Estudantes do Ensino Médio terão aulas sobre a prevenção ao câncer
Ações estão sendo estruturadas pelo grupo de estudantes integrantes da Liga Acadêmica Oncológica e orientado por três professores

Publicado em: 14 de janeiro de 2019 12h01min / Atualizado em: 15 de janeiro de 2019 08h01min

O ano já inicia com o planejamento de projetos que beneficiam as pessoas, inclusive para além daquelas que estão inseridas na UFFS – Campus Chapecó. Um deles, “Câncer: que bicho é esse?”, leva  conhecimentos sobre saúde a estudantes, a integração da instituição com a comunidade e impacta no futuro dos adolescentes. Graduandos de cursos da área da saúde que fazem parte da Liga Acadêmica de Oncologia estão preparando aulas, sob a supervisão de três professores - Vander da Conceição, André Moreno e Marcelo Moreno - que serão ministradas no Ensino Médio de escolas do município.

A ideia do Projeto de Extensão é deixar claro aos estudantes que há medidas que beneficiam a saúde dos indivíduos e podem evitar doenças como o câncer. “Sabe-se que a maioria dos cânceres, cerca de 90%, está relacionado com os hábitos de vida”, ressalta o professor André. Ele ainda destaca que o projeto pode resultar em cidadãos mais conscientes sobre sua saúde, o que é bom para eles próprios, para a sociedade e para os governos, que poderão economizar valores expressivos caso haja menos casos da doença.

Os graduandos estão, em duplas, estudando temas específicos que refletem na prevenção de cânceres, como alimentação saudável e importância de fazer  exercícios físicos frequentes. Nos dias 28 e 29 de janeiro, os estudantes apresentarão os estudos aos colegas e aos professores. Depois, o grupo fará uma apresentação conjunta, agregando todos os temas e elaborando a aula expositiva.

Antes de cada apresentação, os jovens do Ensino Médio responderão um questionário sobre a saúde e, após, como forma de avaliar a apreensão dos conhecimentos, eles responderão a outro documento com perguntas. O planejamento é reaplicar o questionário de três a seis meses depois.

Além de levar conhecimentos aos estudantes do Ensino Médio, ganham, também, os graduandos. Um dos objetivos do projeto, inclusive, é “estimular o estudo e a formação de conhecimento sobre oncologia entre os membros da liga”.