando se tratar de assunto complexo ou controverso;
VII. Nomear, após aprovação do Conselho de Campus, comissões para tratar de assuntos específicos;
VIII. Supervisionar o funcionamento da secretaria;
IX. Providenciar a publicação das resoluções emitidas pelo conselho.

Art. 6° São atribuições dos conselheiros:
I. Exercer o direito a voto, nos termos estabelecidos por este Regimento;
II. Apresentar dentro dos prazos as informações e pareceres dos quais for incumbido;
III. Informar à secretaria, antecipadamente, ausência em Sessão, encaminhando justificativa;
IV. Integrar comissões para tratar de assuntos específicos;
V. Propor pontos de pauta.

CAPÍTULO V
DAS SESSÕES

Art. 7° O Conselho de Campus se reunirá ordinariamente 11 (onze) vezes ao ano em calendário definido e aprovado no início do ano letivo, e extraordinariamente, quando convocado por seu presidente ou por pedido de 1/3 (um terço) de seus membros.
§1° As reuniões ordinárias serão convocadas com 72 horas de antecedência, mencionando-se a pauta.
§2° O prazo mínimo para a convocação de reuniões extraordinárias será de 48 horas, mencionando-se a pauta.
§3° As reuniões ordinárias ocorrerão, preferencialmente, em diferentes dias da semana, em horário a ser definido pela maioria simples dos conselheiros
§4° As reuniões extraordinárias serão realizadas em data e horário a ser definido pelo Presidente ou por requerimento de 1/3 (um terço) dos membros.
§5° O tempo das reuniões será de até 2h (duas horas). Podendo haver, caso necessário e aceito pela maioria simples dos presentes, prorrogação de certo tempo, não superior a 1h.
§6° As reuniões serão secretariadas por um servidor vinculado a Secretaria dos Órgãos Colegiados do Campus.
§7° Os anexos e documentos referentes à pauta deverão ser disponibilizados aos conselheiros no mesmo momento da convocação, preferencialmente em meio eletrônico.
§8° Qualquer conselheiro poderá enviar ao presidente do Conselho de Campus matérias e sugestões de pauta, respeitando o prazo das 72h (setenta e duas horas) que antecedam as reuniões caso contrário, as matérias e sugestões serão incluídas na próxima pauta. Entretanto, se a sugestão for enviada posteriormente ao prazo estipulado ou apresentada na própria reunião, esta poderá ser incluída na pauta do dia por aprovação da maioria simples dos presentes na sessão.


Art. 8° A sessão do Conselho de Campus funcionará com a presença da maioria absoluta de seus membros (50% +1).
§1° Na falta ou impedimento do(a) Presidente do Conselho de Campus, a presidência será exercida pelo(a) Coordenador(a) Acadêmico(a). E, na ausência desse, pelo conselheiro docente, presente na sessão, com maior tempo de atividade na instituição.
§2° O Presidente ou o Conselho, mediante requerimento de 1/3 de seus membros, poderá convocar qualquer membro da comunidade acadêmica da UFFS, ou de seus órgãos vinculados, para prestar esclarecimento e/ou depoimento sobre matéria específica.


Art. 9º O comparecimento dos conselheiros às respectivas sessões do Conselho de Campus é obrigatório e tem precedência em relação a qualquer outra atividade universitária.
§1º O conselheiro que não puder comparecer à sessão por motivos legais - conforme tabela 2.4 da tabela de códigos de ocorrência do manual de chefias (Manual nº 90/PROGESP/UFFS/2017) deverá comunicar o seu suplente para substituí-lo.
§2º A presença do suplente isenta o titular de apresentar justificativa.
§3º Quando titular e suplente não puderem comparecer à reunião convocada devem comunicar essa impossibilidade, através de instrumento único escrito, à Secretaria do Conselho de Campus, indicando os motivos das suas ausências.
§4º As justificativas de ausências, diferentes das constantes no manual nº90/PROGESP/UFFS/2017, deverão ser apreciadas pelo Conselho de Campus;
§5º Não havendo encaminhamento de justificativa ou da justificativa não ser considerada válida, a falta será tida como não justificada, perdendo o mandato o conselheiro eleito que acumular 3 (três) faltas não justificadas consecutivas ou 5 (cinco) intercaladas, durante o mandato.
§6º O Conselheiro que tiver 2 faltas não justificadas consecutivas ou 4 faltas não justificadas intercaladas será notificado pela presidência do Conselho de Campus e terá 10 dias para apresentar recurso ao Conselho de Campus.

CAPÍTULO VI
DOS PROCEDIMENTOS, DISCUSSÕES, PROCESSOS E DECISÕES

Art. 10° No início da Sessão a secretaria realizará a conferência de quórum e o presidente declarará aberta a Sessão.
Parágrafo único. Não havendo quórum, superando os 15 min de tolerância, a reunião não poderá ser realizada, os assuntos de pauta serão discutidos na próxima sessão e uma Ata da ocorrência será lavrada.


Art. 11º O(a) presidente procederá à leitura da pauta com as matérias do dia e, a critério deste(a) ou dos membros presentes, a ordem das matérias em pauta poderá ser alterada com a aprovação prévia dos conselheiros.
§1° A apresentação das matérias será feita pelo presidente, por um conselheiro ou alguém designado por conselheiro e aprovado pela maioria simples dos presentes.
§2° Durante a apresentação, não deverão ser emitidas opiniões, pedidos de esclarecimento ou discussões. O tempo para a apresentação deverá ser o estritamente exigido pelo assunto.
§3° Terminada a apresentação, o presidente dará início às discussões sobre a matéria, concedendo a palavra aos conselheiros, respeitando a ordem das inscrições. Os conselheiros que desejarem se manifestar deverão solicitar inscrição à secretaria, inclusive o Presidente da Sessão.
§4° Os conselheiros deverão ser objetivos em suas falas durante as discussões, cabendo ao presidente do Conselho de Campus intervir quando as falas forem longas ou tratarem de outros assuntos que não a matéria.
§5° O plenário poderá estipular um tempo máximo para as falas durante as discussões de determinada matéria.
§6° Durante as discussões serão permitidos apartes. Em caso de haver um tempo limite para a fala, este deverá ocorrer dentro do tempo estipulado.
§7° Fica assegurado o direito a qualquer membro do Conselho de Campus solicitar Questão de Ordem, cabendo ao presidente resolver ou delegar ao plenário a decisão.


Art. 12º Qualquer conselheiro tem o direito de pedir vistas aos processos que sejam apresentados e que não se sintam confortáveis para realizar discussão ou votação, ficando a matéria adiada para a próxima Sessão.
§1° O pedido de vistas será limitado a uma única vez, na Sessão em que a matéria for apresentada, tendo o solicitante o prazo de 10 dias a partir da posse dos autos para apresentar relato por escrito à secretaria do Conselho de Campus.
§2° Para qualquer matéria em discussão, poderá ser feito o pedido de regime de urgência por qualquer um dos conselheiros, que deverá apresentar justificativa para que o regime seja adotado.
§3° O pedido de regime de urgência, após apresentada justificativa, deverá ser aprovado pela maioria simples dos conselheiros presentes. Em caso de aprovação, as discussões e votação da matéria deverão ocorrer na Sessão corrente.
§4° Quando houver pedido de urgência em determinada matéria, o conselheiro que pedir vistas ao processo deverá realizá-lo no transcorrer da Sessão, ficando desobrigado de apresentar relato por escrito.


Art. 13º Encerradas as discussões, o presidente dará início aos processos de encaminhamentos pelos redatores das propostas e, caso necessário, votação.
§1° Durante os encaminhamentos não serão permitidas discussões, apartes ou comentários.
§2° Apresentados os encaminhamentos, dar-se-á início ao processo de votação, no qual o (a) presidente do Conselho de Campus tomará o voto de cada um dos conselheiros, que serão registrados pela secretaria.


Art. 14º Ao término da Sessão, a secretaria do Conselho de Campus lavrará a Ata, que será encaminhada aos membros até a convocação da próxima sessão ordinária.
Parágrafo único: A ata será submetida à aprovação dos conselheiros na próxima sessão. Após aprovada, será assinada pelo secretário e presidente do Conselho de Campus.

CAPÍTULO VII
DO PROCESSO DE VOTAÇÃO

Art. 15º Ao término das discussões sobre matéria que necessite de deliberação do Conselho de Campus haverá o processo de votação.
§1° Para efeitos de votação, considera-se:
Maioria absoluta: a maioria com direito a voto;
Maioria simples: a maioria dos votos dos presentes na Sessão;
Maioria qualificada: maioria superior a absoluta, devendo ser de no mínimo 2/3.
§2° As matérias serão votadas em sua totalidade, salvo em situações em que haja solicitação de conselheiro e aprovada pelo pleno. Nestas situações, uma determinada matéria poderá ser votada em partes.
§3° Para aprovação das matérias é necessária a maioria simples, exceto quando exigir maioria qualificada ou absoluta, conforme as normativas institucionais.

Art. 16º O processo de votação será, regra geral, simbólica, podendo, em casos excepcionais, ser secreta ou nominal.
§1° Na votação simbólica, o(a) presidente do Conselho de Campus pedirá que cada conselheiro se manifeste gestualmente a favor ou contra determinada matéria.
§2° Na votação secreta os conselheiros deverão votar em cédula e a apuração será feita pelo presidente do Conselho de Campus e secretário(a) da Sessão, sendo fiscalizada pelos membros do Conselho de Campus.
§3° A votação nominal permite a identificação do conselheiro e seu respectivo voto, devendo ocorrer a chamada individual do conselheiro, pelo presidente do Conselho de Campus, para informar seu voto.
§4° Caberá à secretaria do Conselho a contagem dos votos e o informe do resultado ao presidente, que o proclamará.
§5° O processo de votação será secreto caso seja solicitado por conselheiro e aprovado pelo conselho.
§6° O processo de votação será nominal caso seja solicitado por conselheiro antes do início da votação.
§7° Havendo o pedido de votação nominal e secreta em mesma matéria, será colocado em votação o pedido de votação secreta. Sendo esta aprovada, o pedido de votação nominal está extinto.
§8° O resultado será registrado em Ata e todo conselheiro tem o direito de declarar seu voto à secretaria para registro em Ata.
§9° O conselheiro está impedido de votar nas deliberações que digam respeito, diretamente, aos seus interesses particulares, de seu cônjuge, descendentes, ascendentes, colaterais, ou por afinidade, até o terceiro grau de parentesco, devendo ser declarado impedido, se tal iniciativa não for tomada pelo próprio conselheiro.
§10° Fica assegurado ao conselheiro manifestar seu voto sem a necessidade de justificativas.
§11° A despeito da existência de pronunciamentos ou propostas divergentes do parecer do relator, terá este precedência na ordem de votação.

CAPÍTULO VIII

DA CRIAÇÃO DE COMISSÕES

Art. 17º Quando da necessidade de tratar de assuntos específicos, poderão ser criadas comissões dentro do Conselho de Campus.
§1° As comissões serão constituídas, pelo menos, por três membros e será indicada pelos conselheiros, sendo aprovada a composição da Comissão pela maioria simples dos membros do Conselho de Campus.
§2° A indicação dos membros das comissões será realizada durante as Sessões, ficando assegurada ao conselheiro (ou indicado pelo conselho) a recusa da função, assim como a manifestação contrária à indicação de um membro por outro conselheiro.
§3° Definidos os membros, os integrantes da comissão deverão escolher um presidente que deverá coordenar os trabalhos, definir calendário de reuniões e se manifestar em nome da comissão, sendo esta informação repassada à secretaria do Conselho de Campus.
§4° O Conselho de Campus emitirá resolução com a nomeação dos membros da comissão, seu objetivo e o prazo de seu funcionamento.

Art. 18º Excepcionalmente, o Conselho de Campus poderá criar comissões de caráter permanente para tratar de assuntos específicos.
§1° A proposta de criação de uma comissão permanente deverá ser apresentada, com justificativas, ao Conselho de Campus, que procederá à discussão sobre sua criação.
§2° A criação de uma comissão permanente deverá ser aprovada pela maioria simples dos conselheiros presentes.
§3° O regimento de funcionamento destas comissões deverá ser elaborado por seus membros e este homologado pelo Conselho de Campus.

CAPÍTULO IX

DAS RESOLUÇÕES

Art. 19º O Conselho de Campus manifestará suas decisões por meio dos documentos: Resolução, Decisão ou Parecer.
§1° A Resolução é o ato administrativo, geral ou individual, inclusive de caráter normativo, decorrente de deliberação colegiada, sobre a vida universitária no âmbito do Campus.
§2° A Decisão é uma deliberação do órgão colegiado, com teor mais simples que o da Resolução.
§3º O Parecer é expedido pelo relator de determinada matéria.
§4 A publicação das Resoluções, Decisões e Pareceres são de responsabilidade do presidente do Conselho de Campus.

CAPÍTULO X
DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 20º O Conselho de Campus poderá alterar este Regimento a qualquer momento, desde que aprovado por pelo menos 2/3 (dois terços) dos conselheiros.

Art. 21º As sessões do Conselho de Campus são abertas, sendo permitido ao não membro somente o direito a voz mediante a aprovação da maioria simples dos conselheiros.

Art. 22º Casos omissos neste Regimento serão tratados pelo Conselho de Campus.

 

Versão original impressa e assinada

Laranjeiras do Sul-PR, 11 de dezembro de 2017.

Janete Stoffel

Presidente do Conselho de Campus Laranjeiras do Sul

PROGRAD

ALTERA COMPOSIÇÃO DO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE (NDE) DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO (BACHARELADO) DO CAMPUS CHAPECÓ (EMEC 5000376)

O PRÓ-REITOR DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL – UFFS, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista a delegação de competência do Magnífico Reitor através da Portaria nº 0565/GR/UFFS/2016, resolve:


Art. 1º ALTERAR a composição do Núcleo Docente Estruturante – NDE, do curso de graduação em Administração - Bacharelado - Campus Chapecó, nos termos da Resolução nº 001/2011-CONSUNI/CGRAD, designada pela Portaria nº 16/PROGRAD/UFFS/2017, gestão 2017/2020:

Nome

Siape

Moacir Francisco Deimling

2052356

Emerson Moises Labes

2048517

Kelly Cristina Benetti Tonani Tosta

1583184

Humberto Tonani Tosta

3741148

Roberto Mauro Dall'Agnol

1929454

Ronei Arno Mocellin

1850527

Everton Miguel da Silva Loretto

1767544

Larissa de Lima Trindade

1572402

Parágrafo único. A Presidência do NDE ficará a cargo do coordenador do curso em exercício.

Art. 2º Conforme disposto na Resolução nº 001/2011-CONSUNI/CGRAD, o NDE terá atribuições acadêmicas, visando ao acompanhamento do processo de concepção, consolidação e contínua atualização do Projeto Pedagógico do curso.

Art. 3º Esta Portaria entra em vigor a partir de sua publicação no Boletim Oficial da UFFS.

Chapecó-SC, 11 de dezembro de 2017.

João Alfredo Braida

Pró-reitor de Graduação

Institui a Comissão Local do PROHAITI - Campus Laranjeiras do Sul

O PRÓ-REITOR DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL – UFFS, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista a delegação de competência do Magnífico Reitor através da Portaria nº 0565/GR/UFFS/2016, resolve:

 

Art. 1º INSTITUIR a Comissão Local responsável, no âmbito do Campus Laranjeiras do Sul, pelo acompanhamento do Programa de Acesso à Educação Superior da UFFS para estudantes Haitianos (PROHAITI) da Universidade Federal da Fronteira Sul.

 

Art. 2º DESIGNAR os servidores e representantes estudantis para compor a referida comissão:

I - Maria Eloá Gehlen (Siape 1975033) - representante docente e Coordenadora da Comissão;

II - Katia Aparecida Seganfredo (Siape 2133080) - Coordenadora Acadêmica do Campus Laranjeiras do Sul;

III - Fabio Pontarolo (Siape 2176826) - representante docente;

IV - Marcela Langa Lacerda Bragança (Siape 1769751) - representante docente;

V - Fernanda Marcon (Siape 1150949) - representante docente;

VI - Suélen Cristina Borsoi (Siape 2410993) - representante docente;

VII - Lucimara Lemiechek (Siape 1771898) - representante do Núcleo de Apoio Pedagógico;

VIII - Claudia Felisbino Souza (Siape 1165601) - representante do Núcleo de Apoio Pedagógico;

IX - Wilian Przybysz (Siape 1934389) - representante do Setor de Assuntos Estudantis;

X - Everton Vieira Martins (Siape 2139997) - representante do Setor de Assuntos Estudantis;

XI - Kitchner Jn Philippe (Matrícula 1712601023) - representante discente haitiano;

XII - Jimmy Petiote (Matrícula 1712510022) - representante discente haitiano.

 

Art. 3º Esta Portaria entra em vigor a partir de sua publicação no Boletim Oficial da UFFS.

Chapecó-SC, 12 de dezembro de 2017.

João Alfredo Braida

Pró-reitor de Graduação

Institui comissões locais para seleção de estudantes para auxiliar nas matrículas

O PRÓ-REITOR DE GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL – UFFS, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista a delegação de competência do Magnífico Reitor através da Portaria nº 0565/GR/UFFS/2016, resolve:

 

Art. 1º INSTITUIR a Comissão Local responsável, no âmbito dos campi, para realizar a seleção dos estudantes colaboradores nas atividades de matrícula referentes aos Processos Seletivos para ingresso nos cursos de Graduação no semestre 2018.1, conforme item 8 do Edital nº 1100/GR/UFFS/2017.

 

Art. 2º DESIGNAR os servidores para compor as referidas comissões, por campus:

I - Campus Cerro Largo

Adriano Lentz – Siape 2890023;
Neides Bolzan – Siape 1940138;
Cláudia Soares – Siape 1332249 .

 

II - Campus Chapecó

Claudete Gomes Soares - Siape 1343231;

Josiana Salete Kempka - Siape 2136504;

Michele Batista - Siape 1884422;

Renilda Vicenzi - Siape 1911052.

 

III - Campus Erechim

Ivair Nilton Pigozzo – Siape 1810325

Giovani Emerson Brustolin – Siape 1975233

Ana Maria de Oliveira Pereira – Siape 1929398

Éverton de Moraes Kozenieski – Siape 1835594

 

IV - Campus Laranjeiras do Sul

Eloir Faria de Paula - Siape 2382596

Willian Przybysz - Siape 1934389

Willian Pletsch dos Santos - Siape 2424303

Franciele Karoline Lenschuko - Siape 1958722

 

 

V - Campus Passo Fundo

Leandro Tuzzin - Siape 2102715

Amauri Braga Simonetti - Siape 1161385

Helena de Moraes Fernandes - Siape 1662804

Lucimar Maria Fossatti de Carvalho - Siape 1809676

 

VI - Campus Realeza

Marcos Antônio Beal - Siape 1767581

Andréia Florêncio Eduardo de Deus - Siape 1911243

Marinez Aparecida Bueno Schmidt - Siape 1848017

Andressa Benvenutti Radaelli - Siape 1767321

 

Art. 3º Esta Portaria entra em vigor a partir de sua publicação no Boletim Oficial da UFFS.

Chapecó-SC, 13 de dezembro de 2017.

João Alfredo Braida

Pró-reitor de Graduação

Retifica a Portaria nº 134-PROGRAD-UFFS-2017

No Art. 2º da Portaria nº 134/PROGRAD/UFFS/2017, publicada no Boletim Oficial da UFFS em 13 de dezembro de 2017,

 

Onde se lê:

II - Campus Chapecó

Claudete Gomes Soares - Siape 1343231;

Josiana Salete Kempka - Siape 2136504;

Michele Batista - Siape 1884422;

Renilda Vicenzi - Siape 1911052.”

 

Leia-se:

II - Campus Chapecó

Carine de Marco - Siape 1999538,

Claudete Gomes Soares - Siape 1343231;

Josiana Salete Kempka - Siape 2136504;

Renilda Vicenzi - Siape 1911052.”

Chapecó-SC, 15 de dezembro de 2017.

João Alfredo Braida

Pró-reitor de Graduação

CES

MOÇÃO DE SOLIDARIEDADE E DE REPÚDIO

O Conselho Estratégico Social (CES) da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) manifesta sua solidariedade às 180 (cento e oitenta) famílias de agricultores sem-terra que encontravam-se no Acampamento Marcelino Chiarello, localizado entre os municípios de Xanxerê e Faxinal dos Guedes, em Santa Catarina, cuja área está em nome do INCRA. Essas famílias estavam acampadas naquele local há cerca de um ano e meio e foram violentamente despejadas no dia 29 de novembro de 2017. Na ocasião, além de suas moradias, toda sua produção também foi destruída.

Demonstramos ainda o apoio às famílias camponesas despejadas de forma truculenta no último dia 1º de dezembro de 2017, no Vale do Alecrim no município de Pinhão, no Paraná. Vale salientar que as famílias estavam residindo no local há mais de 25 (vinte e cinco) anos, tendo assim, a sua identidade constituída na comunidade.

Outrossim, expressamos nosso repúdio à forma como as ações de despejo foram executadas, uma vez que ferem os direitos humanos da população. São famílias inteiras desalojadas e feridas em seu prospecto de vida, desestabilizando, desse modo, relações sociais, culturais e identitárias da vida em comunidade.

Nesse sentido e profundamente sensibilizados com as mulheres, homens e crianças que perderam o seu “chão”, reivindicamos da parte do Estado, uma solução adequada para essas comunidades que foram desestruturadas e desestabilizadas.

 

2ª Sessão Ordinária do Conselho Estratégico Social
Chapecó-SC, 11 de dezembro de 2017
 

Chapecó-SC, 11 de dezembro de 2017.

Justina Inês Cima

Presidente do Conselho Estratégico Social

Documento Histórico

MOÇÃO Nº 1/CES/UFFS/2017

MOÇÃO DE REPÚDIO

O Conselho Estratégico Social (CES), da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), manifesta seu repúdio em relação ao que vem sendo proposto pelo atual Governo Federal quanto à Reforma da Previdência Social.

Entende, este Conselho, que a reforma retrata o desmonte da previdência pública, universal e solidária, e que para os camponeses, ela significa a dizimação de suas condições de segurados e seguradas especiais.

Manifesta, ainda, seu posicionamento de que tal reforma nada mais é do que o retrocesso dos direitos dos mais pobres, conquistados mediante duros desafios nos últimos anos.

 
2ª Sessão Ordinária do Conselho Estratégico Social
Chapecó-SC, 11 de dezembro de 2017
 
 

Chapecó-SC, 11 de dezembro de 2017.

Justina Inês Cima

Presidente do Conselho Estratégico Social

Documento Histórico

MOÇÃO Nº 2/CES/UFFS/2017

COSCRE

ATA DA 11ª SESSÃO ORDINÁRIA DE 2017 DO CONSELHO DO CAMPUS Realeza – PR, 11 de dezembro de 2017

