Alunos de Ciências Econômicas do Campus Laranjeiras do Sul visitam BM&FBovespa

Publicado em: 12 de dezembro de 2013 08h12min / Atualizado em: 25 de janeiro de 2017 08h01min

Nos dias 5 e 6 de dezembro, alunos da 6ª e 8ª fases do curso de Ciências Econômicas da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Laranjeiras do Sul visitaram instituições financeiras e culturais de São Paulo. O destaque foi para a BM&FBovespa, onde os alunos puderam verificar o processo de compra e venda de ações, derivativos e mercadorias, e confrontar esse processo com a teoria.

A atividade está relacionada às disciplinas Economia e Política Monetária e Administração Financeira, sob responsabilidade dos professores Anderson Luiz de Oliveira e João Arami Martins Pereira. Para o professor Oliveira, é importante contrapor teoria e prática. "Isso os convence de que a teoria aprendida em sala de aula pode ser aplicada na realidade e dessa forma os alunos ficam convencidos de que o aprendizado teórico será muito útil em sua carreira profissional", aponta o professor Anderson Luiz de Oliveira.

Para a aluna da 8ª fase do curso de Ciências Econômicas Valquiria Rocha Leoncio, a viagem a São Paulo foi importante para conhecer uma realidade diferente daquela a que está habituada. "Eu achei a viagem interessante porque é fora da nossa realidade, é uma coisa que a gente não vê aqui em Laranjeiras. E todos tinham interesse em ir até lá para conhecer a Bolsa de Valores, onde ocorrem transações do mundo inteiro", opinou a estudante.

Além da Bolsa, os estudantes conheceram também o Memorial da América Latina, que foi fundado em 1989 com o objetivo de estreitar as relações culturais, políticas, econômicas e sociais do Brasil com os outros países da América Latina. No espaço projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer os acadêmicos puderam conhecer um pouco mais da história dos povos latino-americanos.

Outra visita cultural realizada foi ao Museu de Arte de São Paulo (Masp). Fundado em 1947, o Masp foi idealizado por Assis Chateaubriand, empresário e jornalista, e Pietro Maria Bardi, jornalista e crítico de arte italiano. Seu acervo possui atualmente cerca de 8 mil peças, dentre as quais destacam-se obras de Rafael, Botticceli, Renoir, Monet, Cèzanne, Picasso, Van Gogh, Matisse, entre outros artistas renomados.