Inclusão no Ensino Superior é tema de palestra que acontece sexta-feira (21) em Laranjeiras do Sul

Publicado em: 18 de novembro de 2014 08h11min / Atualizado em: 03 de janeiro de 2017 15h01min

Na próxima sexta-feira (21) acontece na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Laranjeiras do Sul a palestra “Inclusão no Ensino Superior: concepções e perspectivas”. O evento é organizado pelo Setor de Acessibilidade do Campus e será no auditório do Bloco A, a partir das 14h. A participação é aberta para toda comunidade regional.

A palestra estará a cargo da professora doutora Lúcia Terezinha Zanato Tureck, da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) e do psicólogo mestre Dorisvaldo Rodrigues da Silva, do Centro de Reabilitação Física da Unioeste, ambos do Campus Cascavel (PR).

Conforme a docente do Campus, Ana Paula Fonseca, “a atividade faz parte das ações institucionais do Setor de Acessibilidade, e tem entre seus objetivos promover discussões que problematizem os desafios encontrados, visando favorecer processos de inclusão no ensino superior. O evento também procura buscar ações locais para atender as necessidades específicas das pessoas com deficiências, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação, e ainda informar a comunidade acadêmica a respeito da legislação que justifica a necessidade do Setor dentro das instituições educacionais”.


Inscrições

As inscrições para a palestra poderão ser efetuadas no horário e local do evento. Os participantes receberão certificado. Docentes, técnicos-administrativos, estudantes e a comunidade regional estão convidados para participar.


Núcleo de Acessibilidade da UFFS

O Núcleo de Acessibilidade da UFFS tem por finalidade atender, conforme expresso em legislação vigente, aos discentes, docentes e técnicos-administrativos em educação com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação quanto ao acesso e à permanência na UFFS. Além disso, objetiva promover ações que visem eliminar barreiras físicas, de comunicação e de informação que restringem a participação e o desenvolvimento acadêmico e profissional.