Aos onze dias do mês de dezembro do ano de dois mil e dezessete, a partir das treze horas e quarenta e nove minutos, no Auditório do Bloco dos Professores – Campus Realeza, da Universidade Federal da Fronteira Sul, sito à Avenida Edmundo Gaievski, 1000 (mil) - Acesso pela Rodovia PR 182 (cento e oitenta e dois), km 466 (quatrocentos e sessenta e seis), em Realeza-PR, foi realizada a 11ª (décima primeira) Sessão Ordinária de 2017 (dois mil e dezessete) do Conselho de Campus, sob a presidência do professor Marcos Antônio Beal. Fizeram-se presentes à sessão os seguintes conselheiros: Andréia Cristina de Souza (Coordenadora do Curso de Letras), Clóvis Caetano (Coordenador do Curso de Física), Gilza Maria de Souza Franco (Coordenadora do Curso de Ciências Biológicas), Letiére Cabreira Soares (Coordenador do Curso de Química), Maikel Douglas Florintino (Coordenador Administrativo), Marcia Fernandes Nishiyama (Coordenadora do Curso de Nutrição), Susana Regina de Mello Schlemper (Coordenadora do Curso de Medicina Veterinária); representantes docentes: Adelita Maria Linzmeier, Clóvis Piovezan, Elis Carolina de Souza Fatel, Gilson Luís Voloski (suplente), Gisele Louro Peres, Izabel Aparecida Soares, Sabrina Casagrande (suplente); representantes técnico-administrativos em educação: Ariel Tavares (suplente), Roseana Tenutti Setti; representantes da comunidade regional: Elemar Linke; não compareceram por motivos justificados os seguintes conselheiros: Antônio Marcos Myskiw, Diego Sigmar Kohwald; não compareceram à sessão os conselheiros: Iucif Abrão Nascif Junior, Gessé de Castro Adam. Após conferido o quórum regimental, o presidente declarou aberta a 11ª Sessão Ordinária do Conselho do Campus Realeza. Passou-se ao Expediente. 1.1 Aprovação das Atas. As Atas da 5ª Sessão Extraordinária, 9ª Sessão Ordinária e 10ª Sessão Ordinária foram aprovadas sem ressalvas. 1.2 Informes. A conselheira Susana Regina de Mello Schlemper informou que na manhã da presente data o Colegiado de Medicina Veterinária se reuniu em Sessão Extraordinária e decidiu pelo cancelamento do processo eleitoral para escolha da coordenação e coordenação adjunta do curso. O conselheiro Maikel Douglas Florintino informou que: a) foram divulgados os calendários de compras da UFFS e da Secretaria Especial de Laboratórios (SELAB) para 2018; b) a Pró-Reitoria de Planejamento divulgou o relatório de custos do 3º trimestre de2017; c) nesta tarde, agentes da Defesa Civil estarão no Campus realizando um treinamento com os servidores para combate e prevenção a incêndios. O presidente informou que: a) foi
divulgado o calendário do Sisu com indicativo de realização da 1ª chamada do processo seletivo entre os dias 05 a 07 de fevereiro de 2018; b) no dia 29 de novembro a Comissão Responsável pela análise da autodeclaração étnico-racial do Campus Realeza participou de um treinamento realizado em Chapecó; c) nos dias 12 e 14 de dezembro serão realizadas reuniões administrativas para dar sequências às discussões relativas às estruturas das Coordenações Administrativa e Acadêmica, respectivamente, no âmbito da UFFS; d) a Coordenação Acadêmica recebeu a solicitação de renovação do afastamento para capacitação da docente Carmen Elisabete de Oliveira até outubro de 2018. A Coordenação Acadêmica autorizou a renovação até julho de 2018; e) o Reitor concedeu um afastamento suplementar de 30 dias, a contar do dia 21 de novembro, para a docente Patrícia Romagnolli. Salientou que o afastamento para capacitação da docente havia se encerrado em agosto, sendo, logo após, concedido 90 dias correspondentes à licença para capacitação, seguido de 45 dias de férias; f) não há previsão da disponibilização, pelo Campus Cerro Largo, do código de vaga relativo à remoção do servidor Dalcio Vorpagel Scheunemann. Considerando que o referidoservidor estava lotado anteriormente na Secretaria Acadêmica do Campus Realeza e que nos meses de janeiro e fevereiro de 2018 os demais servidores do setor possuem férias programadas, possivelmente, durante esse período, o setor atenderá apenas em dois turnos. A conselheira Susana Regina de Mello Schlemper solicitou que seja divulgado o horário defuncionamento da Secretaria Acadêmica para os meses de janeiro e fevereiro de 2018. O presidente apresentou a pauta da sessão, conforme segue: 2.1. Deliberação ad referendum; 2.2. Apreciação do parecer da comissão temporária instituída para realização de estudo do uso dos espaços dos laboratórios; 2.3. Homologação do resultado final das eleições do Conselho do Campus, mandato 2018-2019; 2.4. Aprovação do planejamento orçamentário do Campus para 2018; 2.5. Apreciação dos processos de redistribuição; 2.6. Apreciação de Acordos de Cooperação Técnica; 2.7. Definição do calendário de sessões do Conselho do Campus para 2018; 2.8. Estabelecimento de critérios e construção de um instrumento apropriado para a indicação das comissões inventariantes e outras comissões institucionais. Na sequência, abriu espaço para manifestações referentes à inclusão, alteração ou exclusão de pontos de pauta. A conselheira Marcia Fernandes Nishiyama solicitou que o afastamentosuplementar concedido à docente Patrícia Romagnolli seja incluído como ponto de pauta. O conselheiro Maikel Douglas Florintino solicitou a retirada do item 2.2, devendo ser apreciada na 1ª Sessão Ordinária de 2018. As solicitações de inclusão e retirada de ponto de pauta foram aprovadas pelos conselheiros. Em seguida, o presidente sugeriu a seguinte ordem deapreciação: 2.1. Deliberação ad referendum; 2.2. Apreciação do parecer da comissão temporária instituída para realização de estudo do uso dos espaços dos laboratórios; 2.3. Homologação do resultado final das eleições do Conselho do Campus, mandato 2018-2019; 2.4. Aprovação do planejamento orçamentário do Campus para 2018; 2.5. Definição do calendário de sessões do Conselho do Campus para 2018; 2.6. Apreciação da concessão de afastamento suplementar para a docente Patricia Romagnolli; 2.7. Apreciação dos processos de redistribuição; 2.8. Apreciação de Acordos de Cooperação Técnica. O Pleno aprovou a ordem da pauta. 2.1. Deliberação ad referendum. O presidente apresentou a solicitação da docente Mariana Inês Ohlweiler para realização de atividades relativas à disciplina de Didática do curso de Química nos dias 18 e 25 de novembro, período matutino e vespertino. O pleno homologou a autorização ad referendum emitida pelo presidente do Conselho do Campus. 2.2. Apreciação do parecer da comissão temporária instituída para realização de estudo do uso dos espaços dos laboratórios. A conselheira Sabrina Casagrande solicitou a prorrogação do prazo para apresentação do parecer da comissão na 2ª Sessão Ordinária de 2018, visto que durante as reuniões verificou-se a necessidade da realização de diálogos com as Coordenações dos Cursos, inviabilizando a finalização do parecer a tempo de ser apreciado nesta sessão. Considerando a recomposição do Conselho do Campus em 2018, a conselheira Gisele Louro Peres solicitou, caso a prorrogação seja aprovada por este conselho, que os membros que compõem o Conselho do Campus atualmente sejam convidados a participar da discussão. A prorrogação do prazo para apresentação do parecer pela comissão foi aprovado por unanimidade pelos conselheiros. 2.3. Homologação do resultado final das eleições do Conselho do Campus, mandato 2018-2019. O conselheiro Letiére Cabreira Soares apresentou o resultado final do processo eleitoral de representantes dos segmentos da comunidade universitária para o mandato 2018-2019 do Conselho do Campus, conforme segue: I) segmento técnico administrativo em educação: a) Andréia Florêncio Eduardo de Deus, titular, e Roseana Tenutti Setti, suplente; b) Hudison Loch Haskel, titular, e Edson Antonio Santolin, suplente; II) segmento discente: a) Bruna Maykiara transporte: R$333,99; d) material de expediente: R$497,56; X) Biblioteca: a) material deexpediente: R$179,68; XI) Laboratórios: a) serviços de terceiros: R$10.500,00; b) transporte: R$683,20; c) material de expediente: R$1.809,93; d) consumíveis dos laboratórios: R$84.180,00; XII) Assessoria de Gestão, Administração e Serviços: a) serviços de terceiros: R$23.786,63; b) transporte: R$3.358,08; c) material de expediente: R$3.358,08; XIII) Assessoria de Gestão de Pessoas: a) diárias: R$442,50; b) transporte: R$1.025,54; c) material de expediente: R$207,52; XIV) Assessoria de Logística e Suprimentos: a) transporte: R$310,16; XV) Assessoria de Infraestrutura: a) não houve destinação de recursos; XVI) Assessoria de Planejamento: a) transporte: R$265,59; XVII) Núcleo de Apoio Pedagógico: a) diárias: R$564,90; b) passagens: R$2.000,00; c) transporte: R$500,00; XVIII) Ciências Biológicas: a) diárias: R$1.205,27; b) passagens: R$1.335,60; c) transporte: R$6.052,95; XIX) Física: a) diárias: R$861,15; b) passagens: R$3.974,52; c) transporte: R$1.076,43; XX)Letras: a) diárias: R$2.181,49; b) passagens: R$348,82; c) transporte: R$4.442,70; XXI) Medicina Veterinária: a) diárias: R$5.950,03; b) transporte: R$5.296,05; c) material de expediente: R$2.670,09; XXII) Nutrição: a) diárias: R$1.763,69; b) passagens: R$791,11; c) transporte: R$5.596,98; XXIII) Química: a) diárias: R$ 2.235,90; b) passagens: R$2.235,90; c) transporte: R$2.235,90; XXIV) Especialização em Ciências Naturais e Sociedade: a) diárias: R$557,17; b) passagens: R$557,17; c) transporte: R$557,17; XXV) Especialização em Ensino de Língua e Literatura: a) diárias: R$466,30; b) passagens: R$217,47; c) transporte: R$781,45; d) material de expediente: R$77,77; XXVI) Mestrado em Saúde, Bem- Estar Animal e Produção Animal Sustentável na Fronteira Sul: a) diárias: R$1.381,12; b) passagens: R$1.978,30; c) transporte: R$1.119,28; d) material de expediente: R$28,91. O planejamento orçamentário do Campus Realeza para 2018 foi homologado pelo Conselho. 2.5. Definição do calendário de sessões do Conselho do Campus para 2018. O presidente apresentou a proposta do calendário de reuniões do Conselho do Campus para 2018, conforme segue: a) 1ª Sessão Ordinária: 19 de fevereiro; b) 2ª Sessão Ordinária: 12 de março; c) 3ª Sessão Ordinária: 09 de abril; d) 4ª Sessão Ordinária: 14 de maio; e) 5ª Sessão Ordinária: 11 de junho; f) 6ª Sessão Ordinária: 09 de julho; g) 7ª Sessão Ordinária: 13 de agosto; h) 8ª Sessão Ordinária: 10 de setembro; i) 9ª Sessão Ordinária: 08 de outubro; j) 10ª Sessão Ordinária: 05 ou 19 de novembro; k) 11ª Sessão Ordinária: 10 de dezembro. A conselheira Roseana Tenutti Setti sugeriu que seja aprovada apenas a data a 1ª Sessão Ordinária para que as demais datas sejam discutidas pela nova composição do Conselho do
Campus. O pleno acolheu a sugestão da conselheira Roseana Tenutti Setti e aprovou o dia 19 de fevereiro para a realização da 1ª Sessão Ordinária de 2018. 2.6. Apreciação da concessão de afastamento suplementar para a docente Patricia Romagnolli. A conselheira Marcia Fernandes Nishiyama disse que acompanhou todo o processo de renovação do afastamento da docente Camila Elizandra Rossi, solicitado em virtude da docente ter sido contemplada com uma bolsa de estudos em uma instituição de Portugal, negado pelo Conselho do Campus. Salientou que em momento algum foram realizados outros trâmites senão os descritos nos manuais, tampouco tomadas decisões ad referendum pelo Conselho do Campus. Ressaltou sua preocupação em relação aos encaminhamentos tomados acerca do afastamento da docente Patrícia Romagnolli, visto que abre precedentes para situações futuras. Destacou que a Instituição deve prezar pela isonomia na apreciação dos processos. A conselheira Izabel Aparecida Soares salientou que, conforme dispõe no regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais, em seu Art. 96-A, §4º "Os servidores beneficiados pelos afastamentos previstos nos §§ 1o, 2o e 3o
deste artigo terão que permanecer no exercício de suas funções após o seu retorno por um período igual ao do afastamento concedido". Questionou qual a fundamentação legal utilizada pela Reitoria para a concessão do afastamento suplementar. A conselheira Gilza Maria de Souza Franco disse que a função deste Conselho foi desrespeitada, uma vez que o referido órgão colegiado havia deliberado pelo indeferimento da renovação do afastamento da docente Patrícia Romagnolli. Destacou que, da mesma forma que o afastamento suplementar foi concedido à docente sem uma justificativa plausível, outros docentes também podem solicitar diretamente à Reitoria as concessões de afastamentos. Sugeriu que seja questionada à Direção do Campus o motivo da solicitação da docente Patrícia Romagnolli ter sido encaminhada diretamente à Reitoria, bem como questionar a Reitoria qual embasamento legal utilizado para a prorrogação do afastamento, visto que o Conselho do Campus já havia decidido pelo indeferimento da prorrogação. Em relação ao encaminhamento dado pela Direção do Campus, o presidente esclareceu que o fluxo definido para as solicitações de renovação de afastamento para capacitação não exige deliberação do Conselho do Campus. No entanto, a Direção do Campus decidiu que este tema seria deliberado por este Conselho. O presidente salientou ainda que o afastamento concedido pela Reitoria não se trata de uma renovação do afastamento para capacitação, mas sim um ato discricionário das chefias de conceder abono ao servidor, mediante razão justificada ou por interesse da Instituição. A conselheira Roseana Tenutti Setti disse que não foi publicada nenhuma portaria do Gabinete do Reitor, tampouco foi lançado o afastamento no assentamento funcional da docente, havendo apenas o despacho emitido pelo Reitor no Memorando nº 061/DIR-RE/UFFS/2017, conforme segue: "Considerando os argumentos  informações apresentadas neste Memorando, pelo Diretor do Campus Realeza, concedo afastamento suplementar de 30 (trinta) dias, a contar da presente data, à Patrícia Romagnolli, para que conclua a sua pesquisa de Doutorado". A conselheira destacou que pelo fato do afastamento não estar devidamente lançado no Sistema Sigepe, tecnicamente a docente encontra-se em efetivo exercício no Campus. O conselheiro Maikel Douglas Florintino sugeriu que seja feita uma consulta à Reitoria solicitando a natureza jurídica do afastamento concedido à docente Patrícia Romagnolli para que seja lançado em seu cadastro funcional. O pleno aprovou o encaminhamento proposto pelo conselheiro Maikel Florintino. O retorno à consulta deverá ser apresentado como informe na 1ª Sessão Ordinária de 2018 do Conselho do Campus. 2.7. Apreciação dos processos de redistribuição. O conselheiro Maikel Douglas Florintino apresentou os pareceres da Comissão Permanente de Planejamento, Orçamento e Gestão (CPPOG), contrários, por inexistência de código de vaga, à redistribuição do servidor Silmar de Matos dos Santos, Tecnólogo/Área: Gestão Pública, nível E, oriundo do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG), e à remoção da servidora Marli Busanello Niedermeyer, Técnica em Alimentos e Laticínios, nível E, lotada na UFFS - Campus Laranjeiras do Sul. Os pareceres foram aprovados por unanimidade pelos conselheiros. Em seguida, o conselheiro Clóvis Piovezan apresentou o parecer da Comissão Permanente de Ensino, Pesquisa e Extensão (CPEPE) contrário à redistribuição do docente Marcelo Biondaro Gois, oriundo da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por inexistência de código de vaga. O parecer da CPEPE foi aprovado por unanimidade pelos conselheiros. 2.8. Apreciação de Acordos de Cooperação Técnica. O presidente relatou que a CPEPE havia acordado que, para prezar pela celeridade na das matérias, não seriam realizadas reuniões da comissão para apreciação dos processos de remoção e redistribuição que não houvessem códigos de vagas disponíveis, ficando o presidente responsável porcoleta das assinaturas dos demais membros. Porém, o entendimento da maioria dos membros
foi de que os demais processos encaminhados à comissão para elaboração de pareceres deveriam ser discutidos em reunião. O conselheiro Clovis Piovezan disse que no dia que foi realizada a reunião para definir a presidência da CPEPE, ocasião na qual seu nome foi indicado para o cargo, deixou claro que não convocaria reuniões da comissão, exceto para apreciação de pedido de redistribuição docente em que houvesse código de vaga para contrapartida. Para os demais casos, o próprio conselheiro, na condição de presidente da comissão, emitiria os pareceres e encaminharia à Secretaria da Direção e Órgãos Colegiados
para que se procedesse a ciência dos demais membros da comissão. Salientou que coloca o cargo a disposição caso os membros não concordem com a maneira como está conduzindo a comissão. Em relação ao Acordo de Cooperação Técnica nº 23205.003319/2017-42, o conselheiro disse que a conselheira Susana Regina de Mello Schlemper foi indicada pela presidência da CPEPE para a relatoria. Como o parecer da relatora indicou algumas pendências, o processo foi encaminhado à proponente para providenciar as adequações. Posteriormente, o próprio conselheiro, na qualidade de presidente da comissão, verificou se
todas as pendências foram sanadas e emitiu o parecer, que foi encaminhado à Secretaria de Direção e Órgãos Colegiados para ciência dos membros da comissão. No caso do Acordo de Cooperação Técnica nº 23205.003989/2017-69, o conselheiro informou que ele próprio produziu produziu o parecer e encaminhou para ciência dos demais membros da CPEPE. A conselheira Adelita Maria Linzmeier solicitou ao pleno o uso da palavra pelo docente Felipe Beijamini, sendo aprovado pelos conselheiros. A conselheira solicitou ainda que os acordos sejam avaliados pelo pleno, para que os pesquisadores envolvidos não sejam prejudicados por questões internas da comissão. O docente Felipe Beijamini, proponente do Acordo de Cooperação Técnica nº 23205.003989/2017-69, informou que respondeu todos os questionamentos encaminhados pela CPEPE e colocou-se a disposição para sanar qualquer dúvida do pleno. Ademais, ressaltou a importância deste acordo ser apreciado nesta sessão. O conselheiro Clovis Piovezan fez a leitura dos pareceres da CPEPE relativos aos Acordos de
Cooperação Técnica nº 23205.003319/2017-42 e nº 23205.003989/2017-69. Em seguida, o conselheiro Maikel Douglas Florintino fez a leitura dos pareceres da Comissão Permanente de Planejamento, Orçamento e Gestão (CPPOG) relativos aos acordos supracitados. Submetidos à apreciação, os Acordos de Cooperação Técnica nº 23205.003319/2017-42 e nº23205.003989/2017-69 foram aprovados com 14 votos favoráveis e 01 abstenção. O conselheiro Clovis Piovezan justificou que absteve-se das votações por ter se responsabilizado pela elaboração dos pareceres da CPEPE. Sendo dezesseis horas e cinquenta minutos a sessão foi encerrada, da qual eu, Suellen Karoliny Sergel, Secretária da Direção e Órgãos Colegiados, lavrei a presente ata que, aprovada, será devidamente assinada
por mim e pelo presidente.
Marcos Antônio Beal
Presidente em exercício
Suellen Karoliny Sergel
Secretária da Direção e Órgãos Colegiados

Realeza-PR, 11 de dezembro de 2017.

Antonio Marcos Myskiw

Presidente do Conselho de Campus Realeza

Documento Histórico

ATA Nº 17/COSCRE/UFFS/2017

Homologa o resultado final das eleições dos representantes da comunidade acadêmica no Conselho do Campus Realeza, mandato 2018-2019

O Conselho do Campus Realeza, da Universidade Federal da Fronteira Sul – UFFS, no uso de suas atribuições legais, considerando o Estatuto da UFFS, o Regimento Interno do Conselho do Campus Realeza e o Edital nº 001/CONSC-RE/UFFS/2017,

 

RESOLVE:

Art. 1º Homologar o resultado das eleições dos representantes dos segmentos da comunidade acadêmica no Conselho do Campus Realeza, mandato 2018-2019.

 

Art. 2º Passarão a compor o Conselho do Campus Realeza, após assinatura do termo de posse, os seguintes conselheiros eleitos:

 

I - segmento docente:

a)

Titular

Felipe Beijamini

Suplente

Adelita Maria Linzmeier

b)

Titular

Marcelo Zanetti

Suplente

Ademir Roberto Freddo

c)

Titular

Márcia Adriana Dias Kraemer

Suplente

Gilson Luís Voloski

d)

Titular

Clóvis Piovezan

Suplente

Fagner Luiz da Costa Freitas

e)

Titular

Fabiana Elias

Suplente

Luciana Pereira Machado

f)

Titular

Eloá Angélica Koehnlein

Suplente

Eliani Frizon

g)

Titular

Emerson Martins

Suplente

Saulo Gomes Thimóteo

 

II - segmento técnico administrativo em educação:

a)

Titular

Andréia Florêncio Eduardo de Deus

Suplente

Roseana Tenutti Setti

b)

Titular

Hudison Loch Haskel

Suplente

Edson Antonio Santolin

 

 

III - segmento discente:

a)

Titular

Bruna Maykiara Rodrigues

Suplente

Amanda Rocha Fujita

b)

Titular

Alef Zagato de Araújo

Suplente

Danielli de Oliveira Loeve

 

 

Art. 5º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

 

 

Sala de Sessões do Conselho do Campus, 11ª Sessão Ordinária, em Realeza-PR, 11 de dezembro de 2017.

 

Realeza-PR, 11 de dezembro de 2017.

Marcos Antonio Beal

Presidente do Conselho de Campus Realeza

PROGESP

Progressão Docente
O PRÓ-REITOR DE GESTÃO DE PESSOAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL - UFFS, no uso de suas atribuições legais e, considerando o disposto na Portaria nº 1153/GR/UFFS/2017, o Decreto nº 94.664/1987, a Portaria nº 475/MEC/1987, a Lei n° 12.772/2012, resolve:
 
Art. 1º CONCEDER Progressão Funcional por Mérito, aos Professores do Magistério Superior, a seguir relacionados:
Nome Siape Vigência Classe / Nível
De
Classe / Nível
Para
Regime de Trabalho Processo
Anderson Machado de Mello 1739715 15/08/16 Adjunto C Nível I Adjunto C Nível II DE 23205.003749/2017-64

Chapecó-SC, 11 de dezembro de 2017.

Edivandro Luiz Tecchio

Pró-Reitor de Gestão de Pessoas em exercício.

Progressão por Mérito Profissional
O PRÓ-REITOR DE GESTÃO DE PESSOAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL - UFFS, considerando o disposto na Portaria nº 1153/GR/UFFS/2017, a Portaria nº 347/GR/UFFS/2010 e o Artigo 10 da Lei 11.091/2005, resolve:
 
Art. 1º CONCEDER Progressão por Mérito Profissional aos Servidores Técnicos Administrativos em Educação a seguir relacionados:

 

Nome

 

SIAPE

 

Cargo

Nível de Vencimento

 

Vigência

 

Processo nº

De

Para

Ana Paula Moraes Dutra

1779985

Técnico de Laboratorio/Área

V (cinco)

VI (seis)

30/10/2017

23205.001887/2013-39

Guilherme Augusto Schmidt

2768268

Tecnico em Assuntos Educacionais

III (três)

IV (quatro)

04/10/2017

23205.001280/2015-67

 

Chapecó-SC, 11 de dezembro de 2017.

Edivandro Luiz Tecchio

Pró-Reitor de Gestão de Pessoas em exercício.

DIR CL

CONVOCAÇÃO DE ESTAGIÁRIA DO EDITAL Nº 01/DIR-CL/UFFS/2017 - SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS: ESTÁGIOS NÃO OBRIGATÓRIOS

O DIRETOR DO CAMPUS CERRO LARGO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais, convoca a estagiária abaixo relacionada, classificada conforme o Edital Nº 03/DIR-CL/UFFS/2017, a comparecer na data, local e horário indicados neste edital, para assinatura de Termo de Compromisso de Estágio e entrega da documentação, conforme segue.

 

1 DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA PARA ASSINATURA DO TERMO DE COMPROMISSO

1.1 Os documentos exigidos para a assinatura do termo de compromisso são:

a) Uma foto 3x4 recente;

b) Documento de identidade (RG): original e cópia simples - único documento por folha;

c) CPF - comprovante de situação cadastral emitido no site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br);

d) Certidão de quitação eleitoral expedida no site da Justiça Eleitoral (www.tse.jus.br);

e) Atestado de frequência, com indicação do ano ou período que está cursando: original;

f) Certidão de nascimento ou casamento (que comprove o estado civil): original e cópia simples - único documento por folha);

g) Dados bancários: os servidores (ativos e inativos), estagiários e pensionistas podem receber seus vencimentos em qualquer uma das instituições bancárias credenciadas pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Os bancos devidamente credenciados e conveniados em que a UFFS pode realizar os pagamentos são:

- Banco do Brasil    - Caixa Econômica Federal

- Bancoop               - Itaú

- Banrisul                - Santander

- Bradesco              - SICREDI

• A conta bancária para recebimento de remuneração, bolsa, proventos ou pensão deve ser de titularidade do próprio servidor/estagiário/pensionista (não pode ser conta conjunta) e deve ser do tipo “Conta Salário”. A Conta Salário, conforme resolução do Banco Central, é a conta bancária utilizada exclusivamente para o crédito de natureza ou de benefícios previdenciários (aposentadorias e pensões), cuja abertura não exige a assinatura de qualquer contrato entre o servidor (e demais vinculados) com a instituição bancária, sendo vedada também qualquer cobrança pela manutenção ou serviço relacionado a este tipo de conta bancária.

h) Exame médico que comprove a aptidão para a realização do estágio;

i) Declaração de não possuir bolsas da UFFS ou de outros órgãos oficiais que exijam o cumprimento de carga horária (ANEXO II do EDITAL Nº 01/DIR-CL/UFFS/2017);

j) Cadastro de estagiário preenchido. Disponível em: <http://www.uffs.edu.br/institucional/pro-reitorias/gestao-de-pessoas/documentospara-admissão>.


2 CONVOCAÇÃO

2.1 CAMPUS CERRO LARGO

2.1.1 A candidata selecionada para a vaga do Campus Cerro Largo deverá se apresentar na ASSGP - Assessoria de Gestão de Pessoas, localizada na Rua Major Antônio Cardoso, nº 590, Bairro Centro - Cerro Largo/RS, na data e horário indicados abaixo.

2.1.2 A candidata deverá apresentar originais e cópias dos documentos solicitados no item 1 deste edital.

I - ÁREA/CURSO: Letras Português e Espanhol - Licenciatura

a) Setor de atuação: Secretaria de Direção e Órgãos Colegiados - SEDOC

Candidata

Apresentação

Rita Luana Rieger

Data: 15/12/2017, às 14 horas

3 DISPOSIÇÕES FINAIS

3.1 Caso a candidata selecionada não compareça com toda a documentação exigida, no local, data e horário estipulados neste edital será considerada desistente.


Cerro Largo-RS, 11 de dezembro de 2017.

Ivann Carlos Lago

Diretor do Campus Cerro Largo

Documento Histórico

EDITAL Nº 4/DIR CL/UFFS/2017

PROPEPG

Altera o Art. 1º da Portaria nº 054/PROPEPEG/UFFS/2017, de 06 de abril de 2017.

A Pró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação em exercício, da Universidade Federal da Fronteira Sul – UFFS, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista a delegação de competência do Magnífico Reitor através da Portaria nº 0844/GR/UFFS/2016, resolve:

 

Art. 1º ALTERAR o Art. 1º da Portaria nº 054/PROPEPEG/UFFS/2017, de 06 de abril de 2017, que passa a vigorar com a seguinte redação:

 

Art. 1º DESIGNAR os membros que compõem o Comitê Gestor do Repositório Digital (RD/UFFS):

 

I -  Franciele Scaglioni da Cruz, Bibliotecária, Siape n° 1697359 (Presidente);

II - Claunir Pavan, Professor de Magistério Superior, Siape nº 1835372;

III - Cristiano Silva de Carvalho, Bibliotecário, Siape nº 1764164;

IV - Isac Soares Emidio, Bibliotecário, Siape nº 2196657;

V - Maria Rosa Moraes Maximiano, Bibliotecária, Siape nº 2824803;

VI - Rafael Pinheiro de Almeida, Bibliotecário, Siape n°1128114;

VII - Rodrigo Celso Gheno, Assistente em Administração, Siape n° 2136477;

VIII - Solange Todero Von Onçay, Professora de Magistério Superior, Siape nº 1833473;

IX - Soraya Arruda Waltrick, Bibliotecária, Siape n° 1832474;

X - Tania Ivani Rokohl, Bibliotecária, Siape nº 1947761.”

 

Art. 2º Esta Portaria entrará em vigor a partir da sua publicação no Boletim Oficial da UFFS.

Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

 

Profª Drª ROSILÉA GARCIA FRANÇA

Pró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da UFFS em exercício

Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

Joviles Vitório Trevisol

Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação

Alterar o Art. 2º da Portaria nº 117/PROPEPG/UFFS/2017, de 15 de agosto de 2017.

A Pró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação em exercício, da Universidade Federal da Fronteira Sul – UFFS, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista a delegação de competência do Magnífico Reitor através da Portaria nº 0844/GR/UFFS/2016, resolve:

 

Art. ALTERAR o Art. 2º da Portaria nº 117/PROPEPG/UFFS/2017, de 15 de agosto de 2017, que passa a vigorar com a seguinte redação:

 

Art. 2º DESIGNAR os membros para, sob a coordenação do primeiro, compor o GT:

 

I – Vanessa Neumann Silva, Professora do Magistério Superior, Siape n° 1975455 (Coordenadora);

IIAndré Luiz Radunz, Professor do Magistério Superior, Siape n° 1071847;

III – João Paulo Bender, Professor do Magistério Superior, Siape n° 1929221

IV – Sergio Luiz Alves Junior, Professor do Magistério Superior, Siape n° 1798893;

V – Paulo Roger Lopes Alves, Professor do Magistério Superior, Siape n° 2249497;

VI João Guilherme Dal Belo Leite, Professor do Magistério Superior, Siape n° 2306882;

VII Geraldo Ceni Coelho, Professor do Magistério Superior, Siape n° 1771710;

VIII Marco Aurélio Tramontim da Silva, Professor do Magistério Superior, Siape n° 1862788;

IXSiumar Pedro Tironi, Professor do Magistério Superior, Siape n° 1810571.

 

Art. 2º Esta Portaria entrará em vigor a partir da sua publicação no Boletim Oficial da UFFS.

Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

  

Profª Drª ROSILÉA GARCIA FRANÇA

Pró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da UFFS em exercício

Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

Joviles Vitório Trevisol

Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação

AUDIN

Plano Anual de Auditoria Interna 2018

Plano Anual de Auditoria Interna 2018

Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

Taiz Viviane dos Santos

Auditor-Chefe da Auditoria Interna

Documento Histórico

PAINT Nº 1/AUDIN/UFFS/2017

NPPDRE

ATA DA 6ª REUNIÃO ORDINÁRIA DE 2017.

Aos doze dias do mês de dezembro de dois mil e dezessete, às quinze horas e dez minutos, na sala 233 do Bloco dos Professores do Campus Realeza da Universidade Federal da Fronteira Sul, realizou-se a quinta Reunião Ordinária de 2017 do Núcleo Permanente de Pessoal Docente (NPPD). Fizeram-se presentes os seguintes membros: Clóvis Caetano, Eloá Angélica Koehnlein, Vanessa Silva Retuci e Cristina Zulmira Almeida de Campos que secretariou a reunião. Aberta a Sessão, passou-se para a pauta do dia: 1) Informes: o Presidente informou que a solicitação de renovação de afastamento da docente Carmem Elizabete de Oliveira foi deferida até julho/2017, pela Coordenação Acadêmica sem a necessidade de passar pelo Conselho de Campus por este ser o único pedido de renovação de afastamento do período. Informou sobre a prorrogação do afastamento da docente Patrícia Romagnolli, que se encerrava no dia 15/11/2017 e foi prorrogado, por decisão administrativa do Reitor, até o dia 21/12/2017. Após o Presidente solicitou a inclusão na pauta, como item 3- Análise do Relatório Anual de afastamento da docente Cassiani Gotâma Tasca, tendo em vista que os documentos faltantes só chegaram no dia de hoje, dessa forma os pontos de pauta serão alterados consecutivamente, o pleno deliberou a favor. 2) Apreciação da ata da 5ª Reunião Ordinária de 2017: A ata foi aprovada sem ressalvas. 3) Análise do Relatório Anual de afastamento da docente Cassiani Gotâma Tasca: Foram analisados os documentos disponibilizados pela docente Cassiani Gotâma Tasca - Relatório Anual de Afastamento, Histórico Escolar e Atestado de Matrícula - referentes ao ciclo avaliativo de agosto/2016 a julho/2017. Com base no Art. 16 da Resolução Conjunta nº 1/2015-CONSUNI/CGRAD/CPPG, que estabelece os critérios de avaliação, o Relatório foi analisado e aprovado pelo NPDD. 4) Avaliação de desempenho da docente Cassiani Gotâma Tasca em período de afastamento: Foi efetuada a avaliação da docente Cassiani Gotâma Tasca, referente ao período de 24/07/2016 a 23/07/2017. Após analise do histórico escolar, com base na Portaria nº 1321/GR/UFFS/2017, o NPPD aprovou o desempenho da docente no período. 5) Discussão da minuta do regulamento para promoção docente para a classe E (Titular): o professor Caetano explanou sobre a necessidade da Universidade ter um regulamento para promoção de docentes à Classe E – professor titular, que até o momento essa promoção é estabelecida por uma Portaria provisória (Nº 1322/GR/UFFS/2017), dessa forma a Comissão Permanente de Pessoal Docente – CPPD, produziu uma minuta do regulamento e repassou para o NPPD de cada Campus analisar. Após apreciações foram efetuadas algumas observações, que serão compiladas pelo professor Caetano que passará para a secretaria da CPPD. 6). Discussão de alterações na Resolução Conjunta nº 1/2015-CONSUNI/CGRAD/CPPG, que trata do regulamento para afastamentos de docentes para participação em programas de pós-graduação e pós-doutoramento: o presidente apesentou a Resolução Conjunta nº 1/2015-CONSUNI/CGRAD/CPPG, salientou que esta Resolução deve ser analisada em diversas instâncias da Universidade, de forma que a CPPD, solicitou a apreciação por parte do NPPD de cada Campus da Resolução. Analisando as sugestões de propostas de alterações, apreciando os artigos da Resolução no sentido de esclarecer alguns pontos que estão dúbios, sugestionou-se algumas alterações, e deliberou-se que o professor Caetano remeterá as observações à CPPD. 7. Relatório anual do NPPD: o Presidente apresentou o Relatório Anual do NPPD, onde consta as atividades realizadas durante o ano pelo NPPD. Após apreciações foi aprovado o relatório que será encaminhado à CPPD. Após, não havendo nada mais a tratar, às Quinze horas e cinquenta e cinco minutos a sessão foi encerrada. Eu, Cristina Zulmira Almeida de Campos, secretária da NPPD lavrei a presente ata que, depois de apresentada aos membros do NPPD e aprovada, será assinada por mim e pelo presidente.

Clóvis Caetano                               Cristina Zulmira Almeida de Campos

Presidente NPPD                                        Secretária NPPD

Realeza-PR, 12 de dezembro de 2017.

Susana Regina de Mello Schlemper

Presidente do Núcleo Permanente de Pessoal Docente de Realeza

Documento Histórico

ATA Nº 6/NPPDRE/UFFS/2017

SELAB

RETIFICADO NÚMERO EM 03/04/2018 Dispõe sobre os procedimentos relativos ao tratamento e análise da água de abastecimento nos campi da UFFS.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 06/SELAB/UFFS/2017 11 DE DEZEMBRO DE 2017 (RETIFICADO NÚMERO EM 03/04/2018)

Dispõe sobre os procedimentos relativos ao tratamento e análise da água de abastecimento nos campi da UFFS.

A Secretária Especial de Laboratórios da Universidade Federal da Sul (UFFS), no uso de suas atribuições;

RESOLVE:

Disciplinar os procedimentos para o tratamento e análises físicas, químicas e microbiológicas da água de abastecimento nos campi da Universidade Federal da Fronteira Sul.

Art. 1° O tratamento e as análises da água de abastecimento deverão atender às orientações legais previstas na Portaria nº 2914/MS/11 e, se aplicável, as orientações determinadas pelos órgãos fiscalizadores do respectivo Município e Estado.

Art. 2º Cabe às direções dos campi que não contam com abastecimento de água pela rede pública: I. Providenciar o tratamento e as análises da água que abastecem o seu campus;

II. Responder, junto aos órgãos de fiscalização, sobre as atividades inerentes ao tratamento e as análises da água de abastecimento;

III. Estabelecer a previsão orçamentária de recursos para a compra de suprimentos para o tratamento e execução das análises de água de abastecimentos.

Parágrafo único: Para cumprir o estabelecido neste artigo, as direções de Campi deverão nomear um os mais servidores para atender a demanda, definindo dentre estes, um Responsável Técnico e um Suplente. Os custos referente a Anotação de Responsabilidade Técnica serão ser pagos pela instituição.

