Projeto da UFFS é contemplado em Chamada Pública do Ministério das Comunicações

Publicado em: 08 de dezembro de 2011 13h12min / Atualizado em: 05 de janeiro de 2017 10h01min

A Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), com o projeto de extensão “Juventude Rural e as Redes Sociais de Aprendizagem”, foi uma das instituições de ensino superior contempladas pela Chamada Pública 01/2011 do Ministério das Comunicações - Apoio à Capacitação no Uso das Tecnologias da Informação e Comunicação para a Juventude Rural.

 O projeto, que tem como área de atuação as Tecnologias da Informação e Comunicação direcionadas à comunicação digital nas áreas rurais, receberá apoio financeiro de R$ 160mil. Seu objetivo é desenvolver soluções educativas e inclusivas utilizando as tecnologias da informação e comunicação junto a jovens de unidades produtivas familiares, pertencentes à região Sul do Brasil. “Os jovens das comunidades rurais serão beneficiados diretamente”, explicou o coordenador do projeto e professor a UFFS – Campus Erechim, Aníbal Lopes Guedes.

Serão oferecidas 10 bolsas no valor de R$ 400 destinadas a estudantes dos Campi Erechim/RS, Chapecó/SC e Realeza/PR. O processo de seleção será por edital que está em fase de concepção, tendo previsão de publicação para início do próximo semestre. Os interessados precisam ficar atentos ao site da UFFS (www.uffs.edu.br) onde o edital será publicado.

“Acredito que este projeto impulsionará uma série de pesquisas sobre o tema na universidade, uma vez que esta se constituiu por intermédio de movimentos sociais preocupados com o desenvolvimento regional e humano de suas regiões de abrangência”, afirmou Guedes. O coordenador ainda enfatizou que o projeto buscará criar estratégias e metodologias para a formação de jovens do campo, visando a melhora das condições de vida em nível social e reduzindo o êxodo rural.

O projeto conta com a colaboração de professores dos Campi Chapecó/SC e Realeza/PR, com agentes externos de outras instituições de ensino situadas nos três estados do sul, além da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar da Região Sul do Brasil (FETRAF-SUL).