Paulo Speller, secretário da OEI, visita a UFFS

Publicado em: 14 de julho de 2015 09h07min / Atualizado em: 10 de janeiro de 2017 17h01min

O secretário-geral da Organização dos Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), Paulo Speller, visitou a UFFS na manhã desta terça-feira (14).

O objetivo, segundo Speller, foi conhecer a experiência da UFFS no desenvolvimento de ações de integração com a fronteira. “Trabalhamos em franco processo de integração entre os países ibero-americanos e a integração se efetiva também pela língua. Na OEI temos usado o conceito de intercompreensão, em que os falantes, durante a interação, empregam sua própria língua e se fazem compreender. Para isso, é claro que precisam um certo domínio do idioma do outro. Por exemplo, onde a UFFS está instalada, que é uma região de fronteira, há falantes de castelhano e espanhol muito próximos e as pessoas precisam se intercompreender. É nesse contexto que pretendemos desenvolver projetos que integrem essas regiões e por isso queremos conhecer as estratégias já traçadas e estudar alguma possível colaboração da OEI”, afirma.

A UFFS já desenvolve alguns projetos nesse sentido: a Instituição integra o Programa de Escolas Interculturais de Fronteira (PEIF), através dos campi Cerro Largo (RS) e Realeza (PR) e iniciou, recentemente, o projeto NósOutros, desenvolvido em parceria com universidades Argentinas. De acordo com o reitor da UFFS, Jaime Giolo, a UFFS está engajada na promoção dessas ações. “Estamos produzindo integração, tanto cultural quanto de ensino e esse compromisso está claro no próprio nome da Instituição. Com certeza uma ação robusta, com a OEI e o MEC fortalecerá e abrirá novas possibilidades”.

Também participaram da reunião o vice-reitor, Antônio Andrioli, o pró-reitor de Graduação, João Alfredo Braida, o assessor para Assuntos Internacionais, Maurício Bozatski, e os professores Julio Trevas (Campus Realeza) e Bedati Finoket (Campus Cerro Largo).

A OEI

A Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) é um organismo internacional de caráter governamental para a cooperação entre os países ibero-americanos no campo da educação, da ciência, da tecnologia e da cultura no contexto do desenvolvimento integral, da democracia e da integração regional.Os Estados-Membros de pleno direito e observadores são todos os países ibero-americanos que conformam a comunidade de nações integrada por Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Chile, República Dominicana, Equador, El Salvador, Espanha, Guatemala, Guiné Equatorial, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, Uruguai e Venezuela.A sede central da sua Secretaria-Geral está em Madri, Espanha, e conta com Escritórios Regionais na Argentina, na Bolivia, no Brasil, no Chile, na Colômbia, Costa Rica, na República Dominicana, no Equador, em El Salvador, na Guatemala, em Honduras, no México, na Nicarágua, no Panamá, no Paraguai, no Peru e no Uruguai.