Evento do CRDH/UFFS promove reflexão sobre a condição da mulher no Brasil

Publicado em: 31 de março de 2015 09h03min / Atualizado em: 10 de janeiro de 2017 15h01min

O Centro de Referência em Direitos Humanos/UFFS realizou nos dias 30 e 31 de março programação especial com intenção de promover um espaço para reflexão e debate sobre as condições da mulher no Brasil. O evento teve a participação de centenas de inscritos, os quais acompanharam as atividades pessoalmente no campus Chapecó e por meio de videoconferência nos demais campi da UFFS. Na programação, relato das ações do CRDH até o momento e contextualização da situação da mulher brasileira em relação aos direitos humanos.

Durante a abertura, o vice-reitor da UFFS, Antônio Andrioli, mencionou que o CRDH já foi além do proposto inicialmente, “com a formação de uma equipe multidisciplinar e o atendimento das demandas apresentadas pelos campi e pelas comunidades regionais”. Em seguida, a docente Izabella Barison Matos enumerou as ações realizadas pelo órgão durante o ano de 2014 e Antônio Valmor de Campos, atual coordenador, fez um apanhado das demandas que estão sendo atendidas pelo CRDH no momento.

Campos também fez apresentação do contexto social da mulher brasileira nos últimos anos referente a aspectos da Lei Maria da Penha. Um dos dados apresentados foi de que cerca de 92 mil mulheres foram assassinadas no mundo nos últimos trinta anos, sendo o Brasil o sétimo país em casos registrados de violência contra a mulher. Fatores culturais, sociais, econômicos, entre outros, foram apontados como preponderantes para o agravamento da situação.

Outro fato marcante durante a abertura do evento foi a homenagem prestada ao vereador de Chapecó Marcelino Chiarello, encontrado morto em sua residência no ano de 2011. A partir de agora o CRDH da UFFS passa a denominar-se Centro de Referências em Direitos Humanos Marcelino Chiarello.

Docente da UFFS lança livro

Ainda como parte da programação, na manhã de terça-feira (31) aconteceu o lançamento do livro “Dos braços do povo à espada dos militares: os anos de chumbo em Chapecó”, de autoria do docente Claiton Marcio da Silva, integrante da Comissão da Verdade da UFFS. A publicação aborda, entre outros assuntos, as cassações do prefeito municipal Sadi José de Marco e do deputado estadual Genir Destri. Conforme Claiton, o livro é resultado de 18 anos de trabalho envolvendo pesquisa documental, entrevistas com os personagens e outras fontes.

Interessados em adquirir a publicação podem entrar em contato com o autor ou podem adquiri-lo na Livraria Marcelino Chiarello, localizada na Galeria FM (calçadão de Chapecó). A livraria realiza lançamento no dia 29 de abril. No dia 9 de abril o livro será lançado no Campus Chapecó, em evento que debaterá os 51 anos do golpe militar que instaurou a ditadura Militar no Brasil.