Comissão vistoria obras da UFFS - Campus Erechim

Publicado em: 22 de março de 2012 13h03min / Atualizado em: 05 de janeiro de 2017 11h01min

A Comissão de Acompanhamento de Obras e Serviços da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) - Campus Erechim esteve, na última semana, visitando as obras do campus definitivo.

A Comissão, formada por professores, técnico-administrativos e estudantes, além da direção do Campus, é responsável por acompanhar o desenvolvimento das obras de acordo com o projeto que foi discutido e aprovado pela comunidade.

Atualmente encontram-se em fase de execução bastante adiantada o Bloco A que, num primeiro momento, abrigará salas de aula, auditório, salas de professores, biblioteca, cantina e salas dos setores administrativo e acadêmico. O custo total desse prédio é de aproximadamente R$6,8 milhões. Também encontram-se em fase de construção três pavilhões com área total de mais de 3.400 metros quadrados, que abrigarão mais de 30 laboratórios didáticos. O investimento está estimado em cerca de R$7,4 milhões.

Além do bloco A e dos pavilhões dos laboratórios, o projeto da Cidade Universitária prevê a construção de restaurante universitário, prédio para professores, centro administrativo, centro de cultura e vivência (no qual estará integrada a biblioteca), moradia estudantil, infraestrutura - água, energia elétrica, vias de circulação, captação de energia solar, tratamento de resíduos, galpão de manutenção, canteiro experimental de arquitetura, etc. A previsão de custo total chega a R$70 milhões.

Segundo o coordenador administrativo e membro da Comissão, Dirceu Benincá, a direção em breve fará um plano de transição das atividades da UFFS para o novo campus para ser discutido e executado no momento em que houver condições seguras para a mudança total ou parcial.

Para o diretor da UFFS – Campus Erechim, Ilton Benoni da Silva, a comissão representa os olhos da comunidade acadêmica e regional, que ajudaram a definir o projeto do campus. “Observa-se a adequação ao projeto, a qualidade e o ritmo das obras. Tudo que está sendo feito, nos permite visualizar quantidade e qualidade de estruturas suficientes para que em 2013 a UFFS – Campus Erechim esteja atuando em sua sede definitiva”, afirmou.