Curso de Agronomia de Laranjeiras do Sul obtém conceito máximo em avaliação do Confea

Publicado em: 18 de junho de 2014 08h06min / Atualizado em: 19 de janeiro de 2017 09h01min

A proposta do curso de Agronomia da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Laranjeiras do Sul obteve parecer satisfatório do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea). O parecer satisfatório é o conceito máximo que poderia ser atribuído e significa que haverá respaldo do Confea em garantir o registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) do curso de Agronomia e dos profissionais egressos para o exercício da profissão.

“O Confea destaca alguns diferenciais da nossa proposta pedagógica, como o foco na agricultura familiar e a forte inserção regional, como pontos fortes”, conta a professora Manuela Franco de Carvalho da Silva Pereira, coordenadora do curso de Agronomia.

Crea/Confea

O Confea é a instância máxima a que o profissional pode recorrer referente ao regulamento do seu exercício profissional. Já os Creas são autarquias responsáveis pela regulamentação e fiscalização das empresas e profissionais da área de engenharia e suas ramificações, como tecnólogos, técnicos industriais, entre outras, e estão subordinados às regulamentações do Confea.

Juntas no sistema Crea/Confea, as entidades têm o objetivo de promover melhorias na qualidade de vida, no bem-estar da sociedade e geração de riquezas para o país, por meio dos serviços técnicos prestados pelos profissionais de engenharia, agronomia, geologia, geografia, meteorologia, além de tecnólogos e técnicos dessas áreas. São cerca de um milhão de profissionais registrados no sistema Crea/Confea, os quais respondem por aproximadamente 70% do produto interno bruto (PIB) brasileiro.