Art. 3° Cabe ao Responsável Técnico:

I. Responder pelos procedimentos técnicos do tratamento e das análises da água;

II. Elaborar um plano de amostragem da água de abastecimento do campus; 1 de 3

III. Aprovar, junto à Direção do campus, o plano de amostragem e apresentá-lo ao Departamento de Gestão Ambiental;

IV. Orientar e coordenar as atividades do tratamento e das análises da água;

V. Monitorar os padrões de potabilidade e corrigir eventuais não conformidades detectadas;

VI. Criar um plano de ação para a correção dos parâmetros, nos casos de não conformidades;

VII. Providenciar, nos casos de não conformidades, em até 24 horas a recoleta da água para nova análise;

VIII. Em casos de não conformidade, informar a Direção do campus, para que sejam tomadas as providências e procedimentos de segurança necessários aos usuários;

IX. Apresentar o plano de ação à Direção do campus e ao Departamento de Gestão Ambiental, em até 48 horas;

X. Implementar e executar as ações previstas nos planos de ações;

XI. Informar à Direção do campus e ao Departamento de Gestão Ambiental os resultados obtidos, após a execução dos planos de ações;

XII. Apresentar à Secretaria Especial de Laboratórios (SELAB), as demandas de suprimentos para a execução do tratamento de água e para a execução das análises, conforme calendário de compras do referido setor;

XIII. Manter registro de todas as análises realizadas para o monitoramento da qualidade da água; XV. Apresentar mensalmente uma cópia das análises executadas, dos planos de ações criados e dos resultados obtidos para o Departamento de Gestão Ambiental da UFFS;

Art. 4º O tratamento inclui a desinfecção da água, por meio da cloração.

Art. 5º As análises de monitoramento compreendem os parâmetros e as frequências previstas no anexo XV da Portaria nº 2914/MS/11.

§ 1º As análises com frequência mensal deverão ser executadas internamente, com o uso da estrutura física e de pessoal da UFFS;

§ 2º As demais análises previstas na Portaria nº 2914/MS/11 poderão ser executadas através de serviço contratado;

Paragrafo único: As análises poderão ser executadas em instituições parceiras, desde que haja convênio firmado entre as partes.

Art. 6º Os padrões de potabilidade da água deverão atender ao que preconiza a Portaria nº 2914/MS/11.

Art. 7º A metodologia para a realização das análises deverá ser reconhecida pelos órgãos ambientais vigentes.

Art. 8º Cabe à SELAB instruir, mediante demandas recebidas dos campi, os processos de compras 2 de 3 de suprimentos para a execução do tratamento e análises da água.

Art. 9º Cabe ao Departamento de Gestão Ambiental, monitorar as análises de água de todos os campi, os planos de ação e os resultados dos planos de ações executados.

Art. 10º Esta Instrução Normativa se aplica aos campi abastecidos por solução alternativa coletiva, ou seja, através de poços.

Art. 11º Os casos omissos nesta Instrução Normativa, serão resolvidos pela Secretária Especial de Laboratórios junto com as Direções de campi.

Art. 12º Esta Instrução normativa entra em vigor na data de sua publicação.

Chapecó-SC, 11 de dezembro de 2017.

Cladis Juliana Lutinski

Secretária Especial de Laboratórios

SUCL

Objeto: Contratação serviço de limpeza de caixas de gorduras e d’água e dedetização, desinsetização e desratização do RU do campus Realeza/PR

Contratadas:
08.732.358/0001-10 JACKLINE PAULA PICOLOTTO KOZAK - ME - Valor: R$ 814,80.
10.636.457/0001-40 DEDETIZADORA BRIO LIMP LTDA - ME - Valor: R$ 1.980,00.
11.692.211/0001-59 - MAXCLEAN IMUNIZAÇÃO E CONTROLE DE PRAGAS LTDA - Valor: R$ 630,00.
Valor Total: R$ 3.424,80.
Enquadramento Legal: Art. 24, inc. II da Lei nº 8666/93.

Chapecó-SC, 13 de dezembro de 2017.

Thiego Rippel Pinheiro

Superintendente de Compras e Licitações

PROAD

Gestores e Fiscais do Pregão Eletrônico nº 29/2017, Processo nº 23205.003070/2017-75

O Pró-Reitor de Administração e Infraestrutura no uso de suas atribuições e tendo em vista a delegação de competência do Magnífico Reitor através da Portaria nº 354/GR/UFFS/2010, de 30/08/2010, publicada no Boletim Oficial da UFFS na mesma data, resolve:

Art. 1º DESIGNAR os servidores abaixo relacionados para, com observância da legislação vigente, atuarem como Gestores e Fiscais do Pregão Eletrônico nº 29/2017, Processo nº 23205.003070/2017-75:

I. Campus Cerro Largo-RS - CLAB:
a) Gestor Titular: Cladis Juliana Lutinski, Secretária Especial de Laboratórios, Siape 1979725;
b) Gestor Suplente: Jonas Simon Dugatto, Coordenador Adjunto de Laboratórios, Siape 2131973;
c) Fiscal Titular: Éverton Berwanger Balbom, Técnico de Laboratório/Química, Siape 17254466.

II. Campus Chapecó-SC - CLAB:
a) Gestor Titular: Cladis Juliana Lutinski, Secretária Especial de Laboratórios, Siape 1979725;
b) Gestor Suplente: Rodrigo Rodrigues, Coordenador Adjunto de Laboratórios, Siape 1808020;
c) Fiscal Titular: Odinei Fogolari, Tecnólogo em Química, Siape 1744052;
d) Fiscal Suplente: Eliane Marines Braatz Imlau, Assistente em Administração, Siape 1587749.

III. Campus Erechim-RS - CLAB:
a) Gestor Titular: Cladis Juliana Lutinski, Secretária Especial de Laboratórios, Siape 1979725;
b) Gestor Suplente: Ângela Camila Grando Deffaci, Coordenadora Adjunta de Laboratórios, Siape 2073224;
c) Fiscal Titular: Diego Pereira Siqueira, Tecnólogo/Química, Siape 1113357;
d) Fiscal Suplente: Izabele da Costa Ramos Santos, Técnica de Laboratório/Química, Siape 2393173.

IV. Campus Laranjeiras do Sul-PR - CLAB:
a) Gestor Titular: Cladis Juliana Lutinski, Secretária Especial de Laboratórios, Siape 1979725;
b) Gestor Suplente: Frank Belettini, Coordenador Adjunto de Laboratórios, Siape 1945418;
c) Fiscal Titular: Marcelo Grassi, Tecnólogo em Química, Siape 1164397;
d) Fiscal Suplente: Edmilson José Kleinert, Técnico de Laboratório/Química, Siape 2385053.

V. Campus Passo Fundo-RS - CLAB:
a) Gestor Titular: Cladis Juliana Lutinski, Secretária Especial de Laboratórios, Siape 1979725;
b) Gestor Suplente: Edson Comin, Coordenador Adjunto de Laboratórios, Siape 2139863;
c) Fiscal Titular: Felipe Diehl, Técnico de Laboratório/Biologia, Siape 1212480;
d) Fiscal Suplente: Macelo Zvir de Oliveira, Técnico em Anatomia e Necropsia, Siape 2058443.

VI. Campus Realeza-PR – CLAB:
a) Gestor Titular: Cladis Juliana Lutinski, Secretária Especial de Laboratórios, Siape 1979725;
b) Gestor Suplente: Edson Antonio Santolin, Coordenador Adjunto de Laboratórios, Siape 1880079;
c) Fiscal Titular: Samuel Aires Lourenço, Técnico de Laboratório/Mecânica, Siape 18719707;
d) Fiscal Suplente: Cleomar Schmitz, Técnico de Laboratório/Física, Siape 1876736.

Art. 2º Os gestores e os fiscais serão responsáveis por fiscalizar e acompanhar o andamento e a execução dos serviços prestados, de acordo com o Manual nº 3/PROAD/UFFS/2014, de Gestão e Fiscalização de Contratos da UFFS.

Art. 3º O objeto do referido Pregão Eletrônico é o registro de preços para a aquisição de reagentes e materiais consumíveis para as Centrais Analíticas da UFFS (GC, HPLC, LC-MS, AAS, Lâmpadas de Cátodo Oco e Colunas Cromatográficas).

Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação no Boletim Oficial da UFFS.

Chapecó-SC, 13 de dezembro de 2017.

Péricles Luiz Brustolin

Pró-Reitor de Administração e Infraestrutura

Gestores e Fiscais do Pregão Eletrônico nº 38/2017, Processo nº 23205.002190/2017-55

O Pró-Reitor de Administração e Infraestrutura no uso de suas atribuições e tendo em vista a delegação de competência do Magnífico Reitor através da Portaria nº 354/GR/UFFS/2010, de 30/08/2010, publicada no Boletim Oficial da UFFS na mesma data, resolve:

Art. 1º DESIGNAR os servidores abaixo relacionados para, com observância da legislação vigente, atuarem como Gestores e Fiscais do Pregão Eletrônico nº 38/2017, Processo nº 23205.002190/2017-55:

I. Reitoria (Departamento de Gestão de Materiais):
a) Gestor Titular: Fernanda Gazzoni Tres, Assistente em Administração, Siape 2139453;
b) Gestor Suplente: Anderson Ivan Nava, Administrador, Siape 1792663;
c) Fiscal Titular: Sânia Decarla Barasuol, Assistente em Administração, Siape1765176;
d) Fiscal Suplente: Ilioni Lolatto, Administrador, Siape 1913059.

II. Campus Chapecó-SC (Departamento de Gestão de Materiais):
a) Gestor Titular: Fernanda Gazzoni Tres, Assistente em Administração, Siape 2139453;
b) Gestor Suplente: Anderson Ivan Nava, Administrador, Siape 1792663;
e) Fiscal Titular: Sandro de Moura, Administrador, Siape 1792391.

III. Campus Chapecó-SC (Secretaria Especial de Laboratórios):
a) Gestor Titular: Cladis Juliana Lutinski, Secretária Especial de Laboratórios, Siape 1979725;
b) Gestor Suplente: Rodrigo Rodrigues, Técnico de Laboratório/Química, Siape 1808020;
c) Fiscal titular: Luiz Gustavo Ecco, Assistente em Administração, Siape 940694;
d) Fiscal Suplente: Eliane Marines Braatz Imlau, Assistente em Administração, Siape 1587749.

IV. Campus Cerro Largo-RS (Departamento de Gestão de Materiais):
a) Gestor Titular: Fernanda Gazzoni Tres, Assistente em Administração, Siape 2139453;
b) Gestor Suplente: Anderson Ivan Nava, Administrador, Siape 1792663;
c) Fiscal Titular: Andrei Benites Piegas, Administrador, Siape 1904613.

V. Campus Cerro Largo-RS (Secretaria Especial de Laboratórios):
a) Gestor Titular: Cladis Juliana Lutinski, Secretária Especial de Laboratórios, Siape 1979725;
b) Gestor Suplente: Jonas Simon Dugatto, Coordenador Adjunto de Laboratórios, Siape 2131973;
c) Fiscal Titular: Ismael Magno Hentges, Assistente em Administração, Siape 1068860.

VI. Campus Erechim-RS (Departamento de Gestão de Materiais):
a) Gestor Titular: Fernanda Gazzoni Tres, Assistente em Administração, Siape 2139453;
b) Gestor Suplente: Anderson Ivan Nava, Administrador, Siape 1792663;
c) Fiscal Titular: Gertrudes Bielski, Assistente em Administração, Siape 1770815.

VII. Campus Erechim-RS (Secretaria Especial de Laboratórios):
a) Gestor Titular: Cladis Juliana Lutinski, Secretária Especial de Laboratórios, Siape 1979725;
b) Gestor Suplente: Angela Camila Grando Deffaci, Coordenadora Adjunta de Laborató rios, Siape 2073224;
c) Fiscal Titular: Adelar Ferreira Pes, Técnico de Laboratório/Edificações, Siape 1877879;
d) Fiscal Suplente: Eleandro Jorge Bressan, Técnico de Laboratório/Edificações, Siape 2192072.

VIII. Campus Laranjeiras do Sul-PR (Departamento de Gestão de Materiais):
a) Gestor Titular: Fernanda Gazzoni Tres, Assistente em Administração, Siape 2139453;
b) Gestor Suplente: Anderson Ivan Nava, Administrador, Siape 1792663;
c) Fiscal Titular: Fabiana dos Santos Oliveira, Assistente em Administração, Siape 1772073;
d) Fiscal Suplente: Silvânia Scopel de Oliveira Souza, Assistente em Administração, Siape 1770923.

IX. Campus Laranjeiras do Sul-PR (Secretaria Especial de Laboratórios):
a) Gestor Titular: Cladis Juliana Lutinski, Secretária Especial de Laboratórios, Siape 1979725;
b) Gestor Suplente: Frank Belettini, Coordenador Adjunto de Laboratórios, Siape 1945418;
c) Fiscal Titular: Silvia Helena Tormen, Técnica de Laboratório/Alimentos, Siape 1948136;
d) Fiscal Suplente: Evertom Licoviski, Assistente em Administração, Siape 2390689.

X. Campus Passo Fundo-RS (Departamento de Gestão de Materiais):
a) Gestor Titular: Fernanda Gazzoni Tres, Assistente em Administração, Siape 2139453
b) Gestor Suplente: Anderson Ivan Nava, Administrador, Siape 1792663;
c) Fiscal Titular: Michel da Silva Canabarro, Técnico em Contabilidade, Siape 1772065.

XI. Campus Realeza-PR (Departamento de Gestão de Materiais):
a) Gestor Titular: Fernanda Gazzoni Tres, Assistente em Administração, Siape 2139453;
b) Gestor Suplente: Anderson Ivan Nava, Administrador, Siape 1792663;
c) Fiscal Titular: Zacarias Távora, Assistente em Administração, Siape 1961841.

Art. 2º Os gestores e os fiscais serão responsáveis por fiscalizar e acompanhar o andamento e a execução dos serviços prestados, de acordo com o Manual nº 3/PROAD/UFFS/2014, de Gestão e Fiscalização de Contratos da UFFS.

Art. 3º O objeto do referido Pregão Eletrônico o registro de preços para eventual aquisição de materiais de expediente.

Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação no Boletim Oficial da UFFS.

Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

Péricles Luiz Brustolin

Pró-Reitor de Administração e Infraestrutura

Gestores e Fiscais do Pregão Eletrônico nº 25/2017, Processo nº 23205.003213/2017-49

O Pró-Reitor de Administração e Infraestrutura no uso de suas atribuições e tendo em vista a delegação de competência do Magnífico Reitor através da Portaria nº 354/GR/UFFS/2010, de 30/08/2010, publicada no Boletim Oficial da UFFS na mesma data, resolve:

Art. 1º DESIGNAR os servidores abaixo relacionados para, com observância da legislação vigente, atuarem como Gestores e Fiscais do Pregão Eletrônico nº 25/2017, Processo nº 23205.003213/2017-49:

I. Campus Chapecó-SC (Coordenação Adjunta de Laboratórios):
a) Gestor Titular: Cladis Juliana Lutinski, Secretária Especial de Laboratórios, Siape 1979725;
b) Gestor Suplente: Rodrigo Rodrigues, Coordenador Adjunto de Laboratórios, Siape 1808020;
c) Fiscal titular: Tiago Boldrin, Técnico de Laboratório/Física, Siape 1879947;
d) Fiscal Suplente: Luiz Gustavo Ecco, Assistente em Administração, Siape1940694.

II. Campus Erechim-RS:
a) Gestor Titular: Guilhermo Romero, Coordenador Administrativo, Siape 1793251;
b) Gestor Suplente: Jaqueline Berdian de Oliveira, Administradora, Siape 1757667;
c) Fiscal Titular: Dolisete Levandoski, Técnico em Audiovisual, Siape 1909433;
d) Fiscal Suplente: Juliana Ana Chiarello, Engenheira Civil, Siape 1764330;
e) Fiscal Titular: Marcelo Luis Ronsoni, Pedagogo, Siape 1764182;
f) Fiscal Suplente: Daniel Josias Ferreira, Técnico em Eletrotécnica, Siape 2142135.

III. Campus Laranjeiras do Sul-PR (Coordenação Adjunta de Laboratórios):
a) Gestora Titular: Cladis Juliana Lutinski, Secretária Especial de Laboratórios, Siape 1979725;
b) Gestor Suplente: Frank Belettini, Coordenador Adjunto de Laboratórios, Siape 1945418;
c) Fiscal Titular: Evertom Licoviski, Assistente em Administração, Siape 2390689.

IV. Campus Passo Fundo-RS (Coordenação Administrativa):
a) Gestor Titular: Laura Spaniol Martinelli, Coordenadora Administrativa, Siape 2126084;
b) Gestor Suplente: Fabiano Gnoato, Assistente em Administração, Siape 2271077;
c) Fiscal Titular: Lucas Rocha de Alvarenga, Relações Públicas, Siape 2387715;
d) Fiscal Suplente: Mauricio Canali Xavier, Técnico de Tecnologia da Informação, Siape 2140545.

V. Campus Passo Fundo-RS (Coordenação Adjunta de Laboratórios):
a) Gestora Titular: Cladis Juliana Lutinski, Secretária Especial de Labortaórios, Siape 1979725;
b) Gestor Suplente: Edson Comin, Coordenador Adjunto de Laboratórios, Siape 2139863;
c) Fiscal Titular: Ana Laura Nicoletti Carvalho Petry, Fisioterapeuta, Siape 2143172;
d) Fiscal Suplente: Felipe Diehl, Técnico de Laboratório/Biologia, Siape 1212480.

VI. Campus Realeza-PR:
a) Gestor Titular: Maikel Douglas Florintino, Coordenador Administrativo, Siape 1767121;
b) Gestor Suplente: Michele Aparecida Nepomuceno Pinto, Assistente em Administração, Siape 2129286;
c) Fiscal Titular: Roberto Raota Jonikaites, Técnico em Audiovisual, Siape 2126433;
d) Fiscal Suplente: Ana Paula de Carli Bertaioli, Assistente em Administração, Siape 2395641.

VII. Diretoria de Comunicação:
a) Gestor Titular: Valdir Prigol, Diretor de Comunicação, Siape 1807740;
b) Gestor Suplente: Lia Gabriela Pagoto, Jornalista, Siape 1906173;
c) Fiscal Titular: Luan Fernandes Zanchet, Técnico em Audiovisual, Siape 2131695;
d) Fiscal Suplente: Mariah Carraro Smaniotto, Programador Visual, Siape 2036322.

VIII. Secretaria Especial de Tecnologia e Informação:
a) Gestor Titular: Neimar Marcos Assmann, Analista de Tecnologia da Informação, Siape 1944186;
b) Gestor Suplente: Bruno Rampi Marchioro, Técnico de Tecnologia da Informação, Siape 1164708;
c) Fiscal Titular: Maurício Moreira De Souza, Técnico de Tecnologia da Informação, Siape 2124914;
d) Fiscal Suplente: Ezequiel Roque dos Santos, Técnico de Tecnologia da Informação, Siape 2260639.

Art. 2º Os gestores e os fiscais serão responsáveis por fiscalizar e acompanhar o andamento e a execução dos serviços prestados, de acordo com o Manual nº 3/PROAD/UFFS/2014, de Gestão e Fiscalização de Contratos da UFFS.

Art. 3º O objeto do referido Pregão Eletrônico é o registro de preços para eventual aquisição de materiais de tecnologia da informação, de áudio, vídeo e foto, de vestes talares e serviço de lavagem e passadoria de becas para atender as demandas da UFFS.

Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação no Boletim Oficial da UFFS.

Chapecó-SC, 15 de dezembro de 2017.

Péricles Luiz Brustolin

Pró-Reitor de Administração e Infraestrutura

GR

Homologação do Resultado Final ao Processo Seletivo de Candidatos às Vagas para o Curso de Mestrado do Programa de Pós Graduação em Desenvolvimento e Políticas Públicas

O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais, em conformidade com Edital Nº 881/GR/UFFS/2017, que trata do Processo Seletivo de Candidatos à vagas para o curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Políticas Públicas, ingresso em 2018/01, com base na análise da comissão de seleção, torna pública a homologação dos candidatos aprovados no processo seletivo em ordem de classificação.

 

1 DOS APROVADOS POR ORDEM DE CLASSIFICAÇÃO

1.1 LINHA DE PESQUISA 1: ESTADO, SOCIEDADE E POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO

Classificação

Candidato

1º 

Cristine Theisen

2º 

Tatiane Fenner de Barros

3º 

Nairana Marczewzki de Melo Macht

4º 

Giorgia Regina Luchese

5º 

Marcia Tschiedel

6º 

Alexandre Mumbach

7º 

Lidia Linck Lagemann

8º 

Cristiane Barcellos Bocacio

1º Suplente

Luciana Valquíria Kremin Mai

2º Suplente

Aline Rodrigues Maroneze

3º Suplente

Marieli Bottega de Moura

1.2 LINHA DE PESQUISA 2: DINÂMICAS SOCIOPOLÍTICAS E EXPERIÊNCIAS DE DESENVOLVIMENTO

Classificação

Candidato

1º 

Ronnie Reus Schroeder

2º 

Solei Rejane Lenz

3º 

Debora Champe da Silva Brum

4º 

Edenilson Freitas Rodrigues

5º 

Vanessa Unfried Fenner

6º 

Liara Lais Scheid

7º 

Pedro Augusto Francois Belinaso

1º Suplente

Bruno Pugialli Cerejo

 

2 DOS PROCEDIMENTOS PARA MATRÍCULA:

2.1 O candidato aprovado deverá efetuar a matrícula junto à Secretaria do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Políticas Públicas, sala 1-2-16 do Seminário, Rua Major Antônio Cardoso, nº 590, Centro, Cerro Largo-RS, no período de 19 a 23 de fevereiro de 2018, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h30.

2.1.1 O candidato aprovado que não puder comparecer para efetuar a matrícula, poderá fazê-la através de procuração, com firma reconhecida em cartório.

2.2 A matrícula deverá ser realizada em Requerimento próprio, disponível na Secretaria do Programa, devidamente preenchido e assinado, instruído dos seguintes documentos com cópia autenticada ou cópia simples acompanhada do original:

I - Carteira de identidade (em perfeito estado, expedida pelas Secretarias de Segurança, Forças Armadas, Polícia Militar ou Polícia Federal);

II - Documento de Cadastro de Pessoa Física (CPF);

III - Diploma de curso superior de graduação reconhecido pelo MEC ou declaração original da Instituição de Ensino Superior de que o candidato concluiu o curso de graduação;

IV - Histórico Escolar da Graduação;

V - Título de eleitor, acompanhado da Certidão de Quitação Eleitoral atualizada (emitida pelo site www.tse.jus.br);

VI - Documento comprobatório de estar em dia com as obrigações militares, para candidatos do sexo masculino entre 18 e 45 anos, nos termos do art. 5º da lei Nº 4375, de 17 de agosto de 1964 (Lei do Serviço Militar);

2.2.1 Para os candidatos autodeclarados indígenas deverá ser acrescida à lista de documentos do item 2.2, a documentação de “Manifestações de pertencimento à etnia”, a seguir relacionada, conforme RESOLUÇÃO Nº 8/CONSUNI CPPGEC/UFFS/2017:

I - Declaração da Fundação Nacional do Índio (Funai) e/ou do cacicado ou de outros órgãos de representação indígena;

II - Registro Administrativo de Nascimento de Índio (RANI);

III - Declaração pessoal de pertença a grupo indígena (ANEXO I).

2.2.2 Para os candidatos autodeclarados pretos ou pardos deverá ser acrescida à lista de documentos do item 2.2, o ANEXO I, conforme RESOLUÇÃO Nº 8/CONSUNI CPPGEC/UFFS/2017.

2.2.3 Para os candidatos autodeclarados com Deficiência e Transtornos Globais do Desenvolvimento, deverá ser acrescida à lista de documentos do item 3.3, a seguinte relação de documentos, conforme RESOLUÇÃO Nº 8/CONSUNI CPPGEC/UFFS/2017:

I - atestado médico emitido nos últimos 6 (seis) meses, assinado por um médico especialista na área da deficiência alegada pelo candidato, contendo o grau ou nível de deficiência, o código correspondente à Classificação Internacional de Doença (CID) e um parecer do médico com as necessidades específicas, considerando as peculiaridades da deficiência;

II - exame de audiometria para candidatos com deficiência auditiva, realizado nos últimos 12 (doze) meses e parecer específico com restrições e/ou recomendações;

III - exame oftalmológico em que constem a acuidade visual para candidatos com deficiência visual, realizado nos últimos 6 (seis) meses e parecer específico.

2.3 O candidato que não realizar a matrícula nesse período perderá direito à vaga.

 

3 DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

3.1 Os candidatos não selecionados terão o prazo de 30 (trinta) dias, após a finalização do Processo Seletivo, para retirar seus documentos na Secretaria do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Políticas Públicas, sala 1-2-16 do Seminário, Rua Major Antônio Cardoso, nº 590, Centro, Cerro Largo-RS, ao final do qual serão inutilizados.

3.2 A qualquer tempo, e a critério da Comissão de Seleção, se constatada a apresentação de documentos e/ou assinaturas inidôneas, será considerada cancelada a matrícula do candidato.

3.3 Os casos omissos serão resolvidos pelo Colegiado do Curso e pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UFFS.

Chapecó-SC, 11 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

Documento Histórico

EDITAL Nº 1093/GR/UFFS/2017

Classificação Final Seleção de Estagiários Estágios não Obrigatórios

O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais e em conformidade com o EDITAL Nº 1054/GR/UFFS/2017 - Seleção de Estagiários - Estágios não-obrigatórios, divulga a classificação final.

 

1 DIVULGAÇÃO DA CLASSIFICAÇÃO FINAL

I - Área/Curso: Ciência da Computação

a) Setor de atuação: Secretaria Especial de Tecnologia e Informação

Candidatos

Classificação

Raphael Borges dos Santos Filho

Henrique José Dalla Corte

Douglas Davy Breyer

Eduardo Felipe da Silva Kreve

*Desclassificado

* Não cumpriu com o item 1.1.1 do EDITAL Nº 1054/GR/UFFS/2017.

 

2 Conforme o EDITAL Nº 1054/GR/UFFS/2017, após a divulgação da classificação, os candidatos terão o prazo de 1 dia útil para protocolar a entrega de recurso na Secretaria Acadêmica.

Chapecó-SC, 11 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

Documento Histórico

EDITAL Nº 1094/GR/UFFS/2017

Homologação do Resultado Final Seleção de Estagiários Estágios Não-Obrigatórios

O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais e em conformidade com o EDITAL Nº 1072/GR/UFFS/2017 - Seleção de Estagiários - Estágios não-obrigatórios, homologa o resultado final.

 

1 RESULTADO FINAL

I - Área/Curso: Pedagogia

a) Setor de atuação: Coordenação Acadêmica - Programa de Extensão: Programa de Formação Continuada de Professores no Campus Erechim

Candidatos

Classificação

Veruska Sartori Rosset

 

2 Conforme o EDITAL Nº 1072/GR/UFFS/2017, a validade da seleção será de no prazo máximo de seis meses, prorrogável conforme interesse e necessidade do setor de atuação, não podendo ultrapassar o total de dois anos.

 

3 Os candidatos serão chamados através de edital específico que será divulgado no site www.uffs.edu.br, seguindo a ordem de classificação, de acordo com a necessidade dos setores de atuação aos quais foram classificados.

Chapecó-SC, 11 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

Documento Histórico

EDITAL Nº 1095/GR/UFFS/2017

Convoca Estagiário para Estágio Não-Obrigatório

O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais, convoca a estagiária a seguir relacionada, classificada conforme Edital Nº 1095/GR/UFFS/2017, de 11 de dezembro de 2017, a comparecer na data, local e horário indicados neste edital, para assinatura de Termo de Compromisso de Estágio e entrega da documentação.

 

1 DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA PARA ASSINATURA DO TERMO DE COMPROMISSO

1.1 Os documentos exigidos para a assinatura do termo de compromisso são:

I - uma foto 3x4 recente;

II - identidade (RG) (original com cópia);

III - CPF (original com cópia);

IV - certificado de reservista, se for o caso, frente e verso do documento (original com uma cópia);

V - atestado de matrícula e atestado de frequência, com indicação do ano ou período que está cursando;

VI - título de eleitor, com comprovante de quitação eleitoral expedido pela internet e com data atualizada na semana (original com cópia);

VII - certidão de nascimento ou casamento (que comprove o estado civil) (original com cópia);

VIII - comprovante de conta corrente (com cópia de extrato ou cartão comprovando os dados da conta, inclusive com dígitos verificadores);

IX - exame médico que comprove a aptidão para a realização do estágio;

X - declaração de não possuir bolsas ou auxílios financeiros da UFFS ou de outros órgão oficiais (ANEXO I deste edital);

XI - carteira de trabalho (original com cópia);

XII - documento de comprovação do número do PIS (original com cópia);

XIII - cadastro de estagiário preenchido (ANEXO II deste edital).

 

2 CONVOCADOS

2.1 O candidato selecionado para a vaga da Coordenação Acadêmica - Programa de Extensão: Programa de Formação Continuada de Professores no Campus Erechim, deverá se apresentar na UFFS - Campus Erechim, localizado na ERS 135, Km 72, 200, CEP 99700-970, Erechim-RS, sala 203A - Bloco A, na data e horários indicados a seguir.

2.1.1 O candidato deverá apresentar originais e cópias dos documentos solicitados no item 1 deste edital.

 

3 COORDENAÇÃO ACADÊMICA - PROGRAMA DE EXTENSÃO: PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES NO CAMPUS ERECHIM

Candidato

Apresentação

Veruska Sartori Rosset

Data: 13/12/2017 às 13h

 

4 DISPOSIÇÕES FINAIS

4.1 O candidato, se não comparecer com toda a documentação exigida no local, data e horário estipulados neste edital será considerada desistente.

Chapecó-SC, 11 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

Documento Histórico

EDITAL Nº 1096/GR/UFFS/2017

Processo Seletivo Especial para Acesso à Educação Superior da UFFS para Estudantes Haitianos PROHAITI

PROCESSO SELETIVO ESPECIAL PARA ACESSO À EDUCAÇÃO SUPERIOR DA UFFS PARA ESTUDANTES HAITIANOS - PROHAITI

 

O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL - UFFS, no uso de suas atribuições legais, torna pública a realização do Processo Seletivo Especial para provimento de vagas suplementares nos cursos de Graduação da UFFS, para atender ao disposto na Resolução Nº 32/2013 - CONSUNI, que institui o Programa de Acesso à Educação Superior da UFFS para estudantes haitianos, atendendo também à Resolução Normativa Nº 97, de 12 de janeiro de 2012, do Conselho Nacional de Imigração, que dispõe sobre a concessão de visto permanente por razões humanitárias a nacionais do Haiti (alterada pela Resolução Normativa Nº 123, de 13 de setembro de 2016), e à Lei nº 13.445, de 24 de maio de 2017, que institui a Lei de Migração.

