3º Encontro do Grupo de Estudos sobre a 1ª AIT acontece no próximo sábado (02) em Laranjeiras do Sul

Publicado em: 29 de julho de 2014 08h07min / Atualizado em: 19 de janeiro de 2017 09h01min

No próximo sábado (02) acontece o terceiro encontro centralizado dos grupos de estudos da I Associação Internacional dos Trabalhadores - AIT. A temática deste encontro é “Educação popular e organização da classe trabalhadora”. O evento será realizado no auditório do Bloco A do Campus Laranjeiras do Sul, das 8 às 12h. A participação no encontro é aberta para novos integrantes e demais interessados em participar.

O Grupo de estudos é organizado por diversos professores do curso Interdisciplinar em Educação do Campo: Ciências Sociais e Humanas da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Laranjeiras do Sul e a coordenação e organização deste encontro é responsabilidade dos professores Luiz Carlos de Freitas, Ana Hammel e Andrea F. Batista.

O encontro faz parte da Jornada de Rememorização dos 150 anos da I Associação Internacional dos Trabalhadores, fundada em 1864, tendo como principais militantes e fundadores os pensadores Karl Marx e Friedrich Engels. Os encontros foram iniciados no mês de abril em evento que debateu os reflexos do golpe militar de 1964 na atualidade.

Conforme Freitas, “desde o início das atividades do grupo temos realizado encontros de estudos em pequenos grupos que se organizaram em Laranjeiras e região. Uma vez por mês estes grupos se reúnem para um debate centralizado, sempre com o tema Educação Popular e organização da classe trabalhadora na atualidade, haja vista que o principal objetivo de nossos debates é despertar nos trabalhadores o interesse e a conscientização da necessidade de se organizar para lutar por seus direitos e construir uma nova sociedade, com uma nova democracia, uma nova cultura e um novo mundo”.

O evento final acontecerá entre os dias 25 e 27 de setembro, com a realização de mesas de debates e apresentação dos estudos feitos nos grupos, reunindo estudantes, professores, militantes sociais e pesquisadores de diversas regiões do Paraná e de outros Estados.

Certificação

Quem tiver interesse em participar de novos grupos poderá obter certificação de até 60 horas de curso. Para isso, o interessado deve procurar os organizadores do Grupo de Estudos e montar um calendário de estudos que contemple a carga horária necessária até o mês de setembro.