MEC avalia o curso de Engenharia de Alimentos de Laranjeiras do Sul com conceito 4

Publicado em: 29 de abril de 2014 08h04min / Atualizado em: 03 de janeiro de 2017 13h01min

O Ministério da Educação (MEC) divulgou hoje (29) o conceito final atribuído ao curso de Engenharia de Alimentos da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Laranjeiras do Sul em seu processo de reconhecimento: numa escala de um a cinco, o curso obteve conceito quatro.

A avaliação é baseada em mais de sessenta itens agrupados em três aspectos: infraestrutura, corpo docente e tutorial e organização didático-pedagógica. O conceito final é a média das notas atribuídas a cada uma dessas dimensões.

O destaque na avaliação do curso de Engenharia de Alimentos foi a dimensão corpo docente e tutorial, a qual atingiu conceito 4,5. Sobre o Núcleo Docente Estruturante (NDE) do curso, os avaliadores do MEC destacaram em seu relatório que “considerou-se a atuação do mesmo excelente, em uma análise sistêmica e global quanto aos aspectos de: concepção, acompanhamento, consolidação e avaliação do Projeto Pedagógico do Curso (PPC)”.

Para a professora Cátia Tavares dos Passos, coordenadora do curso de Engenharia de Alimentos, "o conceito 4 na avaliação do MEC refletiu o esforço de uma equipe qualificada e muito dedicada, que trabalhou para a consolidação do curso de Engenharia de Alimentos e que está constantemente atenta às necessidades apresentadas". A docente informa que a avaliação ocorreu de forma tranquila e sugere desdobramentos. "A avaliação do curso ocorreu no momento certo, pois poderemos utilizar as contribuições do relatório para melhorar ainda mais o curso", aponta a coordenadora.

A nota 4 garante o reconhecimento do curso, que é condição necessária para a validade nacional do diploma de engenheiro de alimentos dos alunos concluintes.

Perfil do curso

O curso de Engenharia de Alimentos forma profissionais para atuar no setor agroindustrial, com capacidade de acompanhar, controlar, melhorar e inovar processos que envolvam a produção de alimentos, equipamentos e insumos, atuando também na pesquisa e na extensão.