Violência de Gênero no Campus Chapecó é tema de rodas de conversa
Servidoras e estudantes do Campus estão convidadas a participar

Publicado em: 01 de novembro de 2017 12h11min / Atualizado em: 01 de novembro de 2017 14h11min

Debater e mapear as formas de violência de gênero que acontecem dentro da Universidade é o objetivo de duas rodas de conversa que serão realizadas pelo grupo de trabalho (GT) “Sua voz é nossa voz”, nos dias 08 e 09 de novembro, no Campus Chapecó.
A roda de conversa do dia 08 ocorre às 15h30, no auditório do bloco da Biblioteca, e será realizada com as técnicas-administrativas e professoras do Campus. O objetivo é conversar com essas duas categorias de servidoras para saber que tipos de violência de gênero acontecem com elas.
Já no dia 09, às 19h, também no auditório da Biblioteca, será realizada a segunda roda de conversa com as estudantes do Campus. A conversa também tem como objetivo ouvir das estudantes os casos de violência de gênero que presenciaram ou que já foram vítimas dentro da Universidade.
Para a coordenadora do GT, Flávia Durgante, as rodas foram pensadas como uma forma de começar a quebrar o silêncio sobre essas violências que todos e todas sabem que ocorrem, mas são veladas. “Dificilmente as mulheres falam sobre isso, seja por medo, por vergonha, por intimidação do agressor. Queremos proporcionar um espaço de fala e de escuta segura para que a gente comece a falar sobre o assunto e pensar estratégias de enfrentamento a essas violências”, afirmou.