Inscrições no mestrado de Ciência e Tecnologia Ambiental encerram na terça-feira em Erechim

Publicado em: 05 de dezembro de 2013 13h12min / Atualizado em: 06 de janeiro de 2017 12h01min

As inscrições de interessados em participar do Processo Seletivo para o Curso de Mestrado do Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia Ambiental (PPGCTA), com ingresso no primeiro semestre de 2014 na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Erechim, ainda podem ser feitas. O prazo segue aberto até a terça-feira (10). Esse é o primeiro curso de pós-graduação Stricto Sensu oferecido no Campus Erechim.

As inscrições devem ser realizadas de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h, na Secretaria Acadêmica do Campus Erechim, pessoalmente ou por meio de procuração autenticada. Será aceito envio de inscrições pelo Correio, via Sedex, desde que a postagem ocorra até o dia 10 de dezembro.

Estão sendo oferecidas 20 vagas em duas linhas de pesquisa: 10 vagas para a linha Sustentabilidade dos Agroecossistemas e 10 vagas para a linha Conservação dos Recursos Naturais.

Recentemente o Campus Erechim aprovou um projeto de fomento junto ao Ministério de Ciência e Tecnologia (MCTI) que prevê o investimento de mais de R$ 2 milhões em equipamentos de laboratório, os quais terão como função, entre outras, dar suporte para as pesquisas a serem desenvolvidas no mestrado.

Informações sobre os documentos necessários para inscrição e endereço para envio de documentação podem ser obtidos nos Editais 506/UFFS/2013 e 516/UFFS/2013, disponíveis no site da Universidade.

Critérios de seleção

O Processo Seletivo constará de duas etapas diferenciadas: a) prova escrita, de caráter eliminatório e classificatório, que tratará de conhecimentos específicos referentes às linhas de pesquisa do PPGCTA com questões elaboradas a partir da bibliografia indicada no Edital 506/UFFS/2013; b) e análise do Curriculum Lattes e Planilha de Curriculum Vitae (conforme modelo anexo ao Edital), de caráter classificatório.

Conforme a coordenadora do programa, professora Helen Treichel, as pesquisas desenvolvidas serão direcionadas para produzir conhecimento que possibilite entender o efeito das atividades humanas nos diversos ambientes e contribua no estabelecimento de métodos, técnicas e estratégias que visem o desenvolvimento sustentável.