Projeto Nósotros inicia com proposta de incrementar ações práticas

Publicado em: 13 de abril de 2015 09h04min / Atualizado em: 10 de janeiro de 2017 16h01min

Teve início nesta segunda-feira no Campus Chapecó a programação do Projeto Nósotros, o qual reúne até quarta-feira (13) representantes da UFFS e das instituições de ensino superior argentinas Universidad Nacional de Misiones, Universidad Católica de las Misiones, Universidad Gáston Dachary e Instituto Universitario de Ciencias de la Salud – Fundación H. A. Barceló.

 Durante três dias serão discutidos, em uma série de reuniões de trabalho, vários assuntos de interesse das comunidades situadas na região da fronteira, entre eles as ações do Programa Escolas Interculturais de Fronteira (PEIF) e do Programa Idioma sem Fronteiras (ISF), a implantação de cursos de extensão envolvendo medicina familiar e a constituição de um curso de graduação Letras Português/Espanhol e de um mestrado em Agroecologia/Agropecuária.

A programação tem prosseguimento na manhã desta terça-feira (14) com a palestra de Denise Martins Abreu e Lima, coordenadora nacional do Programa Idioma sem Fronteiras (ISF/MEC), que abordará assuntos como internacionalização e o Programa Ciência sem Fronteiras. A palestra acontece no auditório do Bloco A do Campus Chapecó e será transmitida por videoconferência para os demais campi da UFFS. O encerramento do evento, com apresentação das propostas das mesas de trabalho, na manhã de quarta-feira (15), também poderá ser acompanhado pelo público.

Para Miguel Angel López, coordenador de Relações Internacionais e Integração Regional da Universidad Nacional de Misiones, as universidades argentinas estão dispostas a realizar a integração de fato, a propor temas que tenham consequência na vida das pessoas destas regiões. “Temos expectativa de construir muitas coisas em conjunto”. Da mesma ideia comunga o reitor da UFFS, Jaime Giolo, para quem é hora de fazer algo bem mais concreto, de forma simples e descomplicada, para que possa ser de fato executado. “Podemos dar os primeiros passos nesta direção, trabalhando nestes três dias de forma bem prática”.