Colaboradores e bolsistas de projeto de extensão participam de Formação em Mídias no Campus Erechim

Publicado em: 24 de agosto de 2012 13h08min / Atualizado em: 05 de janeiro de 2017 12h01min

Membros colaboradores e bolsistas do projeto Juventude Rural e as Redes Sociais de Aprendizagem participam, nos dias 25 e 26 de agosto, de curso de Formação em Mídias na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Erechim. Conforme o coordenador geral do projeto, Aníbal Lopes Guedes, o objetivo é instrumentalizar os colaboradores e bolsistas acerca dos processos midiáticos para que possam prospectar videoaulas e outras ferramentas de comunicação, transpondo-as no ambiente virtual de aprendizagem Moodle.

 No curso serão trabalhados temas nas áreas de fotografia, vídeo, rádio e comunicação e expressão. Essas informações serão repassadas pelo grupo, posteriormente, aos jovens rurais abrangidos pelo projeto, para que esses possam aprender a desenvolver produtos na modalidade de educação à distância. Guedes lembra que participarão da atividade colaboradores e bolsistas dos três campi da UFFS integrantes do projeto: Erechim, Realeza e Chapecó. O curso será ministrado pelos comunicólogos Rafael Hoff, professor da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc) e da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), e Helena de Moraes Fernandes, professora da UFFS - Campus Erechim.

Juventude Rural e as Redes Sociais de Aprendizagem

O projeto de extensão tem como intuito promover o processo inclusivo digital de jovens de unidades produtoras familiares da região Sul do Brasil. Conforme consta na proposta, “a agricultura familiar nos estados sulistas caracteriza-se como principal fonte de renda, porém faltam estratégias que possibilitem a permanência dos jovens e, consequentemente, a continuidade destas unidades produtoras. Além disso, o envelhecimento populacional destas comunidades rurais é algo a ser lembrado”.

Assim, o projeto busca desenvolver metodologias para a formação de jovens do campo, nas diferentes linguagens e técnicas da informática e seus mecanismos comunicacionais, por meio de artefatos multimidiáticos que permitam reverter este quadro, melhorando as condições de vida em nível social e reduzindo o êxodo rural.