 

1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1 O presente edital destina-se a oferecer o acesso a vagas em cursos de graduação ofertados na UFFS, a cidadãos haitianos, que residam no Brasil.

1.2 O(A) estudante haitiano(a) selecionado(a) por este Processo Seletivo será considerado(a) aluno(a) regular, tendo as mesmas prerrogativas e deveres dos(as) demais alunos(as) da instituição.

1.3 A inscrição é exclusiva para a oferta das vagas suplementares mencionadas no item 4 do presente Edital.

1.4 O resultado do Processo Seletivo Especial, para o qual se abre inscrições neste Edital, é válido para o ingresso no primeiro semestre do ano letivo de 2018.

1.5 Poderão se inscrever no Processo Seletivo Especial, candidatos(as) haitianos(as) que possuam escolaridade equivalente ao Ensino Médio (2º Grau) brasileiro, devidamente comprovada através de diplomas/certificados e históricos escolares.

 

2 DAS INSCRIÇÕES

2.1 As inscrições deverão ser feitas nas Secretarias Acadêmicas dos Campi, de acordo com o curso que o(a) candidato(a) deseja cursar, conforme as vagas descritas no item 4 do presente Edital, no período definido no item 7 - Cronograma. As inscrições poderão ser feitas:

2.1.1 Pessoalmente (12/12/2017 a 22/12/2017).

2.1.2 Por procuração simples (12/12/2017 a 22/12/2017).

2.1.3 Por e-mail com opção de confirmação de leitura (12/12/2017 a 10/01/2018).

2.2 Para efetuar a inscrição, é necessário que o(a) candidato(a) apresente, pessoalmente, por meio de procurador legalmente habilitado, ou por e-mail, cópia legível dos seguintes documentos:

2.2.1 Requerimento de Inscrição referente ao campus de interesse (ANEXOS I, II, III e IV), preenchido e assinado.

2.2.2 Passaporte com visto vigente.

2.2.3 Cadastro de Pessoa Física - CPF.

2.2.4 Protocolo do RNE ou Cédula de Identidade de Estrangeiro.

2.2.5 Comprovante de residência atualizado (no máximo com 90 dias de emissão) ou Declaração de Residência (ANEXO V).

2.2.6 Comprovação quanto à conclusão do Ensino Médio realizada por meio da documentação constante em um dos itens abaixo:

I - Histórico escolar e diploma/certificado de conclusão do nível de estudos equivalente ao Ensino Médio (2º Grau) brasileiro, emitidos pelo Governo da República do Haiti (Retho e Philo);

II - Histórico escolar e certificado de conclusão de ensino médio emitido por Secretaria de Educação de estado brasileiro;

III - Certificado de conclusão e histórico escolar do ensino médio ou estudos equivalentes emitido por outro país desde que os documentos estejam apostilados de acordo com a Convenção da Apostila de Haia, ou contenham o carimbo da Embaixada do Brasil no país de origem se este não for signatário desta Convenção.

2.3 Cada candidato(a) poderá escolher até duas opções de Cursos de Graduação, no mesmo Campus, a serem informadas no Requerimento de Inscrição ao campus de interesse (ANEXOS I, II, III e IV).

2.4 A homologação da inscrição se dará mediante conferência da documentação apresentada.

2.5 A inscrição do(a) candidato(a) implicará em ciência e tácita aceitação das condições estabelecidas neste Edital, das quais não poderá alegar desconhecimento.

 

3 DO PROCESSO SELETIVO

3.1 O Processo Seletivo, para o qual se abrem inscrições neste Edital, será constituído da seguinte forma:

3.1.1 Uma prova de redação, em caráter eliminatório. Será eliminado o candidato que escrever menos de 10 linhas ou obtiver nota zero.

3.1.2 Uma prova com 20 (vinte) questões objetivas de múltipla escolha, para avaliar os conhecimentos em Língua Portuguesa do(a) candidato(a), em caráter classificatório.

3.1.2.1 Cada questão será composta de 04 (quatro) alternativas de resposta sendo apenas 01 (uma) correta.

3.1.2.2 A cada acerto será atribuído 0,5 (meio) ponto ao(à) candidato(a), sendo sua classificação definida pela somatória de todos os pontos obtidos.

3.2 Os(As) candidatos(as) acessarão as vagas descritas no item 4 do presente Edital de acordo com sua classificação e desde que tenham sua documentação referendada pela Embaixada do Haiti no Brasil, de acordo com o Art. 4º da RESOLUÇÃO Nº 32/2013 - CONSUNI.

3.3 No caso de empate de um ou mais candidatos(as) na classificação geral, será considerada a idade dos(as) candidatos(as), tendo preferência na classificação o(a) candidato(a) de maior idade.

3.4 A responsabilidade pela elaboração e correção da prova serão da Comissão Institucional de Acesso e Acompanhamento à Educação Superior da UFFS para nacionais Haitianos - PROHAITI estabelecida pela Portaria Nº 127/PROGRAD/UFFS/2017 com o auxílio de servidores da UFFS, se necessário.

3.5 As provas serão realizadas de acordo com o cronograma, em salas exclusivamente destinadas à realização das mesmas, em local a ser especificado no Edital de Homologação das Inscrições.

3.5.1 Não será permitida a entrada na sala após o horário de início e tampouco a realização da prova sem comprovação de identificação por meio de documento oficial com foto (Cédula de Identidade de Estrangeiro, Passaporte ou Carteira de Trabalho).

3.6 A classificação geral provisória será divulgada no site da UFFS (www.uffs.edu.br) na data especificada no cronograma.

3.7 Os(As) candidatos(as) poderão interpor recurso, em relação ao resultado obtido, nas secretarias acadêmicas onde foi realizada a inscrição, na data especificada no cronograma.

3.8 Os recursos serão julgados pela Assessoria para Assuntos Internacionais e ficarão à disposição dos candidatos nas Secretarias Acadêmicas de cada campus. À decisão da Assessoria não caberão novos recursos.

3.9 Após a análise dos recursos, o resultado definitivo será publicado no site da UFFS (www.uffs.edu.br) na data especificada no cronograma.

3.10 A classificação geral resultante do presente Processo Seletivo Especial destina-se apenas ao preenchimento das vagas suplementares descritas no item 4 deste Edital, não havendo lista de espera para vagas futuras.

 

4 DAS VAGAS

4.1 As vagas suplementares para candidatos haitianos referentes ao Processo Seletivo Especial para acesso à Educação Superior da UFFS em 2018.1 estão especificadas nos quadros a seguir:

I - Campus Chapecó

Curso

Turno

Vagas

Administração

Matutino

02

Agronomia

Integral

02

Ciência da Computação

Matutino

02

Ciências Sociais

Noturno

02

Engenharia Ambiental

Integral

02

Filosofia

Noturno

02

Geografia

Noturno

02

História

Noturno

02

Letras: Português e Espanhol

Noturno

02

Matemática

Noturno

02

Pedagogia

Matutino

05

Pedagogia

Noturno

05

II - Campus Erechim

Curso

Turno

Vagas

Agronomia

Integral

02

Arquitetura e Urbanismo

Integral

02

Ciências Sociais

Noturno

02

Engenharia Ambiental e Sanitária

Integral

02

Filosofia

Noturno

02

Geografia

Noturno

04

História

Noturno

02

Pedagogia

Noturno

02

III - Campus Laranjeiras do Sul

Curso

Turno

Vagas

Agronomia

Integral

02

Ciências Econômicas

Noturno

02

Engenharia de Alimentos

Integral

03

Engenharia de Aquicultura

Integral

05

Interdisciplinar em Educação do Campo: Ciências Naturais, Matemática e Ciências Agrárias

Noturno

02

Pedagogia

Noturno

02

IV - Campus Realeza

Curso

Turno

Vagas

Ciências Biológicas

Noturno

02

Física

Noturno

02

Letras: Português e Espanhol

Noturno

02

Medicina Veterinária

Integral

02

Nutrição

Integral

02

Química

Noturno

02

4.2 As vagas serão preenchidas conforme a opção dos(as) candidatos(as) feita no requerimento de inscrição e de acordo com a classificação geral dentro de cada curso.

 

5 DA MATRÍCULA

5.1 A matrícula será realizada por ordem geral de classificação dos(as) candidatos(as) considerando a primeira opção. Não havendo mais vaga na primeira opção, considerar-se-á a segunda opção, se houver vaga.

5.2 Os(As) candidatos(as) classificados(as) nos termos deste Edital deverão efetivar a sua matrícula, pessoalmente ou mediante procurador, nas Secretarias Acadêmicas de cada campus da UFFS, nas datas especificadas no item 7 - Cronograma. Poderá ser exigida procuração com firma reconhecida em cartório se houver dúvida quanto à autenticidade do(a) outorgante e/ou do outorgado, com base na verificação da documentação apresentada pelo(a) procurador(a), conforme disposto no art. 9º do Decreto Nº 9.094 de 17 de julho de 2017.

5.2.1 O procurador do(a) candidato(a) deverá comparecer com procuração e apresentar um documento de identidade com foto, em consonância com o constante na procuração.

5.2.2 O(A) candidato(a) classificado(a) nos termos deste Edital que não comparecer, pessoalmente ou não constituir procurador para efetivação da matrícula no prazo estabelecido, perderá o direito à sua vaga.

5.3 No ato da matrícula, é necessário que o(a) candidato(a) apresente, pessoalmente ou por meio de procurador, os originais dos seguintes documentos ou cópias autenticadas:

5.3.1 Passaporte com visto vigente.

5.3.2 Cadastro de Pessoa Física - CPF.

5.3.3 Protocolo do RNE ou Cédula de Identidade de Estrangeiro.

5.3.4 Comprovação quanto à conclusão do Ensino Médio realizada por meio da documentação constante em um dos intens abaixo:

I - Histórico escolar e diploma/certificado de conclusão do nível de estudos equivalente ao Ensino Médio (2º Grau) brasileiro, emitidos pelo Governo da República do Haiti (Retho e Philo);

II - Histórico escolar e certificado de conclusão de ensino médio emitido por Secretaria de Educação de estado brasileiro;

III - Certificado de conclusão e histórico escolar do ensino médio ou estudos equivalentes emitido por outro país desde que os documentos estejam apostilados de acordo com a Convenção da Apostila de Haia, ou contenham o carimbo da Embaixada do Brasil no país de origem se este não for signatário desta Convenção.

5.4 No ato da efetivação da matrícula, candidatas do sexo feminino até 40 anos, deverão apresentar comprovante de vacinação contra rubéola, nos termos da Lei Estadual nº . 10.196/SC, de 24 de julho de 1996 e 11.039/PR, de 03 de janeiro de 1995 (exigência feita exclusivamente para as candidatas dos campi Chapecó, Laranjeiras do Sul e Realeza).

5.5 O não atendimento, por parte dos(as) candidatos(as), dos critérios indicados neste Edital, implicará na sua eliminação do Processo Seletivo Especial para acesso à Educação Superior da UFFS para estudantes haitianos - PROHAITI, sem possibilidade de reclassificação.

5.6 A matrícula em Curso de Graduação caracteriza o vínculo do(a) estudante com a Universidade.

 

6 DO PREENCHIMENTO DAS VAGAS

6.1 Os(As) candidatos(as) melhor colocados(as) no Processo Seletivo preencherão as vagas de acordo com sua 1ª opção e, em caso de classificação que não possibilite o acesso à vaga da 1ª opção, o(a) candidato(a) poderá acessar a vaga de sua 2ª opção, se sua classificação for suficiente para tal e ainda houver vagas disponíveis.

6.2 Havendo vagas não preenchidas, serão realizadas novas chamadas onde o preenchimento será realizado de acordo com a classificação geral do(a) candidato(a), considerando-se apenas a primeira opção.

6.3 Os(As) candidatos(as) convocados(as) para matrícula em segunda opção serão mantidos na lista de espera da primeira opção de curso.

 

7 CRONOGRAMA

7.1 As etapas do Processo Seletivo ocorrerão conforme o cronograma a seguir:

ATIVIDADE

DATA

Período de inscrições

12/12/2017 a 10/01/2018, sendo:

Presencial ou por procuração - 12/12/2017 a 22/12/2017 - das 08h30 às 11h30 e das 14h às 16h30, nas Secretarias Acadêmicas dos campi

Por e-mail - 12/12/2017 a 10/01/2018

Homologação das Inscrições

A partir do dia 15/01/2018

Data da realização da prova

04/02/2018 - das 14h às 17h

Publicação do Resultado Provisório

09/02/2018

Data para interposição do recurso

15 e 16/02/2018

Publicação do resultado definitivo

19/02/2018

Data para a realização das matrículas

20 a 23/02/2018 - das 08h30 às 11h30 e das 14h às 16h30

Publicação de edital de vagas remanescentes

26/02/2018

Data para a realização das matrículas

27/02 a 02/03/2018 - das 08h30 às 11h30 e das 14h às 16h30

Início das aulas

Conforme calendário acadêmico da graduação

7.2 É de exclusiva responsabilidade do(a) candidato(a) acompanhar, no sítio da UFFS, a divulgação dos resultados e de eventuais alterações no cronograma acima.

 

8 DOS LOCAIS DE INSCRIÇÃO

8.1 Campus Chapecó Rodovia SC 459, km 2, s/n (saída para Guatambú/SC), Chapecó-SC, na Secretaria Acadêmica - Bloco B - Sala 103. Fones: (49) 2049-6420 ou 2049-6491. E-mail: sec.acad.ch@uffs.edu.br.

8.2 Campus Erechim Rodovia RS 135 - km 72, 200, Erechim/RS, na Secretaria Acadêmica - Bloco A - Sala 102. Fone (54) 3321-7031. E-mail: sec.acad.er@uffs.edu.br.

8.3 Campus Laranjeiras do Sul Rodovia BR 158, km 405, s/n, Laranjeiras do Sul/PR, na Secretaria Acadêmica - Bloco A - Sala 103. Fone: (42) 3635-0040. E-mail: sec.acad.ls@uffs.edu.br.

8.4 Campus Realeza Avenida Edmundo Gaievski, nº . 1000 (acesso pela Rodovia PR 182, Km 466), Realeza/PR, na Secretaria Acadêmica - Bloco A - Sala 103. Fone: (46) 3543-8300. E-mail: sec.acad.rl@uffs.edu.br.

 

9 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

9.1 As aulas dos Cursos de Graduação iniciar-se-ão na data definida em calendário acadêmico da graduação.

9.2 Será eliminado(a), a qualquer época, mesmo depois de matriculado(a), o(a) candidato(a) que, comprovadamente, ao realizar o Processo Seletivo Especial para acesso à Educação Superior da UFFS para estudantes haitianos - PROHAITI, tiver usado documentos e/ou informações falsas ou outros meios ilícitos, assegurando o contraditório e a ampla defesa, sem prejuízo das sanções penais eventualmente cabíveis.

9.3 Os horários constantes deste Edital referem-se ao horário oficial de Brasília-DF.

9.4 O(A) estudante matriculado nos Cursos de Graduação da UFFS deverá apresentar à UFFS a equivalência ao Ensino Médio (2º Grau) emitida pelo Conselho Estadual de Educação - CEE para procedimentos legais de equivalência de estudos até seis meses antes da data prevista para a colação de grau, sob pena de ficar impedido de colar grau.

9.4.1 O(A) estudante que tiver a equivalência de estudos indeferida pelo CEE perderá imediatamente o direito à vaga ocupada em curso de graduação da UFFS, não fazendo jus a nenhum tipo de certificação dos estudos que tenha realizado.

9.5 Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Institucional de Acesso e Acompanhamento à Educação Superior da UFFS para nacionais Haitianos - PROHAITI estabelecida pela Portaria Nº 127/PROGRAD/UFFS/2017.

Chapecó-SC, 12 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

Documento Histórico

EDITAL Nº 1097/GR/UFFS/2017

Apoio a Programas de Extensão

APOIO A PROGRAMAS DE EXTENSÃO

 

O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições, torna público o presente Edital de Apoio a Programas de Extensão para o ano de 2018, vinculado ao Programa de Iniciação em Atividades de Extensão da UFFS.

 

1 DISPOSIÇÕES INICIAIS

1.1 DA CONCEPÇÃO DA POLÍTICA DE EXTENSÃO DA UFFS

1.1.1 A política de extensão da UFFS:

I - É concebida a partir das diretrizes e dos princípios institucionais e acadêmicos da Política Nacional de Extensão, constituindo-se num elo entre as demandas regionais e as atividades de Ensino e de Pesquisa. A Extensão coloca-se na perspectiva de colaborar, por meio de ações voltadas à cidadania e à inclusão social, na construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

II - Visa garantir a Extensão Universitária como um processo educativo, cultural e científico que, articulado ao Ensino e à Pesquisa de forma indissociável, promova uma relação transformadora entre a Universidade e a Sociedade, fomentando o diálogo de saberes, a democratização do conhecimento acadêmico, a interdisciplinaridade e a participação da comunidade na construção da Universidade, bem como a participação da Universidade no desenvolvimento regional.

III - Objetiva ainda o desenvolvimento de programas e projetos comprometidos com a inclusão social, com a produção e a disseminação do conhecimento para a melhoria da qualidade de vida das pessoas e para a formação do profissional cidadão.

 

2 DEFINIÇÃO DE PROGRAMA DE EXTENSÃO

2.1 Programa: Conjunto articulado de Projetos e outras Ações de Extensão (Cursos, Eventos, Prestação de Serviços), preferencialmente integrando as ações de Extensão, Pesquisa e Ensino. Tem caráter orgânico-institucional, clareza de diretrizes e orientação para um objetivo comum, sendo executado a médio e longo prazo.

 

3 OBJETIVOS

I - Consolidar Programas de Extensão institucionalizados na PROEC;

II - Estimular a constituição e/ou a operação de Programas de Extensão na UFFS;

III - Estimular a prática da extensão como uma das atividades estruturantes do fazer universitário;

IV - Incentivar a participação de estudantes de graduação em Programas de Extensão Universitária, em interação com docentes da UFFS;

V - Fomentar a socialização, a sistematização e a produção do conhecimento por meio das experiências de extensão;

VI - Possibilitar o aprimoramento do ensino-aprendizagem em conexão com as ações de extensão;

VII - Promover a interação entre Universidade e Sociedade.

 

4 PROPONENTES

4.1 Poderão ser proponentes neste edital os docentes integrantes do quadro de pessoal permanente da UFFS e professores visitantes (Seniores).

 

5 PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS

5.1 O programa de extensão deve evidenciar quais são as ações que o compõem, bem como seus objetivos.

5.2 Os proponentes serão os coordenadores do programa, sendo que cada programa terá apenas um coordenador e um vice-coordenador.

5.3 O proponente do programa também poderá ser coordenador de ações inclusas no programa que será submetido a este edital.

5.4 Poderão participar na qualidade de colaboradores dos programas de extensão, docentes, servidores técnico-administrativos e discentes.

5.5 A participação de colaboradores externos à UFFS, incluídos na equipe de trabalho, fica condicionada a aprovação pelo Comitê Assessor de Extensão e Cultura do campus que originou a proposta, mediante a apresentação pelo proponente do programa de uma descrição da relevância desta participação, indicando o reconhecimento público que o membro externo possui na área específica do programa.

5.6 Cada programa deverá ter um coordenador e um vice-coordenador, além de apresentar um Plano de Trabalho articulando as ações de extensão no momento da submissão. As ações de extensão devem ser listadas em sequência no formulário único de proposta (metodologia) e enviados em um único processo.

5.7 Não poderão apresentar propostas de programas os servidores que possuem formulários de relatórios de atividades de extensão pendentes na PROEC, ou que tiveram os seus relatórios finais de projetos e programas de extensão reprovados.

5.8 As propostas de programa deverão prever cronograma de execução de até 9 (nove) meses.

 

6 DA PROPOSTA

6.1 O edital visa contemplar com cota de bolsa programas institucionalizados que estão ativos nos registros da PROEC, bem como novas propostas de programas.

6.2 As propostas de programas já institucionalizados devem ser encaminhadas com os seguintes documentos:

6.2.1 Comprovante de entrega de relatório final, no caso de término de vigência conforme proposta anterior (para programas do edital 522/UFFS/2016, faixa A, e demanda espontânea) ou comprovante de submissão, para programas que estejam em fase de desenvolvimento (para programas de demanda espontânea);

6.2.2 Preencher plano de trabalho no item metodologia do formulário único de proposta (FUP) atrelado ao cronograma explícito na proposta (Anexo I);

6.2.3 Preencher os demais itens do FUP em caso de alterações da proposta já institucionalizada, caso contrário não há necessidade de preenchimento;

6.2.4 Carta de aceite, conforme modelo (Anexo II).

6.3 Às propostas de novo programa devem ser encaminhadas com os seguintes documentos:

6.3.1 Explicitação detalhada dos fundamentos teóricos que o orientaram, bem como caracterização e justificativa;

6.3.2 Articulação entre as propostas das ações que compõem o programa;

6.3.3 Clareza e precisão dos objetivos definidos;

6.3.4 Explicitação dos procedimentos metodológicos;

6.3.5 Indicação do público-alvo e do número estimado de pessoas beneficiadas;

6.3.6 Cronograma de execução;

6.3.7 Descrição do processo de acompanhamento e avaliação das ações que compõem o programa, bem como a explicitação dos indicadores e da sistemática de avaliação pela equipe organizadora;

6.3.8 Descrição do processo de acompanhamento e avaliação dos participantes, com a explicitação de indicadores e da sistemática de avaliação e de certificação;

6.3.9 Descrição do processo de avaliação dos alunos bolsistas e alunos voluntários (as equipes responsáveis pelo desenvolvimento dos programas e suas ações deverão ser compostas por servidores e estudantes da própria instituição);

6.3.10 A coordenação da equipe executora deverá estar de acordo com o item 4 deste edital;

6.3.11 Carta de aceite, conforme modelo (Anexo II);

6.3.12 Cada proponente poderá submeter e coordenar apenas uma proposta de programa de extensão a esse edital, não estando impedido de participar de outras propostas como membro colaborador da equipe organizadora.

6.4 Programas submetidos e aprovados na Faixa B do edital 522/UFFS/2016 não poderão concorrer a cotas de bolsas.

 

7 CRONOGRAMA

Data limite para encaminhamento dos formulários de inscrição dos programas

02.03.2018

Período de avaliação dos programas pelo Comitê Assessor de Extensão e Cultura Locais e Avaliadores ad hoc

30.03.2018

Encaminhamento da listagem de classificação pelos Comitê Assessor de Extensão e Cultura Locais à DPEX

02.04.2018

Divulgação da avaliação e da classificação dos programas pelo Comitê Assessor de Extensão e Cultura

04.04.2018

Data limite de encaminhamento de recurso (deverá ser enviado para o e-mail: dpex.proec@uffs.edu.br)

05.04.2018

Divulgação dos resultados finais

06.04.2018

Encaminhamento da documentação do proponente e bolsista (Item 12.9 - encaminhar via protocolo e via e-mail para dpex.proec@uffs.edu.br)

10.04.2018

Encaminhamento dos relatórios finais (proponente, bolsistas e voluntários) e formulário de pedido de certificação das atividades

10.01.2019

 

8 PROCEDIMENTOS PARA INSCRIÇÃO E REGISTRO INSTITUCIONAL

8.1 As propostas deverão ser apresentadas de acordo com o Formulário de Submissão disposto no ANEXO I protocolado em uma via impressa. O modelo do formulário também está disponível no endereço eletrônico: http://www.uffs.edu.br/institucional/pro-reitorias/extensao-e cultura/extensao/formularios/formulario-unico-de-propostas-fup/@@download/file. O formulário deve vir acompanhado de cópia do Currículo Lattes do professor proponente para comprovação de atividades de extensão.

8.1.1 Propostas que apresentam complementação de recursos aprovados por editais externos, devem anexar cópia do programa de extensão aprovado externamente.

8.1.2 Propostas aprovadas e desenvolvidas no edital 522/UFFS/2016, Faixa A, devem apresentar documento comprobatório de entrega de relatório final anexo à submissão.

8.1.3 Os proponentes deverão preencher os dados da Planilha A (atividades de extensão), disponível na página da PROEC, que deverá ser salva, enviada em formato .odt (LibreOffice) e protocolada com os demais documentos. Caso os dados apresentados não correspondam aos do Currículo Lattes do proponente, a proposta será desclassificada.

8.2 A proposta deverá ser protocolada junto ao Setor de Protocolo de cada Campus até a data limite de submissão deste edital e encaminhada para a Divisão de Projetos de Extensão - DPEX. Tipo de documento: Processo.

8.3 Uma cópia digital dos documentos descritos nos itens 8.1; 8.1.1; 8.1.2 e 8.1.3, bem como o número do processo protocolado, deverão ser enviados pelo professor proponente diretamente para o e-mail dpex.proec@uffs.edu.br.

8.4 As Propostas aprovadas serão institucionalizadas a partir da assinatura de termo de compromisso por parte do Coordenador Proponente e dos bolsistas.

8.5 A inobservância de qualquer procedimento de inscrição e registro ensejará a desclassificação do programa, independentemente de avaliação de mérito.

 

9 NÚMERO DE COTAS E VALOR DA BOLSA

9.1 Por meio deste edital serão disponibilizadas até 35 (trinta e cinco) bolsas de extensão para o período de abril a dezembro de 2018. A quantidade de bolsas está condicionada à disponibilidade orçamentária e financeira da UFFS.

9.2 Cada proponente/programa poderá ser contemplado com 01 (uma) cota de bolsa discente.

9.3 As bolsas terão sua vigência a partir da assinatura do Termo de Compromisso e entrega dos documentos por parte dos bolsistas e do professor proponente.

9.4 O valor mensal da bolsa para o aluno será de R$ 400.00 (quatrocentos reais), cujo benefício será pago ao longo de nove meses, para os bolsistas selecionados com bolsas de iniciação a extensão.

 

10 AVALIAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS

10.1 A avaliação dos programas será feita pelo Comitê Assessor de Extensão e Cultura Locais, através de avaliadores “ad hoc” e coordenado pela Coordenação Adjunta de Extensão e Cultura dos campi de forma cruzada, ou seja, cada Coordenação Adjunta de Extensão e Cultura receberá propostas de outros campi para avaliação. Devendo encaminhar à DPEX a relação das propostas aprovadas em ordem de classificação, conforme previsto no cronograma.

10.2 Os Programas serão avaliados e classificados de acordo com os quesitos listados na tabela 1.

10.3 Os programas somente serão contemplados em caso de obter nota mínima (média dos avaliadores) igual ou superior a 5,0 (cinco).

10.3.1 Tabela 1. Critérios e Pesos para a Avaliação dos programas de Extensão da UFFS.

Critérios

Peso

Aderência às prioridades da COEPE (Conferência de Ensino, Pesquisa e Extensão) - Contempla temas e linhas da COEPE.

 

1,0

Interação com a comunidade externa - discussão do programa com a comunidade, entidades desde a sua concepção. (Deverá ser anexado ao programa ofício (s) com a manifestação dos interessados no desenvolvimento do programa).

 

1,5

Abrangência e pertinência: número de pessoas e entidades envolvidas; benefícios sociais: programas dirigidos ao público mais vulnerável economicamente e socialmente; de desenvolvimento sustentável; voltados para professores da rede pública estadual e municipal.

2,0

Proposta já institucionalizada.

1,0

Adequação e coerência entre objetivos, fundamentação teórica, metodologia, programação/cronograma.

2,0

Potencial de contribuição para o desenvolvimento do Ensino, Pesquisa e/ou Pós-Graduação na UFFS; Programa coerente com atividades previstas nos PPC’s do/s curso/s de graduação dos proponentes.

1,5

Plano de trabalho do bolsista.

0,5

Currículo do proponente/atividades de extensão: experiência em coordenação e colaboração de programas e projetos de extensão; publicações na área da extensão (artigos, livros, resumos); apresentação de trabalhos em eventos; experiência de orientação em programas e projetos de extensão.

0,5

 

11 SELEÇÃO E REQUISITOS DOS CANDIDATOS BOLSISTAS

11.1 Caberá ao coordenador do programa selecionar os bolsistas de acordo com os critérios elencados a seguir:

a) O candidato a bolsista deve estar matriculado em curso de graduação da UFFS e cursando o número mínimo de créditos por período letivo, estabelecido pelo Colegiado do respectivo curso.

b) O candidato não deve ter outra modalidade de bolsa ou vínculo empregatício e dispor de 20 (vinte) horas semanais para o desenvolvimento do programa.

 

12 SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO DOS PROGRAMAS POR CAMPUS

12.1 As cotas de bolsa serão distribuídas por campus de acordo com a demanda qualificada.

12.2 A distribuição das cotas de bolsas pelo campus será proporcionalmente em relação ao número de programas aprovados nas seguintes áreas temáticas: 1 Educação; 2 Saúde; 3 Tecnologia e produção; 4 Trabalho; 5 Meio ambiente; 6 Direitos humanos e justiça; 7 Comunicação; 8 Cultura.

 

13 OBRIGAÇÕES DO PROPONENTE/COORDENADOR DO PROGRAMA

13.1 Acompanhar a execução das ações previstas no programa de extensão.

13.2 Prestar informações sobre o andamento dos trabalhos do Programa quando solicitadas pela Coordenação Acadêmica de Campus e/ou pelos Coordenadores adjuntos de Extensão e Cultura e pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura.

13.3 Coordenar a execução das ações previstas no programa de extensão.

13.4 Apresentar à Pró-Reitoria de Extensão e Cultura, Relatório Final e Pedido de Certificação, contendo os resultados do programa desenvolvido, para avaliação institucional, conforme cronograma estabelecido em edital.

13.4.1 Anexar ao Formulário de Relatório Final, documentos, fotos, questionários, publicações, apresentação em eventos e avaliação das ações realizadas pelos participantes, demonstrando as atividades desenvolvidas no programa.

13.5 Apresentar os resultados do programa e/ou das ações no Evento Institucional de Ensino, Pesquisa e Extensão e participar de eventos de socialização de ações de extensão.

13.6 Participar de, no mínimo, uma atividade de formação (palestra, oficina, curso) sobre extensão universitária, promovida pela PROEC no período de vigência deste edital.

13.7 Elaborar pareceres de projetos e programas de extensão quando solicitado pela PROEC.

13.8 Organizar o processo de seleção dos bolsistas do programa proposto.

13.9 Encaminhar à Pró-Reitoria de Extensão e Cultura a seguinte documentação: Formulário de registro de ação devidamente preenchido e assinado; Termo de compromisso do coordenador de programa, Termo de compromisso de bolsista, Ficha de inscrição de estudantes em atividades acadêmicas (para bolsistas e voluntários) e fotocópia dos documentos do bolsista, conforme data prevista neste edital. A documentação deverá ser encaminhada para o e-mail da Divisão de Projetos de Extensão e via protocolo para a mesma Divisão.

