Em ação afirmativa, UFFS chama mais dois candidatos para o curso de Medicina

Publicado em: 20 de setembro de 2013 15h09min / Atualizado em: 11 de janeiro de 2017 08h01min

A Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) publicou, no final da tarde da última quinta-feira (19), o Edital nº 418/UFFS/2013 com a chamada para vagas suplementares do processo seletivo UFFS MEDICINA/2013.

Através deste edital, a UFFS convoca, para matrícula, mais dois candidatos: um autodeclarado preto e um indígena. Essa possibilidade faz parte das políticas de ações afirmativas adotadas pela UFFS e previstas para as instituições na Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012 e suas regulamentações, que dispõem sobre o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais de ensino.

O Edital do Processo Seletivo para o curso de medicina (309/2013) já trazia essa previsão, indicando que, na última chamada, caso não tivesse sido matriculado nenhum candidato autodeclarado preto e um candidato autodeclarado indígena (mediante opção pelos Grupos I ou III), havendo, na lista de classificados, candidatos autodeclarados pretos e indígenas, os primeiros classificados nessas condições seriam contemplados com as vagas suplementares.

De acordo com o Pró-reitor de Graduação, João Alfredo Braida, essa foi a forma que a UFFS encontrou para “garantir a presença desses grupos que, tradicionalmente, são mais excluídos nos cursos de graduação oferecidos pela UFFS”.