Estudantes de Ciências Sociais participam de atividades culturais em aldeia indígena

Publicado em: 13 de maio de 2013 13h05min / Atualizado em: 06 de janeiro de 2017 09h01min

Cerca de 25 estudantes das turmas de Antropologia da Performance e Antropologia no Brasil, do curso de Ciências Sociais da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) –Campus Erechim participaram, no sábado (4), de uma saída de campo na aldeia Kondá, do povo Kaingang, em Chapecó. O professor de Antropologia da Performance, doCampus Erechim, Paulo Muller, acompanhou o grupo.

Também participaram da saída de campo os estudantes do curso de Ciências Sociais de Chapecó, sob a coordenação da professora Adiles Savoldi.

A atividade que os estudantes acompanharam integra a Semana Cultural, organizada pela escola da aldeia, que leva o nome de Sapé Ty Kó. Foram apresentadas duas danças coletivas, uma de crianças e uma de jovens, após as quais os participantes foram batizados segundo a tradição kaingang. Conforme o professor Paulo Muller, os visitantes que se dispuseram também foram batizados.

Ele explica que o objetivo da saída de campo foi proporcionar aos estudantes a participação de um evento específico da comunidade indígena, que tem ligação com os conteúdos que eles estudam em sala de aula, especialmente dentro da disciplina de Antropologia da Performance.