Geomorfologia foi tema de palestra na UFFS - Campus Erechim

Publicado em: 11 de novembro de 2011 13h11min / Atualizado em: 05 de janeiro de 2017 09h01min

A convite da coordenação do curso de Geografia - Licenciatura, o geógrafo e professor da Universidade Federal Fluminense (UFF), Rogério Uagoda, esteve na Universidade Federal da Fronteira Sul – Campus Erechim para palestrar sobre “Técnicas atuais da Geomorfologia Processual e Histórica: chave para o entendimento e mitigação dos desastres ambientais brasileiros”.

O tema da palestra atraiu acadêmicos dos cursos de Geografia, Engenharia Ambiental e Energias Renováveis, Arquitetura e Urbanismo e Agronomia.

Desastres ambientais brasileiros vinculados aos movimentos de massa como, por exemplo, deslizamentos de terra, alagamentos, desmoronamentos, entre outros, pautaram a fala do doutor em Geografia/Análise e Gestão Ambiental, com ênfase em Geomorfologia e Geocronologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Australian National University. Uagoda baseou sua fala nos estudos de seu pós-doutorado, que vem sendo desenvolvido junto à UFRJ.

Para o Coordenador do Curso de Licenciatura em Geografia da UFFS, Dilermando Cattaneo, a fala do professor Uagoda trouxe o que há de mais relevante e atualizado nas pesquisas sobre Geomorfologia e os desastres ambientais. “Aliou uma dimensão teórica, onde apresentou conceitos e metodologias próprios do seu campo de análise, com diversos exemplos reais e recentes de desastres nas regiões sul e sudeste do Brasil, explicando seus mecanismos de formação e apontando caminhos para a prevenção e atenuar seus efeitos”, afirmou Cattaneo.