Iniciam as aulas do curso de medicina da UFFS em Passo Fundo

Publicado em: 17 de setembro de 2013 15h09min / Atualizado em: 01 de fevereiro de 2017 16h02min

Iniciaram, na manhã desta terça-feira (17), as aulas do curso de medicina da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), oferecido no Campus Passo Fundo. Reitoria e direção do Campusrecepcionaram os calouros, que terão uma semana cheia de atividades.

“Hoje pela manhã, apresentamos aos alunos toda a fase de implantação do curso, contando com a presença de membros da Comissão de Implantação do Curso de Medicina. Foi importante, pois entre eles estão os diretores de hospitais, que também são nossos parceiros no desenvolvimento do curso. Ainda nesta semana os alunos conhecerão toda a estrutura disponível para o curso, o projeto pedagógico e os planos de ensino”, frisou o Diretor, Wanderlei de Oliveira Farias. Cada aluno recebeu um jaleco do curso.

Na próxima semana, os acadêmicos já iniciam as atividades de imersão no sistema de saúde da região. “Divididos em grupos, os alunos conhecerão a rotina o sistema de saúde dos municípios de Pontão, Sertão, Ernestina, Água Santa e Passo Fundo. Eles participarão de atividades desenvolvidas pelas unidades de saúde e pelos preceptores”, destacou Farias. “Esse é um dos diferenciais do curso, ter uma formação inovadora, que se dá a partir da prática desde o início da vida acadêmica”, finalizou.

Perfil dos alunos

O processo seletivo para o curso foi finalizado na última segunda-feira (16), com a 3ª chamada de classificados em sessão presencial. Foram 460 classificados para 23 vagas remanescentes.

Dos 40 matriculados, 21 são homens e 19 mulheres; 27 são do estado do Rio Grande do Sul, sendo que, desses, quatro são de Passo Fundo; quatro são de Santa Catarina; três do Paraná; dois de São Paulo; um de Minas Gerais; um da Bahia; um do Ceará e um é do estado do Tocantis.

Para o Diretor, o perfil dos alunos subsidia e reforça a política de ingresso da UFFS. “A grande maioria de nossos alunos são egressos de escola pública e oriundos de pequenas cidades. Um fato curioso é que apenas um deles é filho de médicos. Sentimos todos muito motivados, interessados e, principalmente, contentes, assim como nós estamos, de fazer parte da história”, ressalta Faria.

O curso de medicina do Campus Passo Fundo é o primeiro curso a ser autorizado e a entrar em funcionamento pela Política de Expansão das Escolas Médicas do Brasil.