13.10 Orientar o bolsista e, quando for o caso, o aluno voluntário, nas distintas fases do trabalho, incluindo a elaboração de relatórios e material para apresentação dos resultados em eventos sobre atividades de extensão.

13.11 Acompanhar a elaboração do relatório final e a exposição dos resultados feita pelo bolsista e, quando for o caso, pelo aluno voluntário, no Evento Institucional de Ensino, Pesquisa e Extensão e outros eventos de relevância para o Programa.

13.12 Incluir o nome do bolsista e, quando for o caso, do aluno voluntário, nas publicações e nos trabalhos apresentados em eventos sobre as atividades de extensão, cujos resultados tiveram a participação efetiva do(s) estudante(s).

13.13 Encaminhar, quando for o caso, para a PROEC e para o Coordenador Adjunto de Extensão do Campus, pedido de substituição do bolsista ou o cancelamento da bolsa, com a devida justificativa, até o dia 14 de cada mês.

13.14 Cadastrar e manter atualizado o seu currículo na Plataforma Lattes do CNPq.

13.15 Avaliar trabalhos e emitir pareceres em eventos da UFFS que contemplam submissão de trabalhos acadêmicos, na sua área de especialidade.

13.16 O coordenador do programa somente poderá ser substituído por um professor colaborador da UFFS, vinculado ao programa, nos seguintes casos: I) quando for transferido/afastado da Instituição; II) no caso de licença maternidade e licença saúde. Casos omissos serão julgados pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura.

 

14 COMPROMISSOS DO BOLSISTA:

14.1 Executar o plano de trabalho previsto no programa, sob a orientação do professor coordenador, com dedicação de 20 (vinte) horas semanais.

14.2 Apresentar o trabalho no Evento Institucional de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFFS - Universidade Federal da Fronteira Sul. O estudante poderá optar por apresentar o seu trabalho em evento alternativo, de abrangência nacional ou internacional, caso este ocorra na mesma data, e assim ficará dispensado da obrigação supra.

14.3 Participar de eventos de socialização de atividades de extensão, e de no mínimo, uma atividade de formação (palestra, oficina, curso) sobre extensão universitária, promovida pela PROEC no período de vigência deste edital.

14.4 Apresentar o Relatório para Bolsistas de Programa de Extensão, de acordo com o cronograma e o roteiro estabelecidos neste edital.

14.5 Fazer referência, nas publicações e trabalhos apresentados, à sua condição de bolsista da UFFS - Universidade Federal da Fronteira Sul.

14.6 Cadastrar e atualizar o seu currículo na Plataforma Lattes do CNPq.

14.7 Devolver à Universidade, em valores atualizados, as mensalidades recebidas indevidamente, caso os compromissos estabelecidos nos itens anteriores deste artigo não sejam cumpridos.

 

15 INSCRIÇÃO DO BOLSISTA

15.1 Após a divulgação dos resultados, os proponentes contemplados com cota de bolsa deverão encaminhar: Termo de Compromisso do Bolsista, Ficha de Inscrição de Estudante em Atividades Acadêmicas, cópias do CPF, RG e do cartão da conta-corrente e comprovante de matrícula atualizado.

15.2 Os formulários (Termo de Compromisso do Bolsista e Ficha de Inscrição de Estudante em Atividades Acadêmicas) estão disponíveis no sítio www.uffs.edu.br.

15.3 Em caso de desistência ou da não efetivação da matrícula, o bolsista será substituído por outro estudante, cumpridas as mesmas exigências para sua seleção.

 

16 COMPROMISSOS E INSCRIÇÃO DE ALUNO VOLUNTÁRIO

16.1 Instruções relativas aos compromissos e inscrições de alunos voluntários interessados em participar de Projetos e Programas de Extensão constam na Portaria Nº 710/GR/UFFS/2011.

 

17 DISPOSIÇÕES FINAIS

17.1 Os programas, mesmo aprovados, não poderão ser desenvolvidos, caso o proponente tenha pendência junto à PROEC.

17.2 A Pró-Reitoria de Extensão e Cultura se reserva o direito de anular ou revogar este edital a qualquer momento.

17.3 Qualquer alteração relacionada à execução da proposta aprovada por este edital deve ser solicitada a PROEC acompanhada com uma justificativa.

17.4 Informações adicionais poderão ser obtidas nos telefones (049) 2049.3145 ou pelo endereço dpex.proec@uffs.edu.br.

16.5 Casos omissos serão resolvidos pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura, da UFFS.

Chapecó-SC, 12 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

Classificação Final Seleção de Estagiários Estágios não Obrigatórios

CLASSIFICAÇÃO FINAL SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS - ESTÁGIOS NÃO-OBRIGATÓRIOS

 

O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais e em conformidade com o EDITAL Nº 1044/GR/UFFS/2017 (Seleção de Estagiários - Estágios não-obrigatórios), divulga a classificação final.

 

1 DIVULGAÇÃO DA CLASSIFICAÇÃO FINAL

I - Área/Curso: História

a) Setor de Atuação: Departamento de Gestão Documental - DGDOC

Candidatos

Classificação

Victória Artigas Pause

Leandro Gomes Moreira Cruz

Iury Fanfa

Isadora de Oliveira Marques

Bernardo André Mantovani

Carlos Eduardo Cardoso

Morgana Elisha Jahnke

Kassiane Almeida Nardes de Souza

Jéssica Sabrina Pedroso Brizola

Luis Guilherme Vieira

10º

Andrei Magrin

11º

Amanda Bellaver Zancanaro*

*Desclassificado

* Não cumpriu o item 1.3.1 do Edital nº 1044/GR/UFFS/2017.

 

2 Conforme o EDITAL Nº 1044/GR/UFFS/2017, após a divulgação da classificação, os candidatos terão o prazo de 1 dia útil para protocolar a entrega de recurso na Secretaria Especial de Tecnologia e Informação - SETI.

Chapecó-SC, 12 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

Documento Histórico

EDITAL Nº 1099/GR/UFFS/2017

Seleciona Estudantes Colaboradores para o Processo de Matrícula 2018 1

SELECIONA ESTUDANTES COLABORADORES PARA O PROCESSO DE MATRÍCULA 2018/1

 

O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais, torna público o presente Edital, que abre inscrições para a seleção de estudantes colaboradores nas atividades de matrícula referentes aos Processos Seletivos para ingresso nos cursos de Graduação em 2018/1.

 

1 OBJETIVO

1.1 O presente Edital tem por objetivo selecionar estudantes para colaborar nas atividades de matrícula referentes aos Processos Seletivos para ingresso nos cursos de Graduação no semestre 2018.1, nos respectivos campi.

 

2 DO PUBLICO-ALVO

2.1 Estudantes dos cursos de Graduação e Pós-Graduação da UFFS, com matrícula ativa, que atenderem aos requisitos descritos no item 6.1 deste Edital.

 

3 DAS VAGAS

3.1 Serão ofertadas 19 (dezenove) vagas, assim distribuídas:

I - 05 (cinco) vagas para o Campus Chapecó;

II - 03 (três) vagas para o Campus Erechim;

III - 03 (três) vagas para o Campus Cerro Largo;

IV - 03 (três) vagas para o Campus Laranjeiras do Sul;

V - 02 (duas) vagas para o Campus Passo Fundo;

VI - 03 (três) vagas para o Campus Realeza.

 

4 DAS ATIVIDADES A SEREM DESEMPENHADAS

4.1 Constituem atividades a serem desempenhadas pelos(as) estudantes selecionados(as), em conformidade com a organização dos trabalhos pelas Comissões Locais, responsáveis pelos processos de matrícula nos cursos de Graduação em 2018.1 nos respectivos campi:

I - Participar das atividades de formação, de organização e de avaliação do processo de matrícula, realizadas pela Comissão de Matrícula, pela Comissão de Análise de Renda e/ou pela Comissão de Verificação de Autodeclaração;

II - Auxiliar na recepção e orientação dos candidatos;

III - Colaborar no desenvolvimento das atividades das Comissões Locais responsáveis pela matrícula;

IV - Integrar a Comissão de Verificação de Autodeclaração, quando for o caso, conforme portaria de nomeação publicada institucionalmente.

4.2 Os estudantes colaboradores serão supervisionados por um servidor indicado pela Coordenação Acadêmica do Campus.

 

5 DO AUXÍLIO FINANCEIRO

5.1 Os estudantes colaboradores farão jus a um auxílio financeiro no valor total de R$ 800,00 (oitocentos reais), pagos em 02 (duas) parcelas iguais de R$ 400,00 (quatrocentos reais), nos meses de fevereiro e março de 2018.

 

6 DOS REQUISITOS PARA PARTICIPAÇÃO

6.1 Os(as) candidatos(as) devem cumprir os seguintes requisitos:

I - Estar regularmente matriculado em curso de Graduação ou Pós-Graduação da UFFS;

II - Não possuir vínculo empregatício;

III - Não integrar a lista de candidatos(as) classificados(as) nos respectivos Processos Seletivos destinados ao ingresso em 2018.1;

IV - ter disponibilidade de tempo para integrar as equipes de matrícula em todos os dias em que serão realizadas as matrículas para ingresso em 2018.1, bem como das reuniões preparatórias e de avaliação do processo de matrícula. No ANEXO III é apresentada uma previsão do cronograma das atividades.

 

7 DA INSCRIÇÃO

7.1 Período da inscrição: 13 a 14 de dezembro de 2017, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h.

7.2 As inscrições serão realizadas na Secretaria Acadêmica, por meio da entrega da Ficha de Inscrição (ANEXO I deste Edital), preenchida e assinada, e de cópia do documento de identificação com foto.

 

8 DA COMISSÃO DE SELEÇÃO

8.1 A Comissão de Seleção será composta por 03 (três) ou 04 (quatro) servidores, indicados pela Coordenação Acadêmica do Campus, nomeada por Portaria da PROGRAD.

 

9 DA SELEÇÃO DOS(AS) CANDIDATOS(AS)

9.1 A seleção consistirá de uma entrevista presencial, realizada por pelo menos 02 (dois) membros da Comissão de Seleção, na qual serão avaliados os conhecimentos e habilidades relacionados aos seguintes itens:

Item

Conhecimentos a serem avaliados

Pontuação

I

1. A Política de Ingresso regular nos cursos de graduação da UFFS

a) RESOLUÇÃO Nº 6/CONSUNI CGAE/UFFS/2016

b) RESOLUÇÃO Nº 8/CONSUNI CGAE/UFFS/2016

2. O Programa de Acesso e Permanência dos Povos Indígenas (PIN) - RESOLUÇÃO Nº 33/CONSUNI/UFFS/2013

3. O Programa de Acesso à Educação Superior da UFFS para estudantes haitianos (PROHAITI) - RESOLUÇÃO Nº 32/CONSUNI/UFFS/2013

Documentos disponíveis em:

a) https://www.uffs.edu.br/atos-normativos/resolucao/consunicgae/2016-0006; b) https://www.uffs.edu.br/atos-normativos/resolucao/consunicgae/2016-0008;

c) https://www.uffs.edu.br/atos-normativos/resolucao/consuni/2013-0032

d) https://www.uffs.edu.br/atos-normativos/resolucao/consuni/2013-0033

2,5

II

A Política de Cotas no Brasil.

Documentos disponíveis no endereço:

http://portal.mec.gov.br/cotas/legislacao.html

2,5

III

Conhecimentos sobre o edital de seleção para ingresso em 2018.1 (Processo seletivo regular) e do Termo de Adesão ao SiSU 2018.1.

Documentos disponíveis no endereço www.uffs.edu.br/estudenauffs

2,5

IV

Possibilidade de dedicação às atividades inerentes aos processos de matrículas vinculadas aos processos seletivos 2018.1 da UFFS.

2,5

9.2 A entrevista será realizada pela Comissão de Seleção, no período de 15 a 19 de dezembro de 2017, em horário a ser informado até às 10 horas do 15 de dezembro, em mural da Secretaria Acadêmica do respectivo campus.

 

10 DO RESULTADO DA SELEÇÃO

10.1 O resultado da seleção obedecerá à ordem de classificação dos candidatos, de acordo com a nota obtida na entrevista.

10.2 O resultado da seleção será divulgado no endereço eletrônico: http://www.uffs.edu.br em “Editais”, em conformidade com o cronograma do presente Edital.

 

11 DOS RECURSOS

11.1 O(A) candidato(a) poderá interpor recurso no dia seguinte ao dia de divulgação do resultado, a ser apresentado por escrito na Secretaria Acadêmica, no horário de expediente, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h.

11.2 Os(As) candidatos(as) que não cumprirem os requisitos ou não comparecerem na entrevista, serão automaticamente desclassificados(as).

 

12 DO CRONOGRAMA DA SELEÇÃO

 Etapas

Período

Publicação do Edital

12 de dezembro de 2017

Período de Inscrição dos Candidatos

De 13 a 14 de dezembro de 2017

Seleção e Entrevistas

De 15 a 19 de dezembro de 2017

Publicação do Edital com resultado provisório

Até 20 de dezembro de 2017

Período para recurso

Até às 17 h do dia 21 de dezembro de 2017

Publicação do resultado homologado

22 de dezembro de 2017

Capacitação obrigatória destinada aos selecionados

De 15 a 30 de janeiro de 2018

 

13 DO TERMO DE COMPROMISSO

13.1 Os(As) candidatos(as) selecionados serão convocados(as), através de Edital, para assinatura do Termo de Compromisso do Estudante Colaborador e entrega de cópia dos seguintes documentos:

I - RG;

II - CPF;

III - Cartão bancário ou do comprovante de abertura de conta-corrente individual, em nome do Estudante Colaborador, no Banco do Brasil, contendo número da conta e agência para depósito;

IV - Termo de Compromisso preenchido e assinado.

 

14 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

14.1 Os casos omissos serão tratados pela Comissão de Seleção.

14.2 Informações adicionais poderão ser obtidas pelos seguintes telefones:

I - Diretoria de Políticas de Graduação - (49) 2049 3715

II - Campus Cerro Largo - (55) 3359 3959

III - Campus Chapecó (49) 2049 6419

IV - Campus Erechim (54) 3321 7084

V - Campus Laranjeiras do Sul (42) 3635 0040

VI - Campus Passo Fundo (54) 3335 8517

VII - Campus Realeza (46) 3543 8330

14.3 A constatação de quaisquer irregularidades e/ou ilegalidades na apresentação da documentação de inscrição implicará desclassificação do(a) candidato(a).

Chapecó-SC, 12 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

Documento Histórico

EDITAL Nº 1100/GR/UFFS/2017

Edital de Divulgação do Resultado Provisório da Análise de Currículo Edital Nº 978GRUFFS2017

EDITAL DE DIVULGAÇÃO DO RESULTADO PROVISÓRIO DA ANÁLISE DE CURRÍCULO - EDITAL Nº 978/GR/UFFS/2017

 

O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais, em conformidade com o Edital Nº 978/GR/UFFS/2017, que trata do Processo Seletivo de candidatos às vagas para o Programa de Residência Multiprofissional em Saúde e a Comissão de Residência Multiprofissional em Saúde divulgam abaixo a listagem provisória dos resultados da Análise de Currículo:

 

1 LISTAGEM PROVISÓRIA DOS RESULTADOS DA ANÁLISE DE CURRÍCULO:

1.1 Núcleo Profissional: Psicologia

Nome Candidato

Pontuação

Rebeca Ferreira Andreolla

28,0

Willian Guimarães

77,0

Jaqueline Miotto Guarnieri

49,0

Fernando Lourenço Serafin

30,0

Sabrina Grasiele da Silva

09,0

Cristina Souza

11,0

Juliana Rohde

57,9

Natan Pinto do Nascimento

43,0

Alana Brandelero Porto

34,0

Gabriela Woll Dias

43,0

Paula Adriane Lombardi Dall´Agnol

32,2

Leandra Donzelli

0,0

Adrieli Bernardi Piva

0,00

Fernanda dos Santos Rocha

0,00

Raphaela Arend Mendes

0,00

Ariella Luisa Caovilla

0,00

Claudiane Zandona

0,00

Melania Paula Pavoni

0,00

Amanda Daron Gabriel

0,00

Milene de Oliveira

0,00

Rander Jorge Alcantara

0,00

Sabryna Joane Voos Bortoncello Tarouco

0,00

Clarice da Silva Santos

0,00

João Paulino Perini

0,00

Aline Trevisol

0,00

Vania Marta Marafon

0,00

Diana Perin Piccim

0,00

Gabriele Wendy Nunes

0,00

Anelise Dias

0,00

Andrei Nunes Grizafis

0,00

Carine de Farias

0,00

Daiane Pradegan

0,00

Jaqueline Grosselli Vicentin

0,00

Kadrize Azeredo Quartieri

0,00

Milena Varela Gomes

0,00

Nayara Oliveira Duarte

0,00

Rudicir Custódio Maciel Júnior

0,00

Samantha Ceolin

0,00

1.2 Núcleo Profissional: Enfermagem

Nome Candidato

Pontuação

Gustavo Afonso Gosenheimer

32,9

Sandra Cristina de Oliveira

25,0

Castiusa Edineia Moreira Nunes

22,5

Luana Escobar dos Santos

46,45

Viviane Gallon Mendonça

44,5

Andressa Vedovatto

43,1

Elaine Natalia de Souza

24,0

Natália Caroline Borges

20,85

Fabrine Ceron

10,14

Adriane Eisele

30,5

Eliane Balla

23,0

Caroline Januario da Silva Barbon

8,0

Daniela Meira do Nascimento

7,0

Analize Bison de Lima

0,00

Aline Queiroz de Mello

0,00

Gislaine Viana Siqueira

0,00

Maiara de Lima Munhon

0,00

Michelly Carla Santin

0,00

Juliane Dias Borges

0,00

Luana Maria Marccon

0,00

Morgana Gelain

0,00

Francini dos Santos Oliveira

0,00

Adriana da Costa

0,00

Sílvia Patrícia Zamarchi

0,00

Gelson Antonio Gross

0,00

Greici Kelli Tolotti

0,00

Letícia Piano

0,00

Patrícia Regina de Oliveira

0,00

Rithiele Carbonera Bassuli Muniz

0,00

1.3 Núcleo Profissional: Farmácia

Nome Candidato

Pontuação

Camila Fontana Roman

48,0

Camila Gatto

46,17

Karini da Rosa

54,0

Diogo Jorge Gonçalves Castro

0,00

Fátima de Azevedo Barbosa

0,00

Marivalda Souza de Oliveira

0,00

Chapecó-SC, 12 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

Documento Histórico

EDITAL Nº 1101/GR/UFFS/2017

Processo Seletivo Regular da Graduação UFFS 2018.1

PROCESSO SELETIVO REGULAR DA GRADUAÇÃO UFFS/2018.1

 

A UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), de acordo com a Portaria Normativa do Ministério da Educação (MEC) Nº 21, de 5 de novembro de 2012 e com o Edital da Secretaria de Educação Superior (SESU) do MEC Nº 103, de 25 de outubro de 2017, torna público que a seleção de candidatos(as) para ocupação das vagas nos Cursos de Graduação, com ingresso no 1º semestre do ano letivo de 2018, nos campi Chapecó (SC), Passo Fundo (RS), Cerro Largo (RS), Erechim (RS), Realeza (PR) e Laranjeiras do Sul (PR) se dará por meio do Sistema de Seleção Unificada - SiSU, utilizando a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2017, nos termos da Portaria do MEC Nº 807, de 18 de junho de 2010, publicada no Diário Oficial da União (DOU) em 21 de junho de 2010, observando também o disposto na Lei Nº 12.711, de 29 de agosto de 2012, publicada no DOU de 30 de agosto de 2012, no Decreto Nº 7.824, de 11 de outubro de 2012, publicado no DOU de 15 de outubro de 2012, na Portaria Normativa do MEC Nº 18, de 11 de outubro de 2012, publicada no DOU de 15 de outubro de 2012 e alterada pela Portaria Normativa MEC nº 9 de 2017, publicada no DOU de 05 de maio de 2017, e na Resolução da Câmara de Graduação (CGRAD) do Conselho Universitário (CONSUNI) da UFFS Nº 6/2012, de 03 de dezembro de 2012, alterada pela Resolução Nº 8/2016-CONSUNI/CGAE, de 25 de outubro de 2016.

 

1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1 O processo de seleção de candidatos(as) para provimento de vagas para ingresso no 1º semestre do ano letivo de 2018 nos cursos de graduação da UFFS, conforme vagas elencadas no item 3.3, doravante denominado PROCESSO SELETIVO UFFS/2018.1, dar-se-á por meio do Sistema de Seleção Unificada - SiSU, do Ministério da Educação.

1.1.1 A seleção por meio do SiSU será efetuada exclusivamente com base nos resultados obtidos pelos(as) candidatos(as) no ENEM referente à edição de 2017.

1.2 O cronograma de inscrição, seleção e matrícula será disponibilizado na página sisu.mec.gov.br e no site https://www.uffs.edu.br/estudenauffs.

1.3 Cabe ao(à) interessado(a) e/ou seu(ua) representante legal a observância das informações e prazos referentes ao SiSU, divulgadas pelo MEC na página sisu.mec.gov.br, bem como de quaisquer editais e normas complementares divulgados pela UFFS no endereço https://www.uffs.edu.br/estudenauffs.

1.4 O(A) interessados(a) em concorrer às vagas do PROCESSO SELETIVO UFFS/2018.1 deverá verificar as informações constantes no Termo de Adesão da UFFS ao SiSU, disponível no endereço eletrônico https://www.uffs.edu.br/estudenauffs.

1.5 Os resultados do PROCESSO SELETIVO UFFS/2018.1 são válidos para o ingresso no 1º semestre do ano letivo de 2018, nos cursos de graduação oferecidos na modalidade presencial, nos campi Chapecó (SC), Cerro Largo (RS), Erechim (RS), Passo Fundo (RS), Realeza (PR) e Laranjeiras do Sul (PR), conforme quadro de vagas relacionado no item 3.3 deste Edital e no Termo de Adesão.

 

2 DA INSCRIÇÃO NO SISTEMA DE SELEÇÃO UNIFICADA

2.1 A inscrição deverá ser realizada no endereço eletrônico do SiSU (sisu.mec.gov.br), no período divulgado pelo MEC e publicado no site do PROCESSO SELETIVO UFFS/2018.1. (https://www.uffs.edu.br/estudenauffs).

2.1.1 A UFFS não se responsabiliza por inscrições não efetivadas por motivos de ordem técnica, falhas de comunicação, congestionamento de linhas de comunicação, indisponibilidade de sistemas ou outros fatores que impossibilitem a confirmação dos dados no sistema do SiSU.

2.2 O(A) candidato(a) assume total responsabilidade pela veracidade das informações prestadas no ato da inscrição.

2.3 O Processo Seletivo UFFS/2018.1, nos termos da Lei Nº 12.711/2012, do Decreto Nº 7.824/2012 e da Portaria Normativa MEC Nº 18/2012, considera para a reserva de vagas: a categoria administrativa da escola na qual o estudante realizou, integral ou parcialmente, o ensino médio; a renda bruta per capita familiar (igual ou inferior a 1,5 salários mínimos ou superior a 1,5 salários mínimos); a autodeclaração (preto, pardo ou indígena); a condição de indígena e de pessoa com deficiência, devidamente comprovadas.

2.4 Cada candidato(a) deverá escolher, no momento da inscrição, uma única opção de acordo com a modalidade em que se enquadra e pretende concorrer, conforme descrição a seguir e quadro de vagas constante no item 3.3 deste Edital e no Termo de Adesão:

A0 (Ampla concorrência) - Vagas destinadas a todos(as) os(as) candidatos(as), independente da procedência escolar, renda familiar, raça/cor e/ou deficiência.

L1 - Vagas reservadas a candidatos(as) com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salários mínimos e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei Nº 12.711/2012).

L2 - Vagas reservadas a candidatos(as) autodeclarados(as) pretos(as), pardos(as) ou indígenas, com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salários mínimos e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei Nº 12.711/2012).

L5 - Vagas reservadas a candidatos(as) que, independentemente da renda, tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei Nº 12.711/2012).

L6 - Vagas reservadas a candidatos(as) autodeclarados(as) pretos(as), pardos(as) ou indígenas que, independentemente da renda, tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei Nº 12.711/2012).

L9 - Vagas reservadas a candidatos(as) com deficiência com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salários mínimos e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei Nº 12.711/2012).

L10 - Vagas reservadas a candidatos(as) com deficiência autodeclarados(as) pretos(as), pardos(as) ou indígenas, com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salários mínimos e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei Nº 12.711/2012).

L13 - Vagas reservadas a candidatos(as) com deficiência que, independentemente da renda, tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei Nº 12.711/2012).

L14 - Vagas reservadas a candidatos(as) com deficiência autodeclarados(as) pretos(as), pardos(as) ou indígenas que, independentemente da renda, tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas (Lei Nº 12.711/2012).

Ação afirmativa V1038 - Vagas reservadas a candidatos(as) que tenham cursado parcialmente o ensino médio em escola pública (pelo menos um ano com aprovação) ou em escolas de direito privado sem fins lucrativos, cujo orçamento da instituição seja proveniente do poder público, em pelo menos 50%. Não se enquadram nesta modalidade candidatos(as) que tenham cursado o ensino médio integralmente em escola pública.

Ação afirmativa V1037 - Vagas reservadas a candidatos(as) indígenas, condição que deve ser comprovada mediante apresentação do Registro Administrativo de Nascimento de Indígena (RANI) ou declaração atestada pela Fundação Nacional do Índio (FUNAI).

2.4.1 Somente poderão concorrer às vagas correspondentes às modalidades L1, L2, L5, L6, L9, L10, L13 e L14, conforme a Portaria Normativa MEC Nº 18/2012, os(as) candidatos(as) que:

I - tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas, em cursos regulares ou no âmbito da modalidade de Educação de Jovens e Adultos ou;

II - tenham obtido certificado de conclusão do Ensino Médio com base no resultado do ENEM, do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos - ENCCEJA ou de exames de certificação de competência ou de avaliação de jovens e adultos realizados pelos sistemas estaduais de ensino.

2.4.2 Não poderão concorrer às vagas reservadas a que se refere o item 2.4.1 os(as) candidatos(as) que tenham cursado, em algum momento, parte do ensino médio em escolas particulares, mesmo que na condição de bolsistas.

2.4.3 Para fins de atendimento das disposições deste edital, considera-se pessoa com deficiência aquela que tem impedimento de longo prazo de natureza física, intelectual e/ou sensorial que, em interação com uma ou mais barreiras, pode obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas (art. 2º da Lei nº 13.146 de 6 de julho de 2015 - Estatuto da Pessoa com Deficiência).

2.4.3.1 Como caracterização e enquadramento na condição de Pessoa com Deficiência, consideram-se as disposições constantes no Decreto nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999, alterado pelo Decreto nº 5.296, de 02 de dezembro de 2004, a Lei nº 12.764, de 27 de dezembro de 2012, no enunciado da Súmula 377 do Superior Tribunal de Justiça, na Súmula 45 da Advocacia Geral da União, e na Lei nº 13.146 de 6 de julho de 2015, conforme disposto no ANEXO X deste edital.

2.4.3.2 Pessoas com deformidades estéticas e/ou deficiências sensoriais que não configurem impedimento e/ou restrição para sua participação plena e efetiva na sociedade, não poderão concorrer às vagas reservadas.

2.4.3.3 Candidatos(as) com distúrbios de aprendizagem e/ou transtornos específicos de desenvolvimento que não se enquadram como deficiências não poderão concorrer às vagas reservadas para pessoas com deficiência.

2.5 O(A) candidato(a) que não pretende concorrer às vagas reservadas, conforme quesitos dos itens 2.3 e 2.4, deverá selecionar a opção de Ampla Concorrência.

2.6 O(A) candidato(a) classificado(a) deverá comprovar, na realização da matrícula, que se enquadra nos critérios da modalidade de concorrência apontada no ato da inscrição, por meio da apresentação da documentação relacionada nos anexos deste Edital e no Termo de Adesão da UFFS ao SiSU.

2.6.1 O(A) candidato(a) que não comprovar, no ato da matrícula, o atendimento aos critérios da modalidade de concorrência selecionada (L1, L2, L5, L6, L9, L10, L13, L14, V1037 ou V1038), será automaticamente reclassificado na modalidade Ampla Concorrência (AC), em lista de espera complementar da UFFS.

2.6.1.1 A classificação dos(as) candidatos(as) que permaneceram na lista especificada item 2.6.1 se dará por ordem decrescente de nota, com base nos resultados obtidos na edição do ENEM 2017 utilizado na inscrição do SiSU.

2.6.1.2 O(A) candidato(a) na condição apontada no item 2.6.1 somente poderá ser chamado(a) para matrícula após esgotada a lista de espera do SiSU 2018.1 do curso.

2.6.2 Os conceitos e os procedimentos para cálculo da renda familiar bruta per capita estão explicitados no ANEXO II deste Edital.

2.6.3 Para efeito de comprovação de renda, será considerado o valor do salário mínimo federal vigente na data de efetivação da matrícula.

2.7 A inscrição do(a) candidato(a) implicará em ciência e tácita aceitação das condições estabelecidas neste Edital, no Termo de Adesão e na Portaria Normativa MEC Nº 21/2012 das quais não poderá alegar desconhecimento.

 

3 DOS CURSOS E VAGAS

3.1 No Processo Seletivo UFFS/2018.1 são oferecidas 1.821 vagas para os cursos de Graduação com ingresso no primeiro semestre letivo de 2018, na modalidade presencial.

3.2 O cálculo de percentuais de vagas reservadas, bem como os critérios adotados para sua distribuição e remanejamento nos casos de vagas ociosas estão previstos nas Resoluções Nº 6/2012-CONSUNI/CGRAD e Nº 8/2016-CONSUNI/CGAE e Portarias Normativas MEC Nº 18/2012 e Nº 09/2017.

3.3 As vagas para o Processo Seletivo UFFS/2018.1 são oferecidas por curso e turno em cada campus, por meio do SiSU, conforme especificado a seguir e também no Termo de Adesão.

