Professores da UFFS-Campus Erechim lançam periódico científico na área de Humanidades

Publicado em: 19 de maio de 2014 13h05min / Atualizado em: 10 de janeiro de 2017 09h01min

Gavagai. Esse é o nome da revista científica lançada por um grupo de professores da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Erechim. O conceito, emprestado do filósofo Quine, discute os limites da linguagem em sua tentativa de explicar o mundo. A ideia, escolhida para nomear o periódico, remete ao caráter complexo das relações estudadas no bojo das Ciências Humanas, que são o foco da revista recém-criada.

 Com periodicidade semestral, a Gavagai – Revista Interdisciplinar de Humanidades foi idealizada pelo Grupo de Trabalho (GT) do Mestrado em Ciências Humanas da UFFS – Campus Erechim. A revista não é institucional, mas uma iniciativa independente dos docentes.

No texto que apresenta o periódico, o editor-chefe, Atílio Butturi Junior, explica que o objetivo central da iniciativa “é a divulgação de trabalhos inéditos, de caráter teórico ou aplicado, dos diversos campos que se ocupam, interdisciplinarmente e das mais variadas perspectivas teóricas, das ciências humanas e de suas diferentes abordagens”.

Para dar vida ao projeto, além de Butturi, outros seis professores da UFFS – Campus Erechim integram a equipe responsável pela Gavagai, como editores-executivos: Ani Carla Marchesan, Cassio Cunha Soares, Fábio Francisco Feltrin de Souza, Jerzy André Brzozowski, Roberto Carlos Ribeiro e Roberto Rafael Dias da Silva. Já o Conselho Editorial conta com uma série de pesquisadores, de diferentes instituições de ensino superior do país, além de estudiosos da Itália e do México.

Atualmente a revista está com prazo aberto para submissão de artigos para a sua segunda edição, prevista para ser editada em dezembro. O periódico é digital e está disponível em www.gavagai.com.br. No mesmo endereço eletrônico é possível encontrar as normas para publicação e as datas das chamadas abertas.

Design

Além de um conteúdo denso, a Gavagai nasceu com a proposta de uma identidade visual diferenciada. O resultado foi que, mesmo antes de sair do forno, a revista classificou-se como uma das finalistas do prêmio Idea Brasil na categoria Comunicação e Design. O concurso é um dos mais conhecidos do segmento. Assina o projeto gráfico o designer Pedro Paulo Venzon Filho. Já as imagens utilizadas foram cedidas pelo artista italiano Vittorio Ciccarelli.