Entre músicas e poesia, conhecimento e cultura, Biblioteca terá segundo Sarau
Belchior estará nas canções e nas declamações e leituras

Assessoria de Comunicação do Campus Chapecó

Publicado em: 30 de outubro de 2017 17h10min / Atualizado em: 30 de outubro de 2017 17h10min

Quem estiver na UFFS – Campus Chapecó na noite de quarta-feira (1º) poderá desfrutar de momentos de cultura e conhecimento. O Sarau na Biblioteca – Especial, promovido pela Biblioteca em parceria com a nona fase do curso de Letras, inicia às 20h30. Unindo poesia e música, o personagem tema do sarau será Belchior.

Conforme o professor do componente curricular Literatura Brasileira III, Luciano Melo de Paula, o despertar para a atividade veio com a disponibilidade e vontade do técnico da Biblioteca, Jeferson Rodrigues de Lima, em realizar o Sarau. Esse lembrete de que a Biblioteca está “de portas abertas” veio a calhar com o que vinha sendo estudado no componente: a Poesia Jovem dos Anos 1970 ou Poesia Marginal.

Dentre os diversos artistas que têm tanto obras poéticas quanto musicais – como Cacaso, Waly Salomão, Torquato Neto –, os estudantes escolheram Belchior para fazer uma apresentação prática. “A poesia, no Brasil, está muito vinculada à MPB, principalmente a poesia modernista, pós 1950. Toda a Bossa Nova, suas letras, se comunicam diretamente com os modernistas de 1922”, explica o professor.

A partir dos estudos em sala de aula, Jeferson e os estudantes passaram a planejar e conceber a ação em aulas “ensaios”. Foram três encontros até a proposta estar fechada.

Serão 50 minutos de Sarau. Com voz e violão, Jeferson interpretará músicas compostas por Belchior. Textos do artista, além de outros, produzidos pelos estudantes, serão lidos, intercalando informação e canções.

Jeferson lembra que a Biblioteca é um espaço de interação. Assim, todos estão convidados a participar desse momento que, apesar de estar intimamente ligado a um componente curricular, também será um momento cultural para o Campus Chapecó.