Campus

Curso

Modalidade/Turno

Total de Vagas

Vagas por Modalidade de Concorrência

A0

L1

L2

L5

L6

L9

L10

L13

L14

V1037

V1038

Chapecó

Ciência da Computação

Bacharelado/Vespertino

50

6

13

3

13

3

4

1

4

1

1

1

Chapecó

Administração

Bacharelado/Matutino

50

6

13

3

13

3

4

1

4

1

1

1

Chapecó

Engenharia Ambiental

Bacharelado/Integral

50

6

13

3

13

3

4

1

4

1

1

1

Chapecó

Enfermagem

Bacharelado/Integral

40

5

11

2

10

2

3

1

3

1

1

1

Chapecó

Agronomia

Bacharelado/Integral

50

6

13

3

13

3

4

1

4

1

1

1

Chapecó

Filosofia

Licenciatura/Noturno

50

6

13

3

13

3

4

1

4

1

1

1

Chapecó

Geografia

Licenciatura/Noturno

50

6

13

3

13

3

4

1

4

1

1

1

Chapecó

História

Licenciatura/Noturno

50

6

13

3

13

3

4

1

4

1

1

1

Chapecó

Ciências Sociais

Licenciatura/Noturno

50

6

13

3

13

3

4

1

4

1

1

1

Chapecó

Letras - Português e Espanhol

Licenciatura/Noturno

50

6

13

3

13

3

4

1

4

1

1

1

Chapecó

Matemática

Licenciatura/Noturno

50

6

13

3

13

3

4

1

4

1

1

1

Chapecó

Pedagogia

Licenciatura/Matutino

50

6

13

3

13

3

4

1

4

1

1

1

Laranjeiras do Sul

Agronomia

Bacharelado/Integral

50

6

12

5

12

5

3

1

3

1

1

1

Laranjeiras do Sul

Ciências Econômicas

Bacharelado/Integral

50

6

12

5

12

5

3

1

3

1

1

1

Laranjeiras do Sul

Engenharia de Alimentos

Bacharelado/Integral

50

6

12

5

12

5

3

1

3

1

1

1

Laranjeiras do Sul

Engenharia de Aquicultura

Bacharelado/Integral

50

6

12

5

12

5

3

1

3

1

1

1

Laranjeiras do Sul

Interdisciplinar em Educação no Campo

Licenciatura/Noturno

50

6

12

5

12

5

3

1

3

1

1

1

Laranjeiras do Sul

Pedagogia

Licenciatura/Noturno

50

6

12

5

12

5

3

1

3

1

1

1

Realeza

Física

Licenciatura/Noturno

30

3

7

3

6

3

2

1

2

1

1

1

Realeza

Ciências Biológicas

Licenciatura/Noturno

40

5

9

4

9

4

3

1

2

1

1

1

Realeza

Química

Licenciatura/Noturno

30

3

7

3

6

3

2

1

2

1

1

1

Realeza

Letras - Português e Espanhol

Licenciatura/Noturno

30

3

7

3

6

3

2

1

2

1

1

1

Realeza

Nutrição

Bacharelado/Integral

40

5

9

4

9

4

3

1

2

1

1

1

Realeza

Medicina Veterinária

Bacharelado/Integral

50

6

12

5

12

5

3

1

3

1

1

1

Cerro Largo

Administração

Bacharelado/Integral

50

4

14

3

14

3

4

1

4

1

1

1

Cerro Largo

Agronomia

Bacharelado/Integral

50

4

14

3

14

3

4

1

4

1

1

1

Cerro Largo

Ciências Biológicas

Licenciatura/Integral

60

5

17

4

16

4

5

1

5

1

1

1

Cerro Largo

Engenharia Ambiental

Bacharelado/Integral

50

4

14

3

14

3

4

1

4

1

1

1

Cerro Largo

Física

Licenciatura/Noturno

30

2

8

2

8

2

2

1

2

1

1

1

Cerro Largo

Letras - Português e Espanhol

Licenciatura/Noturno

30

2

8

2

8

2

2

1

2

1

1

1

Cerro Largo

Química

Licenciatura/Noturno

30

2

8

2

8

2

2

1

2

1

1

1

Erechim

Agronomia

Bacharelado/Integral

50

4

14

3

14

3

4

1

4

1

1

1

Erechim

Arquitetura e Urbanismo

Bacharelado/Integral

50

4

14

3

14

3

4

1

4

1

1

1

Erechim

Engenharia Ambiental

Bacharelado/Integral

50

4

14

3

14

3

4

1

4

1

1

1

Erechim

Filosofia

Licenciatura/Noturno

50

4

14

3

14

3

4

1

4

1

1

1

Erechim

Geografia

Licenciatura/Noturno

50

4

14

3

14

3

4

1

4

1

1

1

Erechim

História

Licenciatura/Noturno

50

4

14

3

14

3

4

1

4

1

1

1

Erechim

Pedagogia

Licenciatura/Noturno

50

4

14

3

14

3

4

1

4

1

1

1

Erechim

Ciências Sociais

Licenciatura/Noturno

50

4

14

3

14

3

4

1

4

1

1

1

Passo Fundo

Medicina

Bacharelado/Integral

31

2

8

2

8

2

3

1

2

1

1

1

Total

1841

189

480

132

475

132

138

40

135

40

40

40

 

4 DOS CRITÉRIOS DE CLASSIFICAÇÃO E DOS RESULTADOS

4.1 O(A) candidato(a) ao Processo Seletivo UFFS/2018.1 será avaliado(a) de acordo com seu desempenho no ENEM, edição 2017.

4.2 Para cálculo da nota final do(a) candidato(a), as quatro provas objetivas e a redação do ENEM terão peso 1,00.

4.3 O(A) candidato(a) que obtiver nota igual a zero (0,00) em qualquer uma das provas objetivas do ENEM (Matemática e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias) ou nota inferior a 300 na Redação será automaticamente desclassificado(a) do Processo Seletivo UFFS/2018.1.

4.4 Os(As) candidatos(as) não enquadrados(as) no item 4.3 serão classificados(as), por curso e turno, em ordem decrescente de nota final.

4.4.1 As vagas serão preenchidas respeitando a ordem de classificação e o limite de vagas por curso, turno e modalidade de concorrência, conforme artigos Nº 14 e 15 da Portaria Normativa MEC Nº 18/2012.

4.5 O resultado da chamada regular dos(as) candidatos(as) classificados(as) pelo SiSU será divulgado por meio de publicação nas páginas do SiSU (sisu.mec.gov.br) e da UFFS ( https://www.uffs.edu.br/estudenauffs), conforme cronograma a ser divulgado pelo MEC.

4.6 O(A) candidato(a) não contemplado(a) na chamada regular do SiSU poderá optar, durante o período divulgado pelo MEC, por permanecer na lista de espera da UFFS.

4.6.1 Nas chamadas dos(as) candidatos(as) em lista de espera as vagas disponíveis serão preenchidas conforme procedimento constante no item 5 deste edital.

4.6.2 As chamadas dos(as) candidatos(as) em lista de espera serão divulgadas exclusivamente na página da UFFS (https://www.uffs.edu.br/estudenauffs).

4.6.3 Os(As) candidatos(as) que permanecerem em lista de espera complementar, conforme item 2.6.1, serão classificados em ordem decrescente de nota.

4.6.3.1 No caso de empate entre os(as) candidatos(as), serão adotados os seguintes critérios de desempate, nesta ordem:

a) maior nota na redação;

b) maior nota obtida na prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;

c) maior nota obtida na prova de Matemática e suas Tecnologias;

d) maior nota obtida na prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias;

e) maior nota obtida na prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias.

4.7 Não serão fornecidas informações sobre os resultados por telefone, correio eletrônico, por via postal ou qualquer outra forma além daquelas especificadas neste Edital.

 

5 DO PREENCHIMENTO DAS VAGAS

5.1 No âmbito da UFFS, após a chamada regular do SiSU e considerando o disposto no item 7.2 do Edital MEC Nº 107, de 05/12/2017, para os(as) candidatos(as) que permanecerem na lista de espera do SiSU para a UFFS, o preenchimento das vagas observará os seguintes procedimentos:

5.1.1 Serão primeiramente preenchidas as vagas destinadas para Ampla Concorrência (A0) segundo ordem de classificação, independente da modalidade selecionada pelo(a) candidato(a) na inscrição;

5.1.2 O preenchimento das vagas reservadas dar-se-á, conforme os artigos 14 e 15 da Portaria Normativa MEC nº 18/2012, na seguinte ordem: L1, L2, L5, L6, L9, L10, L13, L14, V1038, V1037. Isto é, os(as) inscritos(as) em cada uma destas modalidades concorrem entre si e ocuparão apenas as vagas reservadas para a respectiva modalidade. A possibilidade de inscritos(as) em uma determinada modalidade ocuparem vagas destinadas a outra está condicionada à existência de vagas remanescentes na modalidade.

5.1.3 No caso do não preenchimento das vagas reservadas para candidatos(as) inscritos(as) na modalidade L1, aquelas remanescentes serão preenchidas por candidatos(as) inscritos(as) nas modalidades L9, L10, L2, L14, L6, L13, L5, V1038, V1037 e A0, nesta ordem;

5.1.4 No caso do não preenchimento das vagas reservadas para candidatos(as) inscritos(as) na modalidade L2, aquelas remanescentes serão preenchidas por candidatos(as) inscritos(as) nas modalidades L10, L9, L1, L14, L6, L13, L5, V1038, V1037 e A0, nesta ordem;

5.1.5 No caso do não preenchimento das vagas reservadas para candidatos(as) inscritos(as) na modalidade L5, aquelas remanescentes serão preenchidas por candidatos(as) inscritos(as) nas modalidades L13, L14, L6, L10, L2, L9, L1, V1038, V1037 e A0, nesta ordem;

5.1.6 No caso do não preenchimento das vagas reservadas para candidatos(as) inscritos(as) na modalidade L6, aquelas remanescentes serão preenchidas por candidatos(as) inscritos(as) nas modalidades L14, L13, L5, L10, L2, L9, L1, V1038, V1037 e A0, nesta ordem;

5.1.7 No caso do não preenchimento das vagas reservadas para candidatos(as) inscritos(as) na modalidade L9, aquelas remanescentes serão preenchidas por candidatos(as) inscritos(as) nas modalidades L1, L10, L2, L14, L6, L13, L5, V1038, V1037 e A0, nesta ordem;

5.1.8 No caso do não preenchimento das vagas reservadas para candidatos(as) inscritos(as) na modalidade L10, aquelas remanescentes serão preenchidas por candidatos(as) inscritos(as) nas modalidades L2, L9, L1, L14, L6, L13, L5, V1038, V1037 e A0, nesta ordem;

5.1.9 No caso do não preenchimento das vagas reservadas para candidatos(as) inscritos(as) na modalidade L13, aquelas remanescentes serão preenchidas por candidatos(as) inscritos(as) nas modalidades L5, L14, L6, L10, L2, L9, L1, V1038, V1037 e A0, nesta ordem;

5.1.10 No caso do não preenchimento das vagas reservadas para candidatos(as) inscritos(as) na modalidade L14, aquelas remanescentes serão preenchidas por candidatos(as) inscritos(as) nas modalidades L6, L13, L5, L10, L2, L9, L1, V1038, V1037 e A0, nesta ordem;

5.1.11 No caso do não preenchimento das vagas reservadas para candidatos(as) inscritos(as) nas modalidades V1038 e V1037, aquelas remanescentes serão preenchidas pela ordem geral de classificação.

5.2 Encerrado o preenchimento das vagas conforme item 5.1 e subitens e havendo lista de espera complementar no curso, nos termos do item 2.6.1, as vagas não ocupadas serão preenchidas de acordo com a classificação geral do(a) candidato(a) no curso.

 

6 DA MATRÍCULA

6.1 O período, o local e o horário para efetivação da matrícula dos(as) candidatos(as) classificados(as) em cada chamada no Processo Seletivo UFFS/2018.1 serão informados por ocasião da divulgação dos resultados.

6.2 A matrícula em curso de graduação caracteriza o vínculo do(a) estudante com a Universidade.

6.2.1 O(A) candidato(a) menor de 18 anos deverá realizar a matrícula assistido por seu(ua) representante legal (pai, mãe ou tutor/a), devidamente identificado(a), que deverá assinar a documentação referente à matrícula junto com o(a) candidato(a).

6.3 Somente poderá ser matriculado(a) o(a) candidato(a) classificado(a) que tenha concluído, de acordo com a LDB 9394/96 - Artigo 44, inciso II, o curso de Ensino Médio (2º Grau) ou estudos equivalentes e que apresente, no ato da matrícula, os respectivos documentos escolares, tornando-se nula de pleno direito a classificação do(a) candidato(a) que não apresentara prova documental de escolaridade.

6.4 Para o ato de efetivação da matrícula, o(a) candidato(a), ou seu(ua) representante legal, deverá comparecer à Secretaria Acadêmica do campus, portando documento de identificação com foto, onde deverá entregar cópias da documentação especificada ANEXO I (cópias simples acompanhadas dos documentos originais, ou cópias autenticadas), a qual é de sua inteira responsabilidade.

6.4.1 Candidatos(as) inscritos(as) nas modalidades L2, L6, L10 e L14 devem comparecer pessoalmente, sendo vedada a matrícula por procuração.

6.5 Não serão aceitos documentos rasurados, com assinatura(s) não identificada(s) ou enviado(s) por e-mail ou fax.

6.6 A falta de um dos documentos exigidos, conforme a modalidade de inscrição (Anexo I), implicará na não efetivação da matrícula do(a) candidato(a), não cabendo recurso, nem lhe sendo facultada a matrícula condicional.

6.6.1 O(A) candidato(a) que não apresentar o original de algum documento por motivo de perda, roubo ou extravio deverá apresentar Boletim de Ocorrência (B.O.) emitido por autoridade policial competente, expedido há, no máximo, noventa dias. No Boletim de Ocorrência deverá estar especificado, claramente, o tipo do documento.

6.6.2 A não comprovação dos critérios, conforme a modalidade para a qual o(a) candidato(a) se inscreveu, implicará na sua reclassificação no Processo Seletivo UFFS/2018.1 conforme item 2.6.1 deste edital.

6.7 Para candidato(a) das modalidades L1, L2, L9 ou L10 convocado(a) para matrícula, os documentos referentes à comprovação de renda (Anexos III e IV) passarão, no ato da matrícula, pela apreciação da Comissão Permanente de Aferição de Renda do Campus, que atestará a adesão dos mesmos aos critérios estabelecidos na Lei Nº 12.711/2012 e legislações complementares.

6.7.1 A matrícula do(a) candidato(a) classificado(a) nos termos do item 6.7 deste Edital somente será efetivada após o parecer favorável da Comissão Permanente de Aferição de Renda do Campus.

6.7.2 Caso ocorra indeferimento da matrícula em virtude do não atendimento aos critérios de renda, conforme item 6.7 deste Edital, o(a) candidato(a) poderá protocolar recurso em até 2 (dois) dias úteis, a contar do primeiro dia útil posterior à data da ciência do indeferimento, mediante Formulário (Anexo V) junto à Secretaria Acadêmica do campus, podendo anexar novos comprovantes e documentos relativos à renda familiar, sem, contudo, alterar a composição do grupo familiar.

6.7.3 O recurso será julgado pela comissão, a qual emitirá parecer no prazo de 2 (dois) dias úteis contados do final do prazo recursal. Caso o parecer referente ao recurso seja favorável ao(à) candidato(a), a matrícula será efetivada automaticamente pela UFFS e o resultado do recurso divulgado em edital específico.

6.7.4 Caso a matrícula do(a) candidato(a) classificado(a) nos termos do item 6.7.1 seja efetivada, o parecer da análise de renda passará a compor, com os demais documentos mencionados no Anexo I, a documentação acadêmica do(a) estudante. A documentação comprobatória de renda dos(as) candidatos(as) não será devolvida, sendo arquivada junto ao Setor de Assuntos Estudantis do campus por um período mínimo de 5 (cinco) anos.

6.7.5 Em função da análise de renda, a qualquer tempo, poderão ser realizadas, entrevistas e visitas ao local de domicílio do(a) estudante, bem como consultas ou solicitações de dados pertencentes a cadastros de informações socioeconômicas ou governamentais, além de quaisquer outras informações e documentos que a universidade considerar pertinente.

6.8 O(A) candidato(a) inscrito(a) nas modalidades L2, L6, L10 ou L14 convocado(a) para matrícula será submetido(a) à entrevista realizada por Comissão de Homologação da Autodeclaração, momento este em que deverá assinar a autodeclaração.

6.8.1 A Comissão de Homologação da Autodeclaração levará em consideração os aspectos fenotípicos do(a) candidato(a), verificados obrigatoriamente na presença deste.

6.8.2 O(A) candidato(a) está ciente de que a entrevista será gravada e que a UFFS poderá utilizar as gravações para fins exclusivos de comprovação da condição de preto(a), pardo(a) ou indígena. O cronograma e as orientações referentes à realização da entrevista serão divulgadas no edital de matrículas.

6.8.3 O resultado quanto à homologação ou não homologação da autodeclaração será publicado por meio de edital em até 5 dias após o encerramento das matrículas da respectiva chamada.

6.8.4 No caso de não homologação da autodeclaração o(a) candidato(a) pode protocolar recurso junto à Secretaria Acadêmica em até 2 dias úteis a contar do primeiro dia útil posterior à data da ciência do indeferimento. O pedido de recurso deve ser instruído com requerimento fundamentado, acompanhado de novo(s) documento(s) que contenha(m) elementos capazes de reverter o parecer inicial.

6.8.5 O recurso será analisado por Comissão de Homologação da Autodeclaração, que publicará edital de resultados no prazo de 2 (dois) dias úteis contados do final do prazo recursal. Caso o resultado do recurso seja favorável o(a) candidato(a) terá sua matrícula efetivada automaticamente.

6.9 O(A) candidato(a) inscrito(a) nas modalidades L9, L10, L13 ou L14 convocado(a) para matrícula deverá comprovar a condição de pessoa com deficiência, por meio de documentação específica (item 13 do Anexo I, conforme deficiência), a ser analisada por Comissão Técnica, cujo resultado será publicado por meio de edital em até 5 dias após o encerramento das matrículas da respectiva chamada.

6.9.1 A UFFS poderá solicitar novos exames e documentos adicionais, para fins de comprovação da condição de pessoa com deficiência, estando a efetivação da matrícula na UFFS condicionada à comprovação da referida condição.

6.9.2 Caso ocorra indeferimento em virtude do não atendimento dos critérios de pessoa com deficiência, o candidato(a) poderá protocolar recurso, na Secretaria Acadêmica, em até 2 dias úteis a contar do primeiro dia útil posterior à data da ciência do indeferimento. O pedido de recurso deve ser instruído com requerimento fundamentado, acompanhado de novo(s) documento(s) que contenha(m) elementos capazes de reverter o parecer inicial.

6.9.3 O recurso será analisado por comissão específica, que publicará edital de resultados no prazo de 2 (dois) dias úteis contados do final do prazo recursal. Caso o resultado do recurso seja favorável, o(a) candidato(a) terá sua matrícula efetivada automaticamente.

6.10 O(A) candidato(a) classificado(a) que não comparecer ou não constituir procurador(a) para efetivar a matrícula no prazo estabelecido no respectivo Edital de chamada, perderá o direito à sua vaga e será substituído(a) pelo(a) candidato(a) imediatamente subsequente na lista de classificação, de acordo com a modalidade de concorrência.

6.10.1 O(A) procurador(a) do(a) candidato(a) deverá apresentar procuração, acompanhada de documento de identificação com foto, em consonância com os dados constantes na procuração. Poderá ser exigida procuração com firma reconhecida em cartório se houver dúvida quanto à autenticidade do(a) outorgante e/ou do outorgado, com base na verificação da documentação apresentada pelo(a) procurador(a), conforme disposto no art. 9º do Decreto Nº 9.094 de 17 de julho de 2017.

6.10.2 A procuração será exigida mesmo quando o(a) procurador(a) for parente, exceto no caso de pai, mãe ou tutor(a) atuando em nome do (a) filho(a) menor de idade.

6.10.3 No caso de candidato(a) inscrito(a) nas modalidades L2, L6, L10 ou L14 que necessite comprovar raça/cor por meio de entrevista, não será aceito o comparecimento de procurador(a).

6.11 A substituição de candidatos(as) far-se-á até o preenchimento total das vagas previstas no Edital do Processo Seletivo UFFS/2018.1.

6.12 Será substituído(a) pelo(a) candidato(a) imediatamente subsequente na lista de classificação do Processo Seletivo UFFS/2018.1, conforme modalidade de concorrência, o(a) estudante ingressante regularmente matriculado(a) que apresentar, por escrito, pedido de desistência de vaga no curso, junto à Secretaria Acadêmica do Campus.

6.13 Será substituído(a) pelo(a) candidato(a) imediatamente subsequente na lista de classificação do Processo Seletivo UFFS/2018.1, conforme modalidade de concorrência, perdendo o vínculo com a Instituição, o(a) aluno(a) ingressante regularmente matriculado(a) que não confirmar sua vaga presencialmente, na vigência dos 5 (cinco) primeiros dias de aula referente ao semestre de ingresso na UFFS.

6.14 Em hipótese alguma será permitida a permuta de campus, de turno ou de curso entre os(as) candidatos(as) classificados(as) no Processo Seletivo UFFS/2018.1.

 

7 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS E FINAIS

7.1 Fica a UFFS autorizada a utilizar os resultados do ENEM edição 2017, obtidos pelos(as) candidatos(as) inscritos(as), para fins de classificação no Processo Seletivo UFFS/2018.1.

7.2 Será eliminado(a), a qualquer época, mesmo depois de matriculado(a), o(a) candidato(a) que, comprovadamente, para realizar o Processo Seletivo UFFS/2018.1, tiver se utilizado de documentos e/ou informações falsas ou outros meios ilícitos, assegurando-lhe o contraditório e a ampla defesa, sem prejuízo das sanções penais eventualmente cabíveis.

7.3 Finalizado processo seletivo regular da graduação para ingresso em 2018.1, a UFFS publicará edital contendo nominata de todos os(as) candidatos(as), com matrícula efetivada por, campus curso, modalidade de inscrição e modalidade da vaga ocupada.

7.4 A UFFS divulgará, sempre que necessário, Editais, Normas Complementares e Avisos Oficiais sobre o Processo Seletivo UFFS/2018.1.

7.5 Todas as comissões referentes ao Processo Seletivo regido por este edital serão nomeadas por Portaria, a serem publicadas no site do Processo Seletivo da UFFS.

7.6 Os casos omissos serão resolvidos pela UFFS, por meio da Comissão Permanente de Processo Seletivo Regular da Graduação.

Chapecó-SC, 13 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

Documento Histórico

EDITAL Nº 1102/GR/UFFS/2017

Homologação do Resultado Final Seleção de Estagiários Estágios não Obrigatórios Edital Nº 1094/GR/UFFS/2017

O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais e em conformidade com o EDITAL Nº 1094/GR/UFFS/2017 (Seleção de Estagiários - Estágios não-obrigatórios), homologa o resultado final.

 

1 RESULTADO FINAL

I - Área/Curso: Ciências da Computação

a) Setor de atuação: Secretaria Especial de Tecnologia e Informação

Candidatos

Classificação

Raphael Borges dos Santos Filho

1º 

Henrique José Dalla Corte

2º 

Douglas Davy Breyer

3º 

Eduardo Felipe da Silva Kreve

*Desclassificado

* Não cumpriu com o item 1.1.1 do EDITAL Nº 1054/GR/UFFS/2017.

 

2 Conforme o EDITAL Nº 1054/GR/UFFS/2017, a validade da seleção será de dois anos, a contar da data da publicação do resultado final.

 

3 Os candidatos serão chamados através de edital específico que será divulgado no site www.uffs.edu.br, seguindo a ordem de classificação, de acordo com a necessidade dos setores de atuação aos quais foram classificados.

Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

Documento Histórico

EDITAL Nº 1103/GR/UFFS/2017

Divulgação do Resultado Final da Análise de Currículo Edital Nº 978GRUFFS2017

O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais, em conformidade com o Edital Nº 978/GR/UFFS/2017, que trata do Processo Seletivo de candidatos às vagas para o Programa de Residência Multiprofissional em Saúde e a Comissão de Residência Multiprofissional em Saúde divulgam abaixo a listagem final dos resultados da Análise de Currículo:

 

1 LISTAGEM FINAL DOS RESULTADOS DA ANÁLISE DE CURRÍCULO:

1.1 Núcleo Profissional: Psicologia

Nome Candidato

Pontuação

Rebeca Ferreira Andreolla

28,0

Willian Guimarães

77,0

Jaqueline Miotto Guarnieri

49,0

Fernando Lourenço Serafin

30,0

Sabrina Grasiele da Silva

09,0

Cristina Souza

11,0

Juliana Rohde

57,9

Natan Pinto do Nascimento

43,0

Alana Brandelero Porto

34,0

Gabriela Woll Dias

43,0

Paula Adriane Lombardi Dall´Agnol

32,2

Leandra Donzelli

0,0

Adrieli Bernardi Piva

0,00

Fernanda dos Santos Rocha

0,00

Raphaela Arend Mendes

0,00

Ariella Luisa Caovilla

0,00

Claudiane Zandona

0,00

Melania Paula Pavoni

0,00

Amanda Daron Gabriel

0,00

Milene de Oliveira

0,00

Rander Jorge Alcantara

0,00

Sabryna Joane Voos Bortoncello Tarouco

0,00

Clarice da Silva Santos

0,00

João Paulino Perini

0,00

Aline Trevisol

0,00

Vania Marta Marafon

0,00

Diana Perin Piccim

0,00

Gabriele Wendy Nunes

0,00

Anelise Dias

0,00

Andrei Nunes Grizafis

0,00

Carine de Farias

0,00

Daiane Pradegan

0,00

Jaqueline Grosselli Vicentin

0,00

Kadrize Azeredo Quartieri

0,00

Milena Varela Gomes

0,00

Nayara Oliveira Duarte

0,00

Rudicir Custódio Maciel Júnior

0,00

Samantha Ceolin

0,00

1.2 Núcleo Profissional: Enfermagem

Nome Candidato

Pontuação

Gustavo Afonso Gosenheimer

32,9

Sandra Cristina de Oliveira

25,0

Castiusa Edineia Moreira Nunes

22,5

Luana Escobar dos Santos

46,45

Viviane Gallon Mendonça

44,5

Andressa Vedovatto

43,1

Elaine Natalia de Souza

24,0

Natália Caroline Borges

20,85

Fabrine Ceron

10,14

Adriane Eisele

30,5

Eliane Balla

23,0

Caroline Januario da Silva Barbon

8,0

Daniela Meira do Nascimento

7,0

Analize Bison de Lima

0,00

Aline Queiroz de Mello

0,00

Gislaine Viana Siqueira

0,00

Maiara de Lima Munhon

0,00

Michelly Carla Santin

0,00

Juliane Dias Borges

0,00

Luana Maria Marccon

0,00

Morgana Gelain

0,00

Francini dos Santos Oliveira

0,00

Adriana da Costa

0,00

Sílvia Patrícia Zamarchi

0,00

Gelson Antonio Gross

0,00

Greici Kelli Tolotti

0,00

Letícia Piano

0,00

Patrícia Regina de Oliveira

0,00

Rithiele Carbonera Bassuli Muniz

0,00

1.3 Núcleo Profissional: Farmácia

Nome Candidato

Pontuação

Camila Fontana Roman

48,0

Camila Gatto

46,17

Karini da Rosa

54,0

Diogo Jorge Gonçalves Castro

0,00

Fátima de Azevedo Barbosa

0,00

Marivalda Souza de Oliveira

0,00

Chapecó-SC, 14 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

Documento Histórico

EDITAL Nº 1104/GR/UFFS/2017

Divulgação Resultado Definitivo e Primeira Chamada para Matrícula dos Candidatos Inscritos Processo Seletivo Transferência Externa Curso de Medicina

DIVULGAÇÃO DO RESULTADO DEFINITIVO E PRIMEIRA CHAMADA PARA MATRÍCULA DOS(AS) CANDIDATOS(AS) INSCRITOS(AS) NO PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA PARA O CURSO DE MEDICINA/BACHARELADO/INTEGRAL CAMPI CHAPECÓ E PASSO FUNDO

 

O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais, torna pública a divulgação do resultado definitivo e primeira chamada para matrícula dos(as) candidatos(as) selecionados(as) para as vagas ofertadas no Processo Seletivo de Transferência Externa para o curso de Medicina/Bacharelado/Integral, por meio do Edital 1014/GR/UFFS/2017, com validade para o ingresso no primeiro período letivo de 2018, para os Campi Chapecó e Passo Fundo.

 

1 RESULTADOS DEFINITIVOS OBTIDOS PELOS(AS) CANDIDATOS(AS) INSCRITOS(AS) PARA O CAMPUS CHAPECÓ:

Total de vagas

Transferência Externa

1

Nome do(a) candidato(a)

Nota da prova objetiva

Data de nascimento

Ordem de classificação

Selecionado(a) para matrícula

Maurício Lanzini

7,83

10/09/1997

Sim

Érica Blenda da Silva

6,50

27/05/1995

Não

Lilian Zaki

6,33

30/08/1997

Não

Adeliz Stochero

6,17

19/11/1993

Não

Kalyston Carlos Pereira dos Reis

6,17

14/05/1997

Não

Maria Luiza de Castro Amaral

6,17

20/06/1997

Não

Alessandra Mocellin

6,17

26/02/1998

Não

Bruna Poletto

5,83

06/09/1995

-

Desclassificado*

Camila Mele Ferreira Santos

5,67

31/01/1995

-

Desclassificado*

Kethlen Roberta Roussenq

5,67

01/08/1989

-

Desclassificado*

Vanessa Polina

5,67

30/01/1996

-

Desclassificado*

Andre Renan Gadotti

5,50

25/01/1991

-

Desclassificado*

Alisson Luiz Tombini Filho

5,33

23/04/1998

-

Desclassificado*

Kelvis Mendes Moreira

5,33

23/01/1998

-

Desclassificado*

Rodolfo Varaschin Rodrigues

5,33

28/01/1992

-

Desclassificado*

Paula Mascarello Maccari

5,17

29/12/1997

-

Desclassificado*

Gabriella D’avilla Lopes

5,00

08/01/1995

-

Desclassificado*

James Italo Signori Junior

5,00

17/07/1988

-

Desclassificado*

Mariane Scheffmacker Mocelin

5,00

20/02/1998

-

Desclassificado*

Ismaiara Báo

4,83

11/03/1996

-

Desclassificado*

Nathalia Moterle

4,83

24/01/1995

-

Desclassificado*

Pablo Natanael Peruzzo

4,83

25/03/1995

-

Desclassificado*

Thiago José D’andrea

4,83

24/01/1980

-

Desclassificado*

Donatella Carolina Keller Agnoletto

4,67

27/02/1998

-

Desclassificado*

Suelen Muxfeldt

4,67

03/07/1993

-

Desclassificado*

Emanuelly Luiza Siega

4,33

23/11/1997

-

Desclassificado*

Emmline Marcelin

3,17

18/09/1992

-

Desclassificado*

Rafaela Chiuco Zeni

0,00

26/03/1991

-

Ausente

* Conforme Art. 3º , Inciso II, parágrafo único, do Ato Deliberativo 001/2016 - CCME-CH, ANEXO III do Edital 1014/GR/UFFS/2017.

