Realeza: professores e acadêmicos participam de Evento de Socialização de Projetos de Pesquisa

Publicado em: 17 de junho de 2016 09h06min / Atualizado em: 11 de janeiro de 2017 10h01min

Será finalizado, na tarde desta sexta-feira (17), o 1º Evento de Socialização de Projetos de Pesquisa da Universidade da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Realeza. O objetivo foi promover a interação entre pesquisadores, além da divulgação dos projetos de pesquisa, abordando objetivos, desenvolvimento e resultados atingidos. O evento foi uma proposta do Comitê Assessor de Pesquisa do Campus Realeza.

As apresentações dos projetos iniciaram na quinta-feira (16) no Auditório do Bloco dos Professores. Ao todo, serão apresentados 39 projetos, sendo 24 pelo Edital 281/UFFS/2015 (Bolsas de Iniciação Científica 2015/2016 – PIBIC/CNPq, PIBIC-Af/CNPq e PRO-ICT/UFFS), outros 12 pelo Edital 437/UFFS/2015 (Bolsas de Iniciação Científica – PIBIC E PIBIT/Fundação Araucária) e três pelo Edital 294/UFFS/2015 (Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação 2015/2016 – PIBITI/CNPq e PRO-ICT/UFFS).

O evento foi elogiado pela comunidade acadêmica, que pôde conferir as diferentes pesquisas realizadas no Campus. "É um evento que promove a interdisciplinaridade, pois muitas vezes não temos contato com as pesquisas dos outros cursos, apenas da nossa área", comentou a acadêmica de Ciências Biológicas, Angélica da Silva. Também na opinião da acadêmica Diana Paula Perin, do mesmo curso, o evento foi interessante. "Não estava ciente da quantidade de projetos. Foi um momento para obter mais conhecimento", enfatizou.

Segundo a coordenadora adjunta do Comitê, professora Dalila Moter Benvegnú, os objetivos do evento foram alcançados. "Nas apresentações professores e acadêmicos sugeriram novas formas de trabalho para os projetos, perguntaram sobre recursos para o desenvolvimento da pesquisa e a possibilidade de fazer parcerias com outras instituições de ensino superior. O evento foi positivo e já estamos pensando em como será no próximo ano", salientou.