Campus Chapecó inicia testes com videomonitoramento
Objetivo é garantir mais segurança pessoal e patrimonial

Assessoria de Comunicação do Campus Chapecó

Publicado em: 22 de maio de 2018 12h05min / Atualizado em: 22 de maio de 2018 13h05min

Nos últimos meses, a Assessoria de Gestão, Administração e Serviços (ASSGAS-CH) vem realizando estudos sobre a melhor forma de garantir a segurança pessoal e patrimonial no Campus Chapecó. Considerando que a segurança orgânica tem limitações para agir preventivamente, em relação aos furtos, extravios de bens e também em relação a segurança pessoal, uma das formas que vem sendo estudada é a implantação de um sistema de videomonitoramento.

Neste sentido, a partir dessa terça-feira (22), inicia no Campus Chapecó um teste por meio do uso de câmeras de monitoramento, com o objetivo inicial de realizar uma prova de conceito, para verificar o tipo de câmera a ser adotado futuramente e se ele funcionará de forma adequada.

Para a Diretora do Campus, Lísia Regina Ferreira, é importante informar a comunidade acadêmica, pois a medida busca ampliar a segurança pessoal e patrimonial. “Esta tem sido uma preocupação que recai sobre a gestão pública e é uma tendência em outras universidades federais que já implantaram o sistema a exemplo da UFSM, UFERSA, entre outras”, explicou.

Além disso, para Lísia, outro aspecto importante a ser destacado é o aumento da segurança pessoal de estudantes e servidores e servidoras, que desenvolvem suas atividades no período noturno. “São vários os relatos que chegam até nós, principalmente das mulheres, que demonstram medo de circular no final das atividades noturnas e se dirigirem ao estacionamento ou parada de ônibus. Acreditamos que o sistema de videomonitoramento pode contribuir para coibir violências dentro do Campus, por isso iniciamos os testes”, afirmou.