Campus Laranjeiras do Sul realiza I Fórum de Extensão e Cultura

Publicado em: 15 de outubro de 2014 08h10min / Atualizado em: 19 de janeiro de 2017 09h01min

A Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Laranjeiras do Sul, realizou na última segunda-feira (13), o “I Fórum de Extensão e Cultura”. O evento foi realizado no saguão do Bloco A e contou com a participação de servidores (docentes e técnicos- administrativos), discentes e comunidade externa.

O I Fórum de Extensão e Cultura teve objetivo de divulgar os projetos de extensão e cultura em desenvolvimento no Campus Laranjeiras do Sul e, ainda, possibilitar aos envolvidos nestes projetos a oportunidade de apresentar as atividades desenvolvidas, os resultados obtidos e, além de promover debates sobre cada tema exposto.

Para a professora Betina Muelbert, coordenadora do projeto de extensão Aquicultura na Terra Indígena Rio das Cobras: valorização e diálogos interculturais, “o Fórum é um espaço de suma importância Este momento possibilitou conhecer um pouco dos trabalhos desenvolvidos na UFFS” . A docente destaca, ainda, que “a atividade engrandece o trabalho e se configura como um momento de aprendizado para os alunos que tem a oportunidade de apresentar os projetos, conhecer as dificuldades e partilhar experiências, possibilita também a interdisciplinariedade”.

O coordenador adjunto de Extensão do Campus Laranjeiras do Sul, Tiago da Costa, fez um balanço positivo a respeito da realização deste 1º Fórum. Conforme Costa, “todos os projetos de extensão e suas equipes participaram do Fórum apresentando as ações desenvolvidas por cada projeto. Constatamos a realização de diversas atividades significativas que vem sendo realizadas por estes projetos. A interação entre as equipes possibilitou a cada participante conhecer as dificuldades e os ganhos que cada projeto já alcançou e isso é fundamental para continuarmos o trabalho e consolidarmos a extensão como uma área prioritária. Esperamos que o Fórum tenha gerado maior estímulo para que outros projetos sejam executados no Campus”, conclui.

A realização deste primeiro Fórum possibilitou a discussão sobre a criação de dois documentos : o primeiro deles é o diagnóstico dos projetos de extensão e o segundo é a elaboração de um boletim interno para divulgar e socializar as ações dos projetos de extensão.