Campus Laranjeiras do Sul tem 3 cursos estrelados no Guia do Estudante, da Editora Abril

Publicado em: 23 de setembro de 2016 08h09min / Atualizado em: 17 de janeiro de 2017 12h01min

Os cursos de Agronomia, Engenharia de Aquicultura e Interdisciplinar em Educação no Campo da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Laranjeiras do Sul foram estrelados na avaliação de cursos superiores realizada pelo Guia do Estudante (GE), da Editora Abril. Os cursos constarão na publicação GE Profissões Vestibular 2017, que passa a circular nas bancas a partir do dia 14 de outubro.

Os cursos de Agronomia e Engenharia de Aquicultura receberam 3 estrelas, já o curso Interdisciplinar em Educação no Campo foi avaliado com 4 estrelas. Os cursos estarão relacionados na lista dos melhores cursos do país, na revista que circula nacionalmente e que é destinada ao público estudantil.

Para a diretora do Campus Laranjeiras do Sul, Janete Stoffel, “esse é mais um reconhecimento do trabalho que vem sendo feito ao longo desses 7 anos da UFFS. Nossos cursos são muito bons, não tenho a menor dúvida quanto à qualidade deles, mas, de fato, aos poucos vamos sendo reconhecidos externamente por essa qualidade. A conquista das estrelas no Guia da Editora Abril é mais uma confirmação disso, esse resultado reforça nossa certeza e certamente a cada tempo que for passando teremos mais e mais comemorações a fazer, porque nossa comunidade universitária tem buscado sempre fazer o seu melhor”.

A diretora comenta ainda que “os cursos possuem projetos pedagógicos que foram construídos pensando na necessidade que a região apresenta, e os professores e coordenadores de cursos são muito comprometidos com essas propostas. Os estudantes e egressos já têm comprovado também a qualidade do ensino, pois boa parte desses ex-alunos já estão inseridos no mercado de trabalho e em cursos de Pós-Graduação em Instituições renomadas do Brasil e também na própria UFFS”.

Avaliação do GE

A avaliação do Guia do Estudante é uma pesquisa de opinião feita, basicamente, com professores e coordenadores de curso, denominados pareceristas. Considerando os aspectos: projeto pedagógico, corpo docente e infraestrutura, os pareceristas emitem conceitos que permitem classificar os cursos em bons (três estrelas), muito bons (quatro estrelas) e excelentes (cinco estrelas).

Os pareceristas avaliam, desde o projeto didático-pedagógico, produção científica, atividades de extensão, internacionalização, relação com o mercado de trabalho, infraestrutura, até a oferta de pós-graduação, entre outros aspectos.

A avaliação do GE é realizada anualmente e efetivada em 5 etapas, que ocorrem ao longo de nove meses, sendo elas:

- Atualização dos dados das instituições;
- Definição dos cursos que serão avaliados (nem todos os cursos participam da avaliação. Para participar é necessário atender alguns pré-requisitos, dentre eles o ano de conclusão da primeira turma deve ser anterior ou igual a 2013);
- Preenchimento do formulário de avaliação pelos coordenadores;
- Pesquisa de opinião com os pareceristas, que atribuem as notas (cada curso é conceituado por, no mínimo, sete pareceristas).
- Atribuição dos conceitos: as estrelas que os cursos recebem são resultados da média das notas dos pareceristas, descartadas a maior e a menor nota recebida, a fim de evitar distorções.