Laranjeiras do Sul: projeto de extensão utiliza arte e cultura para potencializar ações educativas

Publicado em: 24 de novembro de 2014 08h11min / Atualizado em: 19 de janeiro de 2017 08h01min

O projeto de extensão “Complexo de Estudo: dos referenciais da Pedagogia Socialista às Práticas Educativas que exploram caminhos na construção da escola do campo, através da arte e da cultura”, desenvolvido na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Laranjeiras do Sul, promoveu, durante o ano de 2014, oficinas de arte e cultura visando potencializar ações educativas desenvolvidas no Colégio Estadual do Campo Iraci Salete Strozak, no município de Rio Bonito do Iguaçu (PR). As ações desenvolvidas pelo projeto buscaram construir vínculos com princípios referenciados na pedagogia socialista, inspirada no educador russo Moisey Pistrak (1888 – 1940).

Conforme a professora da UFFS, Patrícia Guerrero, “o projeto desenvolveu oficinas de sementes, palhaço, percepção corporal, jogos teatrais, circo, artesanato, judô, mística, comunicação popular e lambe-lambe. As oficinas fazem parte da proposta pedagógica da Escola, buscando abordar a educação para além da sala de aula, trabalhando e desenvolvendo outras dimensões dos educandos, como a expressão corporal, imaginação, criatividade e a habilidade de se apresentar perante o coletivo”.

Na visão de Guerrero, “atividades dinâmicas como essas contribuem de forma significativa para a aprendizagem e desenvolvimento dos educandos, estabelecendo desta maneira uma relação de amizade, disciplina, humildade e respeito”.