UFFS divulga segunda chamada do processo seletivo para povos indígenas

Diretoria de Comunicação

Publicado em: 05 de fevereiro de 2016 00h02min / Atualizado em: 05 de fevereiro de 2016 00h02min

A UFFS divulgou as listas dos candidatos convocados em segunda chamada do processo seletivo especial para o Programa de Acesso e Permanência dos Povos Indígenas (PIN). Os convocados são para vagas em cursos de graduação nos campi Cerro Largo, Chapecó, Erechim e Realeza, com ingresso no primeiro semestre letivo e no segundo, quando for o caso.

 A matrícula deve ser efetivada pessoalmente ou por meio de procuração, nas secretarias acadêmicas dos referidos campi, nos dias 15 e 16 de fevereiro, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h30.

Segue abaixo os endereços para a realização das matrículas.

Campus Cerro Largo

Rua Jacob Haupenthal, nº 1580, Bloco A (próximo ao Parque Municipal de Exposições).

 

Campus Chapecó

Rodovia SC 459, km 2, s/n (saída para Guatambú/SC), Chapecó - SC.

Campus Erechim

Rodovia ERS - 135, km 72, nº 200, Bloco A

 

Campus Realeza

Avenida Edmundo Gaievski, nº 1000, acesso pela Rodovia PR 182, km 466.

Confira a lista dos convocados na segunda chamada, bem como a documentação necessária para efetivação da matrícula, no Edital Nº 054/UFFS/2016.

 

Auxílios financeiros

Depois de realizar a matrícula, o estudante poderá solicitar duas modalidades de auxílios financeiros: Programa de Bolsa Permanência, disponibilizado pelo Mec, e o Cadastro Socieconômico da UFFS.

O Programa de Bolsa Permanência pode ser acessado no endereço http://bolsas.mec.gov.br, e os seguintes documentos devem ser apresentados no Setor de Assuntos Estudantis do Campus:

a) Autodeclaração do candidato;

b) Declaração de sua respectiva comunidade sobre sua condição de pertencimento étnico, assinada por, pelo menos, 03 (três) lideranças reconhecidas;

c) Declaração da Fundação Nacional do Índio (Funai), assinada e carimbada por servidor técnico da Funai, de que o estudante reside em terras indígenas ou comprovante de residência em comunidade indígena.

Após a matrícula, o estudante que se encontra em situação de vulnerabilidade social poderá inscrever-se no Cadastro Socieconômico da UFFS, junto ao Setor de Assuntos Estudantis do Campus. Para a realização do cadastro é necessário apresentar o comprovante da matrícula e os documentos constantes nos anexos 1 e 2 da Resolução Nº 001/2011/CONSUNI/CE, a qual pode ser localizada no site da UFFS, aba Pró-Reitorias > Assuntos Estudantis > Análise Socieconômica.