1.1 O desempate entre os(as) candidatos(as) foi realizado de acordo com os critérios constantes no respectivo Ato Deliberativo do curso de Medicina/Bacharelado/Integral do campus Chapecó, ANEXO III do Edital 1014/GR/UFFS/2017.

 

2 RESULTADOS DEFINITIVOS OBTIDOS PELOS(AS) CANDIDATOS(AS) INSCRITOS(AS) PARA O CAMPUS PASSO FUNDO:

Total de vagas

Transferência Externa

1

Nome do(a) candidato(a)

Nota da prova objetiva

Data de nascimento

Ordem de classificação

Selecionado(a) para matrícula

João Pedro Langaro

7,35

23/08/95

Sim

Bruna Eduarda Folletto

6,51

06/05/96

Não

Walter Augusto Molz

6,51

21/09/97

Não

Idenes Celina Silva

6,35

26/12/87

Não

Jackson Ribeiro Fernandes

6,35

14/04/96

Não

Letícia Muneroli Pereira

6,18

07/04/96

Não

Gustavo Goergen Bronzatti

6,18

30/01/98

Não

Thaís Debonna Crespi

6,01

01/07/91

Não

Kamylla Machado Brizolla

6,01

16/08/95

Não

Andressa da Silveira Paixão

6,01

04/05/96

10º

Não

Paloma Ortiz Pereira

5,85

20/11/93

11º

Não

Bruna Bordignon Machado

5,85

23/10/95

12º

Não

Silvia Andreia Zanetti

5,68

19/02/72

13º

Não

Tatiana Dall Ago Aquilla

5,68

03/06/78

14º

Não

Bruno Furini Puton

5,68

16/08/90

15º

Não

Wesley Slaviero

5,68

17/04/96

16º

Não

Lisiane Monegat Silva

5,68

09/05/96

17º

Não

André Lunardi Mondadori Messaggi

5,68

08/06/96

18º

Não

Viviane Martins Sassi

5,51

30/03/94

19º

Não

Daniel José dos Santos

5,34

01/12/82

20º

Não

Lucas Fernandes

5,34

02/03/94

21º

Não

Aline da Costa Gobbi

5,34

26/01/95

22º

Não

Majoriê Aparecida Dalla Lana

5,34

23/07/96

23º

Não

Jéssica Rohr Hafner

5,34

31/05/97

24º

Não

Matheus Mosele Serafini

5,18

29/03/94

25º

Não

Kaian Siveris

5,18

14/10/94

26º

Não

Gustavo França de Azevedo

5,18

09/03/96

27º

Não

Kristian Mielioli Castro

5,18

23/05/97

28º

Não

Ketlen Orsolin de Borba

5,00

25/10/91

29º

Não

Carlos Reinoldo Britzke Brandão

5,00

12/06/93

30º

Não

Germano Danielli

5,00

02/04/97

31º

Não

Martina Estácia da Cas

5,00

12/10/98

32º

Não

André Aimi Camargo

4,84

20/06/94

-

Desclassificado*

Ana Júlia Silveira

4,68

01/06/94

-

Desclassificado*

Juliana Gregol Sirtoli

4,68

25/08/95

-

Desclassificado*

Vanessa Adams

4,68

08/10/96

-

Desclassificado*

Victória Zamprogna

4,68

21/07/98

-

Desclassificado*

Camila Bertele

4,51

06/12/95

-

Desclassificado*

Priscila de Almeida

4,34

06/06/92

-

Desclassificado*

Renan Rosso Nadal

4,34

27/05/98

-

Desclassificado*

Valesca de Carvalho Renner

4,18

27/10/95

-

Desclassificado*

Maria Carolina Fagundes

4,01

13/07/94

-

Desclassificado*

Bianca Rossato

4,01

25/10/94

-

Desclassificado*

Christian Luis Graciola

4,01

31/07/98

-

Desclassificado*

Jean Bernardo Dal Piva Minozzo

3,84

03/04/92

-

Desclassificado*

Gabriel Henrique Lazzarin Gavenas

3,84

14/11/97

-

Desclassificado*

Adalberto Ferreira

3,67

28/06/76

-

Desclassificado*

Otávio Ramos Pereira

3,67

10/10/90

-

Desclassificado*

Daniela Arnhold Lang

3,67

18/03/95

-

Desclassificado*

Laura Regina Vaccari

3,51

24/02/94

-

Desclassificado*

Felipe Antonio Scartazzini Savicki

0,00

23/12/77

-

Ausente

Renata Antunes Aguilhera

0,00

07/11/87

-

Ausente

Luiz Henrique Missio

0,00

08/12/93

-

Ausente

Matheus Cesar Pabis

0,00

04/06/95

-

Ausente

Rafaela de Almeida Lara

0,00

30/05/97

-

Ausente

* Conforme Art. 3º , Inciso II, alínea “b” do Ato Deliberativo 002/2016 - CCM-PF, ANEXO IV do Edital 1014/GR/UFFS/2017.

2.1 O desempate entre os(as) candidatos(as) foi realizado de acordo com os critérios constantes no respectivo Ato Deliberativo do curso de Medicina/Bacharelado/Integral do campus Passo Fundo, ANEXO IV do Edital 1014/GR/UFFS/2017.

 

3 DOS PROCEDIMENTOS PARA MATRÍCULA

3.1 O(A) candidato(a) selecionado(a) para realização da matrícula por Transferência Externa para o Curso de Medicina/Bacharelado/Integral deverá comparecer à Secretaria Acadêmica do Campus de oferta do curso nas datas de 15, 16 ou 19 de fevereiro de 2018, para efetuar a matrícula, portando a documentação relacionada no item 3.2 e seus subitens.

3.2 A documentação para matrícula, relacionada nos itens seguintes, deverá ser apresentada pelos selecionados por transferência externa em cópias autenticadas ou originais acompanhados de cópias simples:

a) Registro Geral (RG). Para candidatos(as) estrangeiros(as), serão aceitos como documentos de identidade: passaporte com visto permanente ou visto temporário de estudante e cédula de identidade emitida pelo Ministério da Justiça ou, na falta desta, o protocolo de registro no Departamento de Polícia Federal (Arts. 30, 33, e 48 da Lei nº 6.815/80);

b) Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou comprovante do CPF obtido na página da Receita Federal, no endereço <receita.fazenda.gov.br>;

c) Título de Eleitor e Certidão de Quitação Eleitoral, para maiores de 18 anos (disponível para acesso na página <tse.gov.br>);

d) Documento comprobatório de estar em dia com as obrigações militares, para candidato do sexo masculino entre 18 e 45 anos, nos termos do art. 5º da lei Nº 4375, de 17 de agosto de 1964 (Lei do Serviço Militar);

e) Certificado de Conclusão do Ensino Médio e Histórico Escolar do Ensino Médio (contendo o nome da entidade mantenedora, o número do decreto do reconhecimento do curso, com a data da publicação no Diário Oficial, identificação do Diretor do estabelecimento ou substituto legal com nome sotoposto em carimbo) ou certidão de exame supletivo (quando se tratar de certificado de exame supletivo, ele terá validade somente se o estudante efetivamente tinha mais de 18 anos quando prestou o referido exame, conforme estabelecido na Lei nº 9.394/96, Art. 38, inciso II) ou;

f) Documento comprobatório de equivalência de Ensino Médio, expedido pela Secretaria Estadual de Educação, quando o(a) candidato(a) concluiu esse nível de estudos no exterior (Art. 5º . da Resolução 09/CFE/1978).

g) Comprovante de vacinação contra rubéola para candidata do sexo feminino até 40 anos, nos termos da Lei Estadual nº . 10.196/96/SC (exigência feita exclusivamente para as candidatas do campus de Chapecó-SC);

3.3 Não serão aceitos documentos rasurados ou quaisquer assinaturas não identificadas.

3.4 A falta de um dos documentos relacionados no item 3.2 e seus subitens impossibilitará a efetivação da matrícula, não cabendo recurso, nem sendo facultada a matrícula condicional.

3.5 O(A) candidato(a) menor de 18 anos deverá realizar a matrícula na presença dos pais ou representante legal, devidamente documentado.

3.6 O(A) candidato(a) que não apresentar o original de algum dos documentos por motivo de perda, roubo ou extravio deverá apresentar Boletim de Ocorrência emitido por autoridade policial competente expedido há 90 dias, no máximo. No Boletim de Ocorrência deverá estar especificado, o tipo do documento.

3.7 As matrículas são exclusivamente presenciais.

3.8 Não serão aceitos documentos rasurados, com assinatura(s) não identificada(s) ou enviados por e-mail ou fax.

3.9 O(A) candidato(a) matriculado(a) deverá confirmar sua vaga, presencialmente, na vigência dos cinco primeiros dias de aula referente ao semestre de ingresso na UFFS, sob pena de perda de vínculo com a instituição.

3.10 O(A) candidato(a) selecionado(a) que efetuar matrícula poderá solicitar, no período definido pelo calendário acadêmico da graduação, validação de componente curricular cursado com aprovação em outra IES.

 

4 LOCAIS E HORÁRIOS

4.1 Campus Chapecó: Rodovia SC 484, Km 02, s/n, bairro Fronteira Sul, (saída para Guatambu), Chapecó-SC, na Secretaria Acadêmica (bloco A - sala 106) no horário das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h.

4.2 Campus Passo Fundo: RST 153, Km 3, s/n, Bairro Jardim América (anexo ao Seminário Nossa Senhora Aparecida), na Secretaria Acadêmica (sala 114), no horário das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30. Fone: (54) 3335-8517.

 

5 DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

5.1 O(A) candidato(a) selecionado(a) deverá efetivar matrícula no período previsto neste Edital, sob pena de ter anulado o processo de admissão.

5.2 De acordo com a Lei nº 12.089/2009, a mesma pessoa não poderá assumir vaga simultânea em duas Instituições Públicas de Ensino Superior.

5.3 Conforme Art. 39, da Resolução nº 04/2014 - CONSUNI/CGRAD, não será permitida a matrícula simultânea em dois ou mais cursos de graduação da UFFS.

5.4 O(A) candidato(a) selecionado(a) que não comparecer, ou não constituir procurador(a) para efetuar a matrícula, no prazo estabelecido, perderá o direito à vaga.

5.5 Será cancelada a matrícula, a qualquer época, caso for comprovado que o(a) candidato(a) não atendeu às disposições do presente Edital, ou se utilizou de quaisquer meios ilícitos, assegurado contraditório e ampla defesa.

5.6 O(A) candidato(a) não selecionado(a) ou não matriculado(a) poderá retirar as cópias de seus documentos na Secretaria Acadêmica do Campus no prazo de 2 (dois) anos contados a partir da data da matrícula. Após este período, os documentos serão encaminhados para eliminação.

5.7 Casos omissos serão resolvidos pela Pró-Reitoria de Graduação, ouvidos os Coordenadores de Curso.

Chapecó-SC, 15 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

Documento Histórico

EDITAL Nº 1105/GR/UFFS/2017

Homologação da Classificação Final dos Candidatos ao Processo Seletivo do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde - Edital Nº 978GRUFFS2017

HOMOLOGAÇÃO DA CLASSIFICAÇÃO FINAL DOS CANDIDATOS AO PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE - EDITAL Nº 978/GR/UFFS/2017

 

O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais, em conformidade com o Edital Nº 978/GR/UFFS/2017, que trata do Processo Seletivo de candidatos às vagas para o Programa de Residência Multiprofissional em Saúde e a Comissão de Residência Multiprofissional em Saúde divulgam abaixo a homologação da classificação final dos candidatos.

 

1 CLASSIFICAÇÃO FINAL DOS CANDIDATOS

1.1 Núcleo Profissional: Enfermagem

Classif

Nome

Prova Currículo (Pontuação)

Prova Currículo (Peso 2,0)

Prova Escrita (Pontuação)

Prova Escrita (Peso 8,0)

Nota final

1

Gustavo Afonso Gosenheimer

32,90

0,66

80,00

6,40

7,06

2

Luana Escobar dos Santos

46,45

0,93

70,00

5,60

6,53

3

Sandra Cristina de Oliveira

25,00

0,50

75,00

6,00

6,50

4

Viviane Gallon Mendonça

44,50

0,89

70,00

5,60

6,49

5

Andressa Vedovatto

43,10

0,86

70,00

5,60

6,46

6

Castiusa Edineia Moreira Nunes

22,50

0,45

75,00

6,00

6,45

7

Elaine Natalia de Souza

24,00

0,48

70,00

5,60

6,08

8

Natália Caroline Borges

20,85

0,42

70,00

5,60

6,02

9

Adriane Eisele

30,50

0,61

65,00

5,20

5,81

10

Eliane Balla

23,00

0,46

65,00

5,20

5,66

11

Fabrine Ceron

10,14

0,20

67,50

5,40

5,60

12

Caroline Januario da Silva Barbon

8,00

0,16

65,00

5,20

5,36

13

Daniela Meira do Nascimento

7,00

0,14

65,00

5,20

5,34

14

Analize Bison de Lima

0,00

0,00

65,00

5,20

5,20

15

Aline Queiroz de Mello

*

*

60,00

4,80

**

16

Gislaine Viana Siqueira

*

*

60,00

4,80

**

17

Maiara de Lima Munhon

*

*

60,00

4,80

**

18

Michelly Carla Santin

*

*

60,00

4,80

**

19

Juliane Dias Borges

*

*

57,50

4,60

**

20

Luana Maria Marccon

*

*

57,50

4,60

**

21

Morgana Gelain

*

*

57,50

4,60

**

22

Francini dos Santos Oliveira

*

*

55,00

4,40

**

23

Adriana da Costa

*

*

47,50

3,80

**

24

Sílvia Patrícia Zamarchi

*

*

42,50

3,40

**

25

Gelson Antonio Gross

*

*

*

*

**

26

Greici Kelli Tolotti

*

*

*

*

**

27

Letícia Piano

*

*

*

*

**

28

Patrícia Regina de Oliveira

*

*

*

*

**

29

Rithiele Carbonera Bassuli Muniz

*

*

*

*

**

Não classificado para a prova de análise de currículo conforme item 2.2.1 do edital 978/GR/UFFS/2017

** Eliminado conforme item 2.2.1 do edital 978/GR/UFFS/2017

1.2 Núcleo Profissional: Psicologia

Classif

Nome

Prova Currículo (Pontuação)

Prova Currículo (Peso 2,0)

Prova Escrita (Pontuação)

Prova Escrita (Peso 8,0)

Nota final

1

Willian Guimarães

77,00

1,54

85,00

6,80

8,34

2

Jaqueline Miotto Guarnieri

49,00

0,98

85,00

6,80

7,78

3

Rebeca Ferreira Andreolla

28,00

0,56

87,50

7,00

7,56

4

Fernando Lourenço Serafin

30,00

0,60

85,00

6,80

7,40

5

Juliana Rohde

57,90

1,16

77,50

6,20

7,36

6

Natan Pinto do Nascimento

43,00

0,86

77,50

6,20

7,06

7

Sabrina Grasiele da Silva

9,00

0,18

85,00

6,80

6,98

8

Alana Brandelero Porto

34,00

0,68

77,50

6,20

6,88

9

Gabriela Woll Dias

43,00

0,86

75,00

6,00

6,86

10

Cristina Souza

11,00

0,22

82,50

6,60

6,82

11

Paula Adriane Lombardi Dall´Agnol

32,20

0,64

75,00

6,00

6,64

12

Leandra Donzelli

*

*

72,50

5,80

**

13

Adrieli Bernardi Piva

*

*

70,00

5,60

**

14

Fernanda dos Santos Rocha

*

*

70,00

5,60

**

15

Raphaela Arend Mendes

*

*

70,00

5,60

**

16

Ariella Luisa Caovilla

*

*

67,50

5,40

**

17

Claudiane Zandona

*

*

67,50

5,40

**

18

Melania Paula Pavoni

*

*

67,50

5,40

**

19

Amanda Daron Gabriel

*

*

65,00

5,20

**

20

Milene de Oliveira

*

*

65,00

5,20

**

21

Rander Jorge Alcantara

*

*

65,00

5,20

**

22

Sabryna Joane Voos Bortoncello Tarouco

*

*

65,00

5,20

**

23

Clarice da Silva Santos

*

*

60,00

4,80

**

24

João Paulino Perini

*

*

60,00

4,80

**

25

Aline Trevisol

*

*

57,50

4,60

**

26

Vania Marta Marafon

*

*

57,50

4,60

**

27

Diana Perin Piccim

*

*

55,00

4,40

**

28

Gabriele Wendy Nunes

*

*

50,00

4,00

**

29

Anelise Dias

*

*

45,00

3,60

**

30

Andrei Nunes Grizafis

*

*

*

*

**

31

Carine de Farias

*

*

*

*

**

32

Daiane Pradegan

*

*

*

*

**

33

Jaqueline Grosselli Vicentin

*

*

*

*

**

34

Kadrize Azeredo Quartieri

*

*

*

*

**

35

Milena Varela Gomes

*

*

*

*

**

36

Nayara Oliveira Duarte

*

*

*

*

**

37

Rudicir Custódio Maciel Júnior

*

*

*

*

**

38

Samantha Ceolin

*

*

*

*

**

Não classificado para a prova de análise de currículo conforme item 2.2.1 do edital 978/GR/UFFS/2017

** Eliminado conforme item 2.2.1 do edital 978/GR/UFFS/2017

 

 

1.3 Núcleo Profissional: Farmácia

Classif

Nome

Prova Currículo (Pontuação)

Prova Currículo (Peso 2,0)

Prova Escrita (Pontuação)

Prova Escrita (Peso 8,0)

Nota final

1

Camila Fontana Roman

48,00

0,96

80,00

6,40

7,36

2

Camila Gatto

46,17

0,92

72,50

5,80

6,72

3

Karini da Rosa

54,00

1,08

67,50

5,40

6,48

4

Diogo Jorge Gonçalves Castro

*

*

*

*

**

5

Fátima de Azevedo Barbosa

*

*

*

*

**

6

Marivalda Souza de Oliveira

*

*

*

*

**

Não classificado para a prova de análise de currículo conforme item 2.2.1 do edital 978/GR/UFFS/2017

** Eliminado conforme item 2.2.1 do edital 978/GR/UFFS/2017

Chapecó-SC, 15 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

Documento Histórico

EDITAL Nº 1106/GR/UFFS/2017

Convocação em Primeira Chamada dos Candidatos Classificados no Programa de Residência Multiprofissional em Saúde - Edital Nº 978GRUFFS2017

CONVOCAÇÃO EM PRIMEIRA CHAMADA DOS CANDIDATOS CLASSIFICADOS NO PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE - EDITAL Nº 978/GR/UFFS/2017

 

O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais, em conformidade com o Edital Nº 978/GR/UFFS/2017, que trata do Processo Seletivo de candidatos às vagas para o Programa de Residência Multiprofissional em Saúde e a Comissão de Residência Multiprofissional em Saúde, convoca os candidatos classificados para comparecerem na primeira chamada de entrega dos documentos e assinatura do termo de adesão, a ser realizada em 18 de dezembro de 2017.

 

1 CANDIDATOS CONVOCADOS

1.1 Núcleo Profissional: Enfermagem

Nome

1

Gustavo Afonso Gosenheimer

2

Luana Escobar dos Santos

 

1.2 Núcleo Profissional: Psicologia

Nome

1

Willian Guimarães

2

Jaqueline Miotto Guarnieri

 

1.3 Núcleo Profissional: Farmácia

Nome

1

Camila Fontana Roman

2

Camila Gatto

 

 

DA ASSINATURA DO TERMO DE ADESÃO

2.1 O Candidato (a) convocado (a), em primeira chamada, deverá presencialmente assinar o Termo de Adesão junto à Secretaria da Pós-graduação do Campus Passo Fundo, dia 18 de Dezembro de 2017, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 16h30, conforme datas previstas no item 2.4 do edital, localizada no endereço: RS 153, Km 03, Jardim América, Seminário Nossa Senhora Aparecida, Passo Fundo/RS, sala 201, 2º andar.

2.2 Em caso de representação por Procuração, esta deverá ser específica para o Processo Seletivo de Residência Multiprofissional da UFFS/2018, ter firma reconhecida e estar acompanhada dos documentos pessoais nominados a seguir, além de documento de identificação com foto do procurador.

2.3 No momento da assinatura do Termo de Adesão, cada candidato (a) deverá entregar cópia dos seguintes documentos:

2.3.1 Ficha Cadastral preenchida, disponível em: Site da UFFS => Campus Passo Fundo =>Residências Multiprofissionais => Processo Seletivo 2017/2018; ;

2.3.2 Comprovante de residência (2 cópias autenticadas em cartório) ou declaração de residência em cartório do Locatário ou Proprietário;

2.3.3 Título de Eleitor (2 cópias autenticadas em cartório);

2.3.4 Carteira de Identidade - RG ou documento de identificação contendo órgão expedidor e data da emissão do RG (2 cópias autenticadas em cartório);

2.3.5 Cadastro de Pessoa Física - CPF (2 cópias autenticadas em cartório);

2.3.5.1 Comprovante de Situação Cadastral do CPF atualizada emitida pelo site www.receita.fazenda.gov.br (02 cópias)

2.3.6 Certidão de Quitação Eleitoral atualizada no mês, emitida pelo site www.tse.jus.br (2 cópias);

2.3.7 Documento comprobatório de estar em dia com as obrigações militares, para candidatos do sexo masculino entre 18 e 45 anos, nos termos do art. 5º da lei Nº 4375, de 17 de agosto de 1964 (Lei do Serviço Militar) (2 cópias autenticadas em cartório);

2.3.8 PIS/PASEP ou NIT e informações pessoais da carteira de trabalho (2 cópias autenticadas em cartório);

2.3.9 Diploma de conclusão do curso de graduação da área que concorre a vaga para Residência Multiprofissional em Saúde (2 cópias autenticadas em cartório);

2.3.10 Inscrição no Conselho Regional do Núcleo Profissional (2 cópias autenticadas em cartório);

2.3.11 Comprovante de dados bancários:

I - O recebimento da bolsa de residência fica condicionado à abertura de uma conta-salário a qual deve ser apresentada na Assessoria de Gestão de Pessoas da UFFS em até 03 dias úteis após a efetivação da matrícula.

2.3.12 Foto 3 x 4 recente (1 foto);

2.3.13 Certidão de Nascimento ou Casamento ou de Casamento com Averbação de Divórcio (01 cópia autenticada da última emissão);

2.4 Em hipótese alguma haverá recebimento de documentos não autenticados em cartório, bem como, documentos enviados via postal, fax ou correio eletrônico;

2.5 A não assinatura do Termo de Adesão e, ou, a não entrega dos documentos na data e na forma solicitada implicará na desclassificação imediata do (a) candidato (a).

Chapecó-SC, 15 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

Documento Histórico

EDITAL Nº 1107/GR/UFFS/2017

Classificação Geral e Convocação dos Selecionados para a Segunda Etapa do Processo Seletivo para o Ingresso nos Programas de Residência Médica Campus Chapecó

CLASSIFICAÇÃO GERAL E CONVOCAÇÃO DOS SELECIONADOS PARA A SEGUNDA ETAPA DO PROCESSO SELETIVO PARA O INGRESSO NOS PROGRAMAS DE RESIDÊNCIA MÉDICA CAMPUS CHAPECÓ

 

O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais, a Comissão de Seleção dos Programas de Residência Médica da UFFS - Campus Chapecó, a Universidade Comunitária da Região de Chapecó e a Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira (doravante denominada como cenário de prática) tornam público o edital de Classificação Geral e Convocação para Arguição de Currículo em Entrevista dos candidatos selecionados para o Processo Seletivo dos Programas de Residência Médica, com ingresso em 2018.1, conforme descrito a seguir.

 

1 DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1.1 Conforme o item 4.1.1 do Edital nº 875/GR/UFFS/2017, o Processo Seletivo para Residência Médica nas especialidades de Cirurgia Geral, Cirurgia Geral R3, Clínica Médica e Pediatria, constará apenas de uma Etapa: Prova Escrita.

1.2 O Processo Seletivo para Residência Médica nas especialidades de Anestesiologia, Ginecologia e Obstetrícia e Ortopedia e Traumatologia, constará de Duas Etapas: Prova Escrita e Arguição do Currículo em Entrevista.

1.3 A classificação neste edital não garante vaga para matricula. As chamadas serão feitas a partir de editais específicos conforme o item 1.4 do Edital nº 875/GR/UFFS/2017.

 

2 CLASSIFICAÇÃO GERAL

2.1 Cirurgia Geral

Classif

Nota da Prova escrita

Nome

Nº de Inscrição

PROVAB

Data de Nascimento

1

78

João Augusto dos Reis Guerra

43802846131-4

Não

17/02/94

2

75

Fernando Theodoro Sehnem

43802857875-0

Não

31/05/90

3

74

Lucas Alcir da Silva

43802853000-9

Não

10/07/91

4

73

Fabio Silva Romani*

43802857098-8

Não

03/01/91

5

73

João Francisco Petry*

43802859715-6

Não

08/10/94

6

72

Joao Henrique Valenca

43802853551-6

Não

30/06/93

7

70

Carolina Schwartz Dal Piva*

43802862909-3

Não

28/07/90

8

70

Marcello Kim Hellis Alves*

43802853710-8

Não

06/10/92

9

70

Marina Picolo Menegolla*

43802862267-1

Não

10/02/93

10

68

Marcos Massaki Ota

43802854195-6

Não

17/09/83

11

67

Cintya Boligon*

43802854045-8

Não

14/12/92

12

67

Marília Klein Reis*

43802860534-6

Não

11/09/94

13

64

Gabriel Bonfante Scarpa Vasconcellos

43802863463-2

Não

07/03/94

14

63

Bárbara Elias Prado

43802850113-5

Não

03/02/90

15

62

Guido Vital Arruda de Araujo Filho*

43802860102-2

Não

06/03/85

16

62

Lunara Antunes dos Santos*

43802865179-1

Não

03/10/88

17

61

Gustavo de Souza Sabioni*

43802847729-6

Não

09/04/87

18

61

Mark Sgarbi*

43802863728-1

Não

04/09/87

19

61

Renan Lopes de Vargas*

43802852358-5

Não

26/12/88

20

60

Tácio De Oliveira*

43802860097-9

Não

01/12/87

21

60

João Pedro Pinto Cordeiro de Miranda Coutinho*

43802855777-0

Não

07/12/92

22

59

Marcelo Rodrigues Covolan*

43802851212-9

Não

06/10/87

23

59

Dantas Luiz Lavall da Silva*

43802848737-0

Não

24/04/91

24

59

Lucas Matheus Born*

43802862264-1

Não

09/10/91

25

59

Paulo Henrique de Bortolli Júnior*

43802862104-5

Não

14/08/93

26

58

Rone Éder de Souza Silva*

43802863390-0

Não

23/04/91

27

58

Mairis Guindani*

43802863186-7

Não

27/05/94

28

56

Laise Dias Ferreira

43802860877-0

Não

04/08/89

29

55

Fernanda Marció Brandelero

43802855181-4

Não

18/09/92

30

54

Francisco Antonio Santos Grazziotin*

43802858873-6

Não

12/07/90

31

54

Alencar Junior Lopes Proença*

43802866277-5

Não

10/09/93

32

53

Wagner Pedrotti*

43802862303-0

Não

08/07/83

33

53

Erix Cabral de Araujo Menezes*

43802851376-5

Não

22/02/87

34

53

Eduardo Schmidt Savoldi*

43802862118-3

Não

31/05/93

35

51

Flávio Alberto da Fonseca Scherer*

43802863511-9

Não

21/05/86

36

51

Tiago Tres*

43802850561-5

Não

24/02/87

37

50

Luis Tadeu Nastri de Nojosa*

43802860770-3

Não

31/10/84

38

50

Fabio Antônio Vanzin Prezzotto*

43802861126-5

Não

29/06/85

39

50

Diego Pasini de Oliveira*

43802866693-0

Não

10/03/92

40

49

Genesis Cabral de Araujo Menezes*

43802851417-3

Não

28/08/85

41

49

Lara Maria Souto Padua*

43802861978-4

Não

17/02/92

42

46

Lucas Zonta

43802860229-6

Não

10/11/91

43

45

Jose Rafael Gomez Gonzalez

43802844506-6

Não

24/11/88

44

44

Jose Adalberto Costa Rodrigues

43802856800-6

Não

29/11/91

* Desempate conforme os critérios expostos no item 4.4 do Edital nº 875/GR/UFFS/2017.

