Campus Laranjeiras do Sul sedia Seminário sobre Questão Agrária na América Latina

Publicado em: 27 de setembro de 2016 08h09min / Atualizado em: 17 de janeiro de 2017 12h01min

A UFFS – Campus Laranjeiras do Sul sedia, entre os dias 26 e 29 de setembro, o “Seminário sobre Questão Agrária na América Latina”. A atividade é promovida em parceria entre o Programa de Extensão “Apoio e promoção da educação, formação e organização da comunidade regional para o fortalecimento da cidadania – (Edufor-Cantu)” e a Escola Nacional Florestan Fernandes para via Campesina Internacional.

O curso é ministrado pelo economista João Pedro Stédile, em língua espanhola, nos horários das 8h às 12h e das 14h às 17h30. Participam estudantes do Brasil, Chile, Equador, México, Paraguai, da Argentina, Colômbia, República Dominicana, Venezuela, de Cuba, Honduras e Porto Rico.

O seminário é aberto para pessoas da comunidade acadêmica e regional que tenham interesse na temática. A atividade faz parte de um curso promovido pela Escola Nacional Florestan Fernandes, que em sua programação prevê várias etapas e viagens de conhecimento em diferentes regiões e instituições do Brasil.

Palestra

Aproveitando a visita de João Pedro Stédile na região, a UFFS organizou uma palestra na noite de segunda-feira (26). A atividade aconteceu no Cine Teatro Iguassu e abordou a temática “Conjuntura política do Brasil e da América Latina”. Acompanharam o evento estudantes e professores da UFFS e da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro), além de pessoas da comunidade regional.

Stédile iniciou sua apresentação falando sobre a crise econômica, social, política e ambiental que atinge o Brasil e ao longo de sua fala abordou diversos aspectos sobre os assuntos. Stédile pontuou que “na ausência de reformas estruturais que combatessem na raiz a origem dos problemas brasileiros, os problemas sociais se evidenciaram e aumentaram a sua expressão, e esses problemas sociais que nós temos aparecem de várias formas, desde a falta de moradia, ensino, emprego, entre outros, os quais causam um tensionamento permanente”.