Atividade com Reitoria, Direção e DCE encerra semana de recepção aos calouros no Campus Erechim

Publicado em: 21 de março de 2014 13h03min / Atualizado em: 09 de janeiro de 2017 08h01min

Com um momento de repasse de informações aos novos estudantes e de integração cultural, encerra-se nesta sexta-feira a semana de recepção aos calouros do primeiro semestre letivo de 2014 no Campus Erechim. Um encontro, que contou com a presença do Pró-reitor de Graduação da UFFS, João Alfredo Braida, do diretor do Campus Erechim, Ilton Benoni da Silva, do coordenador Acadêmico, Luis Fernando Santos Corrêa da Silva, do coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo, Leandro Fernandes, e do representante do Diretório Central de Estudantes (DCE), Darlan Soares, foi realizado no período matutino. À noite o evento se repetirá, a partir das 19h30, no auditório do Campus, com os calouros dos cursos noturnos.

O objetivo da atividade foi apresentar a instituição aos novos estudantes, repassar informações importantes para o cotidiano acadêmico e recebê-los oficialmente. O representante do DCE ressaltou a importância da participação dos alunos nas atividades do movimento estudantil, tradicionalmente atuante, especialmente, nas Universidades públicas. Darlan informou os mecanismos de contato com o DCE e as principais atividades programadas para o primeiro semestre de 2014. Ficou a cargo do coordenador acadêmico do Campus, Luis Fernando da Silva, apresentar as estruturas com as quais os estudantes terão maior contato direto, como o Setor de Assuntos Estudantis (SAE), a Biblioteca e os Laboratórios.

Universidade Popular

O Pró-reitor de Graduação, João Alfredo Braida, destacou a política institucional da UFFS no que tange aos cursos de graduação e a importância do protagonismo dos estudantes no processo de construção de conhecimento e da própria instituição. "Vocês estão ingressando no curso essa semana, isso representa uma mudança no processo educacional que vocês vinham vivenciando até agora. A educação superior é onde vocês passam a ser estudantes, mais do que em outro lugar. Estudante significa ser alguém que estuda, e que não estuda porque é demandado por alguém, mas estuda porque quer aprender, porque quer formar-se, é um processo a partir de vocês, que são os grandes protagonistas do processo de aprendizagem", falou aos calouros.

Já o diretor do Campus Erechim, Ilton Benoni da Silva, além de apresentar a estrutura do Campus provisório e do definitivo (ainda em implantação), abordou o tema da construção de uma Universidade Popular, característica buscada pela UFFS. Citando o reitor Jaime Giolo, ele tratou do conceito de Universidade Popular e ressaltou que, atualmente, mais do que em discursos, a Universidade busca em ações maneiras de construir-se como instituição pública com vetor popular. Isso inclui as políticas de acesso a diferentes públicos, como os estudantes de escolas públicas, indígenas, imigrantes, entre outros. Já sobre o prisma teórico, de maneira bastante sintética - com a ponderação de que ainda há muito a construir-se nesse sentido - Benoni disse  que, talvez, a concepção mais adequada passe pela ideia de que uma Universidade Popular "é a que busca universalizar o direito à formação. É nessa instituição pública, com vetor popular, que os novos estudantes estão ingressando".

A atividade encerrou com apresentação artística realizada por estudantes da UFFS com organização da Articulação de Cultura.