2.2 Cirurgia Geral R3

Classif

Nota da Prova escrita

Nome

Nº de Inscrição

PROVAB

Data de Nascimento

1

68

Gabriel Brisot

43803863350-0

Não

12/02/92

2

64

Camila Tonelli

43803861704-6

Não

01/03/88

3

56

Jorge Edmundo Calderon Chavez

43803854975-1

Não

26/07/76

2.3 Clínica Médica

Classif

Nota da Prova escrita

Nome

Nº de Inscrição

PROVAB

Data de Nascimento

1

76

Diniz Brum Lamaison

43802846244-0

Não

19/10/92

2

75

Franciele Meurer*

43802859578-0

Não

09/07/93

3

75

Cynthia Camilo Oliveira*

43802865014-5

Não

12/03/94

4

72

Leonardo Hansen

43802861938-1

Não

29/06/90

5

71

Jônatas Fávero Prietto dos Santos*

43802858178-5

Não

07/05/91

6

71

Júlia Scaravelli Mario*

43802860298-3

Não

11/03/95

7

70

Anaue Elisabete Acco*

43802859242-4

Não

16/06/90

8

70

Eduardo Giovanini*

43802855274-3

Não

28/07/93

9

69

Maridiane Tormem*

43802854648-1

Não

05/05/91

10

69

Aline Leonilde de Ávilla*

43802847243-6

Não

06/02/92

11

68

Bruna Conte*

43802861064-0

Não

02/10/88

12

68

Lucas Luiz Marchese Campagnolo*

43802862273-0

Não

19/11/92

13

67

Vinicius Colle Menegat

43802860359-8

Não

24/05/91

14

66

Paulo Victor Vasconcelos de Albuquerque*

43802849064-0

Não

15/12/87

15

66

Eduardo Henrique Santos Martins*

43802850499-2

Não

13/06/90

16

66

Debora de Cesaro*

43802860296-3

Não

27/06/90

17

66

Mateus Quadrado Massafra*

43802858494-3

Não

03/12/90

18

66

Raisa Schutz Maran*

43802860311-5

Não

15/07/91

19

66

Julia Lais Hofler*

43802857448-6

Não

07/10/93

20

65

Jean Vastor Barreto

43802861513-6

Não

01/02/92

21

64

Ana Carolina Oro

43802860401-4

Não

19/07/91

22

63

Samara Paola Parmeggiani*

43802853602-2

Não

06/07/89

23

63

Edina Regina Saggin Weschter*

43802866788-0

Não

27/04/90

24

62

Kathicia Furlanetto

43802857164-0

Não

02/08/91

25

61

Maria Eduarda da Rosa Ulanoski Carvalho

43802859885-0

Não

06/03/91

26

60

Allan Douglas dos Santos

43802863264-8

Não

14/12/93

27

59.4

Claudemir Modesti Junior

43802861873-7

Sim

28/12/87

28

59

Marieli Grassi

43802852380-0

Não

06/04/92

29

58.3

Gabriel Vitoria Domingues

43802866644-0

Sim

31/10/87

30

58

Maiara Szepilowski Bampi*

43802861853-0

Não

25/04/84

31

58

Simone Zuchelli*

43802863105-1

Não

20/09/90

32

58

Jéssica Elisa Souza Riviera*

43802860604-9

Não

14/08/92

33

57

Francielle Sordi Veiga

43802847634-7

Não

01/10/87

34

56

Rafael Luchetta*

43802866171-8

Não

04/11/89

35

56

Sandra Demoliner*

43802863456-4

Não

09/09/92

36

56

Vinícius Guadagnin*

43802855165-8

Não

26/03/93

37

54

Marco Antônio de Bem Motta*

43802862401-7

Não

11/03/89

38

54

Alina Renata Montemezzo*

43802861624-1

Não

17/05/90

39

52

Talison Henrique Sander

43802861452-1

Não

24/03/92

40

49

Felipe Augusto Argenta Sabbag

43802855066-0

Não

21/03/84

41

48

Tuiane Santana Locks

43802861408-0

Não

03/06/90

42

46

Giliardi Luís Mezzomo

43802849156-0

Não

30/11/82

43

45

Kamilla Goralski Bongiovani

43802849326-0

Não

26/03/90

44

42

Lucas Bettiol

43802863164-0

Não

08/02/90

* Desempate conforme os critérios expostos no item 4.4 do Edital nº 875/GR/UFFS/2017.

2.4 Pediatria

Classif

Nota da Prova escrita

Nome

Nº de Inscrição

PROVAB

Data de Nascimento

1

80

Aline Fernanda Monteiro

43802859630-5

Não

26/11/92

2

76

Ana Bárbara Sousa Fiedler

43802857637-2

Não

22/11/89

3

70

Karise Ane Campos*

43802854464-3

Não

08/06/88

4

70

Luiza Ester Menel Roza*

43802848034-0

Não

23/02/93

5

68

Ana Flávia Zamprogno Mattos

43802854183-8

Não

02/11/92

6

67.1

Ellen Cristine Agne Antoniolli

43802859722-4

Sim

16/05/89

7

66

Fernanda Zeni da Rosa*

43802851940-4

Não

31/01/86

8

66

Isabela Zanellato Marques*

43802853552-6

Não

28/09/90

9

66

Gabriela Gama Pereira Martins*

43802846112-8

Não

20/01/92

10

65

Vicente Corrêa Costa*

43802859788-3

Não

27/08/84

11

65

Rodrigo Ortlieb Quinto*

43802853190-0

Não

14/09/89

12

65

Giliana Spilere Peruchi*

43802843191-4

Não

04/09/92

13

64

Fernanda Ossani Marks

43802853922-0

Não

16/07/87

14

61

Mariana Cassol

43802851074-3

Não

17/08/91

15

60

Camila Giachim*

43802843635-1

Não

19/07/87

16

60

Priscila dos Santos*

43802855092-5

Não

06/10/90

17

60

Marina Spricigo Crocetta*

43802854338-1

Não

13/03/92

18

59

Eduardo Teston*

43802857364-5

Não

21/02/89

19

59

Artur Henrique Vaz de Oliveira*

43802860422-0

Não

09/03/89

20

58

Saeine Jurê da Cunha*

43802866494-6

Não

25/03/91

21

58

Fernanda Volpon Robles*

43802857706-5

Não

07/03/92

22

57

Luiza Rodrigues dos Santos*

43802861777-0

Não

08/05/86

23

57

Alana Da Cas*

43802846196-3

Não

10/04/90

24

56

Isabela Motta Fornari

43802859645-3

Não

14/07/90

25

55

Amanda Bentes Rios de Freitas

43802856874-3

Não

15/09/91

26

54

Mateus Felipe Miotto

43802850839-2

Não

04/04/90

27

53

Marina Arruda Heinzen Wiggers

43802862470-4

Não

22/06/87

28

49

Sayara Stefani Goubeti Melocra

43802863399-0

Não

04/08/91

29

48

Renata Michelato*

43802866259-9

Não

21/11/89

30

48

Leticia Sorgato*

43802862092-1

Não

14/03/90

31

47

Fernando Bertotto Filho

43802854046-8

Não

24/08/91

32

46

Caroline Piana

43802859866-4

Não

06/06/88

33

36

Caroline Picini

43802859693-4

Não

10/03/90

* Desempate conforme os critérios expostos no item 4.4 do Edital nº 875/GR/UFFS/2017.

 

3 CLASSIFICAÇÃO E CONVOCAÇÃO PARA ARGUIÇÃO DE CURRÍCULO EM ENTREVISTA

3.1 Anestesiologia

Classif

Nota da Prova escrita

Nome

Nº de Inscrição

PROVAB

Data de Nascimento

1

81

Pedro Zanetti Florian

43802856140-8

NÃO

29/11/91

2

80.3

Pablo Lima Rocha

43802862788-4

SIM

07/06/85

3

80

Henrique Nogueira Rasera

43802855894-3

NÃO

11/01/92

4

79.2

Juliana Pereira da Silva

43802861344-6

SIM

18/06/88

5

79

Richard Thomas Malinowsky*

43802858545-0

NÃO

18/03/91

6

79

Davyd Emaanuel Fin De Lehmann*

43802843282-3

NÃO

11/08/92

7

79

Ricardo Brandão Kliemann*

43802854241-2

NÃO

16/03/93

8

78

Eduarda Schutz Martinelli

43802857736-0

NÃO

08/08/91

9

77

Elias Soldatelli Oliboni*

43802860232-4

NÃO

14/03/87

10

77

Lisa Wu Yei Yum*

43802852095-6

NÃO

27/05/89

11

77

Eduardo Favaretto*

43802852891-4

NÃO

09/09/92

12

74.8

Julio Henrique Dóro

43802863438-8

SIM

02/09/87

13

74

Marcelo Cabral Monteiro*

43802846424-8

NÃO

03/09/85

14

74

Taís Montagner Tisott*

43802846547-1

NÃO

29/01/90

15

74

Carolina Alcoforado de Abreu*

43802858914-4

NÃO

10/08/92

16

74

Luiza Rodolfo de Liz*

43802844708-0

NÃO

13/10/93

17

74

Thiago Zamperete Reginato*

43802848258-0

NÃO

22/07/94

18

73.7

Mariana Dal Prá

43802853498-1

SIM

18/04/90

19

73

Maria Angélica Albarello*

43802850007-0

NÃO

18/12/88

20

73

Bruno Miguel Ferraz David*

43802849935-1

NÃO

11/08/90

21

73

Renata Peres Nabeshima*

43802860794-0

NÃO

23/11/90

22

72

Silvana Beltram Tergolina*

43802851221-7

NÃO

08/06/85

23

72

Daniel Rocha Mattos*

43802850173-4

NÃO

16/07/90

24

72

Plínio Segabinazzi Arnuti*

43802854013-3

NÃO

20/06/92

25

71

Josué Cortez*

43802861814-8

NÃO

23/07/84

26

71

Marcus Vinicius Carvalho Reis*

43802845878-1

NÃO

09/02/92

27

70.4

Ivo Estevão Luft Neto*

43802843103-0

SIM

30/05/85

28

70.4

Fabiane Wobido*

43802860192-6

SIM

29/04/87

29

70.4

Renan Sossella*

43802862797-2

SIM

10/08/89

30

70

Natália Elisa Boing Melo*

43802848889-9

NÃO

12/12/86

31

70

Max Langassner*

43802844679-0

NÃO

21/05/88

32

70

Bruna Emília Nuernberg Facco*

43802860524-8

NÃO

22/11/89

33

70

Lúcio Sordi Macedo*

43802846384-0

NÃO

11/12/91

* Desempate conforme os critérios expostos no item 4.4 do Edital nº 875/GR/UFFS/2017.

3.2 Ginecologia e Obstetrícia

Classif

Nota da Prova escrita

Nome

Nº de Inscrição

PROVAB

Data de Nascimento

1

73

Mariele Tatiane Mosquer

43802846146-2

NÃO

11/01/86

2

70

Aline Goetten

43802862310-8

NÃO

27/11/84

3

66

Sergio Felipe Ferreira Nicolau

43802859198-8

NÃO

07/11/88

4

56

Paula Luisa Bach

43802866486-8

NÃO

04/06/89

5

52

Ana Claudia Cazzuni

43802860237-4

NÃO

04/07/90

6

51

Priscila Ferreira Uzêda Konrad

43802852250-8

NÃO

27/02/81

7

45

Taissa Alexandre Seminate*

43802848999-4

NÃO

29/01/88

8

45

Rahiane Gomes de Sá Acosta*

43802859667-0

NÃO

05/01/91

9

42

Abilio Silva Filho

43802843691-0

NÃO

25/08/87

10

39

Rodrigo Cesar Matras

43802860582-7

NÃO

04/01/80

* Desempate conforme os critérios expostos no item 4.4 do Edital nº 875/GR/UFFS/2017.

3.3 Ortopedia e Traumatologia

Classif

Nota da Prova escrita

Nome

Nº de Inscrição

PROVAB

Data de Nascimento

1

69

Larry Rodrigues De Campos Júnior*

43802853800-7

NÃO

20/03/91

2

69

Lucas Botelho Clemente*

43802859051-8

NÃO

12/10/92

3

66

Rene Hobi

43802853787-5

NÃO

16/11/94

4

64

Douglas Kosvoski de Ourique

43802861732-7

NÃO

19/03/87

5

63

Marina Koche Nunes Cerávolo

43802860341-0

NÃO

16/12/90

6

62

Rodrigo Akira Costa Tsutsui*

43802846042-5

NÃO

24/03/88

7

62

Leonardo Wustro*

43802859663-0

NÃO

20/09/90

8

58

Guilherme Haas Pereira Lyra

43802857945-2

NÃO

04/04/89

9

57

Paulo Mauricio Uez

43802863058-5

NÃO

11/07/86

10

55

André Luís Scattolin Buzo*

43802861172-6

NÃO

15/04/87

11

55

Luís Gustavo Fuhr*

43802856677-9

NÃO

02/02/90

12

55

Joao Felipe Balena*

43802852531-3

NÃO

12/05/91

13

55

Renan Souza de Macedo*

43802863489-9

NÃO

26/02/93

14

53

Luan Ricardo Carlesso*

43802862454-8

NÃO

10/03/88

15

53

Jesse Batista Correa Jr*

43802862353-0

NÃO

20/01/89

16

53

Jakson da Silva Pacheco*

43802860723-2

NÃO

21/09/93

17

51

Vagner Borges de Aquino*

43802848205-0

NÃO

09/01/83

18

51

Leonardo Mota Schneider*

43802859701-8

NÃO

12/04/85

19

46

Marcio Luis Ferrari Filho

43802844764-0

NÃO

11/12/90

20

39

Tales Gervazoni Debom

43802859802-5

NÃO

01/12/80

21

30

Rodrigo Feier Mezzomo

43802861508-8

NÃO

23/12/89

22

27

Arthur Portella Deroza

43802860699-2

NÃO

30/03/84

* Desempate conforme os critérios expostos no item 4.4 do Edital nº 875/GR/UFFS/2017.

 

4 LOCAL E HORÁRIOS DAS ARGUIÇÕES DE CURRÍCULO EM ENTREVISTA

4.1 As Arguições de Currículo em Entrevista acontecerão no Hospital Regional do Oeste, Rua Florianópolis, 1448 - Bairro Esplanada, Chapecó - SC. Sala da Unochapecó, Entrada via Recursos Humanos, primeiro andar, nos seguintes dias e horários:

Data:

Especialidade:

Horário de Início

Limite de chegada:

15/01/2018

Anestesiologia

08:30

09:00

16/01/2018

Ortopedia e Traumatologia

13:00

15:00

23/01/2018

Ginecologia e Obstetrícia

14:00

15:00

4.2 As arguições de Currículo em Entrevista serão feitas por ordem de chegada.

4.3 O candidato convocado que não comparecer será automaticamente desclassificado.

4.4 A documentação necessária para a Arguição de Currículo em Entrevista está especificada no item 7 do Edital nº 875/GR/UFFS/2017.

Chapecó-SC, 15 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

Documento Histórico

EDITAL Nº 1108/GR/UFFS/2017

Homologação Resultado Final Processo Seletivo de Candidatos Às Vagas Curso de Mestrado do Programa de Pós Graduação em Ambiente e Tecnologias Sustentáveis PPGATS

HOMOLOGAÇÃO DO RESULTADO FINAL DO PROCESSO SELETIVO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS PARA O CURSO DE MESTRADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AMBIENTE E TECNOLOGIAS SUSTENTÁVEIS - PPGATS - 2018/1

 

O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais, torna pública a homologação do resultado final do Processo Seletivo de Candidatos às vagas para o curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ambiente e Tecnologias Sustentáveis, para ingresso em 2018/1, em conformidade com o Edital Nº 938/GR/UFFS/2017 e o Edital Nº 982/GR/UFFS/2017 (retificação).

 

1 DA CLASSIFICAÇÃO DOS CANDIDATOS NAS TEMÁTICAS DE PESQUISA DA LINHA DE PESQUISA QUALIDADE AMBIENTAL

Temática de Pesquisa

Nº de inscrição

Candidato

Classificação

Situação

Avaliação de genotoxicidade ambiental através de bioensaios.

6

Fabrício Luiz Skupien

1º 

APROVADO

4

Manoel Francisco Mendes Lassen

2º 

Suplente

30

Franciele da Silva Dluzniewski

3º 

Suplente

Biologia da polinização e da reprodução de plantas nativas e de interesse econômico e fitoecologia de comunidades e populações.

40

Suzana dos Santos de Souza

1º 

APROVADO

28

Helena Konarzewski Posser

2º 

Suplente

Biologia de peixes de água doce.

10

Lucas Adriano Pachla

1º 

APROVADO

27

Paula Betina Hartmann

2º 

APROVADO

21

Daniele Pereira Rodrigues

3º 

Suplente

50

Diego Hider Maciel

4º 

Suplente

Interações fauna/flora x clima.

16

Lana Bruna de Oliveira Engers

1º 

APROVADO

22

Lidiane Soares Drum Alles

2º 

Suplente

53

Fernando de Campos Guerreiro

3º 

Suplente

Impacto de atividades agropecuárias sobre a qualidade do solo e da água e manejo e recuperação de áreas degradadas.

46

Daniela Pilecco

1º 

APROVADO

43

Cleci Leocádia Ledur

2º 

Suplente

49

Luma Schervenski Tejada

3º 

Suplente

5

Alonso Moscon

4º 

Suplente

19

Juliane de Barros Meireles

5º 

Suplente

48

Tainara Luana Schmidt Steffler

6º 

Suplente

55

Gabriel Araújo Paes Freire

7º 

Suplente

38

Feliciano Ortiz Matos

8º 

Suplente

Resgate, uso, conservação, propagação, manejo fitotécnico e interações solo-ambiente de plantas frutíferas nativas domesticadas.

3

Fernanda Andressa Calai

1º 

APROVADO

34

Michele dos Santos Milke

2º 

Suplente

24

Gilmar Francisco Vione

3º 

Suplente

Relação saúde e ambiente.

1

Ana Carolyna Aparecida Silva Villela

1º 

APROVADO

41

Marcieli Schlotefeldt Klein

2º 

Suplente

18

Geleane Link

3º 

Suplente

52

Laura Zachi

4º 

Suplente

33

Thales Matzenbacher

5º 

Suplente

44

Tamires Scheis Nunes

6º 

Suplente

1.1 Recomenda-se que os candidatos aprovados entrem em contato com o orientador da temática. Os nomes dos orientadores e seus e-mails podem ser encontrados na página do PPGATS (https://www.uffs.edu.br/campi/cerro-largo/cursos/mestradocl/mestrado-em-ambiente-e-tecnologias-sustentaveis/), nos links “Grupos e Projetos de Pesquisa” e “Corpo Docente”.

1.2 Solicitamos aos candidatos aprovados que confirmem o interesse de matrícula pelo e-mail ppgats_cl@uffs.edu.br até o dia 09/02/2018.

 

2 DA CLASSIFICAÇÃO DOS CANDIDATOS NAS TEMÁTICAS DE PESQUISA DA LINHA DE PESQUISA DESENVOLVIMENTO DE PROCESSOS E TECNOLOGIAS

Temática de Pesquisa

Nº de inscrição

Candidato

Classificação

Situação

Desenvolvimento e aplicação de métodos de Oxidação e Eletro-Oxidação avançada no tratamento de águas residuárias.

15

Leandro Pellenz

1º 

APROVADO

12

Roselaine Cristina Rejei Reinehr

2º 

Suplente

51

Mayara Cristina Mombach

3º 

Suplente

54

Yves Dias Brito

4º 

Suplente

Engenharia das reações químicas e bioquímicas.

26

Letiane Thomas Hendges

1º 

APROVADO

13

Djonathan Luiz Giordani Lenz

2º 

Suplente

8

Mariel Rosana Pires

3º 

Suplente

2

Carmine Mallmann Haas

4º 

Suplente

7

Fernando Severino Demozzi

5º 

Suplente

Geração de energia limpa e renovável de aproximação sustentável em pequena escala.

23

Jandira Leitchtweis

1º 

APROVADO

20

Francesco Jurinic

2º 

APROVADO

35

Mario Juliano Nunes Gaertner

3º 

Suplente

39

Paulo Henrique Oliveira Henz

4º 

Suplente

25

Isabel Jacobs

5º 

Suplente

32

Adriana Ullrich

6º 

Suplente

Processos microbianos e enzimáticos para a obtenção de bioprodutos de interesse comercial/industrial.

45

Lisiane Sobucki

1º 

APROVADO

31

Andréia Monique Lermen

2º 

Suplente

Síntese, reatividade e aplicação de compostos orgânicos derivados de calcogênios e substâncias heterocíclicas.

42

Fabiane Gritzenco

1º 

APROVADO

17

Ritiele Heck

2º 

APROVADO

29

Leandro Ebling Flores

3º 

Suplente

14

Carla Kornowski

4º 

Suplente

2.1 Recomenda-se que os candidatos aprovados entrem em contato com o orientador da temática. Os nomes dos orientadores e seus e-mails podem ser encontrados na página do PPGATS (https://www.uffs.edu.br/campi/cerro-largo/cursos/mestradocl/mestrado-em-ambiente-e-tecnologias-sustentaveis/), nos links “Grupos e Projetos de Pesquisa” e “Corpo Docente”.

2.2 Solicitamos aos candidatos aprovados que confirmem o interesse de matrícula pelo e-mail ppgats_cl@uffs.edu.br até o dia 09/02/2018.

 

3 DOS PROCEDIMENTOS PARA MATRÍCULA

3.1 O candidato APROVADO deverá efetuar a matrícula junto à Secretaria do Programa de Pós-Graduação em Ambiente e Tecnologias Sustentáveis, sala 1-2-16 do Seminário, Campus Cerro Largo-RS, sito à Rua Major Antônio Cardoso, nº 590, Centro, Cerro Largo/RS, CEP 97900-000, no período de 19 a 23 de fevereiro de 2018, das 8h30 às 11h30 e das 14h00 às 16h30, pessoalmente ou através de procuração devidamente reconhecida em cartório.

3.2 A matrícula deverá ser realizada em requerimento próprio, a ser disponibilizado no site: www.uffs.edu.br > Pós-Graduação - Mestrado em Ambiente e Tecnologias Sustentáveis > Ingresso > Processo Seletivo Regular, devidamente preenchido e assinado, instruído dos seguintes documentos com cópia autenticada ou cópia simples acompanhada do original:

I - cópia do documento de identidade com foto (RG) e do CPF, e do passaporte se for estrangeiro, com visto de permanência no país;

II - cópia do diploma de curso superior de graduação reconhecido pelo MEC, ou declaração original da Instituição de Ensino Superior indicando a conclusão de todos os componentes curriculares e a data de colação de grau;

III - cópia do Histórico Escolar de Graduação;

IV - cópia de documentos que comprovam estar em dia com as obrigações militares e eleitorais, no caso de candidato brasileiro, e dos documentos exigidos pela legislação específica, no caso de candidato estrangeiro;

V - Para candidatos autodeclarados indígenas, conforme o Artigo 5º da Resolução Nº 8/2017 - CONSUNI/CPPGEC/UFFS, documentos de Manifestação de Pertencimento à Etnia, quais sejam:

a) Declaração da Fundação Nacional do Índio (FUNAI) e/ou do cacicado ou de outros órgãos de representação indígena;

b) Registro Administrativo de Nascimento de Índio (RANI);

c) Declaração pessoal de pertença a grupo indígena.

VI - Para os candidatos autodeclarados com deficiência, conforme o artigo 8º da Resolução Nº 8/2017 - CONSUNI/CPPGEC/UFFS, deverão ser apresentados os documentos a seguir no ato da matrícula:

a) Atestado médico emitido nos últimos 6 (seis) meses, assinado por um médico especialista na área da deficiência alegada pelo candidato, contendo o grau ou nível de deficiência, o código correspondente à Classificação Internacional de Doença (CID) e um parecer do médico com as necessidades específicas, considerando as peculiaridades da deficiência;

b) Exame de audiometria para candidatos com deficiência auditiva, realizado nos últimos 12 (doze) meses e parecer específico com restrições e/ou recomendações;

c) Exame oftalmológico em que conste a acuidade visual para candidatos com deficiência visual, realizado nos últimos 6 (seis) meses e parecer específico.

VII - Para os candidatos autodeclarados negros (pretos e pardos), conforme o Parágrafo Único do Artigo 8º da Resolução Nº 8/2017 - CONSUNI/CPPGEC/UFFS, deverá ser entregue, no ato da matrícula, declaração em que se autodeclara negro/pardo, a ser disponibilizado no site: www.uffs.edu.br > Pós-Graduação - Mestrado em Ambiente e Tecnologias Sustentáveis > Ingresso > Processo Seletivo Regular.

3.3 O candidato que não realizar a matrícula no período indicado perderá direito à vaga.

 

4 DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

4.1 Os candidatos não selecionados terão o prazo de 30 (trinta) dias, após a finalização do Processo Seletivo, para retirar seus documentos, exceto o formulário de inscrição, na Secretaria do Programa de Pós-Graduação em Ambiente e Tecnologias Sustentáveis, sala 1-2-16 do Seminário, Rua Major Antônio Cardoso, nº 590, Centro, Cerro Largo/RS. Os documentos não retirados até o final do prazo serão inutilizados.

4.2 A qualquer tempo, e a critério da Comissão de Seleção, se constatada a apresentação de documentos e/ou assinaturas inidôneas, será considerada cancelada a matrícula do candidato.

4.3 Os casos omissos serão resolvidos pelo Colegiado do Curso e pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UFFS.

Chapecó-SC, 15 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

Documento Histórico

EDITAL Nº 1109/GR/UFFS/2017

CONCEDE LICENÇA PARA CAPACITAÇÃO
O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais e em cumprimento aos preceitos legais contidos no Art. 87 da LEI Nº 8.112/1990 , no Art. 10 do DECRETO Nº 5.707/2006 , na RESOLUÇÃO Nº 5/CONSUNI CA/UFFS/2014 e na RESOLUÇÃO Nº 11/CONSUNI CAPGP/UFFS/2015 , resolve:
 
Art. 1º  CONCEDER Licença para Capacitação ao(à) servidor, ocupante do cargo de Assistente em Administração, a seguir relacionado:
Servidor
SIAPE
Processo
Período da Licença
Dias
Maricler Fatima de Vargas
1770935
23205.005066/2016-61
08/01/2018 a 06/02/2018
30
 
Art. 2º  Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação no Boletim Oficial da UFFS.
 

Chapecó-SC, 11 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

CONCEDE LICENÇA PARA CAPACITAÇÃO
O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais e em cumprimento aos preceitos legais contidos no Art. 87 da LEI Nº 8.112/1990 , no Art. 10 do DECRETO Nº 5.707/2006 , na RESOLUÇÃO Nº 5/CONSUNI CA/UFFS/2014 e na RESOLUÇÃO Nº 11/CONSUNI CAPGP/UFFS/2015 , resolve:
 
Art. 1º  CONCEDER Licença para Capacitação ao(à) servidor, ocupante do cargo de Assistente em Administração, a seguir relacionado:
Servidor
SIAPE
Processo
Período da Licença
Dias
Ana Cláudia Lara Prado
1904334
23205.005095/2016-22
24/01/2018 a 22/02/2018
30
 
Art. 2º  Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação no Boletim Oficial da UFFS.
 

Chapecó-SC, 11 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

ALTERA PORTARIA Nº 362/GR/UFFS/2016
REVOGADA PELAPORTARIA Nº 1062/GR/UFFS/2018
 
O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais, resolve:
Art. 1º ALTERAR o Art. 2º da PORTARIA Nº 362/GR/UFFS/2016 , de 29 de março de 2016, que passa a vigorar com a seguinte redação:
“Art. 2ºDESIGNAR como membros da Comissão, os seguintes servidores:
I - Rosiléa Garcia França, Professora do Magistério Superior, Siape 1838113 (Presidente);
II - Franciele Scaglioni da Cruz, Técnico-Administrativo em Educação, Siape 1697359;
III - Sandra Simone Hopner Pierozan, Professora do Magistério Superior, 2052692;
IV - José Oto Konzen, Professor do Magistério Superior, Siape 1488209”.
Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação no Boletim Oficial da UFFS.
 

Chapecó-SC, 11 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

Altera Portaria Nº 1192/GR/UFFS/2016

O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais, resolve:

 

Art. 1º ALTERAR o Art. 1º da Portaria nº 1192/GR/UFFS/2016, de 16 de dezembro de 2016, que passa a vigorar com a seguinte redação:

“Art. 1º DESIGNAR, os seguintes servidores para atuarem como Agentes Patrimoniais Seccionais dos Campi:

I - Cristian Mucha, Siape 1907081 (Campus Cerro Largo);

II - Roberto Sachet, siape 2124409 (Campus Laranjeiras do Sul);

III - Eleazer Felipe do Prado, Siape 1142393 (Campus Laranjeiras do Sul);

IV - Odair Schmidt, Siape 1793191 (Campus Realeza);

V - Luis Carlos Pais Gularte, Siape 2126760 (Campus Realeza);

VI - Rodrigo Padilha dos Santos, Siape 1955361 (Campus Erechim);

VII - Reginaldo Cristiano Griseli, Siape 1030174 (Campus Erechim);

VIII - Diego de Souza Boeno, Siape 2139439 (Campus Chapecó);

IX - Thais Branco, Siape 2998483 (Campus Chapecó);

X - Sandro de Moura, Siape 1792391 (Campus Chapecó);

XI - Bianca Eloize Moro, Siape 3238860 (Campus Passo Fundo);

XII - Laura Spaniol Martinelli, Siape 2126084 (Campus Passo Fundo)”.

 

Art. 2º Fica Revogada a Portaria nº 1379/GR/UFFS/2017, de 06 de dezembro de 2017, publicada no Boletim Oficial da UFFS.

 

Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação no Boletim Oficial da UFFS.

Chapecó-SC, 11 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

HOMOLOGA PUBLICAÇÃO DO EDITAL DO PROCESSO SELETIVO ESPECIAL PARA ACESSO À EDUCAÇÃO SUPERIOR DA UFFS PARA ESTUDANTES HAITIANOS (PROHAITI)
O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais, e considerando as atribuições dadas pelo Estatuto da UFFS e pelo Regimento Interno do Conselho Universitário e o Processo nº 23205.004259/2017-85, resolve:
 
Art. 1º  APROVAR, ad referendum do Conselho Universitário, o Edital do Processo Seletivo Especial para Acesso à Educação Superior da UFFS para Estudantes Haitianos (PROHAITI).
 
Art. 2º  Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação no Boletim Oficial da UFFS.
 

Chapecó-SC, 11 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

CONCEDE VACÂNCIA
O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS), no uso de suas atribuições legais, tendo em vista o Processo nº 23205.004303/2017-57, resolve:
 
Art. 1º  CONCEDER vacância ao cargo de Assistente em Administração, lotado na Coordenação Administrativa do Campus Passo Fundo, ocupado pelo servidor MARCOS COLUSSI TEIXEIRA, matrícula SIAPE nº 2140597, a partir de 11/12/2017, por posse em outro cargo inacumulável, código de vaga nº 0260029.
 
Art. 2º  Declarar vago o cargo supramencionado.
 
Art. 3º  Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação no Diário Oficial da União.
 

Chapecó-SC, 12 de dezembro de 2017.

Jaime Giolo

Reitor

DESIGNA AS BANCAS EXAMINADORAS DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL Nº 1056GRUFFS2017 RETIFICADA
O REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL (UFFS) , no uso de suas atribuições legais, considerando o EDITAL Nº 1056/GR/UFFS/2017 , resolve:
 
Art. 1º  DESIGNAR as Bancas Examinadoras do Processo Seletivo Simplificado para Provimento de Cargos da Carreira do Magistério Superior, para o Quadro de Professores Substitutos da UFFS, conforme especificações constantes nas tabelas a seguir relacionadas:
I - Área 01: Linguística e Letras
Nome
Função na Banca
Roberto Carlos Ribeiro
Presidente
Andréia Inês Hanel Cerezoli
Titular
Zoraia Aguiar Bittencourt
Titular
Helena de Moraes Fernandes