UFFS conclui elaboração do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos
Documento prevê ações a serem desenvolvidas nos campi

Publicado em: 12 de abril de 2018 15h04min / Atualizado em: 13 de abril de 2018 15h04min

A UFFS já dispõe de seu Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) a ser implementado nos campi Chapecó, Erechim, Cerro Largo, Laranjeiras do Sul e Realeza. O PGRS atende exigências legais, em especial a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei Federal Nº 12.305/2010), e tem como principal propósito promover as ações para o correto gerenciamento dos resíduos gerados no âmbito da UFFS.

Para elaboração do documento foi constituída, em agosto de 2017, uma comissão específica com esta finalidade, formada por servidores docentes e técnico-administrativos. A construção do PGRS da UFFS pode ser compreendida em duas grandes etapas: o diagnóstico, com identificação das estruturas físicas, agentes envolvidos, análise do manejo e classificação e quantificação dos resíduos; e a etapa do prognóstico, quando foram elaborados os planos de ações em cada um dos campi para corrigir eventuais inadequações e também propor novas ações.

Depois das etapas de diagnóstico e definição das ações, inicia a etapa de monitoramento e avaliação do trabalho para atendimento dos objetivos e das metas propostos. O Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos da UFFS deve ser revisto depois de quatro anos de sua implantação. De acordo com Rudinei Justi, presidente da Comissão para Elaboração do PGRS, “a UFFS gera uma série de resíduos que devem ser gerenciados de forma adequada. É uma questão de saúde pública, por isso pretendemos implementar campanhas de conscientização e orientação para a comunidade acadêmica e funcionários terceirizados com enfoque na educação ambiental”.

Acesse os planos de gerenciamento de resíduos sólidos dos campi da UFFS