Campus Cerro Largo orienta comunidade acadêmica para conservação e limpeza de seus espaços
Devem ser realizadas ações simples, que exigem pouco esforço dos usuários, mas são muito significativas e úteis para a Instituição.

Assessoria de Comunicação do Campus Cerro Largo

Publicado em: 05 de outubro de 2017 15h10min / Atualizado em: 05 de outubro de 2017 16h10min

Atualmente, na UFFS – Campus Cerro Largo, trabalham 16 terceirizados que fazem o trabalho de limpeza, manutenção predial, serviços gerais, jardinagem, parte elétrica, operação de trator e serviço braçal para a área experimental. Eles são responsáveis por cuidar e zelar pelo funcionamento e pela manutenção da infraestrutura do Campus em que circulam cerca de 1575 pessoas entre professores, técnicos-administrativos e discentes. Isso significa que um terceirizado atende a quase 100 pessoas da comunidade. Dessa forma, conforme afirma o coordenador administrativo do Campus, Sandro Schneider, é importante que a comunidade acadêmica contribua tanto na limpeza quanto na manutenção dos prédios.


De que maneira a comunidade pode colaborar nesse cuidado? No Campus Cerro Largo, os dois setores responsáveis pela manutenção, aos quais a comunidade deve se dirigir no momento em que detectar um problema, são a Assessoria de Infraestrutura e Gestão Ambiental e a Assessoria de Logística e Suprimentos.
A Assessoria de Infraestrutura e Gestão Ambiental é responsável por toda e qualquer manutenção predial (elétrica, hidráulica, pintura, vedação, etc.). Já a Assessoria de Logística e Suprimentos é o setor responsável pelas manutenções relacionadas a mobiliário e equipamentos.


Segundo Sandro, quando se trata de manutenção predial, o setor de Infraestrutura, por meio de seus profissionais (engenheiro, técnico em edificações, eletrotécnico) faz uma análise do defeito e logo após encaminha o conserto para a equipe de terceirizados, cada qual conforme a sua especialidade. Os materiais necessários para os consertos, em sua maioria, são oriundos do almoxarifado do Campus.


Quando se trata de manutenção de mobiliário e equipamentos, o setor de Logística e Suprimentos, em conjunto com os funcionários terceirizados, faz o diagnóstico da situação. “O conserto (quando possível) é realizado pelos próprios terceirizados; em situações mais complexas, o equipamento é enviado ao Departamento de Manutenção (DEMAN), localizado no Campus Chapecó, o qual possui uma equipe mais qualificada para resolver esse tipo de problema”, explica Sandro.


Para o coordenador acadêmico, a comunidade acadêmica deve ajudar nas manutenções do patrimônio com ações simples, como:
* Avisar os responsáveis sobre qualquer problema existente no prédio;
* Não rabiscar as cadeiras escolares;
* Não limpar as cuias de chimarrão nos bebedouros e banheiros;
* Evitar arrastar mesas, cadeiras e armários.
“Quanto mais o patrimônio for cuidado, melhor o usuário poderá desfrutá-lo; são ações que exigem pouco esforço dos usuários, mas são muito significativas e úteis para a Instituição”, destaca Sandro.

É também necessário economizar água, luz e outros recursos que são utilizados com frequência no Campus, para evitar o desperdício. Vale ressaltar algumas atitudes que devem ser adotadas como hábito:


* Desligar as luzes nos ambientes (banheiros e corredores) onde não é necessária, principalmente durante o dia;
* Não desperdiçar água nos banheiros e bebedouros;
* Utilizar toalhas de papel apenas em quantidade suficiente para se enxugar;
* Procurar manter os calçados limpos ao entrar no prédio;
* Não deixar lixo nas mesas da cantina;
* Evitar jogar lixo nos elevadores.


Para entrar em contato com a Assessoria de Infraestrutura e Gestão Ambiental, deve-se enviar um e-mail para: paulo.rendges@uffs.edu.br.
Para entrar em contato com a Assessoria de Logística e Suprimentos, deve-se enviar um e-mail para: cristian.mucha@uffs.edu.br.