PET – Conexões de Saberes seleciona bolsistas no Campus Erechim

Publicado em: 02 de maio de 2013 13h05min / Atualizado em: 06 de janeiro de 2017 09h01min

Está aberto, até o dia dez de maio, o período de inscrições aos estudantes interessados em participar da seleção de bolsistas para o Programa de Educação Tutorial (PET) – Conexões de Saberes, da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) - Campus Erechim. São cinco vagas disponíveis para seleção: quatro para bolsistas com auxílio financeiro, no valor de R$ 400,00 mensais; e uma para bolsista voluntário. As fichas de inscrição devem ser retiradas junto ao Setor de Assuntos Estudantis (SAE), que funciona nos seguintes horários: das 7h45min às 11h45min, das 13h às 17h15min e das 18h às 22h.

 A seleção levará em conta o desempenho acadêmico do candidato; a entrevista com a Comissão de Seleção de Bolsistas PET – Conexões de Saberes; avaliação de carta de intenções; participação em Projetos de Pesquisa, Iniciação Científica, Extensão ou Eventos da UFFS; além da entrega da documentação exigida no edital que rege o processo de seleção (Edital 124/UFFS/2013, disponível em www.uffs.edu.br> Boletim Oficial> Editais).

O estudante que se candidatar deve estar regulamente matriculado em um dos cursos de licenciatura do CampusErechim (Ciências Sociais, Filosofia, Geografia, História ou Pedagogia); ter disponibilidade para dedicar 20 horas semanais às atividades do programa; comprovar renda familiar per capita não superior a dois salários mínimos; residir em áreas remanescentes de quilombos, áreas indígenas, áreas de assentamentos e ribeirinhas, favelas, bairros periféricos ou territórios assemelhados; ser proveniente, preferencialmente, de escola pública; entre outros critérios que devem ser observados no edital.

O PET/Conexões de Saberes do Campus Erechim é um grupo que desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão, voltado a estudantes oriundos de comunidades populares. Segundo o edital, entre seus objetivos está possibilitar aos jovens de baixa renda e origem popular que estudam na Universidade o desenvolvimento de suas capacidades de produção do conhecimento, em consonância com seus saberes próprios, formando-os para intervir como atores das políticas públicas na UFFS – Campus Erechim e nos seus territórios de origem, contribuindo para a reflexão sobre o ingresso e permanência qualificada de setores populares no Ensino Superior.