Centro de Referência em Direitos Humanos se manifesta sobre possível violação de direitos ocorrida em Chapecó

Publicado em: 05 de outubro de 2015 11h10min / Atualizado em: 05 de janeiro de 2017 10h01min

Em decorrência dos fatos ocorridos na madrugada de sábado (03), em Chapecó, envolvendo estudantes e professores da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), o Centro de Centro de Referência em Direitos Humanos – Marcelino Chiarello emitiu uma nota preliminar em repúdio ao abuso, à violência e às agressões que relataram os envolvidos.

De acordo com o coordenador do Centro, Antônio Valmor de Campos, o CRDH tem preocupação com a proteção da dignidade das pessoas. "Estamos instalados em Chapecó para atender a todos que se sentirem violados. Sempre procuramos imparcialidade sobre qualquer questão de ordem penal, jurídica e de qualquer outra natureza. Neste sábado recebemos esse pedido de ajuda dos estudantes e professores, visivelmente abalados, e estamos realizando os encaminhamentos necessários, inclusive acompanhamento psicológico”.

Segundo Campos, o CRDH está em processo de apuração e aprofundamento dos fatos e em breve deve expedir uma nota técnica que será remetida à Polícia Militar, Ministério Público, UFFS e demais instituições.

Confira a íntegra da Nota Preliminar do CRDH.